História O Mistério Da Meia-Noite - SasuSaku Hallowen - Capítulo 2


Escrita por: e zKiatsuna_

Postado
Categorias Naruto
Personagens Personagens Originais, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags Demonios, Hallowen Naruhina, Hallowen Naruto, Hallowen Sakura, Hallowen Sasuke, Hallowen Sasusaku, Naruhina, Naruhina Hallowen, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Sasusaku Hallowen, Sobrenatural, Vampiros
Visualizações 78
Palavras 2.646
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção Adolescente, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Especial de Hallowen <33

Obrigada pelos favoritos e os comentários!!

Espero que gostem <333

Capítulo 2 - Minha Outra Metade.


O Mistério Da Meia-Noite-SasuSaku 

By: @zKiatsunari_

Capítulo 2 - Minha Outra Metade.

Sakura P.o.V's ON

O Sinal bate deixando os Alunos mais que felizes por ter chegado a hora tão esperada.

O Intervalo começa a todo vapor. Alunos saindo de suas salas e juntando seus bondinhos e conversando sobre a maior fofoca do dia.

Junto meu material, e saio que nem um avião a jato da sala.Compro o que preciso na cantina e ando em direção ao jardim do colégio, evitando o máximo dos corredores por onde meus amigos andam.

Chego no meu esconderijo secreto - Esse que nem meu Melhor amigo Sabe, no caso Sasuke.- e me sento no meio das plantas que me tampava e não dava para ver nem meu cabelo.

Abro o Livro de terror e vou foliando páginas por páginas.

Leio a metade do livro em 15 minutos. E nesse momento agradeço por termos mais de Meia Hora de intervalo.

Desligo meu celular vendo meus amigos ligando para mim, suspiro vendo que hoje realmente eu não estava me sentindo bem.

Leio relatos de toda a Lenda, e fico assustada vendo que a única coisa que muda são as vítimas, mais a carta, o jeito de morrer, o dia, mês, e a casa, eram os mesmos.

Não dava para provar a todos só com essas 'Provas'. Com certeza me chamariam de louca por estar acreditando nessas Lendas.

Tomo um susto quando Sasuke se senta na minha frente, arregalo os olhos incrédula.

- C- como v-você...- murmuro atordoada.

-Realmente Cereja, talvez não sabia tudo sobre você, mais mesmo assim eu sempre vou te encontrar.- fala e eu mordo o lábio inferior sentindo o nervosismo me consumir.

-Sasuke... e-eu...- deixo a frase no ar vendo que não conseguiria terminar e ele me fita curioso.

- Você?...- Incentiva e eu balanço a cabeça em negação com um pequeno sorriso.

-Nada. Deixa pra lá!- Digo e volto a ler meu livro, sobre seu olhar penetrante.

-A onde achou esse livro? - Indaga com a respiração pesada e eu o fito confusa e receosa.

-N-na biblioteca...- Murmuro e ele me fita coçando a Nuca.

-Certo... O que entendeu desse livro? - Indaga e eu a olho confusa.

Oush!Ele já leu esse livro?

-Você já leu esse livro? - Indago visivelmente curiosa e ele assenti.- Bem, conta que a casa no final do nosso bairro tem uma maldição de séculos atrás. E que nenhum mortal Seria capaz de mudar esse lugar.O que já é bem estranho no ponto de visto Humano...- Digo o fitando e ele assenti pedindo para continuar, suspiro antes de falar o que eu realmente eu entendi sobre esse Livro Mistérioso (Literalmente).

-Parece que a Primeira vítima, que era um ser sobrenatural, infligiu uma regra do mundo deles, e daí em diante todos os outros seres começaram a se distanciar dos outros. Além da morte dela, por um ser desconhecido, a maldição ainda afetou os pais da menina, que por via das dúvidas, mataram para que eles não pudessem fazer a vingança.

-hm...Você entende bem as coisas...- murmura risonho e eu riu baixinho.

-Parece que eles renascem sabendo que seres são, mais a Maldição leva a menina fazer a mesma coisa de antes, e no final sempre repete o acontecimento.- Digo e ele assenti.- Ao meu ver, e pelo que li, o ser que quizer quebrar essa maldição, tem que ter Sangue puro, e precisa controlar bem esses poderes....

-E você acredita nessa Lenda? - Indaga e eu assinto, vendo o mesmo arregalar os olhos. - Pode me chamar de maluca, mais eu acredito nessas histórias.

