1. Spirit Fanfics >
  2. O Momento de Fang Brilhar >
  3. Capítulo 1 - um dia normal

História O Momento de Fang Brilhar - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Isso é apenas um passa tempo que eu vou fazer antes de dormi, e esse primeiro capítulo vai ser meio onde tudo começou, mas, vai ser a maior parte para apresentar o personagem então, não exije muito de mim ok, kkkkkk, então talvez algumas semanas eu não poste nenhum capítulo, mas eu vou dar o meu máximo.

Capítulo 1 - Capítulo 1 - um dia normal


Em um dia normal em Divincity Fang acorda novamente sabendo literalmente como vai ser seu dia inteiro, ele vai comprar pão enquanto todos olham e julgam depois vai voltar para casa onde vai dar comida ao seu irmão e vai ir trabalhar nas minas de urânio, onde tem que trabalhar para ganhar quase nada.

*Fang acorda com a esperança da mina ter explodido e ele não precise ir trabalhar, ele anda até a porta do quarto do irmão e chuta a porta levemente e diz*

Fang- Estou indo comprar algumas coisas, quer vir junto?

?- ...

*Tudo que se ouve é um ronco suave, Fang respira fundo, solta lentamente e grita* 

Fang- O pivete vai querer vir ou não! 

*Dá para ouvir através da porta algo caindo*

?- Foi mal, tô indo maninho.

*A porta se abre e aparece a imagem de aparentemente um Beaster lobo idêntico ao nosso protagonista, mas... Menor*

Fang- Como assim maninho, eu tenho o dobro do seu tamanho Gregory.

Gregory- Mas ainda age como uma criança.

Fang- Não inventa, tá você vem ou não?

Gregory- Beleza eu já vou, só vou colocar uma camisa.

*Após alguns minutos, como esperado ele vão a taverna de seu amigo Cage*

Fang- Eae Cage, você tem alguma coisa para eu e meu irmão comer aí?

Cage- Claro que eu tenho, eu sempre tenho um tempo para o meu amigo... Bem, até tem comida, mas dessa vez você tem dinheiro

Fang- Sim eu tenho, dessa vez sim, mas poxa vida, foi só uma vez e também eu tinha sido demiti_

Cage- Quieto, apenas coma

Fang- Greg, vamos comer aqui hoje

Gregory- Aahhh, temos mesmo, eu quero... Estudar

Fang- Não, você não vai mexer com magia hoje, depois você mexe nisso

*Gregory fica muito triste, mas aliviado por poder comer, ele estava com muita fome*

Gregory- ... Você não chamou ela, chamou ? 

*Fang olha para o lado meio constrangido e um pouco bravo e diz com seriedade e raiva*

Fang- Eu não preciso chamar ninguém.

Gregory- Cara, até quando você vai ficar sem falar com ela, aliás ela não comeu ontem.

Fang- Eu não ligo, ela que cuide dela mesma.

Gregory- Qual é cara, não fode, vai falar com ela agora, eu vou esperar aqui.

*Fang fala com um tom de irritação*

Fang- Eu até falo com ela, mas se ela não quiser vir eu não chamo mais ela.

*Ele anda de volta para a casa com uma cara muito aborrecida em seu rosto, quando ele chega, e abre a porta, logo de cara aparece uma Beaster, que estava nua sentada em uma cadeira encarando a porta*

Fang- Você poderia usar roupas as vezes sabia, eu compro roupas para você usar.

?- Não enche seu merda

Fang- caralho, esse argumento foi cirúrgico

?- Eu me sinto confortável do jeito que eu estou

Fang- Você vai pegar um resfriado Larissa, é só colocar a camisa e vir comigo, eu e o Greg vamos comer lá na taverna do Cage

Larissa- Claro, mas de aquele babaca der em cima de mim denovo eu saio de lá imediatamente

*Fang e Larissa saem juntos e vão para a taverna se juntar com Greg*

Gregory- Aeee finalmente eles voltaram a se falar

Fang- Cala a boca se não vou te dar um murrãono fucinho

*Greg abaixa a cabeça e coloca suas mãos protegendo o fucinho com um rosto meio triste*

Gregory- Poxa, não precisava agressividade

Fang- ehh... Desculpe você sabe que eu te adoro

*Larissa entra na taverna com a cabeça baixa e com a cara fechada e ela logo senta perto ao dois lobos negros que parecem ser muito agressivos e ela sendo uma loba branca sentada ao lado deles e brincando junto*

Cage- então... Olá Lari como estão essas suas coxas gostosas aí em?

*Gregory levanta e começa a xingar Cage com nomes nunca vistos, e ao mesmo tempo, Fang de levanta batendo a cabeça no teto com muita força, mas não ligando para dor e começa a xingar ele também, não dando para ouvir uma palavra, e enquanto isso Larissa que estava com um rosto cabisbaixo, surge um leve sorriso em seu rosto, após eles acabarem os xingamentos e saírem do estabelecimento, eles voltam para casa onde eles sentam em uma espécie de sofá com pele de cervo, e comentam sobre oque aconteceu, e Larissa que estava muito triste, agora está muito feliz se divertindo com os seus irmãos, e depois de um sorriso lindo que Larissa da de felicidade eles escutam um estouro vindo de fora de Divincity*

Fim do capítulo, acompanhem os novos episódios.


Notas Finais


Coê mano, beleza, espero que tenho gostado do primeiro capítulo, semana que vem (talvez) tem mais, eu vou tentar postar todo sábado, terça e quinta, ou ao menos tentar kkkkkk


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...