História O meu novo mundo! - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Uta no Prince-sama: Maji Love 1000%, Uta no Prince-sama: Maji Love 2000%
Personagens Ai Mikaze, Camus, Cecil Aijima, Hijirikawa Masato, Ichinose Tokiya, Ittoki Otoya, Jinguji Ren, Kurusu Syo, Personagens Originais, Ranmaru Kurosaki, Reiji Kotobuki, Shinomiya Natsuki
Tags Fuku, Heavens, Historia Original, Quartet Night, Romance, Starish, Uta No Prince-sama, Zoe Shimizu
Visualizações 16
Palavras 2.475
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Fantasia, Festa, Magia, Mistério, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


#RipReiji

Capítulo 16 - RipReiji


Fanfic / Fanfiction O meu novo mundo! - Capítulo 16 - RipReiji

           No último capítulo:

     - Como ela é de personalidade? E maneira de agir? - perguntou ela com os olhos brilhando.

     Olhei para o corredor e o Quartet Night ainda estava lá.

     - Algo me diz que vais saber em breve. - falei quando comecei a escutar muitos passos.

[x:x:x:x:x]


      *ZOE POV ON*

     Estávamos todos a falar quando o meu celular vibrou, olhei e vi que o Reiji me estava a ligar.

     *Chamada On*

     - Moshi Moshi?

     - Zozo-chan! Nos estamos aqui no hotel! O Syo disse que vocês estavam na sala de convívio só que é muito longe venham cá, estamos num corredor no caminho entre ai e a recepção.

     - Han? Estas cá?

     - Eu, o Ranran, o Camus e o Aiai, venham logo.

     - Estamos a ir.

     *Ligação OFF*

     - Quem era? - perguntou a Nanami.

     - O Reiji e os outros vieram! - falei levantando-me empolgada!

     - SÉRIO? - perguntou Otoya.

     - SIIM!! VAMOOS?! - falei começando a correr, sendo seguida por todos.

     Corremos durante 2 minutos e assim que virei uma curva avistei os 4 parados encontrados à parede, e ao fundo estava o Syo a falar com uma garotinha pequena, bem fofa por sinal.

     - REI-CHAN!! - falei correndo na direção deles.

     - ZOZO-CHAN! - gritou ele abrindo os braços.

     Assim que cheguei a um metro dele saltei para cima dele fazendo com que nós caisse-mos levando o Ranmaru connosco. Culpa dele por ter ficado atrás do Reiji.

     - Tsh! Saiam de cima de mim seus gordos. - falou ele empurrando-nos de cima dele.

     - Tinha tantas saudades vossas. - falei abraçando os dois.

     - Também tínhamos. - falou Reiji pelos dois.

     - Venham cá também! - falei para Ai e Camus.

     - Isso não vai acontecer. - falou Ai.

     - Eu não sou como vocês plebleios que ficam a andar pelo chão. - falou Camus fazendo pose.

     - Deixem de ser chatos. - falei puxando-os para o chão e abracei-os. - Sei que também sentiram saudades minhas!

     - Não, nem um pouco. - falou Ai.

     - Eu não tenho saudades de plebeias.

     - Tsh. - resmungou Ranmaru.

     - Vocês sao uns amores. - ri. - Apenas o Rei-chan me ama! - falei apertando as bochechas dele fazendo todos rir.

     Após todos se cumprimentarem o Syo veio ter connosco.

     - Oi de novo. - falou ele.

     Olhei para ele e vi a garotinha de antes escondida atrás dele.

     - Ah, verdade! Essa é a Lizz. - falou ele puxando-a para a frente dele.

     - Meu... - falou Natsuki.

     - DEUS! - completei-o.

     - QUE FOFAAAA. - falamos em uníssono abraçando-a.

     Ela era realmente muito fofa, tinha uns 10 centrimetos a menos que eu e o Syo, usava roupas semelhantes às da Ranko de The [email protected] Cinderella Girls... Cabelo loiro encaracolado e solto.

     - Achamos a nossa futura modelo. - falou Natsuki esfregando a bochecha dele na dela, fazendo todos rir.

     - QUE LINDINHA! QUERO TER UMA FILHA COMO TU! - falei. Todo o mundo se calou.

     Olhei para trás e todos estavam a olhar sérios para mim.

     - Que foi? Tem coisas que eu quero fazer para além de dançar e fazer sessões de fofura pow. - ri. Todos voltaram a rir, tirando aqueles sérios, esses só acenaram que não com a cabeça, mas eu vi o sorrisinho, eu vi!

     Levantei-me apresada e senti a falta de algo.

     - Onde está o Fuku? Não me digam que o deixaram sozinho!? - falei aproximando-me dos 4.

