História O meu professor particular - Capítulo 10


Escrita por: ~

Visualizações 345
Palavras 1.994
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 10 - Eu sou sua?


Isso no que dar deixar uma filha sozinha com um professor safadão como esse. Ele foi passando sua mão pelo meu corpo todo e chegou na minha intimidade, só em sentir seu toque nela, me dá uns coiso, uma excitação, acho que se eu tivesse um pinto nesse momento estaria batendo no teto kaksks ta parei, mds numa situação dessa fico pensando mais merda.

Sinto ele colocar um dedo devagar dentro, e começou a penetrar lentamente, pude sentir apenas um pouquinho de dor mas me acostumei rápido com isso. Isso é agoniante, isso é mesmo uma torturação? Vai que depois ou nos outros dias ele faz algo pior comigo…. MDS

“Por enquanto eu estarei te torturando aos poucos até você pedir para ser fodida”  GZUIS isso não sai da minha cabeça

Seguro em seu braço e aperto, depois ele coloca seu outro dedo e começa a me penetrar mais um pouco rápido, eu mordia meu lábio inferior, tentando conter os gemidos

- Pode gemer pra mim… Será bem vinda… Quero escutar… Bem baixinho para mim ouvir… - acabo soltando - Isso… Geme meu nome… - apesar de estar vermelha de vergonha ainda, eu estou gostando, a vergonha ficou sumindo aos poucos, e deixando apenas o prazer em mim que estou sentindo

Depois ele para

- P-Por que p-parou agora?...

- Quer que eu continue? - assenti com a cabeça - Vai ter que me convencer

- Por favor… Continua… Yoongi… - pedi manhosa

- Ainda não me convenceu

- Vai… Eu quero que você continue com seus dedos… Você é muito bom nisso… - ele continuou e foi me penetrando rapidamente. Eu gemia com isso e apertava mais seu braço, ele fica quase colado com meu corpo no seu, ele deixa uma perna minha em sua cintura e ficou segurando a mesma enquanto me penetrava. Quando finalmente chega em meu limite, eu gozo em seus dedos, ele chupa seus dedos saboreando, depois ele se abaixa e começa a chupar minha intimidade - A-Ahn… - fiquei com respiração acelerada. MDS isso foi bom… E essa boca aí em baixo? Que delícia - Tão bom… - fiquei de olhos fechados sentindo sua boca aí

- Você é tão gostosa… Como esperava… - abro os olhos e o olho. Ele sobe e olha para meus seios. Ele foi em um dos meus seios e começou a chupar o bico e fazendo movimentos com sua língua. Mds vou enlouquecer… - Tão durinhos… Te fiz ficar bem excitada - sorriu malicioso para mim - Imagina quando eu ficar dentro de você… - agarrou minha cintura me puxando mais ainda para ele deixando nossos corpos colados - Isso não foi nada ainda, baby… Só por hoje… - Então quer dizer que vai ter mais? Mds….. Nada a dizer

(...)

- Que foi S/n? Você está muito calada - falou Jin

- Por que? Eu falo muito?

- Não é isso, sério agora por que está tão calada? Pensando em alguém? - fez uma cara maliciosa

- Não, Jin

- Hum…

- É que… Essa semana está muito agitada…

- Verdade… Cheio de provas… Mas… Eu ainda acho que não é isso que você está pensando distraidamente

- Deve ser algo… Bem pessoal dela… - falou Hoseok

- E o seu namorado? Por que não está com ele hoje? - perguntou Jin

- Eu já falei que só estamos apenas ficando

- Hum…

Estou pensando em como ele me pegou ontem… Aconteceu mesmo aquilo? Aahh

- S/n, S/n, S/N! - me chamou Jin me balançando

- Yaa que foi? - o olhei saindo de meus pensamentos

- Tem uma pessoa te olhando bastante, capaz do olho dele cair em cima de você

- Quem?

- Ah… Num é o Park Jimin? - perguntou Hope - Está com uns amigos dele

- O Park? Por que ele estaria me olhando? - logo lembrei daquele dia que ele me viu apenas de blusão……. AAAHH vou me matar

- Vai que ele te achou interessante - Jin falou - E aia lá o Taehyung está lá também no grupinho dele. Tem ciúmes não, Hoseok?

