1. Spirit Fanfics >
  2. O mundo alternativo! -Hyunin. >
  3. Tudo faz sentido.

História O mundo alternativo! -Hyunin. - Capítulo 7


Escrita por:


Notas do Autor


6dias sorry
Para compensar a demora vai ter mais um cap hoje :D

Tá uma bosta esse cap pq eu to sem criatividade

Juro que eu vou melhorar :'D

Boa leitura❤🐼

Capítulo 7 - Tudo faz sentido.


Às três aulas já tinham acabado, eu ainda não conseguia acreditar que o Hyunjin era um professor, e pior, ainda da aula na minha sala. Não é só eu que estou chocado, Jisung está também.

— Hyunjin professor… Fascinante… — Jisung fala quebrando o silêncio.

— Quem diria…

— Vocês conhecem o professor Hwang? — Eu e o Jisung concordamos com a cabeça. — Wow…

— Quando tudo isso acaba vamos dar risadas. — Jisung fala olhando para mim.

— Risadas de você apanhando! — Jisung começa a rir nervoso.

— Professor Hwang chegou hoje e já está popular. — Woojin fala olhando um monte de garotas rodeando o Hyunjin.

— I.N tenta não ficar com ciúmes! — Tarde demais, eu já estava com bastante ciúmes.

— Huum… — Fechei a mão esquerda com muita força.

— Essas garotas só sabem infernizar as vidas dos professores. — Woojin fala olhando para nós.

— Como assim Woojin? — Pergunto um pouco confuso.

— Você não leu as notícias do site da escola? — Meu deus tem até site da escola.

— Não! — Woojin revira os olhos.

— Eu não sei se é verdade ou não, mas é um boato que estão contando… — Olho para Jisung chegando mais perto do Woojin. — Tinha um professor que estava tendo um relacionamento com uma aluna nessa escola, os outros professores descobriram e falaram para o diretor, e o mesmo despediu esse professor. Agora ele está como caso de polícia, por pedofilia.

— Nossa… — Tenho medo que isso aconteça com o Hyunjin.

— Um professor bonito como o hwang pode dar cadeia. — Woojin completa.

— Mas que droga! — Jisung se afasta.

— Precisamos ajudar o Hyunjin!

— Ah claro, vamos se intrometer naquela roda de garotas e puxar o professor para longe delas! — Woojin fala olhando para mim.

— Boa ideia! — Começo a ir até à roda de garotas que estavam atrapalhando o Hyunjin e ainda escutei o Woojin falar que era ironia, mas mesmo sendo ironia poderia dar certo.

Entro na roda e agarro a mão do Hyunjin e começo a correr com ele. Isso é meio estranho, mas foi a única coisa que pode dar certo nesse momento. Corro com o Hyunjin até uma sala vazia.

— Penso que aqui você pode ficar um pouco seguro. — Falo olhando para o Hyunjin que estava olhando confuso para mim.

— Obrigado! — Ele sorri em seguida.

— Você disse que era desempregado. — Ele olha para a porta, não pude me conter.

— Lembra do meu celular que tocou bem na hora que você ia falar seu nome? — Maldito celular.

— Sim.

— Então, era uma entrevista de emprego para essa escola. — Faz sentido.

— Entendi…

— Então seu nome é Jeongin, bem o meu você já sabe. — Concordo com a cabeça sorrindo. — Agora que sou seu professor irei ficar de olho em você!

— Por quê? — Ele dá uma risada.

— Só para ver se você faz as atividades. — Começo a rir nervoso. — Bem eu já vou indo, aproveite seu intervalo.

— Está bem. — Ele saí da sala me deixando sozinho.

— Pensando bem, não é tão ruim ter ele como professor. — Sorrio saindo da sala feliz.

— Foi aquele garoto que roubo o professor hwang! — Olho para trás vendo um monte de garotas com expressões faciais bravas.

— Ferro! — Começo a correr delas.

— Peguem ele! — Mas que merda eu só queria ajudar o Hyunjin.

Viro um corredor vendo uma porta meio aberta, começo a correr até ela mais rápido que posso, quando chego nela acabo me esbarrando em alguém e caindo.

