1. Spirit Fanfics >
  2. O meu mundo sem você (Imagine Gong Yoo) >
  3. Roupas de casal

História O meu mundo sem você (Imagine Gong Yoo) - Capítulo 10


Escrita por:


Notas do Autor


Gente, eu não tô conseguindo fazer o Gong pensar que odeia a S/n, então vai ficar em momentos fofos até eu conseguir pensar em algo, é isto.
#FIQUEEMCASA

Capítulo 10 - Roupas de casal


Fanfic / Fanfiction O meu mundo sem você (Imagine Gong Yoo) - Capítulo 10 - Roupas de casal

Gong Ji-Chul P.O.V`s On

Acordei com um pouco de frio, acho que devo ter esquecido a janela do quarto aberta.

Assim que abri meus olhos, levei um pequeno susto.

-- Bom dia oppa, dormiu bem? - falou super calminha deitada com seu rosto perto do meu.

-- O que você está fazendo no meu quarto?

-- Você dormiu na sala. - ela sorriu e foi inevitável não sorrir junto.

-- E por que seu rosto está tão perto do meu?

-- É que eu ia te acordar para tomar café da manhã comigo. Mas você é tão lindo, que é impossível não ficar te admirando. - falou passando a mão no meu cabelo.

-- Yah

-- Você sabe que é verdade... - sorriu e se levantou - fiz panquecas e suco de laranja para nós.

Foi pra cozinha e eu coloquei a mão no meu coração.

-- Por que você está tão acelerado? Acho que vou desmaiar...

-- O que você disse? Eu não escutei muito bem.

-- Nada. - me levantei e fui pra cozinha.

-- Você dormiu bem? Não ficou desconfortável no sofá?

-- Eu dormi bem, até que o sofá é confortável. - me sentei.

-- Que bom.

-- Você dormiu bem?

-- Dormi sim.

-- É por isso que sua pele está tão bonita. - a elogiei e comi um pouco de panqueca, que como sempre, estava muito boa.

-- Ooh sério? Obrigada. - ela sorriu surpresa.

-- Adorei as panquecas, parecem com as panquecas da minha cafeteria favorita.

-- Sério? Qual é a sua cafeteria favorita?

-- Coffe & Chocolate. É uma cafeteria com estilo americano.

-- Mentira.. - ela falou surpresa.

-- É verdade oras

-- ESSA É A MINHA CAFETERIA FAVORITA TAMBÉM - exclamou alegre e eu obviamente fiquei surpreso.

-- Sério? Ela não é tão conhecida.

-- Eu adoro ir lá, toca R&B e k-indie, eu amo.

-- É verdade, tudo lá é muito bom, a música, a comida, e o café de lá é perfeito.

-- De fato, eu frequento ela desde a época do ensino médio, eu adorava estudar lá em semanas de prova, é tão aconchegante.

-- Eu ainda não conhecia essa cafeteria quando eu estava no ensino médio, eu só comecei a frequentar quando eu comecei a trabalhar na editora e não tinha muita experiência, eu adorava ir lá pra manter o foco.

-- É uma ótima estratégia. Podemos ir juntos qualquer dia depois do trabalho, que tal?

-- Pode ser. - sorri e tomei um pouco de suco.

-- O que você vai fazer hoje?

-- Acho que só vou dormir mesmo, e assistir TV.

-- Hmmmmm...

-- Que foi?

-- Eu quero ir no shopping. - fez bico.

Respirei beeeemmm fundo.

-- Legal... eu espero você chegar..

-- Vai comigo? - fez a carinha do gato de botas.

-- Eu já disse que isso não funciona comigo.

-- Por favor oppa. - ela uniu suas mãos e fez uma carinha fofa.

***

-- Veste uma blusa preta.

-- Porque?

-- Pra combinar com a minha bolsa ué

-- Como assim?

-- No shopping eu te conto. - saiu do meu quarto.

Tomei um banho e vesti a tal camisa preta, meu sobretudo (tá meio frio) e uma calça de jeans claro.

Terminei de me arrumar e fui pra sala.

-- Vamos. - ela chegou na sala.

-- Você parece aquelas coreanas ulzzang. Tá bonita e fofa.

-- Obrigada, você também está bonito, bonito e sexy. - foi pro lado de fora do apartamento e eu fiquei parado pensando no que ela acabou de dizer.

-- O elevador chegou. - me chamou e eu fui junto dela.

"Eu sou sexy?" Me olhei no espelho e pisquei pra mim mesmo "é, eu sou sexy"

Ela começou a rir.

-- Que foi?

-- Nada. - deu de ombros.

***

Eu tenho certeza de que estou sendo manipulado por essa mulher, vocês sabem por que eu tive que vir combinando com a bolsa dela? PORQUE SOU EU QUEM VAI SEGURAR.

Não posso negar que isso foi genial, mas também não posso negar que foi maligno.

Mas até que a bolsa dela combinou comigo.

-- Precisamos passar na loja de cosméticos, minhas máscaras faciais acabaram. - segurou minha mão e começou a me guiar.

Chegamos na tal loja e a S/n parecia que ia surtar por causa dos lançamentos.

