História O Monótono Diário de Isaac - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Boyslove, Diário, Romance
Visualizações 190
Palavras 899
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Saga, Shonen-Ai, Slash, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Self Inserction, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 3 - 25.04.18 - Quarta


Fanfic / Fanfiction O Monótono Diário de Isaac - Capítulo 3 - 25.04.18 - Quarta


De: [email protected]
Para: [email protected]
Assunto: Eu sou o Drácula! Muahaha

 

 

Oi, amiga! (assim é muito melhor que “querido diário”, definitivamente)

Dormir aqui, nesse silêncio, foi simplesmente maravilhoso. Acho que eu estava MESMO precisando disso.

E… Eu brinquei no e-mail de ontem, mas aqui está realmente com um pouco de eco (principalmente depois de tirar o pó). Pois é... bem que eu imaginei: a casa parece maior que o normal quando não está mobiliada. Além da minha cama no quarto de cima tenho só o guarda-roupas, uma geladeira e um fogão velho (que eram da minha mãe). Pois é: nem sofá, nem televisão (não que eu sinta falta de uma), e nem mesa tenho ainda.

Acho que a primeira coisa que quero comprar (assim que eu sair da miséria), é um sofá. E daqueles bem macios mesmo, que a gente afunda nele, sabe? Hoje sentei no parapeito de madeira da varanda pra comer meu miojo (aquele Feijão com Bacon, da “Renata” - meu favorito). Mas a falta da mesa não foi ruim. Me senti bem enquanto olhava pra esse mundaréu de árvores no meu quintal com o prato na mão.

Ontem, depois que eu te mandei aquele primeiro e-mail e desliguei o note, fui dar uma limpada. Mas a maior parte do tempo eu passei obliterando as aranhas e pernilongos daqui. Eu usei aquele “Raid” que vem com perfume. A casa está inteirinha cheirando a eucalipto. Parece agradável só que, na verdade, isso é cheiro de veneno camuflado… Meio tenso!

Ao menos a infestação de pernilongos passou (sem brincadeira, devia ter mais de cinquenta). Acho que o pântano que fica nos fundos ajuda na proliferação de insetos. Tipo, não é que minha casa fica num PÂNTANO de fato (porque não fica!), só que do lado de fora das grades do fundo da minha casa (minhaaa! rá! eu comprei!) tem um córrego, e uma parte dele passa pelos fundos do terreno, e cria uma espécie de laguinho cheio de aguapés. De boa, parece um pântano... Mas tem um ar agradável de se respirar.

Essa casa que comprei é toda em madeira de lei, e meio escura por dentro (muitas árvores em volta, quase não entra luz do sol). Ela fica no fim da rua, afastada de tudo. Vou tentar explicar: quem andar pela rua até o final vai dar num beco sem saída. E o portão daqui abre exatamente pro beco. Tem uma grade de metal em volta de todo o terreno. Falando em terreno, ele é bem grande, e pega o equivalente a meio quarteirão, mais ou menos. Só que não é algo do tipo "nossa, o moleque é rico"… Absolutamente, não. Tem MUITO mato, um monte de árvores e eu ainda não tive coragem de me embrenhar por lá pra fazer um reconhecimento.

Se eu sou medroso? Talvez. Vai saber que bicho tem ali. Sem brincadeira, tem mato e arbusto que é mais alto que eu (não que eu seja lá um cara alto, mas enfim). Melhor não arriscar por enquanto.

Minha casa (que vou começar a chamar carinhosamente de “Pântano dos Mosquitos”) estava surpreendentemente barata, mesmo sendo um terreno grande e arborizado (cabia na economia que minha mãe tinha feito desde os meus 6 anos – em vez de um “carrão”, preferi continuar com minha velha bike e vir morar sozinho). Talvez seja esse ar sombrio que ela tem que afastava compradores e deixou ela a preço de banana, porque as árvores são tantas que se você ficar de frente pro portão, lá na frente, mal dá pra ver a casa de madeira no fundo (mesmo ela sendo alta – é que tem um andar em cima, onde fica o banheiro e dois quartos).

Quando cheguei aqui ontem e olhei ela de frente me senti o próprio Drácula, hehe.

(desenhei um mapa bem merreca, só pra exemplificar)

[imagem anexa no início]

Já sei o que deve estar pensando... Que a casa foi barata porque é encharcada nos fundos, mal cuidada e mal-assombrada. Bom, não sei. Não parece ter nada de mal-assombrado aqui. Só precisa de um trato... Daria para ser um hotel de veraneio, se em vez de mato e aguapé tivesse um jardim e uma piscina. =P

Bem, é meu segundo dia em Vale do Ocaso e eu ainda não coloquei o nariz para fora do meu portão de Drácula. Passei o dia todo jogando StarCraft II (sentado no chão, o que não foi exatamente bom pro meu desempenho com as unidades de ataque e defesa). Conhecer gente nova em uma cidade nova (e numa casa velha, hahaha) é meio assustador. Mas vou ter que enfrentar isso logo, porque vou precisar de grana. Ainda tenho alguma coisinha guardada (vai dar para sobreviver um tempinho), mas logo terei que buscar um trabalho.

Depois de eu ter terminado o colegial e vivido um tempo com meus pais, arranjar um emprego vai ser novidade pra mim. Não acho que eu tenha jeito pra nada, e não sei o que colocar no currículo além de "aprendo rápido" e aquelas baboseiras que todo mundo mente, dizendo que é “dinâmico”.

Será que sou dinâmico? Sei lá… Só sei que preciso começar a criar coragem.

Amanhã vou sair com a bike, amiga, prometo. E depois conto pra você o que vi.

Aiai.... Me deseje sorte nessa nova vida!


 

… Por enquanto, vou voltar para o meu StarCraft… (quero subir no ranking, estou na liga de platina).


Notas Finais




Site oficial: http://lyanklevian.com

Facebook: http://facebook.com.br/lyanklevian

Instagram: https://www.instagram.com/lyanklevian



💕 Agradeço por sua leitura 💕

❤ Ao deixar um comentário com suas impressões, você ajuda bastante! ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...