-Não acho você maluca Cereja!É que fiquei impressionado por outra pessoa também acreditar nessa Lenda.- Fala dando de ombros com um pequeno sorriso no canto dos lábios.

- Uau!! Sasuke Uchiha gostando de lendas?!Quem diria. - Digo rindo e ele fingi bufar, o que me faz rir ainda mais.

- Porque você não estava atendendo o celular? - Indaga Sério e eu suspiro.

-Desliguei...- Dou de ombros abrindo novamente o livro na página onde parei.

-Você vai mesmo ler até o final ?- Indaga apontando para o livro e eu assinto.- Certo...Posso ler também? - indaga constrangido e eu assinto rindo.

-Mais antes...Porque não sentou do meu lado?- Indaga e eu suspiro sabendo que estava demorando para acontecer...

-Er...eu não estava me sentindo bem para sentar perto dele...-murmuro e ele me olha confuso.- D-do Kiba...

-Hm...O que houve entre vocês?- Indaga friamente e eu me encolho.

-E-ele se d-declarou pra mim...- murmuro envergonhada, e vejo o mesmo ficar tenso e trincar os dentes.

-Tsc...- Resmunga bagunçando os cabelos -um ato desesperado do mesmo! - Você...você não vai desistir de mim vai? -indaga afobado e eu riu baixinho .

-Não Sasuke-Kun!Não vou não. -Respondo vendo o mesmo suspirar aliviado.

-Fico aliviado em saber disso...- Murmura baixinho.

-Eu sei...- Digo de volta e sorrio vendo o mesmo corar, o que é muito difícil. - Bom, vamos?- Indago e ele assenti se levantando e eu faço o mesmo.

Começo a caminhar, mais logo sou puxanda pela mão, e me assusto vendo que fui direto ao encontro do peitoral de Sasuke, que estava com um sorriso de canto, e eu sinto minhas bochechas queimarem.

-Eu Te Amo...- Sussura e eu arregalo os olhos pelo ato inesperado.

Sasuke estava me beijando!

Hesitei um pouco no começo, mais logo retribui, pondo minhas mãos em sua nuca, e puxando levemente seus cabelos.

- Eu também Te Amo...- Sussuro de volta vendo o sorriso dele se alarga.

-Vamos, antes que o povo comece a encher o saco...- fala me fitando e voltando a postura.Já que eu sou baixinha, ele teve que se curvar...

Andamos de mãos dadas até a sala, muitas pessoas estranharam, como nossos amigos.( Menos Naruto).

-Casal top hein! - Diz Sai e eu coro me sentando no meio de Naruto e Sasuke, que sorri de canto.

-Eita, me contem!Quando começaram a namorar?- Indaga Karin e eu arregalo os olhos.

-Nós não...- Não me deixaram acabar a frase (Como sempre).i

-Isso não interessa a Vocês!- Responde Sasuke indiferente. - Agora vão estudar! - fala e Karin revira os olhos.

-Grosso como sempre... - murmura Karin chateada, a fito com a cabeça por cima do ombro, vendo a mesma com a cara derrotada.

Franzi o cenho sabendo que tem algo de errado.

Ligo o celular, e depois de alguna minutos recebo várias mensagens de minutos atrás

Abro as mensagens de karin, dizendo que estava preocupada e etc.

"Eu e Sasuke somos apenas Amigos!"- mando mensagem para ela, e ela logo visualiza, olho para trás  e vejo o sorriso de alivio nos lábios.

Pronto.A minha suspeita estava certa.Karin gosta de Sasuke.Mais um motivo para não começarmos um relacionamento agora.

As vezes acho que penso muito nos outros, e esqueço a minha felicidade.Mais eu não queria viver brigada com Karin, afinal ela é a única amiga que eu tenho, o resto é só menino, e mesmo sendo radical, não entendo de todos os assuntos.

Suspiro vendo ela me mandar uma mensagem que me deixa mais que agoniada.

"Será que eu tenho alguma chance com ele?"

Mordo o lábio inferior sentindo o gosto de Sangue em minha boca.

-Sakura?- Chama Sasuke e eu o fito.- Sua Boca está sangrando.

-E, eu sei...- murmuro e logo recebo outra mensagem de Karin.

"Acho que vou chamar ele para sair.Pode me dar algumas dicas?"

Suspiro e Praguejo baixinho.

"Ele não gosta de lugares cheios, não gosta de gritaria.Hm...Não gosta muito de Doces, e um lugar que ele sempre gosta de ir, é na praça de alimentação da Rua 12.Lá ele se sente bem, e fica mais gentil."

