História O Meu Mais Belo Desastre. - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Drama, Mistério, Mitologias, Romance, Viagem No Tempo
Visualizações 3
Palavras 2.052
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishoujo, Bishounen, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Fluffy, LGBT, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Musical (Songfic), Policial, Romance e Novela, Sci-Fi, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oii,a música que é apresentada no capítulo é Photograph,do Ed Sheeran.
Eu acho que é só isso mesmo para falar.
.
.
.
.

🌌📖❤

Capítulo 3 - Dançando no Tempo.


    O dia passou rápido,Lúcia,Nathaniel e eu fomos no shopping e no cinema,Nathaniel tem realmente um gosto muito bom para roupas,sempre que íamos experimentar as roupas era ele quem dizia se estava bom ou não,eu comprei alguns moletons para mim (e todos eles passaram pela aprovação de Nathaniel)eu amo moletons são quentinhos e confortáveis!!Mas também passei grande sufoco quando Nathaniel disse que eu precisava experimentar casacos de couro e calças de couro também,tudo nas cores preta,vermelho e prata!Comprei um colar para Lúcia,com pedrinhas de esmeralda e a cor era iguais aos olhos de Nathaniel.
    Lúcia é um pouco mais feminina do que eu,gosta de vestidos,saias e salto alto.Já eu não.
      No cinema optamos por assistir um filme de terror,foi Hilário!!Lúcia não parava de dar gritinhos histéricos e dava pulos toda vez que se assustava com alguma cena,Nathaniel e eu só sabíamos rir de Lúcia.
      Esse foi um dos meus dias mais divertidos que tive.
      Nós chegamos e já era de noite,cada um foi para seu quarto tomar um banho e fomos dormir.
       Mal posso esperar pelo dia de amanhã.
                               * * *
      PRIIIIIIIIIIIIMM
     Abro meus olhos e desligo meu despertador,por que tenho que ir para aquele maldito inferno?!Alguém por favor me explique!,me levantei e fiquei sentada por um bom tempo.
-Acho melhor você se apressar.-Dei um pulo de susto pela voz.Nathaniel estava parado atrás de mim com cara de tacho.
-Você me assustou desgraça!-Falei irritada me levantando e ir ver minha roupa.
-Eu já tenho suas roupas está ali.-Apontou para a cadeira.
-Eu já tenho idade para escolher minhas próprias roupas.-Peguei o conjunto de roupas,dessa vez era uma blusa preta,uma calça jeans preta com rasgos nos joelhos e um moletom rosa bebê junto com uns tênis.
-Você tem um péssimo gosto para moda,olhe isso!-Apareceu um moletom meu que achava que teria perdido a um dia.-Está todo desbotado e sem cor!!
-Mas que coisa!!Me dê!!-Pulei para cima dele tentando pegar mas a peça de roupa já havia desaparecido.Dei um tapa no braço dele,peguei a roupa e fui para o banheiro.
-Metido a besta,desgraçado,otário...-O Xinguei de todos os nomes que existem e os que não existem também.Ouvi ele reclamar alguma coisa mas ignorei e voltei ao meu banho.Ele é igual a mamãe.Que ótimo!!
  -Não demore.-Ouvi ele falar perto da porta.Revirei os olhos e me afundei ainda mais na banheira.
-Nathaniel?-O chamei.
-O que?
-Como foi suas encarnações anteriores?
-Como assim?
-Como foi sua vida nelas.-Respondi,ele demorou um pouco para achar a resposta.
-Eu não quero falar sobre isso,pergunte outra coisa.-A voz dele estava meio trêmula,decidi fazer outra pergunta.
-É possível que eu também tenha conhecido vocês em outras encarnações?-Ouvi ele dar um risinho e falou:
-Talvez.-Me veio outra pergunta.
-Na sua última encarnação havia alguém parecida comigo?
-Humm,sim eu acho.
-Quem?
-....Eu tenho que ir agora,se apresse Amélie.-Eu ouvi passos que aos poucos foram se afastando,a porta foi aberta e em seguida fechada e depois só ouvi o som da minha respiração.Eu fiquei sem respostas novamente,quem será essa pessoa parecida comigo que ele nunca fala?Qual a história dela?E a dele?O que aconteceu para ele sempre fugir do assunto?Arghh!!São tantas perguntas!!