— Você está bem? — Que merda esbarrei no Seungmin.

— Essas garotas querem me matar! — Fico atrás do Seungmin vendo as garotas paradas, elas estavam tímidas?

— O-o-oi Seungmin… — Uma das garotas falou, enquanto as outras estavam coradas.

— Olá meninas! — Seungmin sorri fazendo todas elas delirar. — Por que querem matar ele?

— Esse garoto pegou o professor hwang e levou ele para longe de nós!

— Ele estava pedindo socorro só pelo o olhar! — Falei me defendendo.

— Meninas perdoem o… — Ele olhou para mim.

— Ah, I- — Falo meu nome artístico ou real? Melhor o real. — Jeongin!

— O Jeongin, ele não fez por mal, só pensou que o Professor hwang queria ajuda. — Ele sorri fofo para as garotas que derreteram.

— Iremos perdoar você, pelo o Seungmin! — Todas elas se curvaram e saíram.

— Obrigado por me ajudar! — Sorrio para ele.

— De nada, elas são maluquinhas mesmo. — Wow esse Seungmin é gentil.

— Ah, desculpa também pelo o esbarro.

— Foi nada, você está sozinho? — Agora que dei conta que esqueci do Jisung e Woojin, que merda.

— Eu estava com meus amigos antes dessas garotas tentarem me matar. — Ele olha para o chão e depois para mim.

— Quantos de altura você tem? — Que aleatório.

— Tenho 1,72 de altura…

— Wow, nem parece. — Ele começa a rir.

— Como assim?

— Você parece ter 1,68 de altura. — Ele tá de brincadeira com a minha cara né? Eu só quase da altura dele.

— A-ah que coisa… — Não vou discutir.

— Bem qualquer coisa estou por aí! — Ele faz um cafuné em mim e saí logo em seguida.

— Estranho… — Falei baixinho olhando ele virar o corredor.

— Você não vai conseguir nada com ele. — Me assusto e viro em seguida.

— Changbin? — Ele me olha confuso.

— Como sabe meu nome? — A que merda, tenho que começar a falar os nomes deles na minha cabeça.

— Eu… Ouvi bastante sobre você. — Boa.

— Entendi, mas voltando ao assunto. — Que assunto? — Você não vai conseguir nada com o Seungmin, pode apostar.

— Ham? — Eu não estou entendendo.

— Seungmin até pode parecer legal e gentil, mas ele é um egoísta! — Gente que está acontecendo com esse mundo? Todo mundo se odeia, meu deus.

— Oooh… Sabia não. — Sorrio forçado.

— Se você confiar nele, vai quebrar a cara igual eu, de homem para homem, confia. — Wow.

— Valeu pelo o… Conselho? — Eu estava meio confuso.

— Fica bem! — Ele anda até uma porta.

Olho para trás pra ver se não ia ter mais alguém atrás de mim. Suspiro e volto para o refeitório para encontrar o Woojin e Jisung. Estava tudo tão diferente e eu só quero voltar para o meu mundo mais rápido possível. Quando voltei para o refeitório só vi o Woojin na mesa mexendo no celular, mas cadê o Jisung?

— Woojin, cadê o Jisung? — Ele olha para mim.

— Ele disse que foi no banheiro e até agora não volto. — Que estranho.

— Aonde fica o banheiro? — Woojin revira os olhos, odeio quando ele faz isso.

— Sabe aonde fica as escadas? — Afirmo com a cabeça. — Fica um pouco pra frente.

— Entendi, valeu!

Começo a ir até o banheiro para procurar o Jisung. Agora que dei conta que esse intervalo está bem demorado. Quando cheguei no banheiro vi o Jisung parado?

— Han? — Ele se vira para mim.

— Cara você tem que ver isso! — Jisung vem até mim com o celular na mão mostrando um texto.

- Oshi, você quer me mostrar um texto? — Ele revira os olhos.

— Leia o texto primeiro né! — Suspiro pesado.

"Lá estava eu, primeiro dia de aula ou quero dizer escola nova, eu estava nervoso demais. Como eu não sabia o caminho da escola minha mãe me levou, mas a mesma me deixou no portão, e agora estou parado na frente da escola vendo um monte de pessoas conversando. Ah, esqueci de me apresentar, me chamo Yang Jeongin e tenho 16 anos. Sou filho único e tenho 1,65 de altura."

