1. Spirit Fanfics >
  2. O Motivo da Minha Morte >
  3. Me abrindo

História O Motivo da Minha Morte - Capítulo 12


Escrita por:


Capítulo 12 - Me abrindo


Fanfic / Fanfiction O Motivo da Minha Morte - Capítulo 12 - Me abrindo

Pov Diana

Estava quase chegando a época de dia das bruxas e minha mãe resolveu me levar esse final de semana ao sítio do meus avós e eu concordei pois lá é um lugar calmo e gostoso de se passar uns dias,então pegamos a estrada e fomos

(Lá no sítio)

Cheguei e saí do carro rápido e nisso vi meu avô e fui na direção dele e o abracei 


-olha só pra você como está grande!-falou meu avô com um sorriso no rosto


-obrigada vovô e cadê a vovó?!-falei 


-bem enquanto sua mãe e seu pai guardam as coisas suas lá no quarto vamos encontrar sua avó nos pomares!-falou ele e eu concordei e logo fomos não demorou muito lógico para chegar pois fomos meio que andando rápido nisso vovó me viu e me abraçou


-Diana como cresceu e cortou o cabelo não acredito!-falou minha avó 


-senti saudade!-falei parando de abraçar ela


-faz um tempo que você não vem aqui que acho que até esqueceu do seu cavalo o Trovão!-falou minha avó


-não nunca esqueci ele meu amor da minha vida!-falei feliz


-vamos lá pra casa quero ver meu filho e sua mãe e me conte no caminho a respeito sobre o seus tratamentos!-falou meu avô e minha avó concordou e logo fomos para dentro 

(Tempo depois)

Meus pais e meus avós não paravam de conversar e logo começaram a tocar no assunto sobre mim parece que eles esqueceram que eu estou aqui então me levantei e saí e fui até meu Trovão

(Chegando lá)

Eu já estava com uma roupa boa pra cavalgar e peguei as coisas para colocar no Trovão


-Trovão!-chamei ele e ele venho rápido na minha direção e parou com tudo na minha frente e nisso comecei a fazer carinho nele-senti tanto sua falta,mesmo longe nunca esqueci você!mas agora vamos dar uma volta como os velhos e esquecer os problemas!

Logo em seguida dei um cubo de açúcar para ele e nisso comecei a colocar as coisas para cavalgar.Assim que eu terminei fui até a sua frente e o abracei 


-vamos ser livres um pouco correr por aí e sentir o vento!-falei e nisso ele fez um barulho e bateu as patas como se tivesse entendido então peguei abri os portões e nisso subi em cima dele e fomos cavalgar eu estava muito feliz pois era uma coisa que eu amava desde criança eu aprendi e quando eu falei que queria ter um cavalo meu avô me deu um de presente e eu o amo demais era a única coisa que eu fazia e meus pais super concordavam e eu me sentia bem esquecia os problemas e cada vez mais que eu andava com Trovão me sentia livre até da morte.

Depois de andar bastante e até de correr com Trovão parei pra descansar perto de uma árvore e fiquei pensando na vida e então levei a mão ao pensei e fiquei por alguns minutos quieta sentindo os batimentos e venho muitas coisas na minha cabeça 


Como porque eu nasci com e tive essas doenças?porque fui castigada com isso?porque o mundo me acha invisível?porque eu sou fechada para todos?porque não conto a verdade dos meus sentimentos?porque faço tudo isso?

Muitas perguntas e sem resposta pois ninguém consegue te dar uma resposta para o que você criou na sua cabeça;então eu digo você tem que achar as respostas por sí própria não as resposta das escolas,faculdades,parentes,internet e qualquer outra pessoa ou inteligência pois as resposta para seus e meus problemas somos nós mesmo é meio louco mas é eu sempre tive muitas ideias e uma grande imaginação e lógico que eu me perguntava um monte de coisas mas eu ao longo da vida fui descobrindo as resposta pelo dias e anos que eu vivi e eu digo não importa o que você está vivendo isso te ajuda em algum momento na vida tipo sabe aquela frase "é com os erros que se aprende" ou "não importa quantas vezes o mundo tente te derrubar se levante e mostre que você é forte mesmo que seja difícil"foi isso que a vida faz e diz pra você e pra mim.Eu graça a isso tenho as resposta para a maioria das perguntas que eu fiz pra mim mesma e que só eu mesma sabia responder.

Nasci com essa doença por obra do destino,não é castigo pode só ter acontecido ou foi algum motivo que talvez nunca saberemos a resposta pois é um mistério,o mundo não te acha invisível você que se esconde dele ou faz ele te esquecer,sou fechada para todos pois me sinto como uma bomba que pode explodir a qualquer hora e machucar quem eu amo,meus sentimentos são especiais para mim e me ensinam muito por isso tomo cuidado para não abrir a boca demais e também machucar mais pessoas e o último o motivo de eu fazer tudo isso é porque ninguém além de Deus é perfeito!

Como eu disse você cria pergunta dobre você e ao longo da vida não importa quanto tempo demore você vai saber responder você eu consegui responder as minhas perguntas sobre mim e vocês conseguem responder a de vocês?!


Depois desse momento pensativo e me abrindo mais vi que estava ficando tarde e peguei meu cavalo meu querido Trovão e fomos embora



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...