Termino de escrever, e começo a prestar a atenção no que o professor explicava.

Depois de alguns minutos ouvindo Karin conversar com Sai sobre garotos, ela não falava com quem iria sair, mais como eu já sabia quem era, tentei a todo custo esquecer que Karin gosta de Sasuke e continuar a minha vida.Mais é bastante difícil quando sua paixonite não é algo falso e sim verdadeiro.

Suspiro vendo uma nova mensagem de Karin brilhar no visor do meu celular.

"Será que se eu usar uma roupa curta ele me nota?"

Respiro fundo tentando achar alguma explicação do porque essas meninas acham que só porque está de roupa curta os meninos vão se apaixonar por elas de cara.

"Bota uma roula simples, como o vestido branco de renda seu e a sua sapatilha preta.Apenas um batom cor nude e pronto." - mando e vejo ela bufar .

"Saky!Ele não vai gostar de mim assim!"

"Ele realmente não vai gostar se você for assim!"- Digo ríspida e me repreendo mentalmente.Droga!Ela vai achar que estou com ciúmes.

"Você tem que ser o que você é Karin!Não o que ele vai achar de você." - mando e ela responde com um joinha.O que me deixa aliviada.

Suspiro vendo ela me mandar o que ela acha de Sasuke."Ele é muito bonito, charmoso, frio, mais é o que dá um ar selvagem a ele.E isso me deixa louca!"

Suspiro e a olho por cima do ombro, vendo a mesma me mandar um sorriso malicioso nos lábios.Reviro os olhos forçando um sorriso do mesmo porte e me viro para frente, vendo o Inferno que a minha vida vai se torna.

***

-Sakura-Chan!- Grita Naruto aparecendo logo ao meu lado.- Estávamos preocupados sabia?!Você sumiu do nada na hora do intervalo, e ainda deixou eu e o Sasuke sozinhos guardando o material.

-Naruto!Não sabia que você era tão Dramático...- murmuro sentindo um pouco de raiva, mais tento controlar.

-Ah Sakura-Chan!!- Grita Naruto no MEU ouvido.Suspiro irritada.As vezes acho que Sasuke deve ser bem feliz quando não estar com um ser que só grita.- Você perdeu!

-Desembucha logo...- Resmungo ríspida, vendo o Sorriso dele ficar um pouco fraco.

-A Karin chamou o Sasuke para sair...- murmura receoso.E eu sei porque, ele sabe que nós gostamos um do outro.

-E o que quê tem isso? - Indago desinteressada, afinal, não queria saber qual era a resposta.Sabe aquele mesinho de que tudo o que viveu é uma ilusão então...

-Ele aceitou...- Fala com a cabeça baixa e eu finjo de indiferente.- Me perdoe por contar isso...

- Relaxa Naruto!- Digo com um sorriso.Vendo o mesmo me olhar confuso.- Não ligo mais pra isso.Cheguei numa etapa da vida que tudo que nós achamos que somos, é meras ilusões.- Digo sorrindo e ele me olha com os olhos arregalados em descrença.

-Você está desistindo do Sasuke?!- Fala incrédulo.- Você Não pode...

-Posso...- Respondo normalmente e ele me olha chocado.- Não somos nada Naruto, apenas amigos!- Digo sentindo o gosto amargo em mim mesma daquelas palavras, e logo depois fito o meu celular.- Bom, vou ter que ir.

-Sakura-Chan, você estará ocupada hoje de tarde?- Indaga curioso e eu o olho confusa.- Queria ver o que vai acontecer nesse encontro.

-Naruto! - Repreendo.- Tome conte da sua vida e deixe sua Prima em paz sim?!

-Mas Sakura-Chan...

-Mas Nada!- Digo séria e ele assenti suspirando. - Tchau Naruto!!

Saio as pressas do colégio, e sou parada por Dona Mebuki que  me olhava seriamente.

-Mãe!- Chamo a Confusa.- O que houve?- Indago preocupada.

-Vamos viajar.- Responde simplesmente.

-Ok.- Digo dando de ombros e ela me fita com os olhos arregalados.- Que foi?- Indago curiosa.

-Ué.Sempre que falávamos isso, só faltava você gritar ao mundo falando que não poderia ficar longe do Sasuke e Naruto e etc...- Fala sorrindo fraco e eu dou de ombros.