-- Uau, olha essa máscara de pêssego do Bangtan Boys. E essa de chocolate..mas eu acho que vou levar a de leite, não, a de melancia é melhor. E essa de melão? Olha essa de morango!! Mas a de carvão parece ser muito boa... o que você acha oppa?

-- Eu estou na duvida - fiz uma cara pensativa - se você vai fazer uma salada de frutas, fazer um chocolate com leite ou se você vai preparar esse carvão pra fazer um churrasco, e de fundo vai ter uma música do bangtan boys.. - comecei a rir mas ela ficou muito séria - acho que a pepino é melhor, ela ajuda a refrescar a pele - fiquei sério também.

-- Vou querer 30 dessa. - ela falou com a atendente.

-- Eu vou querer 6 da de água de coco. - pedi também e entreguei o cartão pra moça.

A S/n se aproximou de mim e pegou seu cartão de dentro da sua bolsa que estava comigo.

Fiz cara de choro.

-- Deixa que eu pago. - muahaha essa é a minha vez de fazer a carinha do gato de botas.

-- Isso não funciona comigo, não quero ser um incômodo, eu mesma vou pagar o meu.

-- Mas eu sempre quis comprar máscara facial pra minha namorada. - confessei.

-- Mas nós não estamos namorando.

-- Mas você é literalmente a única mulher na minha vida. - de fato ela é.

Ela corou e guardou o cartão.

-- Mas só dessa vez.

-- Tudo bem.

Terminamos a compra e eu segurei a sacola numa mão e mão dela na outra.

***

Almoçamos num restaurante no shopping e depois voltamos ás compras

***

-- Vamos naquelas lojas de casais e escolher roupas combinando só pra tirar foto? - perguntou empolgada.

-- Vamos. - respondi na mesma emoção.

***

-- Nossa, esse look ficou bom. - nos olhamos no espelho e ficamos costa á costa fazendo pose.

-- Swaag

-- Swaag

Tiramos uma foto e fomos escolher outra roupa.

Fizemos pose no espelho.

-- Quantos anos nós temos mesmo? - ela começou a rir - estamos parecendo adolescentes.

-- Estamos fofos assim. - fiz aegyo e ela tirou mais uma foto.

-- É verdade, agora vamos vestir um uniforme colegial.

Olhamos pra atendente e ela estava tentando disfarçar seu ódio, me segurei pra não rir.

-- Eu vou querer levar o conjunto da jaqueta. - falei e a atendente sorriu.

-- Yah, não combinamos de comprar um conjunto.

-- É um presente para nós dois. - sorri.

***

-- Agora vamos na loja de maquiagem. - ela falou depois de ter saído da loja onde ela comprou um par de sapatos.

-- okay. - suspirei.

***

-- Vamos na loja roupas. Preciso renovar meu guarda roupa.

***

-- Agora vamos na papelaria

Apenas assenti.

Tínhamos chegado em um ponto em que não dava pra ela segurar uma de minhas mãos pois ambas estavam segurando diversas sacolas de diferentes lojas.

-- Que horas são?

-- 19:39 - ela falou depois de olhar no seu celular.

-- Nós estamos aqui desde ás dez e pouco da manhã. - resmunguei.

Por sorte. Em frente á papelaria tinha uns banquinhos e eu fiquei sentado enquanto a consumista fazia suas compras.

***

-- Você quer jantar aqui ou em casa? - ela perguntou.

-- Vamos jantar por aqui logo.

Fomos no Mc Donald e jantamos lá mesmo, quando eu chegar em casa a única coisa que eu vou querer fazer é dormir.

***

-- Você marcou o tempo? - ela perguntou.

-- Eu esqueci.

-- Deixa quieto, vamos deixar a máscara por um tempo e depois tiramos.

-- Okay. Essa máscara é tão refrescante. - ajeitei minha cabeça no travesseiro.

-- É verdade. - ela sussurrou - ei

-- hm?

-- Vamos aproveitar que estamos juntos e tirar uma foto?

-- Ta bom.

Tiramos uma foto com a máscara facial e ela postou em seu instagram.

Ficamos ali, deitados na minha cama, conversando coisas aleatórias até dar o nosso tempo mental de tirar isso dos nossos rostos.

-- eu estou com sono. - ela confessou.

-- eu também. - falei de olhos fechados e depois de alguns minutos meu corpo relaxou completamente.

DE MADRUGADA..

Acordei com sede e me levantei, mas aí algo caiu no chão, quando olhei era a máscara facial, olhei pra minha cama e vi a S/n deitada com a máscara em seu rosto.

Peguei as duas máscaras e joguei fora, fui beber água e quando voltei pro quarto olhei que horas eram e me assustei ao ver que eram três horas da manhã, será se ficar com a máscara no rosto por tanto tempo causa algum problema?

-- Acho que não. - dei de ombros e desliguei a luz.

Me deitei ao lado da S/n e nos cobri com o cobertor, logo adormeci novamente.

Sentindo o calor humano de outra pessoa tão perto de mim, acho que é a melhor sensação do mundo.


Notas Finais


#FIQUEEMCASA


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...