— Que merda é essa? — E da onde surgiu esse 1,65?

— Então no meu celular tinha várias janelas e apareceu esse aplicativo chamado fanfic que estava aberto nesse texto e li quase tudo. — Eu estava confuso.

- Fanfic?

— Sim!

— Ham?

— Assim, isso aqui que você acabou de ler é uma história sobre você! — Não me diga.

— História falsa, eu não sou filho único, e eu não tenho 1,65 de altura! — Falei cruzando os braços indignado.

— Eu sei, mas não era só essa história, tem várias suas diferentes e até tem minhas, bem eu vi que tenho uma conta feita nesse aplicativo, a gente pode ver mais. — Ele deslizou o dedo fazendo o texto se fechar.

— Entra no seu usuário.

— Estou fazendo isso… — Ele fica 1 minuto clicando em um monte de lugar — Aqui achei!

— Jisung Min? — Começo a rir.

— juro que eu não fiz essa conta e jamais que eu iria colocar meu nome de usuário como esse!

— Sei.

— Voltando, tem uma lista de favoritos…

— Clica nela. — O mesmo clica abrindo várias historinhas.

— Wow… — Ele ficava deslizando para baixo e tinha bastantes histórias. — Han, tá mostrando 1 história feita por você… Clica ali!

— Tá bom. — Ele clica abrindo uma história.

"Uma grande amizade e um único amor." — Jisung arqueia as sobrancelhas olhando para mim confuso.

— Vamos ler? — Falei vendo ele limpar a garganta.

— Eu leio primeiro. — Ele clica na história e vai para baixo clicando no primeiro capítulo.

"Olá eu me chamo Yang Jeongin, tenho 17 anos, estou no ensino médio, meu melhor amigo se chama Woojin e tem a mesma idade. Somos inseparáveis."

— Deixa eu ler o próximo parágrafo. — Falei pegando o celular da mão dele.

"Acordei com a minha mãe me chamando, fiquei alguns segundos olhando para a minha cômoda e logo em seguida levantei indo para o banheiro fazer minha higiene. Terminei rápido e logo em seguida comecei me arrumar para ir para o colégio. Quando terminei fui logo para a cozinha vendo a minha mãe tomando seu café."

— São as falas… — Olho para o Jisung.

— Então leio as frases da mãe e você lê as suas.

— Ok.

"Filho você vai se atrasar!" — Começo a rir com a imitação do Jisung e o mesmo começou a rir.

— "Estou esperando o Woojin chegar, vamos juntos para o colégio." — Falei rindo.

"Está bem, eu já vou indo então." — Jisung para olhando para mim. — "Ela me deu um beijo e logo saiu pela a porta principal."

— Era eu! — Ele começou a rir mais ainda.

— Foi mal! — Suspiro e volto a me concentrar.

— "Peguei um bolo e comecei a comer ele até ouvir a campainha tocar e logo em seguida abro vendo o Woojin parado." — Parei de ler já estranhando um pouco.

— Vou ler as frases do Woojin agora.

— Hum…

"Wow, pensei que você não estava pronto!"

"Mas estou pronto!"

"Então vamos!" — Jisung começa a rir. — Que conversa maravilhosa.

— Pois sé! — Sorrio e volto a ler. — "Nós dois começamos a andar até o colégio conversando bastante. Quando chegamos Woojin automaticamente mudou seu humor quando avistou o Bangchan e seu grupinho. Woojin odeia o Bangchan."

. . .

— Han…

— I.N?

— Você sacou né?

— Saquei o que? — Ele falou confuso.



— Não estamos dentro de um filme e nem de uma série, julgo que estamos dentro de uma fanfic!




Notas Finais


Sorry erros ortográficos e concordância verbal
Iansjdbsusbzjbdudjsisndjdbdjbd

Caraí man demorou pra fazer esse cap ;-;
E meu editor ta uma bosta

Comentários são bem vindos :D yey

Amo vcs e bjs❤🐼

Sorriam! :D


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...