-Pois é né.Fiz vocês perderem muitas viagens por bobeira!- Digo rindo e ele me fita sem expressão por alguns momentos, mais logo sorri.

-Você está  diferente...- murmura me fitando pelo retrovisor do carro.

-As pessoas mudam quando se tornam maduras.- Digo suspirando em seguida e ela assenti lentamente.

***

Chego em casa almoço, e depois de alguns minutos vou tomar meu belíssimo banho.

Alguns minutos depois saio do banheiro com a roupa mudada, e desço as escadas, vendo meu Pai e minha mãe com malas prontas.

-Pai?- Chamo e ele me fita.- Vamos agora?- Indago e ele suspira.

-Querida, você ficará na casa da Mikoto, você está quase terminando o ano, não queremos a prejudica-lá.- Fala e eu assinto relutante.Quando meu pai fala alguma coisa, não tem ninguém que mude.

-Vamos!Acompanhamos você até lá.- Fala como se fosse muito longe e eu reviro os olhos.- Pegue a mala que está pronta.

Subo as escadas a passos demorados.Sabe, depois que peguei o livro me senti diferente.E as vezes acho isso ruim.

Se eu fosse a "mesma" Sakura de antes do livro, estaria correndo atrás do Sasuke para tirar essa conversa de encontro a limpo.

Mais apenas dei de ombros. Não vou ficar correndo atrás de uma pessoa que mesmo falando que "ama" está indo em outro encontro.

Pego minha mala, e ponho o Livro que estou lendo dentro dela, e pego meu celular, carregador e o fone.

Marcho em direção a Casa dos Uchiha's com meus pais me acompanhando.

Respiro fundo, vendo meu pai aperta a campainha da casa, para ser a Sakura meiga e doce de sempre, e logo a porta é aberta mostrando uma Dona Mikoto muito feliz.Até demais eu acho.

-Oh!Boa Tarde!- Cumprimenta docemente a nós Três e retribuídos no mesmo tom.Bem, pelo menos Eu tentei...- É sempre bom receber você Sakura.- Fala me olhando com ternura e eu assinto com um sorriso tímido.

Eu NÃO DIGO O MESMO DONA MIKOTO.

-Eu digo o mesmo Dona Mikoto.-Falo gentilmente espantando  essa resposta que estava na minha língua.

-Entre Querida!Você deve estar muito cansada da escola!- Fala abrindo a porta e me dando passagem.Antes de entrar, dei um abraço nos meus pais e entrei.

Quando entrei dei um abraço no Senhor Fugaku que estava sentado na "cadeira do papai" me fitando com um sorriso.

-Boa Tarde Sakura!- Cumprimenta retribuindo o abraço e eu cumprimento da mesma forma, indo em direção a Itachi que estava jogado no sofá vendo televisão, mais logo se levanta me puxando para um abraço.

-Boa Tarde pequena!-  Fala rindo e eu reviro os olhos rindo.

-Boa Tarde gigante!- Falo e ele ri ainda mais.Dona Mikoto volta e pede gentilmente que eu a siga.

-Você vai dormi na cama do Sasuke, e ele no colchão.- Fala eu suspiro.

-Dona Mikoto, pode ficar tranquila!Deixa o Sasuke dormi na cama dele, faço questão de dormi no colchão.- Falo sorrindo e ela revira os olhos com um sorriso.

- Sempre pensando nos outros né? - Indaga indo em direção ao colchão e o puxando para o meio do quarto.

É.E isso ferra minha vida.

-Com certeza!- Respondo rindo e ela me segui.

-Querida, puxei para o meio do quarto pois aqui de noite bate um pouco de luz, para você não ficar tanto no escuro...- Fala e eu a interrompo gentilmente.

-Não precisa se preocupar Dona Mikoto!Eu irei dormi ai mesmo nesse canto.Adoro ficar no escuro.- Digo me sentando no colchão que fica encostado na parede, do outro lado do quarto de Sasuke.Quanto mais longe,melhor.

Ela assenti e sai do quarto dizendo que irá deixar eu descansar.

Abro a mala pegando o  Livro, e me deitando no colchão( Onde já tinha posto um travesseiro e uma coberta).Abrindo o mesmo e continuando a minha " pequena" leitura.

Faltava algumas páginas para acabar a Leitura do livro, quando um Ser abre a porta afobado.

-Sakura!

Senhor!!Me dê paciência!!


Notas Finais


Gostaram? Espero que sim! Essa fanfic será terminada até o dia 31! Fé no pai, que a Fanfic sai kkk

<33


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...