História O Mundo Da Voltas - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Sou Luna
Personagens Ámbar Benson, Matteo Balsano, Personagens Originais
Tags Mambar
Visualizações 58
Palavras 711
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Musical (Songfic), Shoujo (Romântico)
Avisos: Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 2 - Um Reencontro


ÂMBAR ON

Estava andando pelos corredores do Blake a procura das meninas, mais acabo esbarrando em alguém.

- Ahhhh porque tudo tem que dar errado logo hoje? - Resmungo olhando para a pessoa com quem esbarrei.

- Desculpa, eu não tinha te visto e.... Âmbar? - Ele fala surpreso e tento falar algo mais minha voz não sai de nervoso então forço um pouco.

- Matteo, que surpresa! - Falo sem saber oque fazer, envergonhada. - Então oque faz aqui, quero dizer em BA.

- Meu pai teve que se mudar pra cá a negócios... - Ele fala ainda me observando surpreso. - Mais que coincidência, dois anos depois acabarmos estudando juntos... - Ele fala e sorri.

- Pois é, uma coincidência e tanto... - Falo e rio nervosa.

- Você tá estranha parece que não está tão feliz em me ver... - Ele fala e me olha tentando tirar alguma coisa e eu suspiro me dando por vencida a essa situação.

- Digamos que você conheceu uma Ambar, uma Ambar que poucos conhecem tipo muitooooo poucos.

-Como assim? -Ele pergunta arqueando uma sombrancelha.

- Quero dizer que a Âmbar que você conheceu não é a Ambar que essas pessoas conhecem, nem nunca vai ser tenho uma imagem a manter! - Falo meio nervosa e o puxo pra um canto vazio.

- E que imagem seria esss? -Ele pergunta insistente e eu bufo respirando fundo e olhando as pessoas passarem.

- Garota mais popular, rainha da pista, garota mais bonita, tem mais alguns que as pessoas falam mais sempre esqueço, e é por isso que não nos conhecemos! Ninguém pode saber! - Falo ainda sem coragem de olhar em seus olhos

- Bonita você sempre foi Âmbar, mas não precisa ser grossa para ser popular. - Ele diz me virando pra ele e eu tô fraco.

- Já me falaram isso uma vez, a pessoa não levou uma semana a ser corrompida. -Ele fixa o seu olhar no meu por um bom tempo, parecia que estava me analisando, tentando ler minha mente ou algo do tipo. Com coisa que ele fosse saber quem eu sou só pelo meu olhar.

- Você está realmente mudada -Ele diz depois de um tempo.

- Eu não mudei! Essa sempre foi a Âmbar Smith, e sempre será Matteo, porque no mundo que vivemos se formos bons não somos nada! - Falo e suspiro me virando, tirando seu olhar do meu.

-Não queria que aquela menina que conheci na Itália tivesse mudado. - Ele fala como se estivesse decepcionado.

- E ela não mudou, ela só não aparece por aqui, nessa cidade... - Falo vendo se as meninas estavam por perto.

- Com exceção a perto de mim certo? - Ele pergunta e sinto o receio em sua voz.

- Não sei, vamos descobrir! - Dou de ombros, e sorrio de forma angelical.

- Que tal descobrirmos num tur pela sua cidade? - Ele pergunta sorrindo e eu confirmo vendo Gastón se aproximar.

- Âmbar finalmente achei você! Estava com saudades pequena - Ele fala me abraçando e eu rio correspondendo e lembro de Matteo.

- Sei que você não vive sem mim, sou maravilhosa demais pra isso acontecer... - Brinco dando de ombros e ele ri. - A propósito Gastón esse é Matteo, Matteo esse é Gastón meu melhor amigo e a pessoa que mas me atura atualmente. - Falo e sinto seu braço de pelos meus ombros me abraçando de lado, sorrio com o carinho.

- Nos meio que já nos conhecemos loira - Gastón fala e Matteo assente. - Ele é da nossa sala e eu apresentei ele a escola já que uma certa loira ainda não tinha chegado. 

- Idiota! - falo e reviro os olhos dando um tapa em seu braço e acabo rindo de leve.

- Âmbar! - Fala um ser que eu esperava nunca mais ter que ver então me viro para a pessoa e começo a rir com a ironia.

- Oque você quer? Ah já sei, roubar minha vida, meu talento e minha família. - Falo e olho séria para Luna.

- Você sabe que não é assim Ambar! Eu não esperava que nada disso acontecesse assim como você, pare com isso por um momento, nós somos primas, porque não podemos nos entender? - Lá vem ela com melodrama de novo.

- Porque você Luninha foi uma menina muito má e merece uma lição! 

Continua...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...