                                * * *

      -Porque vocês querem conhecer minha escola?Lúcia você estudou lá!!E eu contei sobre tudo para você!-Lúcia e Nathaniel estão me levando para a escola,não sei porque mas ficaram com a obsessão de pegar no meu pé!!
     Depois que eu sai do banho eu fui falar com Nathaniel e ele apenas agiu como se nós nunca tivéssemos conversado sobre aquilo,Lucas chegou quando estávamos comendo,e como minha família,ele adorou o Nathaniel,ficaram conversando sobre filmes,seriados e futebol e outras coisas de meninos.Eu mereço!!E depois Lúcia teve a brilhante idéia de me levar na escola com o carro de papai,ela tirou habilitação em Eunis.Lucas disse que queria ficar em casa mas Nathaniel aceitou de bom grado,e cá estamos nós.
      -Quero ver com meus próprios olhos.
-E eu ouvi dizer que fizeram mudanças.Só isso.-Falou Lúcia com olhar falsamente inocente. Apenas revirei os olhos já avistando a escola,os alunos já estavam entrando.
   Lúcia estacionou o carro e saímos.
-Vocês só podem ficar alguns minutos aqui.-Falei.
-Ok.-Falaram os dois em uníssono.Passamos pela tia da limpeza no caminho e alguns patetas e finalmente minha turma,metade da turma já estavam lá,Caroline,Steven,Nick e Jensen também estavam lá.
-E aí?-Falei quando já estávamos próximos do pequeno grupo.
-Amélie!Lúcia!Oi!Oi que está fazendo aqui?-Caroline falou olhando para Lúcia,depois de um tempinho ela percebeu Nathaniel ali.
-Prazer!Meu nome é Caroline esses são Nicholas,mas pode chamar ele apenas de Nick-Nick deu um "oi" e um tapa no ombro de Nathaniel,ele tem mania de dar tapas nas pessoas.-Esse é Steven.-Steven acenou com a cabeça.-E esse é Jensen.-Jensen deu Oi e começo a nos perguntar sobre como tinham nos tínhamos conhecidos,e repetimos a mentira que contamos a minha família,e eu ainda me surpreendo como a mentira sai leve dos lábios de Nathaniel.
-Vocês querem ver o restante do colégio?-Disse Jensen com um dos seus típicos sorrisos contagiosos.Nathaniel e Lúcia concordaram e fomos ao tuor.
-Onde querem ir primeiro?-Falou Nick.
-Podemos ir apenas andando.-Steven falou por todos,todos concordamos.
-Aqui é as salas de informática ali é o banheiro masculino e ali o feminino.E fomos assim até pararmos na sala de música.
-Olha que legal.-Falou Nathaniel assoprando na trombeta.Todos começamos a tocar algum instrumento até que me lembrei de uma coisa.
-Lúcia!Por que não canta para nós?Vocês tem a voz bonita.-Falei vendo Lúcia rir e concordar com a cabeça.
-Que música?-Ela perguntou sentando em uma poltrona que havia ali.
-Qualquer uma.-Todos largaram os instrumentos e prestaram atenção em Lúcia.
Loving can hurt
Loving can hurt sometimes
But it's the only  thing that I know.

And when it gets hard,you know it can get hard sometimes.

It is the only thing that makes us feel alive
We keep this love in a photograph

We made these memories for ourselves
Where our eyes are never closing
Hearts are never broken
And time's forever frozen still 
So you can keep me inside the pocket of your ripped jeans
Holding me close until our eyes meet
You won't ever be alone 
Wait for me to come home 

  ( Amar pode doer
Amar pode doer às vezes
Mas é a única coisa que eu sei
Quando fica difícil
Você sabe que pode ficar difícil às vezes
É a única coisa que nos mantém vivos

Nós mantemos este amor em uma fotografia
Nós fizemos estas memórias para nós mesmos
Onde nossos olhos nunca fecham
Nossos corações nunca estiveram partidos
E o tempo está congelado para sempre

Então você pode me guardar dentro
Do seu jeans rasgado
Me abraçando perto até nossos olhos se encontrarem
Você nunca estará sozinha
Espere por minha volta para casa.)
    Quando ela acabou todos a aplaudiram e ela fez uma reverência mas não deu um minuto e a sirene tocou,nos despedimos de Lúcia e Nathaniel e seguimos nossos caminhos.
-Que aula é agora?-Indaguei. Jensen olhou em seu relógio.
-Educação Física.-Choraminguei,Educação Física para mim é pior que matemática,já perdi a conta de quantas vezes já fui para a enfermaria,levei tantas boladas que ainda me admira eu ainda estar inteira sem nenhum dente ou osso faltando.
-Fique o mais distante da bola se possível Mélie.-Caroline falou quando entramos na sala,fui para meu lugar esperando a hora da minha adorável morte.
-Bom dia turma!Sentem-se em seus lugares que vou apresentar uma pessoa nova na escola.-O professor falou sorrindo,estou com o pressentimento horrível de que alguma coisa péssima vai vir por aí.
-Pode entrar.-Uma mulher entrou na sala,ela acenava com a mão enquanto sorria alegremente.
-Essa é Jasmin Poison,a nova professora da nova matéria,a dança.
   