- Não, só são amigos.. E para de me encher com isso… Olha você que não tem ninguém - eita, doeu até em mim aqui, tadinho do Jin

- Huh, só espere… Quando conseguir o Namjoon eu vou jogar bem na sua cara

- Você nunca vai conseguir ficar com ele

- Poxa Hope, fica quieto - falei lhe dando um tapa no ombro

- Ai

(...)

Quando eu iria saindo da sala já na hora de ir embora, sou chamado pelo profe Namjoon

- Algum problema professor? - ele pegou um papel parecia a prova que eu havia feito de ciências

- Queria saber… Se você é a única criatura rara que existe ainda desse tipo por aqui - Que..?

- Não entendi…

- Quando eu disse que não podia rasurar a prova, você rasurou… Por que diabos desenhou aqui aqui na questão de marcar “X”? - me mostrou. Por dentro tô rindo disso… Tô quase rindo aqui fora...

- Eu sem querer quando rasurei… Desenhei para mostrar quais as partes de dentro do corpo e as funções… Eu poderia ganhar um 7, não?

- Acha que vou te dar um 7?

- Err...

- You will not be disapproved - Que… Não entendi… Vai que ele ta me xingando e eu não sei. Fiquei sem saber

- Eu no know do que você talk - até tentei inglês… Que mico…

- Vamos fazer o seguinte… - ele fecha a porta já que estávamos só eu e ele agora - Ele aproxima para perto de mim e toca em meu rosto, coloca seu polegar em meus lábios, quando ele estava prestes a selar sua boca na minha, alguém bate na porta e fazendo com que ele rapidamente se afastasse de perto de mim. A pessoa que bateu aporta abre e nos olha. Namjoon naturalmente o olha… Acabei mordendo meu lábio, estava nervosa… Pois era o profe Yoongi

- Atrapalhei algo? - nos olhou

- Não, estava resolvendo uma coisa com ela, nada demais… - ele me olha - Já pode ir S/n… - fiquei com medo desse olhar do Yoongi em mim… Mas eu não fiz nada errado… Fiz?

Saí dali tão nervosa que nem sei o que fazer mais… E quando ele for me dar as aulas particular… Mds o que será que ele vai falar? AI MDS mas por que ficar preocupada? Eu não fiz nada!

(...)

Havia ido no mercado comprar chocolate quando estava na volta pra casa e no mercado eu vi um alguém comprando um lanche… Ele me encara por um momento e sorri… Eu vi isso mesmo? Ele sorriu para mim? O que ele tem? Antes era uma maior ignorância agora sorri para mim? Ah vai se fuder Jimin.

Daí por um segundo você lembra que esqueceu do money… aaah… Quero o chocolateeee. Quando cheguei em casa, tomei banho e comi, depois fui dar um cochilo na minha cama, estava com dor de cabeça


Depois acordei com batidas na porta… Quem será que é? Me levantei preguiçosamente e fui atender… Como eu estava meio lerdinha que tinha acabado de acordar, minha cabeça fica voando. Vejo direitinho quem era e… Vish…

- Ahn… - sem eu falar nada ele entra… Ta né… Fecho a porta e o olho. Sua face séria… Como sempre… Sem expressão alguma… Dou um suspiro, e fico o olhando até o momento em que ele me olhar e me chamar me dando um susto… Eu estava sem jeito… Mas por que se preocupar S/n? Você não fez nada…

- Vai ficar olhando pra minha cara? Até quando?

- Que ignorância… - murmurei - Não estou com coragem de estudar hoje - falei com jeito de sono

- Hm, novidade. Estava dormindo?

- Estava… Até um alguém vim… - falei baixo a última frase. Me sentei no sofá com as perninhas cruzadas olhando pra cara dele ali de pé, até ele vim sentar ao meu lado

- Você está querendo me provocar

- Não… Não estou - ele pode ser capaz de qualquer coisa nesse momento como fez ontem ele pode fazer hoje…

- Então… Me responde uma coisa - já ta dando medo - Poderia me dizer que tipo de assunto ele estava “resolvendo” com você? - estou sentindo um cheiro de ciúmes com toque de Yoongi?

