História O Meu Lobo Mau - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 20
Palavras 798
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishoujo, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Ficção Adolescente, Fluffy, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Me desculpem a demora... tava com preguiça de criar kk tbm né... agora as aulas começaram aí dá uma descrença... kkk
Desculpa;-;

Capítulo 8 - Abraço... ;-;



Akemi on:

Esperei alguns minutos escorada na parede, ainda incrédula pelo "amigo" do Akamaru estar se declrando para a Tsunade, logo o mesmo saiu, me dando aquela forte olhada e depois indo embora, até que seguro seu braço 

Akemi:O que aconteceu lá dentro? (Perguntei enquanto segurava seu braço fortemente)

Amigo do traste que não sei o nome:Pergunte pra ela (Ele sorriu de canto, fazendo eu soltar seu braço, me deixando mais curiosa ainda)Logo você saberá... 

Ele falou isso que me deixou pensativa por um tempo, mas quando ia lhe perguntar o por quê daquilo, ou até mesmo seu nome, o menino idiota já tinha ido embora.

Logo entrei desesperadamente no quarto

Akemi:Que merda... aconteceu aqui??(Perguntou enquanto respirava ofegantemente de tanta curiosidade)

O silêncio tomou o quarto, ficamos alguns segundos nos encarando, até que ela pronuncia

         Tsunade corada:E-Ele... (Logo a mesma corou mais se lembrando da cena)m-me pediu em.... namoro

Akemi:SABIA PORRA!!(Gritou e esperniou dentro do quarto, como a porta ainda estava aberta, o som ecoou por todo andar daquele hospital)acho melhor eu fechar a porta, né?(Falou meio sem graça, mas logo indo fechar a porta)voltando ao assunto... (Respirou fundo)ELE FEZ O QUE!???(Gritou novamente, que acabou arrancando uma pequena risada de sua amiga)

Pera aí... o que estou fazendo?Eu tinha que apoia-la nas decisões dela... e... tenho certeza que esse filha da pu....AHAM... que ESSE GAROTO DE MERDA irá ajudar ela a se recuperar melhor...

Me acalmei um pouco

Akemi:Então... o que disse à ele?... Claro que foi um sim né?(Falou sem deixar a amiga responder)Óbvio... porque até que ele é bonitinho... 

Falei sentando em um pedacinho da cama que sobrava, enquanto a Tsunade estava deitada na cama, ela ri da minha atitude e logo fala

Tsunade:Desde quando você virou bipolar? Uma hora você tava putassa por ele ter me pedido em namoro, e agora, já está nos apoiando? O que aconteceu?

Isso fez com que uma veia saltasse da minha testa

Akemi:Só responda... o que você disse á ele?(Perguntou um pouco sem paciência)

Tsunade:Que iria pensar... então... o que você ia me dizer antes?

Akemi:Ah, iria dizer uma coisa que nem é novidade... o Akamaru é um idiota...

Ela dá outra risada

Akemi:O que foi? Ele sempre foi assim... principalmente com aquele orgulho dele

TsunadeO que ele fez dessa vez? (Perguntou já um pouco desanimada)

Akemi:Ele-foi imterrompida

Akamaru:QUEM VOCÊ ACHA BONITO AQUI!??(Abriu a porta bruscamente imterrompendo que Akemi falasse alguma coisa, ainda bravo, deu passos pesados até à cama aonde as duas garotas estavam)

Akemi:É falta de educação escutar a conversa dos outros atrás da porta(Falou ainda de cabeça baixo, se contendo pra não tomar medidas drásticas)

Tsunade:Oi pra você também... 

Estava um clima tão pesado entre nós dois que nem percebemos mais a presença de Tsunade

Akamaru:Ah, agora você quer falar de quem que é mal educado aqui?

Eu me levanto na hora, ficando de corpo a corpo com ele, enquanto inclinava a cabeça um pouco pra cima para encara-lo

Akemi:Você está me chamando de mal educada? É isso? Ou ouvi errado?(O perguntou um pouco frustrada enquanto estava nas potinhas dos pés para ficar mais ou menos na sua altura)

Tsunade:Chega! (Imtemrrompeu a briga que estava prestes à acontecer)Se os pombinhos vão namorar, é melhor fazer em outro lugar!

Inflo as bochechas, cruzo os braços e faço bico manhoso

Akemi:Ele que começou...

Falei ainda emburrada, equanto traste não falava mais nada

Akemi:Então.... vamos voltar ao assunto... CONTINUANDO... o AKAMARU é um idiota SABE (Falou chamando a atenção do mesmo)

Akamaru:O que eu fiz pra tu? (Perguntou a encarando, enquanto a mesma só olhava para a amiga)

Akemi:Eu não estou falando com você.(Continuou sem encara-lo)

AkamaruE precisa pra falar com você?

Akemi:Sim, porque você não tem minha atenção...

Tsunade:Eles vão começar de novo... (Falou baixo para que nenhum dos dois não escutasse)Desse jeito vocês vão casar em! (Brincou com os dois que já estavam brigando de novo)

Logo um silêncio tomou o quarto, de um segundo para o outro, só pôde ouvir o som do ar condicionado que estava ligado, fiquei muito constrangida com essa frase, que corei fortemente

Akemi:C-Casar?... (Falou corada, enquanto começou à olhar o Akamaru)

Akamaru:Nós teríamos ótimos filhos... (Olhou maliciosamente Akemi de cima à baixo, com a mão em seu queixo)

Akemi corada:P-Pe-Pervertido! (Quando a mesma ia empurrar o garoto que estava em sua frente, Akamaru segura seus braços, que fez seus olhos se encontrarem novamente, o mesmo foi soltando seus braços calmamente enquanto se encaravam, depois de ter seus braços soltos, Akemi abraça seu pescoço, como não alcançava o chão, ela passou as pernas em volta da cintura do mesmo)


Akamaru:Ah (Não sabia o que dizer naquela situação, ele cora levemente, por Akemi estar impressando seus seios no peitoral do mesmo, e apenas retribui o abraço)

 Enquanto isso....

XXXXXX:Eai cara! O que ela disse?(Perguntou enquanto segurava o ombro do amigo)

XXXXX:Ela disse que ia pensar... (Falou meio sem graça)

Logo os 3 garotos começaram à zuar o menino

XXXXXX:Mas não se esqueça em... nossa aposta ainda está de pé...


Notas Finais


Oiii até o próximo capítulo... :3
Esse foi um pouco sem graça msm...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...