História O Mundo Dominado - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Ação, Historia Original, Original
Visualizações 5
Palavras 1.610
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Ficção Científica, LGBT, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Muito que bem, eu voltei, meus amores
Não, o foco da história não vai ser yaoi... MAS VAI TER, calma, respirem ewe
Acreditem ou não, essa ideia de fic veio do meu sonho... Que eu anotei em um diário de sonho... Não, eu não tenho um diário de sonho, eu fiz um naquela hora de tão bom que foi o sonho.
BEM, vamos começar, se acomodem em suas cadeiras/sofás/camas e peguem um pouco de pipoca. Porque hoje eu estava inspirado owo

Capítulo 1 - O homem que matou um Dorahito


Em uma vila do sul, chamada Wilshine ... morava um menino que foi abandonado por seus pais... Sendo alimentado várias vezes por alguns moradores, porém ignorado por outros. Mesmo com a bondade de alguns moradores, ele ainda guardava rancor de seus pais.

Seu nome era Tsuki, nome dado por sua mãe, que embora tenha o deixado... sempre o amou. Diferente de seu pai, que o odiou desde da hora que nasceu. Tsuki só sabia dessas coisas porque os moradores que o encontraram conheciam seus pais.

-Flashback do garoto-

Um idoso ouviu o choro de um bebê vindo de algum lugar, quando ele foi ver... era Tsuki, um bebê abandonado enrolado apenas em um pano de chão, chorando.

*Idoso: Q-querida! Rápido, traga cobertores!

Disse o idoso para sua esposa que rapidamente fez o que pediu e o enrolou nos cobertores.

*Idosa: Mas que pobre homenzinho... Quem poderia ter feito isso?

*Idoso: Eu não sei... Espere, o que é isso?

O idoso olhou para o braço do bebê e tinha uma marca que ele conhecia muito bem... A marca dos Hanachiri, uma família que jurou eterna lealdade para os Dorahito.

*Idosa: Essa criança... é daquela família... Não é, querido?

*Idosa: Sim... Eu ouvi falar que os Dorahito escolhe quem vive e quem morre na família deles... Se não fosse por você... Essa criança seria morta por lobos... Quanta crueldade com apenas um bebê...

-Fim do flashback-

Nessa vila também havia um general que todos os guardas respeitavam, seu nome era Damon. Ele supervisionava os guardas na vila com muita atenção e sabia como lidar com qualquer guarda       que ele conhecia. Damon era misterioso... O ancião dessa vila diz ter encontrado Damon quando tinha apenas 6 anos brincando com uma espada de madeira, fingindo matar dorahito. Pelo o que o ancião disse, ele tinha habilidades surpreendentemente boas para uma criança da idade dele... Porém, como não há muitos ataques em sua vila, ele nunca teve que usar sua espada, então ninguém nunca viu realmente suas habilidades... Apenas o comandante e o Ancião.

 

-Presente- (Na história, o presente é 1800, mais detalhes nas notas finais)

_*Tsuki P.O.V*_

Já fazem 18 anos... Desde que eu fui deixado nessa vila... Com essa marca em meu braço... Ninguém nunca me contou o significado disso, nem mesmo aqueles idosos que cuidaram de mim por um tempo...A unica coisa que eles me contaram era que eu era da família Hanachiri, mais nada.... Mas eles morreram, eles não vão conseguir me contar agora.

Todos os dias... eu penso no porque eu ainda estou vivendo... Os Dorahito já invadiram todas as vilas ao redor de nós, é apenas questão de tempo para que todos nós morra... Se eu ao menos tivesse o poder para lutar contra eles... Eu seria mais feliz.

-Uma semana depois...-

Os Dorahito... Eles... Eles chegaram... Vamos todos morrer... Eu... Eu já não ligo... mais...

-Narrador-

Tsuki, que tinha sua mentalidade em apenas a morte, entra em estado de choque quando realmente a enfrenta. Ele já não se importava mais com nada. Até que Damon, que estava evacuando todo mundo, viu Tsuki com seus olhos em choque..

