1. Spirit Fanfics >
  2. O mistério da família Black >
  3. Resolvendo

História O mistério da família Black - Capítulo 14


Escrita por:


Capítulo 14 - Resolvendo


Fanfic / Fanfiction O mistério da família Black - Capítulo 14 - Resolvendo

Pov's Elsa

Assim que os carros estacionaram na frente da enorme casa negra,os vampiros saíram do carro e atiraram nos vigias,matando-os.

Pude sair do carro,mas eu estava cercada por muitos guardas,que me protegiam.As janelas da casa abriram e dispararam flechas,mas rapidamente criei um pedaço de gelo e nos protegi.

-Avancem!-ordenei e comecei a andar junto com os meus soldados.

Estávamos no esconderijo do norte,enquanto no sul,Soluço liderava um grupo juntamente com Seeylfe,Dag e Astrid.

Peguei minha pistola e arrombei a porta,vendo dezenas de vampiros avançarem.Comecei a atirar sem parar junto com os meus soldados e em minutos,todos da classe 3 estavan mortos.

-Vasculhem tudo-ordenei vendo meus soldados se afastarem.

-"Majestade-ouvi Soluço chamar no rádio e eu peguei o aparelho-Já está tudo resolvido por aqui".

Sorri vitoriosa.

-"Me avise se encontrar alguma coisa"-pedi.

-"Entendido"-afirmou e eu coloquei meu rádio no bolso da minha coxa.

-Majestade-chamou Merida séria se aproximando com um baú nas mãos e jogando na minha frente.

Me abaixei na frente do baú e arranquei seu cadeado,abrindo-o em seguida.

Arregalei os olhos chocada,ao ver pedaços de restos humanos,dentro do baú.

-Elizabeth e Jackson são doentes!-exclamou Punzi assustada.

Fechei o baú.

-Não se preocupe-aconselhei-A extinção da classe 3 está apenas começando.

(...)

Depois que voltamos para o castelo,Soluço chegou com o outro grupo minutos depois e disse que achou mapas que mostravam o restante dos esconderijos da classe 3.

A informação de Soluço me deixou tão feliz,que ao anoitecer,resolvi dar um banquete em comemoração.O banquete que eu digo é:Muitos humanos para a gente se alimentar.

Eu estava sentada no meu trono,com uma taça cheia na mão.Apesar do banquete,eu não queria sair de lá e a minha cara de mau humor era o suficiente para as pessoas perceberem que eu queria espaço.

-Oi Elsita!-chamou Anna animada se aproximando-Isso é vinho ou sangue?

Arqueei uma sobrancelha pra ela.

-Desculpa,foi uma pergunta idiota-riu constrangida-Porque está com essa cara de bunda?Você conseguiu sua primeira vitória como rainha!

Suspirei,caindo o olhar na taça em minha mão.

-Eu não sei-confessei.

-Eu sei o que é!-afirmou aborrecida-Esse mau humor todo é porque você ainda não namora aquele gostoso do Jack!

Meu rosto corou.

-Fala baixo!-repreendi aborrecida.

-Olha ele!Está triste!-apontou para o Frost,que estava cabisbaixo-Como consegue dizer não para aquela carinha linda?

Meu coração apertou.Nunca havia sentido algo tão forte quanto sentia por Jack.Ele foi o primeiro garoto que eu beijei,mas mexia comigo de tal forma que nem eu conseguia explicar.

-Eu vou me resolver com ele-alertei.

-Acho bom-comentou Anna séria.

(...)

Como Anna já estava enchendo o meu saco,pedi para que ela entregasse um bilhete meu para Jack,pedindo para que ele fosse até o meu quarto.

Minutos depois,eu e ele já estávamos no cômodo.

-Então Majestade...o que deseja?-perguntou formalmente.

Suspirei,retirando minha coroa e colocando-a no criado mudo.

-Estamos sozinhos,sem formalidades-pedi sem tirar os olhos da minha coroa-Eu ouvi o que você disse no escritório,Jack.

O encarei,vendo-o de olhos arregalados.

-Gostaria que repetisse o que disse-acrescentei-Mas olhando nos meus olhos.

Ele franziu a testa determinado.

-Okay-afirmou se aproximando,o que fez meu coração acelerar e então,parou na minha frente-Elsa Black,minha rainha,eu estou completamente apaixonado por você.Eu não sei se é errado amar a minha soberana,mas se for,eu não quero estar correto.Não é por interesse e você me conhece o suficiente para saber que não.

Engoli o seco.

-Eu sei-respondi-Se não acreditasse e não confiasse em você,não teria me apaixonado também.

Ele arregalou os olhos surpreso,mas antes que pudesse falar,agarrei sua nuca e o beijei com tudo,metendo minha língua na sua boca.

Ele retribuiu o beijo e segurou minha cintura com força,enquanto nos beijávamos.Ele não estava disposto a parar e nem eu.

Senti suas mãos descerem para o meu quadril e saltei,enlaçando minhas pernas na cintura,sem quebrar o beijo.

Jack andou,me segurando no colo e quando chegou perto da cama,desci pro chão e o virei,jogando-o na cama.Subi em seu corpo e o beijei outra vez,enquanto começava a tirar sua camisa.

(...)

No dia seguinte...

Eu encarava os mapas abertos,em cima da mesa da sala de reuniões.Soluço estava do meu lado.

-Eram 14 esconderijos no total.Agora são 12,já que destruímos 2-explicou o Strondus.

-Eles devem ser muitos para terem tantos esconderijos-comentei sem tirar os olhos dos mapas.

-Não vai demorar muito para Jackson e Elizabeth descobrirem o que estamos fazendo-alertou me fazendo encará-lo-E então,vão querer se modernizar também.

Sorri determinada.

-Eu mesma vou ficar de olho neles-afirmei-Eu tenho um plano.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...