História O meu professor de História - Capítulo 18


Escrita por:

Postado
Categorias Supernatural
Personagens Castiel, Dean Winchester, Sam Winchester
Tags Supernatural
Visualizações 43
Palavras 1.049
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Mais um capítulo

Capítulo 18 - O mal estar.


Fanfic / Fanfiction O meu professor de História - Capítulo 18 - O mal estar.

Ja estávamos em casa, passar esse final de semana na casa da Samantha foi muito divertido, todos gostaram.

Diana: Mãe a Samantha é muito legal!

S/n: É sim, muito gente boa!

Castiel: Ela é engraçada, mais ainda não entendi porque ela pegou na minha bunda.

Ele fala com cara de confuso.

Dean: Ela fez o quê?

Casteil: Pegou na minha poupança, foi uma sensação legal.

Dean: Cala a boca!

Sam: Ih ficou irritadinho porque ela pegou na bunda do Cass e não na sua?

Dean: Eu vou para o quarto, melhor que escutar bobagens.

Ele vai para o quarto dele.

Sam: Foi realmente muito divertido.

Diana: Faz um dois dias que fomos la e eu já quaro ir de novo!

S/n: É, mais quando ela nos chamar de novo vamos. Do bom ver a Samantha outra vez.

Diana: Mae, pai posso ir para o meu quarto?

Sam: Vai la querida.

S/n: Vai Dina.

Ela me da um beijo e vai para o quarto, mesmo depois de dois dias que voltamos da casa da Samantha ela ainda estava cansada.

Sam: E você meu amor, se divertiu?

S/n: Muito, mais vou comer alguma coisa, você quer?

Sam: Aceito.

Vamos para a cozinha e eu pego duas fatias de torta de oreo para mim e o Sam.

Sam: Esta torta esta ótima!

S/n: Vou fazer mais vezes, esta maravilhosa!

Depois de terminamos de comer o Sam vai tomar um banho e eu assistir Os Jetsons. Depois de quase meia hora o Sam volta e se senta do meu lado.

Sam: Os Jetsons, minha infância!

S/n: A nossa!

Ele deita em meu colo e eu fico acariciando o cabelo dele. Depois de quase uma hora eu sinto o meu estômago embrulhar, será que a torta estava estragada? Eu estava com uma ânsia de vômito.

S/n: Sam, você esta sentindo alguma coisa?

Sam: Como assim?

S/n: A torta nao te fez mal? Eu estou com ânsia de vômito.

Ele se levanta e me encara.

Sam: Nao, eu estou perfeitamente bem. Será que não foi outra coisa que você comeu?

S/n: Pode ter sido, eu comi muitas coisas esses dias.

Sam: Mais é bom tomar um remédio para que não piore meu amor. Deixa que eu vou pegar!

Ele se levanta e volta trazendo um copo de água e um comprimido. Eu bebo, me sinto um pouco melhor depois de um tempo.

Os outros ja tinham jantado, eu e o Sam ja ramos e vamos nos deitar.

Sam: Esta melhor s/n?

S/n: Sim, bem melhor.

Sam: Boa noite meu bem.

Sam: Boa noite Sam.

Ele me beija, se deita e me envolve nos braços.

 

 

 

Acordo, olho para o relógio, eram 02:34 da madrugada. Corro para o banheiro e me acocoro no vaso sanitário, vomito toda a torta que tinha comido mais cedo e umas outras coisas. Eu foco no banheiro uns 15 minutos até me levantar, dou descarga e lavo minha boca.

Sam: Meu amor você esta bem?

O Sam estra no banheiro, estava com cara de sono.

S/n: Do so um mal estar meu anos, vai dormir.

Sam: Você estava vomitando?

S/n: Um pouco, deve ter sido alguma coisa que comi. Esta tudo bem.

Ele lava o rosto e se vira para mim.

Sam: Se continuar assim, amanha vou te levar no médico.

S/n: Nao precisa, é ao um mal esta que logo passara.

Sam: Quando eu estava doente nao foi isso que aconteceu.

ele me olha serio.

S/n: Mais tenho certeza que sim, so vou escovar os dentes e vou me deitar. Pode ir.

Ele sai do quarto, eu escovo meus dentes e volto a dormir com o Sam.

 

 

 

Sam: Bom dia meu amor!

Eu acabava de acordar e o Sam estava do meu lado ainda com roupa de dormir.

S/n: Bom-dia!

Sam: Esta se senti do melhor?

S/n: Estou sim, nao se preocupe.

Sam: Vou tomar banho, te amo.

ele me beija e sai da cama.

S/n: Também te amo

eu arrumo a cama e ele sai do banheiro, estava usando uma bermuda branca e uma camisa de manga longa bege de lãn.

Sam: Estou na cozinha, qualquer coisa é so chamar.

S/n: Ta bem, que horas são amor?

Sam: 07:35

S/n: Vou tomar banho e já desço.

Quando faço a minha higiene matinal visto uma roupa e vou para a cozinha, no caminho passo pelo quarto dos outros. A Diana estava dormindo, o Dean e o Cass também estavam.

S/n: O que você vai fazer?

O Sam estava com uma chaleira na mão.

Sam: Prepara um chá para você.

S/n: Nao precisa Sam!

Sam: O que foi? Acha que não sou capaz de fazer um chá?

S/n: Nao é isso.

Sam: Então nao se preocupe, quero que meu amor melhore, vou fazer um chá de menta com cidreira que vice gosta. E é muito bom para ânsias de vômito!

ele levanta a manga da camisa e coloca agua na chaleira para fazer o chá, estava tão lindo como nunca!

S/n: Eu já estou melhor meu amor! Nao precisa.

Sam: Eu sei, mais é bom que serve para o nosso lanche e para a saúde. Agora senta enquanto eu termino!

S/n: Seu teimoso, esta bem.

Eu me sento na cadeira da mesa e fico olhando ele preparar o chá, eu me levanto e aproveito para fazer as torradas do povo.

Sam: Isso eu deixo você fazer.

S/n: Que bom chefe! Vai querer quantas?

ele ri enquanto ligava o fogo.

Sam: Duas, por favor pequena recruta!

S/n: É para ja senhor!

Eu adorava quando o Sam se preocupava comigo, mais eu já estava me se rindo melhor, so uma pequena ânsia. Mais ja estava bem melhor, acho que não vou precisar e ao médico.

 

S/n: Pronto, ja fiz.

Sam: O chá ja esta pronto também.

S/n: Vamos merendar?

Sam: Sim.

Ele leva os pratos para mesa e eu pego os copos, se sentamos e começamos a nossa refeição.

S/n: O chá esta maravilhoso!

Sam: Que bom, porque eu achei que tinha feito errado.

Ele ri e me serve uma torrada.

S/n: Obrigada meu amor!

Sam: Faço com carinho minha vida, assim como você faz comigo.

 

Ele me beija e quase derruba a xícara de chá dele.

S/n: Também.

Depois de terminar a nossa refeição eu vou acordar o resto do pessoal da casa.


Notas Finais


Foi curto, mais espero que tenham gostado!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...