          Por um momento toda a sala ficou com um silêncio mortal,provavelmente todos estão pasmos com a nova matéria,se tem uma coisa que eu sou extremamente péssima além de cálculos e Ed.Física e outros,essa coisa é a dança,me lembro do dia em que mamãe me matriculou em uma escolinha de ballet,eu deixava o cabelo da professora em pé,eu não conseguia fazer nenhum passo direito,talvez a única coisa que eu sabia era me alongar,eu fiquei mais flexível depois das aulas mas apenas isso,o que realmente era importante eu não aprendi,a droga do ballet.
-Então pessoal digam "olá"para a professora Jasmin.-Seguiu-se de vários '"olá's" e "oi's" Steven me olhou com as sobrancelhas juntas,ele provavelmente estava mais confuso que eu.
-Eu irei ensinar a vocês a dança,a dança provavelmente é uma das coisas mais lindas que já vi,a valsa,a salsa,o hip hop,ballet entre outros,algum de vocês já estudaram algum tipo de dança?-Ninguém levantou a mão mas um projeto de Satanás começou a falar.
-Eu soube que Amélie Evans já entrou em uma escola de ballet,eu era a colega dela na época.-Ok,se acalme,respire e inspire,Emma Green,é o ser mais chato e sem graça que já pisou na face da terra,fofoqueira,patricinha,vaca e mais alguns xingamentos,em comparação a Irene Emma ganha em quesitos de filha da mãe,tive o desprazer de ser colega de Emma na escolinha de ballet ,ela me irritava naquele tempo mas eu não dava a mínima para ela e ainda não dei!Mas ela é irritante de mais!
-Oh,Srta.Evans,não sabia que dançava ballet.-Falou o professor.
-E não danço!!Eu sai cedo da escolinha de ballet,não aprendi nada.-Falei vendo Emma dar um risinho,vi Steven pelo canto do olho,o desgraçado estava bocejando,nem para defender uma de suas melhores amigas!!Ok Amélie você está se estressando a toa,acalme-se.
-De qualquer forma...hoje eu deixei a professora Jasmin dar uma aula já que o horário de aula dela não foi definido ainda,vou deixar vocês a sós,com licença.-O professor saiu da sala deixando a sala em um completo silêncio novamente. A prof. Jasmin sentou-se em cima da mesa enquanto olhava para  cada um de nós,aquele olhar que ela direcionava para nós como se pudesse ver através deles me lembrou alguém que conheci a pouco tempo mas não conseguia me lembrar.
-Bom...meu nome é Jasmin Poison,como vocês já devem saber.-Ela parou um pouco e continuou.-Jasmin Poison significa "poção de jasmim",acreditava-se que a muito e muito tempo atrás existia uma poção que faria o indivíduo que a bebeu voltar no tempo.-Uma menina que não me recordo do nome ergueu a mão e fez uma pergunta:
-Por que a senhora está nos falando disso?A matéria não é sobre dança?-Prof. Jasmin sorriu e respondeu:
-A dança surgiu com o tempo,nessa matéria vamos ter que voltar lá no passado para aprender mais sobre cada estilo de dança,assim como vocês viajam no tempo em História vamos viajar no tempo em dança,vamos dançar no tempo.-Prof. Jasmin falou mais sobre cada estilo de dança e como se originou e blá blá blá,anotamos no caderno tudo que ela falava,umas sim outras não,sei que não vou me sair bem na prática mas quero pelo menos ter alguma nota boa na escrita. A sirene soou e nos levantamos para irmos para nossa próxima aula,e foi assim até irmos para nossas casas.
                                * * *
        -Mãe eu já disse que vai ficar tudo bem.-Lúcia,eu e Lucas estamos nos despedindo de minha mãe,ela é médica e foi convocada para uma cirurgia de risco em Ausney,eu estou tentando convencer minha mãe de que meus amigos não vão destruir a casa nem quebrar absolutamente nada,só que depois de horas de discussão ela realmente se despediu e foi embora,contei para todos da matéria e professora nova.
-Eu não vejo problema nenhum com dança.-Nathaniel começou a falar,estávamos esperando os outros chegarem,Caroline já chegou e todos incluindo Lucas e Lúcia estamos assistindo a um filme para passar o tempo.
-Como não?Eu quase me quebrei tentando dançar hoje para ver minhas habilidades mas pelo visto não tenho nenhuma.-Caroline respondeu por mim,eu apenas concordava enquanto comia uma barra de chocolate.
   Eu olhei para o relógio e vi que já era mais ou menos tarde,se eu não soubesse que os outros provavelmente tem carro eu diria que eles estão vindo com a bicicleta do meu vizinho,é um milagre essa bicicleta andar pelo menos uma quadra de uma rua.
    Eu apenas suspirei e voltei a prestar atenção no filme.
    Que Deus cuide para que não seja um desastre. Amém.
 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...