História O mistério de Ingrid - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Drama, Suspense, Tragedia
Visualizações 4
Palavras 559
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Policial, Suspense
Avisos: Linguagem Imprópria
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Pessoal ,essa é minha primeira história original que posto aqui ,então relevem qualquer erro e deixem sugestões . Espero que gostem !

Capítulo 1 - A grande dor


Fanfic / Fanfiction O mistério de Ingrid - Capítulo 1 - A grande dor

_Meus pêsames ,Valéria ! Ela era muito nova!-Diz uma senhora que chega no velório . Tudo estava doloroso demais ,e as pessoas ainda relembravam o que Ingrid perdeu do futuro. Em choro ,todos inquietam e abrem espaço para uma moça passar . Em uma vestimenta formal porém chique ,Angélica Champing chega mais próximo do caixão da jovem ,e fica ao lado de Valéria ,mãe de Ingrid. Esta ,fica nervosa e não aguenta :

_Como pode ? Depois de tudo o que tua família fez com minha filha você ainda vem aqui ? 

_Ingrid ,antes de ser está garota maravilhosa era uma Champing . Ela fez um grande bem a mim e minha família ,e vim até aqui simbolizando todos os meus .-Diz Angélica colocando um buquê de flores amarelas no caixão ,sendo impedida por Valéria .

_Pois não precisamos de nada dessa sua família suja !-Diz Valéria jogando as flores no chão e pisoteando-as. Rapidamente as pessoas abrem espaço novamente para Angélica passar ,estremecida . O silêncio conjunto volta ao local . 

O rosto avermelhado de Valéria vira rapidamente pálido e seco . Aquilo estava sacudindo seus nervos . Ela estava sendo bem forte em relação a morte da filha. A pele branca e desnutrida de Valéria rapidamente é umidescida por lentas lágrimas que descem por seu rosto e batem contra o caixão de madeira escura ,molhando -o levemente . 

~

Era mais um dia normal no trabalho . Entrar ,pegar um café e rosquinhas na lanchonete e cumprimentar os amigos. Entrei no meu escritório e sentei na cadeira ,com tedio . Começo a ver as correspondências do correio que estavam despejadas em minha mesa ,vendo qual era útil. Como sempre nenhuma. Eu trabalhava na delegacia de Willerbrick ,sendo aprendiz de detetive . Sempre foi meu sonho ser detetive ,mas até aquele dia tinha sido apenas coadjuvante. Acompanhava os grandes para apenas assistir eles solucionando o caso . Anotava e estudava ,mas estava cansada disso . Queria colocar tudo em prática . Meu real trabalho era só estudar ,separar planilhas e ver se os e-mails tinham sido enviados. Sempre estavam enviados . Eu era a funcionária mais inútil dali,não fazia nada de especial,era desconhecida . Se por algum acaso deixasse de fazer meu trabalho ninguém ia perceber ,e não ia fazer falta . Eu simplesmente era desmerecida.

No meio do meu "expediente",Robert bate na porta e entrega -me alguns papéis .

_Eu te falei que esse dia chegaria !-Diz ele empolgado. Não sabendo do que se trata ,olho para ele e os papéis continuamente . Ele faz sinal para eu parar e diz antes que eu endoide.

_Esta aí! O seu primeiro caso !

Quase infartando,pulo de alegria e o abraço rapidamente . Ele sai e minha alegria se torna curiosidade . Sobre o que seria o meu primeiro caso ? Antes mesmo de começar a ler ,a porta bate . Taylor entra empolgada ,comemorando a minha primeira investigação. Nós duas paramos e lemos .

_Ingrid Afandell Champing. 24 anos. Casada com André Benício Champing ,23. Moradora de Belo Horizonte ,natural do Mato Grosso do Sul. Aparentemente perfeita,até seu terrível assassinato ,dentro de seu apartamento . A moça foi encontrada morta na varanda do imóvel do casal . Os dois haviam brigado,deixando André o maior suspeito .

_É sério mesmo ? Miga ,esse caso já selecionado ! O marido matou ela !

_Eu tenho quase certeza que não .


Notas Finais


E aí gente ? Espero que tenham gostado !!!❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...