1. Spirit Fanfics >
  2. O meu futuro está no meu passado. (Clexa) >
  3. Capítulo 2: Eu vou te dar um tiro.

História O meu futuro está no meu passado. (Clexa) - Capítulo 2


Escrita por:


Capítulo 2 - Capítulo 2: Eu vou te dar um tiro.


Fanfic / Fanfiction O meu futuro está no meu passado. (Clexa) - Capítulo 2 - Capítulo 2: Eu vou te dar um tiro.

-Seria mais fácil se pudéssemos explicar com todos aqui.-Vicky respondeu Clarke sorrindo para a loira. Madi havia coxilado em seu ombro, a pequena garota provavelmente estava cansada pela "viagem".

-E quem seria "todos"?.-A loira perguntou deixando Murphy naquela posição mesmo, o homem apenas havia desmaiado.

-Tia Raven, tia Octavia, tio Bellamy, tia Echo, tia Emori, tio Murphy, mãe e você.-Pietro respondeu enquanto contava com os dedos todos que precisavam que estivesse ali.

-Como vocês...conhecem todos eles?.-Clarke enrrugou a testa ao olhar para as crianças a sua frente.-Tia? Tio? Mãe?Que?.-Na visão das crianças Clarke iria explodir a qualquer momento.

-Precisamos que eles estejam aqui tia Clarke, para que possamos explicar tudo.-Tina falou olhando a tia com um olhar avaliador, não culpava a mulher por achar eles completos estranhos.

-Eu...eu vou..falar com a Lexa.-Ela falou e saiu do quarto com um olhar perdido.

-Ela tá bem?.-Vicky perguntou direcionando o seu olhar a Tina, não era segredo que a rabugenta era o gênio do grupo, tanto que foi ela quem criou a máquina do tempo que os levou até ali.

-Ela está confusa, dever ser surreal para eles ver alguém saindo do ar.-Tina respondeu direcionando seu olhos castanhos para Murphy que se encontrava desacordado no chão.

-O papai está bem?.-Lucas perguntou olhando Pietro.

-Esta sim, até Clarke sabe.-O garoto respondeu olhando o tio com a sobrancelha erguida, nunca fora muito fã do homem pois o mesmo vive tirando onda com a cara dele.

-Cadê o Bidu?.-Aden perguntou empurrando o rosto da Tina com agressividade para que a mesma o largasse, foi o que ela fez com calma.

-Porra, verdade. Acho que ele ficou dentro do tempo.-Tina arregalou os olhos e levantou o pulso aonde tinha um relógio totalmente tecnológico e que provavelmente só ela e Raven eram capazes de construir.

Ela apertou o botão que tinha no relógio e no mesmo momento aquele projeto de porta no ar se abriu e Bidu, o grande tigre de estimação branco das crianças pulou para fora, ele era bem maior do que deveria ser por causa da radiação. Quando Tina foi fechar a grande porta antes que algo do futuro caísse no portal o relógio começou a dar problema e a mesma arrancou o objeto de seu pulso e o jogou no chão e na mesma hora o objeto explodiu assustando todos ali e acordando Madi, menos Murphy que ainda estava desacordado; Logo a porta no ar se fechou.

-Me diz...que você tinha...uma chave reserva.-Vicky olhava o objeto que estava com fumaça com um olhar desesperado.

-Não...-Tina respondeu com o coração a mil.

-Eu vou te dar um tiro.-Pietro falou olhando o objeto com os olhos arregalados.

-Fuuudeu.-Todos arregalaram os olhos quando escutaram Madi falar o palavrão.

-Palavra feia, Madi.-Lucas falou cruzando os braçinhos e olhando para a pequena menina nos braços da Vicky com uma carinha brava.

-'Maix a mamãe vive falando.-A menininha falou se referindo a Clarke.

-A mamãe é adulta, Madi.-Aden falou sem olhar para nenhum dali, apenas foi até o tigre e pulou em cima do mesmo fazendo com que o animal deitasse, logo se deitou em cima da grande fera.

--//--

-O que precisamos é saber quem são e o que querem.-Lexa falou com a sua linda cara de cu enquanto enquanto observava a garota que havia levado o tiro. A menina estava desacordada e recém haviam terminado de dar o sangue da comandante a ela.

-Eu não acho que eles sejam uma ameaça.-Clarke comentou observando totalmente a situação, não aparentavam ser algo a se preocupar, mas na terra tudo é um risco e ela sabe disso.

-Vamos-Lexa estava pronta pra se levantar mas a loira a fez deitar na "maca" de novo.

-Você fez uma transfusão de sangue, precisa descansar.- Clarke falou série e transparecia preocupação, a loira acabou não percebendo o pequeno risco de sorriso que Lexa deu.

-Tudo bem..então...-A mulher acabou fechando os olhos e dormindo logo em seguida, seu corpo estava realmente cansado.

--//--

-Não podemos mudar o passado, seria catastrófico e provavelmente nós seremos os mais prejudicados.-Tina falou assistindo Pietro carregar com esforço Murphy para a cama suja de sangue escuro.

-Nós estando aqui já é uma grande mudança.-Vicky falou como se fosse óbvio.

-Não podemos insinuar nada relacionado ao futuro deles, não podemos agir como se os conhecessem, apenas precisamos arrumar tempo o suficiente para reconstruir o meu relógio.-Tina falava com um olhar sério, a situação estava perigosa para eles e ela sabia disso.

-Mais já falamos várias vezes tia e tio aqui.-Pietro falou colocando o corpo do Murphy sem cuidado algum na cama.

-Finge que era zuera.-Tina falou dando de ombros.

-Com licença.-Clarke falou entrando na sala com o semblante fechado, ela estava com um pouco de algodão e álcool nas mãos. Sua expressão logo mudou para desespero assim que ela viu o grande tigre branco no quarto.-Meu Deus.-Murmurou sentindo seu coração disparar.

-Tá tudo bem tia, esse é o nosso amigo Bidu.-Lucas falou com um grande sorriso inocente.

-Como...ele entrou aqui?.-A Griffin perguntou ainda paralisada.

-Do mesmo jeito que nós, pela porta da maq-Pietro começou a falar mais logo Vicky o deu um tapa na nuca o interrompendo.

-Pela porta da frente.-A garota de cabelos castanhos falou sorrindo disfarçadamente em direção a mulher que só balançou a cabeça em concordância ainda relutante.

Todos ficaram totalmente quietos assim que a loira caminhou até Murphy na intenção de acorda-lo com seus produtos.

-Hmm...o que..aonde eu....?-O jovem homem acordou meio desatento olhando confuso para os lados.

-Todo o trabalho pra nada.-Pietro murmurou irritado assim que o homem se sentou na cama para tentar ficar de pé.

-Só...fica de olho neles, teremos que esperar Lexa acordar para podermos tomar uma decisão sobre o que fazer.-A mulher falou fazendo o homem arregalar os olhos.

-Eu não sou babá.-Ele respondeu indignado.

-Titio não mudou nada.-Madi falou negando com a cabeça enquanto sorria brincalhona.

-MEU DEUS.-O homem deu um grito caindo assustado no chão assim que viu o grande animal que apenas bocejou mostrando todos os seus dentes em resposta. 


Notas Finais


Desculpa a demora, é que eu preciso de tempo para dar estruturas para todas as minhas histórias sem perder a direção delas, nessa eu já perdi. Mas espero que gostem do rumo que vai levar.

Eu não corrigi, foi mal.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...