História O Misterio sobre Luke Kingsley - Capítulo 9


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 10
Palavras 1.399
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Ficção Adolescente, Lemon, Luta, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Cross-dresser, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


mais um capitulo pessoal, já estamos na reta final
bjos

Capítulo 9 - Seu Pederasta


Outro dia cedo

FLASHBACK ON

1 ano atrás

A senhora Kingsley estava no carro com o motorista, escondidos fora do portão da mansão, uma mulher arrumando seu vestido saiu da mansão Kingsley e entrou no carro do taxi, os seguranças abriram o portão e o taxi foi embora, Jack seguiu com a senhora Kingsley o taxi, quando estavam numa área afastada, Jack parou na frente do taxi, o taxista saiu do carro para tirar satisfação, senhora Kingsley saiu do carro

– Toma aqui 30 mil reais nesse pacote para deixar que eu leve a mulher – disse a senhora Kingsley para o taxista, que estranhou, mas aceitou, abriu a porta de trás e fez a mulher sair do carro, entrou no seu taxi e deu ré indo embora, a mulher não entendeu nada, Jack pegou a mulher a força e colocou dentro do carro, senhora Kingsley também entrou

– O que está acontecendo? O que vocês farão comigo? – perguntou a mulher

– Sua vagabunda, você vai para o inferno, ninguém mandou transar com o meu marido – disse a senhora Kingsley com um sorriso maléfico, Jack estacionou o carro numa estraga fora da cidade aonde tinha muito matagal

– Saia do carro – ordenou a senhora Kingsley, abrindo a porta de dentro e saindo com a mulher, pegou o revólver da sua bolsa e apontou para ela

– Ajoelhe-se – ordenou a senhora Kingsley, a mulher com medo se ajoelhou e começou a chorar

– Que deus tenha misericórdia de você, sua vagabunda – disse a senhora Kingsley dando um tiro na cabeça dela, Jack pegou a pá, abriu uma cova e a enterrou, senhora Kingsley entrou no carro, e eles foram embora logo em seguida

Alan filmava tudo de longe, com um sorriso grande no rosto, logo, logo seria sua vingança contra os Kingsley

FLASHBACK OFF

Jack acordou assustado, mais uma vez tinha sonhado com aquilo, ele precisava se encontrar com o Luke, pegou o celular e viu a mensagem do Luke para se encontrar com ele numa fabrica abandonada, Jack se arrumou e foi em direção ao local

-----------------

Escola

Nicholas falava com o Drake sobre qualquer coisa, mas não conseguia parar de olhar a entrada do colégio, aonde estava Luke? Por que não tinha vindo a escola? Viu Alan entrando, achou melhor falar com ele, pediu licença para o Drake e foi em direção ao Alan, que estava no seu armário

– Oi alan, tudo bem? – perguntou o Nicholas

– Oi, tudo sim, o que você quer? – perguntou o Alan sendo direto, e o olhando nos olhos com um olhar sombrio

– Eu queria saber se você sabe do Luke, ele não apareceu hoje – perguntou o Nicholas preocupado, Alan deu risada

– Eu tenho cara de babá do Luke? – perguntou o Alan fechando o armário com força e trancando, saindo e deixando o Nicholas falando sozinho

-------------------------

Lugar abandonado

Jack entrou no local, Luke o abraçou por trás, Jack se virou e o beijou, estava preocupado com o Luke, os dois conversaram e Luke contou tudo o que tinha acontecido

– Ok, pegue suas coisas, vou te levar para a minha casa – disse o Jack deixando o Luke incomodado

– Como assim? Eu estou bem aqui meu amor, Alan é confiável, eu prometi a ele que ficaria aqui – disse o Luke tentando tranquilizar o Jack, que parecia tenso

– Você não confiava nele. Luke, eu preciso conversar sério com você sobre algumas coisas- disse o Jack deixando o Luke preocupado

– Você está me preocupando Jack, me conte, o que houve? – perguntou o Luke tenso, os dois se sentaram e o Jack contou sobre o crime da sua mãe e que o pai do Luke estava sendo chantageado por algumas coisas erradas que ele tinha feito na empresa, Luke ficou chocado

– E você ajudou eles? –  perguntou o Luke indignado

– Luke, eu posso explicar... – começou o Jack

– Explicar o que? QUE VOCE É UM ASSASSINO? – perguntou o Luke

– Luke, tenta me entender, eu sou pobre ok? Se eu fosse preso eu não seria ninguém, eu não podia perder meu emprego ok? E tem mais uma coisa, eu estou recebendo ameaças no celular, aparentemente alguém gravou tudo, eu não sei o que eu faço – disse o Jack desabafando, Luke ficou mais indignado