     - Eu tentei, mas ele. - apontou para Ranmaru. - Não deixou que ele ficasse lá, e aquele. - apontou para Reiji. - Cooperou com ele. - falou Camus cruzando os braços.

     - Isso não respondeu à minha pergunta! Cade ele?

     - Ele está com o Hyuga. - falou Ai olhando para o celular.

     - MEU DEUS PAREM DE SER TÃO INDIFERENTES! Onde está o Hyuga? - olhei para Reiji e Ranmaru.

     - Cala a boca, essa voz chata irrita-me. - falou Ranmaru esfregando as têmporas.

     - Rei-chan... És a minha salvação... Por favor. - falei agarrando-me ao braço dele.

     - Anda. - falou ele rindo.

     - FINALMENTE ALGUEM COM UM CORAÇÃO PIEDOSO! - falei olhando de relance para os outros 3 que me olhavam com cara de ofendidos. Deitei-lhes a língua de fora.

     - Zoe-chan? - chamou-me Natsuki.

     - Sim anjo?

     - Começo os preparativos? - falou ele ainda abraçado à Lizz.

     - Queres ser nossa modelo? - perguntei para ela.

    - Não sei! - disse ela olhando de relance para Syo. Ele deve-lhe ter contado. Maldito! Assim vamos perder a modelo.

     - Porque ela tem opção e eu não? - perguntou Syo com cara feia.

     - Porque tu nasces-te para ser nossa cobaia Syo-chan. - falei aproximando-me dele. - Não estás chateado. Estás?

     - Como não estar? - reclamou ele.

     - Aah, Syo-chan! Estavas tão fofo naquela roupa. - falou Natsuki colocando a mão no ombro dele.

     - Compreendo a raiva do Syo. - sussurrou, ou no mínimo, tentou sussurrar Tokiya.

     - Neh. Não queria estar no lugar dele. - falou Masato. Olhei para Natsuki.

     - Ouvis-te isso?

     - Claro que sim! Não posso deixar impune! - concordou Natsuki.

     - Bem amores! Já decidi que festa quero no meu aniversário! - ri.

     - E qual seria? - perguntou Ai.

     - Festa de fantasia. - falei mandando um olhar malévolo para Natsuki recebendo outro em troca.

     - Não penses que vou participar de algo tão plebeio quanto isso. - resmungou Camus.

     - Ah vais sim, não tem opção mister Camus! - ri. - E tem algo mais!

     - O que? - falou Otoya empolgado.

     - Eu que vou escolher as fantasias. - disse fazendo pose.

     - Ah não! - falaram quase todos em uníssono.

     - Não aceito que uma plebeia escolha a minha maneira de vestir. - reclamou Camus.

     - Tsh. - resmungou Ranmaru.

     - Vai que é tua! - disseram Reiji, Otoya e Natsuki fazendo uma dança, bem estranha por sinal.

     - Não me importo de cooperar. - falou Lizz sorridente.

     Olhei à volta e vi que Syo estava a tentar fugir.

     - Ah! Nem penses. - falei  puxando-o pelo braço junto com Lizz.

    - Tradidora. - sussurrou ele para Lizz.

    - Bem, como eu faço anos depois de amanhã iremos sair todos juntos amanhã! - falei dando batendo na palma da mão de Lizz.

     - HAI. - falaram todos.

          *4 horas depois*

     - E basicamente foi isso que aconteceu. - falei para Fuku que se encontrava no colo de Ken. Eles amaram-se.

     - Então, basicamente tiveste uma confusão com o Syo, começaste um relacionamento escondido com o Syo numa balada, saíram para diversos sitios durante uma semana, foram à praia, depois perderam-se numa gruta e fizeram o Syo de cobaia hoje. - conclui-o Fuku.

     - Exato. - falei eu e Ken em uníssono.

     - Agora estou a sentir-me mal por não ter vindo. - reclamou Fuku.

     - Mas os próximos dias vão ser os mais interessantes. - disse mexendo freneticamente no guarda-roupa à procura de uma roupa legal para o dia seguinte.

     - Como assim?

     -Bem, para começo as fantasias, depois ver eles dentro das fantasia que EU escolher. - falei dando ênfase no eu.

     - Estou ansioso! Pena que eu não vou ter uma... - falou Fuku triste.

     - Isso é só pedir ao Natsuki, ele faz-te uma fantasia muito pumástica. Vais arrasar! Até porque vou ser eu a escolher. - ri.

     - Aeee. - falou Fuku andando as voltas na cama.

     - E agora? - perguntou Ken.

     - Agora o que?

     - Até a pessoa mais lerda do mundo perceberia que o Syo está chateado. - disse Ken riu.

     - Está? - perguntei sentando-me na borda do guarda-roupa.

