História O meu ídolo -Interativa - Capítulo 55


Escrita por: e princezo

Postado
Categorias Giovanna Chaves, Gustavo Daneluz, João Guilherme Ávila, Larissa Manoela, Lucas Santos, Maisa Silva, Thomaz Costa
Personagens Giovanna Chaves, Gustavo Daneluz, João Guilherme Ávila, Larissa Manoela, Lucas Santos, Maisa Silva, Personagens Originais, Thomaz Costa
Tags João Guilherme Ávila, Larissa Manoela, Romance, Sexo, Thomaz Costa
Visualizações 127
Palavras 376
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), FemmeSlash, Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 55 - O estraga prazer.


Após o término com Alisson, Thomaz tinha resolvido que iria dar uma passeada. Seria bom pra ele relaxar a mente, como seu pai costumava dizer.

Alisson era um cara legal, bom de cama, e Thomaz gostava dele, mas como amigo. Não o amava, infelizmente. Seria muito mais fácil se o amasse, mas como a vida adorava lhe pregar umas peças, tinha que continuar gostando dele. O outro cara.

"Pare de pensar nele, Thomaz. "

- Senhor? - A atendente da sorveteria chamou, tirando Thomaz dos seus devaneios, com cara de bobo. - Seu pedido... O senhor já escolheu?

- Ah, claro. - Mentiu. E olhou correndo pelo cardápio, apontando para um aleatoriamente. - Esse aqui. Morango e limão.

A garçonete sorriu, anotou o pedido dele, e pegou o cardápio de volta, guardando-o em seu avental. Em seguida saiu, voltando para dentro da sorveteria e pendurando um papel em frente de outra mulher.

Alguns minutos depois, o sorvete de Thomaz chegou. Ele pegou a colher ao lado, e tirou um pedaço pequeno, levando-o na boca. Antes que pudesse se quer chegar na metade dele, sentiu uma mão em seu ombro. Uma mão conhecida.

- Ei, Thomaz. - Disse o garoto. - Não esperava encontrar você aqui.

- João! - Thomaz falou, com mais empolgação do que deveria, e logo tentou disfarçar. - Oi João. Onde mais eu estaria?

- Sei lá. - João deu de ombros, e sentou-se ao lado dele. - Do jeito que você é tarado. Transando com alguém?

- Ei! Eu não sou tarado! - Gritou Thomaz, derrubando seu sorvete no próprio rosto, mas se arrependeu quando todos na sorveteria olharam pra ele. - Bom, talvez eu seja um pouquinho, só um pouquinho. 

João riu, e levou o polegar direito até o canto da boca do amigo, limpando onde estava melado de sorvete.

Agora. Agora. Agora. Não, agora não.

"Vamos, Thomaz. Talvez agora seja a hora certa."

- João...

- Thomaz! João! - Era Rodrigo, junto de Alisson. - Não acredito que vieram pra cá e não chamaram a gente.

- Bom, não foi nada combinado, não é Thomaz? - João perguntou, mas Thomaz não respondeu. - Thomaz?

- O quê? Ah, é. É sim.

"Rodrigo...Sempre incoveniente", pensou Thomaz, aproveitando para terminar seu sorvete.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...