-Tsuki-

*Tsuki: Vamos todos morrer... Vamos morrer assim... sem mais nem menos... Vamos...

*Damon: Ei, garoto! Saia daqui! Você não está vendo todas essas pessoas sendo mortas?! Você quer ser uma delas?! Huh?!

*Tsuki: Do que adianta? Não importa aonde vamos... Eles vão dominar o mundo todo... Eles vão matar todos os humanos...

*Damon: Olha, garoto, eu NÃO tenho tempo pra depressão agora, você vai ter que sair daqui AGORA se não quiser morrer.

*Tsuki: Eu quero morrer... vamos todos morrer de qualquer jeito... então pra que resistir agora... Não temos escapatória...

*Damon: PARA COM ESSA MERDA E LEVANTA ESSA SUA BUNDA DAÍ, AGOR- O general é interrompido quando ouve um grito bem alto... e que parecia estar com dor- Mas o que foi isso?

O general olha pro lado e vê um dos guardas que ele era mais próximo... com uma garra atravessada no seu coração.

*Guarda: G-General... Me perdoe... Eu falhei com você... -Disse o guarda cuspindo sangue

*Damon: Dolan... Não... Não, isso não pode estar acontecendo... -Disse Damon que já estava com lágrimas em seu rosto... quando ouve mais um grito... vindo de outro guarda o qual Damon era próximo- Ralph! Você também não...

Foi só aí que Damon viu... Um Dorahito esmagar a cova do Ancião. Ele não aguenta mais e lágrimas caem de seus olhos... Porém, ele as enxuga e aperta seu punho com força.

*Damon: Eu irei vinga-lo, senhor Hanachiri... Irei exterminar cada um desses desgraçados -Sussurrou Damon respeitosamente ao Ancião que já havia falecido, enquanto olhava para o céu

*Tsuki: Eu disse... você entende agora, Senhor General?

*Damon: Garoto... Fique quieto por apenas um momento, por favor?

Damon olha para o garoto com um olhar ameaçador fazendo o mesmo se assustar.

*Damon: Eu acabei de perder dois dos meus companheiros mais próximos, que estava comigo desde da minha infância... E nem por isso... Você está me vendo desistir e chorar que nem um bebê, não é? -ele olha para seu braço- Essa marca... É a mesma marca que o Ancião tinha na testa... Garoto... Qual é o seu sobrenome?

*Tsuki: Hanachiri...

Damon se espanta com as palavras do garoto e então lembra de uma coisa

*Damon: Você já usou uma espada antes?

*Tsuki: O que? Por qu-

*Damon: Responda! Não vê que estamos sem tempo?!

*Tsuki:...Eu tentei uma vez... Mas por que me pergu-

*Damon: Ótimo! A família Hanachiri é uma família cheia de ótimos espadachins, talvez... Talvez você consiga o matar! A humanidade está sendo dominada justamente porque os Hanachiri se renderam para os Dorahito afinal! -Damon disse e jogou uma espada para o garoto

*Tsuki: O que?! VOCÊ TA LOUCO?! Não existe nenhuma chance que eu consiga derrubar aquela coisa, O QUE TE FAZ PEN- Damon o interrompe com um tapa em sua cara, deixando a bochecha de Tsuki vermelha- POR QUE VOCÊ FE- Tsuki olha no rosto do General que estava com um olhar triste e com ódio.

*Damon: É que nem você diz, garoto... Vamos todos morrer... Você acha que não estou com medo? Você acha que eu não sei que é questão de tempo para eles dominarem a humanidade? Garoto... Eu só cheguei até aqui pois eu decidi seguir em frente, mesmo sabendo dessas coisas... Vá e tente, se você morrer... Temos duas possibilidades: Eu vingarei vocês ou a humanidade é dominada por eles -Damon disse ao garoto com um tom determinado – Vai lá... e mate aqueles desgraçados...