     - Pfs... Lógico que não! A namorada e o amigo de infância simplesmente torturaram-no durante uma hora ou mais. Não tou a ver motivos para ficar chateado. - disse Ken ironicamente.


     - Senti muita ironia. - ri. - Eu dou um jeito nisso, o Syo não é do género que guarda magoa por muito tempo. - falei pensativa.

     - Se tu o dizes. - disse Ken dando de ombros. - Bem meu amor, vou dormir, porque Ken sem seu sono de beleza não funfa. - falou ele dando-me dois beijos na cara.

     - Tchau anjo, te amanha. - falei enquanto ele saia do quarto.

     - Zoe-chan? - chamou-me Fuku.

     - Sim amorzinho? - perguntou virando-me para ele.

     - Não era proibido ter relações amorosas?

     - Supostamente, sim. - disse dando de ombros.

     - Então porque tu e o Syo-chan namoram? Melhor ainda, o que é o amor? Eu já li em muito livros mas nunca soube ao certo o que era. - falou ele sentando na cama.

     - Bem, como explicar? - falei sentando-me do lado dele. - O amor é algo que vem daqui. - falei colocando a mão aonde supostamente era o coração dele.

     - Do pelo? - perguntou ele confuso.

     - Não seu trouxa, do coração! - falei colocando a outra mão sobre o meu.

     - Oh, entendi.

     - Amor é quando tu queres estar sempre perto da pessoa, amas sentir as carícias dela, desejas formar uma vida com ela. Geralmente amor nasce através de uma amizade sabes? Depois vai evoluindo, ai começas a sentir que essa X pessoa é ainda mais importante do que pensavas, e ficas corada ou corado com apenas um toque ou com uma grande aproximação da pessoa. Idealizas a pessoa como se fosse perfeita! Sonhas com ela, e formas mil e um planos na tua cabecinha. Ai chega a um ponto que se torna amor, puro e sincero. Onde vais conseguir dizer "Eu te amo". - falei deitando-me na cama.

     - Então eu acho que te amo. - disse Fuku saltando em cima de mim.

     - Então não me tentes matar. - falei rindo. - Já não és mais uma cria de puma leve. Sinceramente o Ranmaru exagerou outra vez nas guloseimas não foi?

     - Não! Pfffsss. Achas. - falou Fuku olhando para outro lado.

     - Podes ser um Puma mas mentes como um humano. - ri.

     - Zoe-chan? Tu amas o Syo?

     - Eu... - travei. Eu sabia que gostava dele, mas amar? Realmente não tinha a certeza... Agora que penso, o Syo também nunca me disse que me amava pois não?

     - Percebi que não sabes ao certo. Tenho sono. - falou ele bocejando, deitando-se ao meu lado.

     - Desculpa... Podes dormir amor.

     - Não tem mal, os sentimentos são teus.- falou ele indo para debaixo da coberta. - Boa noite Zoe-chan!

     - Folgado. - reclamei vendo ele usar a minha almofada. - Boa noite amor. - falei tapando-o melhor, dando-lhe um beijo de seguida.

     Fui pegar um pijama e fui tomar um banho rápido. Após isso deitei-me na cama ao lado de Fuku que se encostou mais a mim. Após isso ouvi-o ressonar. Simplesmente um amorzinho. Peguei no meu celular e mandei uma mensagem para o Syo.

          *Chat Syo ON*

     Zoe: Oie mooh! Já estás a dormir?

     Syo: Não.

     Zoe: Nossa que seco

     Syo: Hum

     Zoe: Ficaste zangado?

               Vista

          *Chat Syo OFF*

     - Eita, o Ken tinha razão ele realmente ficou chateado. - falei depois de ele não ter respondido durante os últimos 5 minutos.

          *Exército da Zoe ON*

     Zoe: Alguém acordado para falar comigo?

     Reiji: Zozo-chan, tu não dormes?

     Zoe: Tou sem sono

     Reiji: Sei.

     Ranmaru: O que fazem aqui a esta hora? Gente é 1 hora da manhã.

     Zoe: Sabes como é, falta de sono da nisto

     Ranmaru: Enfim neh

     Zoe: Mas relaxa o teu "irmão" de coração está a dormir
          *foto do Fuku*

     Ranmaru: Que...

     Otoya: Fofo?

     Zoe: Imaginas o Ranmaru a falar isso?

     Reiji: Nunca viste?

     Zoe: Nunca, never in my life!

     Otoya: Ele já disse algo assim?

     Ren: IM-PO-SSI-VEL! Eu vestiria-me de garota por um dia se isso realmente tivesse acontecido.

     Reiji: @KawaiiNat

     Natsuki: Oie?

     Reiji: Prepara uma fantasia de garota para ele! Eu já mando o video!

