História O Mistério de Angel - Capítulo 27


Escrita por:

Postado
Categorias Teen Wolf
Personagens Allison Argent, Hayden Romero, Isaac Lahey, Kira Yukimura, Liam Dunbar, Lydia Martin, Malia Tate, Peter Hale, Scott McCall, Sheriff Noah Stilinski, Stiles Stilinski, Theo Raeken
Tags Stydia, Teen Wolf
Visualizações 33
Palavras 1.412
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Mistério, Policial, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


BOA NOITE POVO LINDO! CHEGUEEI!

Sabe por que da minha animação? Vocês estão prestes a ler o último capítulo do MISTÉRIO DE ANGEL!!

Então, antes de postar, quero agradecer a todos vocês que fizeram parte disso, da evolução da história, que comentaram, curtiram, leram... Enfim, vocês são demais e espero que estejam acompanhando o homem camaleão quando eu começar a postar hein!

Vamos para o último capítulo então? Boa leitura a todos!

Capítulo 27 - Capítulo 26


-Como você descobriu tudo isso em uma semana e ainda depois de ter levado um tiro? – Perguntou Scott assustado.

-Pra ser detetive, devemos em primeiro lugar saber juntar as peças. – Disse sorrindo. –E quando tem alguma coisa que não se encaixa devemos ir atrás até as últimas consequências.

-E ele não estava se encaixando? – Perguntou Liam assustado.

-No começo sim, ele parecia uma pessoa normal. – Disse Stiles que estava sentado sobre a mesa de Lydia. – Mas depois do que todos me falaram sobre ele, comecei a desconfiar, afinal, não tinha motivos para ser tão estranho, então, com um plano meio maluco eu e a Lydia fomos até o escritório dele, mas quando a Lyds achou o álbum e notou que não havia fotos de Allison, e você nos disse que ele tinha acesso a casa tanto sua, quanto da garota, começamos a ligar as coisas.

-Junto com aquele anel dele, com a pedra vermelha. – Disse Lydia, sorrindo, afinal, havia resolvido um assassinato! – Foi uma das coisas que mais entregou ele, porque um modelo desses não é tão barato assim, e só descobrimos isso ontem, quando o porteiro nos ligou e disse que sabia de uma coisa que poderia nos ajudar e que as câmeras não gravaram, foi ai que descobrimos realmente quem estava por trás de tudo.

-Mas vocês já sabiam que era ele até ontem? – Questionou Isaac.

-Sim, só que o anel nos deu mais certeza para informar pra todos. – Respondeu Stiles.

-Então se vocês tivessem descoberto antes do anel, o caso teria se solucionado mais rápido. – Afirmou Kira.

-Isso mesmo, mas foi a última pista que conseguimos, por isso levou todo esse tempo. – Disse Stiles sorrindo.

-E como você soube que ela se demitiu, se nem a gente sabia? – Perguntou Kira assustada.

-Isso foi uma coincidência das grandes, no dia que me passei por modelo e a Lydia localizou o álbum, teve uma coisa que ela deixou passar, ou melhor, não deixou. – Falou sorrindo. – O celular do Théo estava sobre a mesa, e como não tinha senha de acesso, resolveu dar uma olhada.

-Lá eu encontrei várias mensagens dele para o Peter, onde ele estava muito bravo, dizendo que a Allison pagaria por ter demitido ele, pois graças ao esforço feito pelo seu trabalho ela havia atingido o topo. – Falou Lydia de maneira calma.

-Eu sempre falei pra ela que o Peter era perigoso, e ela não acreditou em mim. – Dizia Isaac entre lágrimas. – Se tivesse me ouvido, ainda estaria aqui, com a gente, ou melhor, não aqui...

-Entendemos Isaac. – Falou Liam para acalma-lo. – Fica tranquilo que ele vai ficar muito tempo na cadeia ainda.

-Eu não consigo! – Ele chorava cada vez mais alto, fazendo com que seus soluços parecessem assustadores. – A Alli morreu por causa desse idiota, só porque com ele ela conseguia lucrar bastante, e do que isso valeu?

-Calma Isaac, tudo esta se organizando. – Falou Kira o abraçando.

-E quanto à família que apareceu do nada? – Perguntou Liam interessado, após lembrar do tio da menina.

-Descobri que realmente são familiares, mas os pais dela nunca falava deles, pois eles haviam expulsado sua mãe de casa quando descobriram que ele tinha engravidado uma mulher de outra classe social, depois disso, eles nunca mais conversaram, até o dia em que Christopher, que era tio de Allison resolveu ir visita-la e pedir perdão pelo que haviam feito no passado.

-Isso quer dizer que o dinheiro dela vai pra eles? – Perguntou Kira com raiva. – Porque se for, eles não merecem um centavo.

-Na verdade, não vai nada pra eles. – Disse Lydia, com um sorriso caloroso nos lábios. – Depois de ter saído à matéria de que Stiles havia levado dois tiros, porque estava investigando a morte de Allison, o tio dela veio à minha procura, e disse que era para avisar a vocês que todos os bens dela devem ser doados a orfanatos e instituições de caridade, sendo que eles não irão querer nada, nem um centavo do que a garota lucrou durante sua carreira.

-Porque isso agora? – Perguntou Liam confuso.