Tsuki pegou a espada, olhou ela por uns segundos e então pensou: “Eu não ligo se eu morrer... Mas... eu vou ligar se eu morrer... e não salvar ninguém... Não quero ser que nem meus pais malditos... Eu... Eu...”

*Tsuki: Eu... vou mata-los...

*Damon: Isso aí! Vai lá-

*Tsuki: Vou mata-los... mata-los... EU VOU MATAR CADA UM DESSES DESGRAÇADOS!

Damon se assusta um pouco com o sorriso maléfico que Tsuki estava dando e do jeito que ele estava indo em direção ao Dorahito, a velocidade dele era impressionante.

*Tsuki: Seu filho da PUT- *beep* EU VOU ARRANCAR TEU COURO, SEU CUZ-*beep* - Gritava Tsuki enquanto corria em direção ao Dorahito em posição de ataque.

Tsuki pula em cima do Dorahito , que estava destruindo uma casa, escala ele e enfia a espada bem em sua cabeça fazendo o mesmo dar um rugido agoniante, mas isso não foi o bastante para o mata-lo, o Dorahito balança sua cabeça e olha diretamente para Tsuki e fala em uma linguagem desconhecida, pois nenhum Dorahito falou nada em todo seu tempo de dominância.

*Dorahito: “Você... Ousa me atacar... Igual aquela pessoa... Vocês que possuem essa marca... Devem ser exterminados” -Disse o Dorahito com uma voz ameaçadora e demoníaca

*Tsuki: ...O QUE?! – Tsuki se assustou um pouco com a voz do Dorahito mas não entendia nenhuma palavra que ele dizia.

Ignorando o humano, o Dorahito vai até Tsuki e levanta o pé, preparando para pisotear. No entanto... Tsuki corre por debaixo das pernas gigantes de Dorahito até ficar atrás dele e então perfura o calcanhar do mesmo, fazendo o Dorahito cair e causar um tremor forte o bastante pra derrubar uma casa, porém Tsuki não larga da espada, então não é afetado pelo tremor. Quando o tremor parou, Tsuki novamente escalou o Dorahito e perfurou suas costas.

*Tsuki: Argh... Sua pele é feita do que?! -Disse Tsuke percebendo a dureza da pele do Dorahito

O Dorahito já estava cansado e perdendo muito sangue, Tsuki percebendo isso sorriu de uma maneira assustadora com olhos ameaçadores e escalou o Dorahito novamente até chegar em sua cabeça.

*Tsuki: Morra. -Disse Tsuki desferindo o golpe final no Dorahito, desta vez o matando mesmo.

Damon fica espantado e impressionado com a mudança de personalidade e a habilidade de Tsuki e vai até ele

*Damon: Você... Você conseguiu... Você realmente conseguiu! -Damon abraça Tsuki bem forte, fazendo o mesmo ficar confuso e um pouco corado- Obrigado, garoto... Você nos salvou... Com você é aqui... A gente pode exterminar todos os Dorahitos!

*Tsuki: Mas... foi só um... Você sabe quantos deles existem? Eu não vou conseguir... Eles devem todos ser mais fortes que esse... E... E...

*Damon: Calma, garoto, você não fará nada disso sozinho... iremos te ajudar... e juntos... A terra será dos humanos outra vez.

*Tsuki: Eu...Eu vou tentar... Se o Senhor... Hum... Qual o seu nome?

*Damon: Ah, perdão, perdão -Damon se reverencia- Meu nome é Damon, 26 anos, e você, rapaz?

*Tsuki: Me chamo Tsuki Hanachiri... 18 anos.

*Damon: Prazer, será uma honra trabalhar com você. -Damon estica a mão para o rapaz

*Tsuki: ...Sim... -Tsuki cumprimenta o General


Notas Finais


-O mundo tá em 1800 mas a tecnologia não avançou muito pelo fato de...Dorahito matando toda a população ewe-
Bem... pessoas, eu voltei, espero que tenham gostado e que essa fic dure bastante se for o caso (Carai rimou owo)
Buh-bye!
Ah e sim, eu apaguei todas as minhas outras histórias ewe


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...