     Ranmaru: NEM SONHES!?

     Reiji: Cá vai!

     Ranmaru: NÃO!

     Reiji: 3

     Ranmaru: Reiji se tu enviares esse troço considera-te um homem morto.

     Reiji: 2

     Ranmaru: ESTOU A AVISAR-TE.

     Reiji: 1
               *vídeo enviado*

     Zoe: Meu deus! Realmente aconteceu!

     Ai: Ranmaru tu és homossexual?

     Otoya: Estava pensando nisso.

     Ranmaru: Prepara-te Kotobuki Reiji!?

    Ren: Ferrou para mim.

    Reiji: ksks falei

     Syo: Obg... Eu acho.

Natsuki: Ranmaru não fiques assim, todo o mundo sabe que o Syo-chan é fofo. Mas é pena que ele já namore com a Zoe-chan.


     Zoe: Mds

     Reiji: Oie o que eu perdi?

     Otoya: Natsuki ta viajando

     Natsuki: Tou não!

          *Exercito da Zoe OFF*

          *KawaiiNat Chat ON*

     Zoe: CALA A BOCA NATSUKI!? A DEFINIÇÃO SEGREDO NAO ESTA NO TEU VOCABULÁRIO?

    Natsuki: Era segredo?

    Zoe: Era... Agora não é mais ;u;

    Natsuki: Ups. Perai.

        *KawaiiNat Chat OFF*

        *Exercito da Zoe ON*

    Reiji: Me atualizem nas fofocas.

    Natsuki: Corretor ;u;

    Reiji: Como assim?

    Natsuki: Queria dizer que a Zoe e o Syo eram melhores amigos ;u;

    Reiji: Sei.

    Natsuki: Estou falando sério! Eu juro
                    Palavra de escuteiro!

    Masato: Natsuki tu nunca foste escuteiro...

    Zoe: Tens que falar assim: Entrego meu coração à humanidade para defender a minha afirmação! Foi o corretor! (N/A: entendedores entenderão)

    Natsuki: Entrego meu coração à humanidade para defender a minha afirmação! Foi o corretor!

    Zoe: Assim mesmo! Já agora preciso que faças uma fantasia para o Fuku.

    Natsuki: Certo, traz ele aqui amanhã para eu tirar as medidas.

    Ai: Usa as mesmas do Syo, tendo em conta que os tamanhos deles são semelhantes!

    Syo: ...

    Natsuki: Kskskska

    Otoya: Não podias deixar passar essa não é?

    Zoe: Pesado.

    Tokiya: Ninguém dorme neste inferno?

    Masato: Acho que o Cecil, o Camus, a Ringo, o Hyuga, e o Fuku claro, estão a dormir.

    Tokiya: Lololol tu entendeste-me

    Zoe: Masato piadista? Essa é nova.

    Otoya: Que milagre é esse?

    Zoe: Gente o Reiji sumiu?

    Nanami: Porque o Ranmaru está correndo atrás do Reiji pelos corredores a estas horas?

    Otoya: Meu deus...

    Syo: Adorei conhecer o Reiji. Mas a vida dele está prestes a chegar ao fim....

    Zoe: Gente que é isso! Ele é nosso amigo! Vamos impedir um assassinato! Para onde eles foram?

    Nanami: Lá para fora...

    Ren: Mas não está a chover ovelinha? Não estás enganada?

    Nanami: Não, eu tenho certeza disso.

    Zoe: Desculpa Reiji... Salva-te soldado! Cada um por sua conta!

    Otoya: #RipReiji

    Syo: #RipReiji

    Natsuki: #RipFofuraDoReiji

    Zoe: Ao menos eles deixou-nos algo legal para zoar com o Ranmaru! Foste um grande soldado! #RipSoldadoReiji

    Ai: #RipReiji

    Masato: #RipReiji

    Tokiya: #RipReiji

    Zoe: Meu deus vocês também entraram? Ksks

    Tokiya: Ele foi um otimo senpai.

    Masato: Sem duvida!

    Nanami: Gente! *foto do Ranmaru em cima do Reiji deitado de costas do chão* Se vocês não vierem, o Reiji vai rippar mesmo!

    Zoe: Eita poha, tou indo!

        *Exercito da Zoe OFF*

    - Vai ser uma longa noite. - reclamei levantando-me com cuidado para não acordar Fuku. Peguei o casaco e sai do quarto.


Notas Finais


#RipReiji
Tag marcante ksksk

Mas bem, o que será que vai acontecer no próximo capitulo?
Sério, o que vai acontecer? É que nem eu sei kkkkk eu quando escrevo coloco-me na pele de cada personagem e vou escrevendo o que vem à cabeça, ent seja o que Deus quiser ksks


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...