– Não sabe o que fazer? VOCÊ TEM QUE SE ENTREGAR – disse o Luke para o Jack, Jack se levantou e tentou beijar o Luke, Luke o empurrou

– Não tem mais nada entre a gente, vai embora, por favor – disse o Luke

– Por favor, não faz isso comigo, eu te amo.... – disse o Jack, Luke riu

– Me poupe Jack, apenas vai embora – disse o Luke, Jack concordou e saiu, entrou no seu carro e foi embora, Alan estava escondido ouvindo tudo, pegou o celular e mandou mensagem contando tudo para o seu tio

----------------------

Algumas horas mais tarde

Martin e o seu colega estavam no matagal, Martin inventou que alguém denunciou que lá tinha um corpo já a um ano, ele e seu colega colocaram vários policiais com cães para procurarem, depois de um tempo acharam o local, e desenterraram o corpo, seria mais um caso de homicídio para eles resolverem

--------------------------------

Local  abandonado

Alan entrou para falar com o Luke, que estava chorando, Alan se sentou e fingiu se importar, querendo saber o que tinha acontecido, Luke contou que terminou com o Jack, Alan o abraçou

– Vai ficar tudo bem, estou aqui com e por você – disse o Alan querendo ser legal, Alan disse que sua casa estava liberada se ele quisesse ir ficar lá e que seu tio se dispôs em ajuda-lo financeiramente para continuar seus estudos, Luke ficou surpreso, aceitou o convite mesmo com medo de ser um incomodo

Luke entrou no carro, começou a conversar com ele, contou as coisas que lembrava do Nicholas, e chegou a comentar que ele e o Jared foram estuprados, deixando Alan pasmo, como se nem imaginasse aquilo, e de fato ele não sabia disso, Alan deixou o Luke na sua casa e disse que precisava sair, foi no seu carro, ligou para o seu tio, era hora de tirar essa historia a limpo

--------------

Algumas horas depois

– O que foi sobrinho? Aconteceu algo? – perguntou o tio do Alan, Alan deu um soco na cara dele, dois homens entraram e o seguraram

– O que foi isso, Alan? – perguntou o tio dele

– Você o estuprou? ME FALA, VOCE ESTUPROU ELE E O JARED? SEU PEDERASTA NOJENTO – gritou o Alan nervoso, deixando seu tio furioso, um dos homens deu uma pancada na cabeça do Alan o fazendo desmaiar

---------------

Luke estava na casa do Alan, viu a televisão e resolveu ligar, viu que tinha uma noticia com uma foto da Stella, o que estranhou, aumentou o volume para ouvir

– Essa moça foi encontrada morta dentro de uma lata de lixo, seu corpo estava todo machucado, as suspeitas estão em volta do jovem milionário Luke Kingsley, por uma filmagem em que parece brigando com a Stella na escola, atualmente ele está desaparecido – disse a mulher, deixando Luke pasmo, Luke pegou o celular e ligou para o Alan, mas deu desligado, resolveu sair e resolver por si só essa questão, saiu da casa e foi caminhando pelas ruas, ate que recebeu uma mensagem

Whattsap On

Alan: me encontre no esconderijo, não se entregue

Luke: ok, te encontrarei lá

Whattsap Off

Luke estranhou essa mensagem, parecia suspeita para ele, mas decidiu ir para o local em que estava antes

---------------

Alan acordou, estava com os seus braços amarrados para cima, tentou se soltar, estava com raiva

– Meu querido sobrinho, não tente se soltar, será em vão – disse o tio dele rindo

– O que você fez? SEU PERVERTIDO – gritou o Alan irritado

– Me poupe do seu moralismo, você me ajudou na maior parte da minha vingança, você não pode me culpar de querer momentos de prazer – disse o tio do Alan rindo, Alan ficou mais irritado

– Você perdeu a cabeça, você é doente – disse o Alan com nojo do seu tio

– Agora eu vou cuidar do Luke, mais tarde voltaremos a essa conversa – disse o tio do Alan saindo, Alan se irritou tentando se soltar

-----------

Luke entrou no local em que estava antes de ir para casa do Alan, viu que não tinha ninguém, resolveu sair, quando estava saindo alguém entrou, logo o reconheceu

– John? – perguntou o Luke

– Meu nome é Derek Fletcher, e fui eu que te sequestrei – disse o homem, Luke o reconheceu como o mordomo da sua mãe

 

 

Continua....


Notas Finais


espero q tenham gostado, até a proxima
bjos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...