-Eles não se acham dignos do dinheiro. – Falou ela olhando para Stiles. – E Christopher, nos disse também que se ele não soubesse se virar e já fosse de maior após a morte dos pais, ele poderia ter ido parar em um desses lugares, dessa forma eles iam ficar mais arrependidos do que já estão, afinal, nunca conheceram a garota.

-Pelo menos tiveram uma atitude digna. – Disse Isaac ao levantar. – Eu vou indo que mais tarde tenho jogo, e não podemos perder, se não vamos ser eliminados do campeonato.

Aos poucos todos foram saindo da sala deixando somente Styles, Lydia e Malia que não estava com uma cara nada boa.

-Você está bem Malia? –Perguntou Stiles, preocupado com a feição da garota.

-Claro que sim. – Respondeu ela de modo grosseiro. – Por que da preocupação?

-Quando atiraram em mim disseram que haviam te sequestrado, fiquei mal por isso. – Respondeu Stiles, em uma tentativa de amenizar o clima de tensão que havia ficado ali.

-Não fizeram nada comigo, nem sei como me conheciam pra citar meu nome ou o porquê cogitaram que um sequestro meu iria fazer você ir atrás de mim e desistir do caso. – Disse ela de maneira fria.

-Eles quiseram te usar Malia. – Disse Lydia, afinal, notara que Stiles não sabia mais o que falar. – Mas quando descobrimos que você não tinha sido sequestrada, foi um grande alívio.

-Não queria que algo acontecesse com você por minha causa. – Comentou Stiles.

-Esquece ok? – Disse ela, ainda magoada. – Aquilo foi um erro, uma noite que não deveria ter acontecido.

Stiles e Lydia se olharam-se de maneira nervosa, afinal, Malia sempre fora extremamente simpática e naquele momento, estava completamente diferente, porém, como sabiam que eram uma parte importante nessa mudança de comportamento da garota, resolveram se manter em silêncio.

-Então, vocês dois? – Questionou ela, em um tom mais triste enquanto olhaca para Lydia e Stiles que estavam lado a lado.

-Sim Malia, estamos juntos. – Disse Stiles a encarando. – Desculpa por ter agido de maneira tão mesquinha com você.

-Sem problemas Stilinski. – Falou ela secando uma lágrima solitária. – Eu que forcei a barra, e como disse, não devia ter acontecido.

 -Mas eu aceitei no dia, o que me torna tão ou mais culpado que você. – Disse ele com um sorriso triste, pois, já que a mesma havia puxado o tema, resolveu tentar ajudar a melhorar a situação. – Mas olha, você é uma garota muito inteligente, interessante, bonita. Vai achar o cara que quiser e nós, podemos ser amigos.

-Vou pensar, mas provavelmente isso não vai acontecer, afinal, não tenho sangue de barata, por mais que pareça. – Falou ela enquanto ia em direção à porta. – Mas independente do que qualquer um disser vocês fazem um belo par, e até combinam. – Após ter dito isso ela saiu deixando o casal sozinho.

-Acho que agora posso dizer finalmente paz! – Falou Stiles sorrindo.

-Acho que agora pode sim, afinal, o sufoco já passou e os culpados estão na cadeia. – Disse ela com um sorriso de orelha a orelha, o que fazia seus olhos brilharem. – Só espero que não apareça mais nenhum louco querendo nos matar.

-Também não, afinal, não estou a fim de morrer sem aproveitar a vida ao lado da minha ruiva maravilhosa. – Disse ele sorrindo antes de lhe dar um beijo estalado na bochecha.

-Quais são seus planos então? – Perguntou a garota com um sorriso travesso nos lábios.

-O que acha de irmos ao Marea?

-Hoje à noite? – Perguntou desconfiada, enquanto encarava os olhos castanhos que estava se acostumando a ter por perto.

-Claro que sim, lembra que eu pedi se podíamos adiar nossos planos? – Falou ele sorrindo de forma marota.

-Lembro sim, e eu aceitei que isso fosse feito.

-Então, aceita? – Perguntou ele com os olhos brilhando de expectativa. – Olha, se não quiser não tem problema, mas saiba que seu namorado pode ter a garota que quiser.

-Não me venha com besteiras Stilinski que você não sabe o que pode acontecer. – Falou ela olhando-o de maneira séria.

-Ok, então, vamos? – Perguntou ele sorrindo. “Nunca mais vou falar de mulher perto da Lydia, se não, vou ser um cara morto!” Pensou ele assustado.

-Claro que sim bobinho! – Disse ela antes de beijá-lo de forma apaixonada e saírem do escritório para tirar o resto do dia de folga, afinal, depois de resolverem um caso que iria repercutir em toda a mídia, nada mais justo que descansar antes de serem atacados por um monte de jornalistas ávidos por informação.


Notas Finais


E então? O que acharam?

Malia ficou bem magoada com eles né? Quem não ficaria no lugar dela?

Stiles e Lydia estão bem, firmes e fortes, trabalhando juntos em um bom relacionamento, enfim.

Gente, fico muito feliz por terem acompanhado a história, do fundo do meu coração, saibam que minha motivação em escrever são vocês, então fiquem atentos que em breve começarei a postar o homem camaleão hein!

PS: Vai ter capítulo bônus AMANHÃ hein!!

Adoro todos vocês e até a próxima :D


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...