- Eu não fiz nada com ele...

- Não sou cego

- V-Você viu?

- O que acha? - engoli seco. Depois fica um silêncio, ele me encara de uma forma… De querer fazer algo comigo

- E-Eu volt… - falei me levantando, mas ele me interrompe e me puxa de volta para o sofá

- Você gosta mesmo de sofrer com castigos, não é? - ele passa sua mão dentro da minha blusa e aperta meus seios, depois foi massageando

- A-Ah…

- Não pode gemer - mordi meu lábio inferior. Ele abaixa as duas alças da minha blusa no qual foi fácil e depois tira o meu sutiã. Ele vai até meus seios e começa a chupa-los o bico e fazendo os seus movimentos com a língua. Como ele consegue me controlar tão facilmente?. E eu não to aguentando - P-Porra… - sem querer escapa

- Mas que boquinha suja a sua - me olha - Quer que eu dê uma lavagem nela? - talvez se eu me divertir um pouco também… Não seria tão mal…

- Poderia ser… - sorri. Aproximei para perto de seu rosto e comecei a beijá-lo colocando a minha mão pela sua nuca. Ele agarra na minha cintura, me puxa fazendo com que eu ficasse sentada em seu colo com minhas pernas em cada lado de sua cintura. Depois a nossa respiração acaba e nos afastamos

- Você é apenas minha… Entendeu? - foi com sua mão em minha bunda e apertou ela - Eu não quero que ninguém se aproxime para perto de você daquele jeito… Como aconteceu… Você sabe muito bem - ai que medo da poha, não sei se isso é bom ou ruim… Puta que pariu…

- Entendi…

- Bom. Você disse que não estava com vontade de estudar… O que você quer fazer?

- Eu… Falei por falar… - olhei para baixo. Logo lembrando que eu estava com os meus seios a amostra ainda para ele. Quando eu iria levantar minha blusa ele segura na minha mão impedindo que eu cobrisse

- Vamos brincar um pouco mais… Adoro brincar com eles… - olhou para meus seios. Fiquei que nem um tomate. Ele foi massageando um - São tão durinhos… E gostosos… - no outro ele foi chupando. Fiquei arfando. Podendo sentir essa boca dele, está me deixando excitada… Mas como ele pode dizer que eu sou dele? Aigoo…

Acabo me remexendo em seu colo agoniada, com o meu remexido acabo sentindo uma coisa dura aqui na minha intimidade, ai mds… Acordei o pequeno Yoongi dele… Ele para no momento que sentiu

- Você fez isso de propósito - me olhou passando sua língua pelo seus lábios. Agora que faço mesmo, comecei a fazer uns movimentos esfregando nele, podendo o provocá-lo - Hunm… - mordeu seu lábio inferior - Não brinca desse jeito comigo… Vou te fazer sofrer…

- Que medo - falei brincando sorrindo. Ele rapidamente me deita no sofá ficando por cima de mim e tira meu short com minha calcinha. Segurou fortemente meus dois pulsos com sua mão e com a outra ele foi colocando seus dois dedos na minha vagina me penetrando rapidamente. Comecei a gemer contorcendo meu corpo

- Não é pra você gemer - ele tira seus dedos e dá um tapinha na minha buceta, mordi meu lábio inferior fortemente, ele dá outro tapinha mas dessa vez um pouquinho forte - Muito bem… - ele solta meus pulsos, ele foi dando uma trilha de beijos pelo corpo, descendo até minha intimidade e lá ele aperta minha coxas. Com seus dentes ele puxa levemente meu clitóris, assim não dá… Está me deixando louca desse jeito…

- A-Ahm… E-Eu n-não estou aguentando… - minha respiração estava acelerada. Ele sobe indo no meu ouvido e fala

- Brinca comigo de novo pra você ver… - deu tapa na minha coxa e a outra de novo lá, deixando vermelhinha - Oh, tão vermelhinha ficou. Beijinho pra sarar - foi em baixo e deu um beijo na minha intimidade. Que irônico

A brincadeira parou por aqui...


(...)



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...