1. Spirit Fanfics >
  2. O Mundo Entre Guerras - (Furry) >
  3. O Começo Do Fim..

História O Mundo Entre Guerras - (Furry) - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Oie Pessoas!, Bem vindas a uma nova história!, Eu queria fazer de furry pois estou com muita ideia para este primeiro capítulo , Desculpem a entrada da Capa ser tão grande -w- , Fui!

Capítulo 1 - O Começo Do Fim..


Fanfic / Fanfiction O Mundo Entre Guerras - (Furry) - Capítulo 1 - O Começo Do Fim..

05/01/2450 

05 AM 

Um dia cheio de neblina para a Classe Verde, onde estava a base em uma montanha plana e dentro da base , tinha um Línce dormindo em sua cabana,Até que tal se levantou,quando seu sono acabou..

P.O.V ???

Eu aqui , Novamente,Nesta maldita Cabana,Quando eu irei sair daqui?, ou pelo menos ficar livre de tanto fugir dessas outras classes...

Alguém abre a cabana, e entra, curvando - os braços, E eu me levanto em seguida , observando oque tal pessoa iria dizer.

??? - Jack, Oque você ainda está fazendo aqui?, não era pra você está patrulhando por ai?,  - Vejo tal pessoa resmungar em seguida, olhando em meus olhos - 

- Me desculpe , Senhor Nathaniel. - Reviro meus olhos, sem ele perceber-

N -  Está tudo bem , Agora deixe de ser um línce preguiçoso!. - Ele bate a mão na cama e em seguida sai da cabana- 

Ugh , Desde quando eu terei que aguentar esse cara?, Além de ele me chamar de preguiçoso , Ele quer que eu vá patrulhar em uma plena manhã cheia de neblina, eu as vezes acho que esse Porra não tem cerébro..

Peguei minha AK- 12 Rifle , E eu saio da minha cabana, observando ao meu redor, várias pessoas se dirigindo a busca de suprimentos em uma cidade pouco longe da nossa base.

Deus, Pobre pessoas , terem que acordar para buscar suprimentos nessas cidades velhas e abandonadas, cheias de inimigos e doenças, Ugh , irei logo tomar meu café da manhã para eu falar com esse... , Ugh, nem tenho palavras para chamar-lo.

Estava me dirigindo até a uma galpão pequeno, onde lá havia várias pessoas comendo algo, e então eu vou e me dirijo para pegar o meu café da manhã.

??? - Bom dia Jack, Oque irá querer?

J - Eu irei querer um café simplês..

??? -  Certo!. - Tal pessoa de agacha, pegando um café e me entregando - 

??? - Aqui está. 

J - Muito obrigada Kelly. - Saio andando para o meu lado direito, olhando para os lados , procurando uma mesa vaga - 

Agora terei que procurar uma mesa vaga, saco..

Meus pensamentos são interrompidos quando eu sinto uma mão fria tocar em meu ombro, Deixando eu arrepiado, fazendo minha cauda ficar imóvel

???  - Jack!  - Viro e percebo que eu reconhecia tal pessoa, parecia ser um sergal -

J - Ah , Olá Hiro. - Olho para tal Sergal, Me acalmando-

H - Que gatinho assustado!, Venha , sentar com eu e a galera. - Ele aponta para uma mesa onde os outros levantaram as mãos ,uma forma de dizer " Oi," ou "Olá"-

J-  Claro, Porque não?., - Dou um sorriso meio forçado -

Tal me puxa para a mesa , quase derrubando minha comida, e ele me senta perto de um outro Furry

H - Então Jack, você parece meio chateado com algo, Houve algo? - Vejo o tal Sergal olhar atenciosamente para mim , enquanto o resto estava conversando - 

J - Apenas o merda do Nathaniel, me mandando patrulhar nessa neblina. - Eu dou uma bufada, enquanto eu pegava minha colher e a colocava na boca, depois de ter terminado a frase - 

H - Entendi, Bem, ele te disse o horário que você iria patrulhar a fora? - Vejo o Sergal partir o pedaço de carne e colocar em sua boca enquanto terminava a frase - 

J - Ainda não , eu irei lá falar com ele na cabana dele. - Eu viro meu rosto , ouvindo alguns gritos vindo de fora -

J - Uhh.., Ouviram isso?   - Falo com todos que estavam lá na mesa,estranhando os gritos , me levantando - 

H - Ouvi...,Um grito de uma mulher..

J - Eu irei verificar, vem comigo Hiro? - Me viro olhando para tal Sergal , esperando uma resposta sair daquela boca cheia de dentes -

H - Claro que vou. -Nós nos dirijimos até fora do galpão , escutando mais gritos- 

Esses gritos, estão ficando cada vez mais intensos , bem agudos..,e mais estranhos, parecem nem ser mais de uma mulher..,Isto está ficando cada vez mais louco.., eu só queria que fosse normal que nem há 10 anos atrás,mais tenho que continuar nessa merda de realidade.,esses gritos me fazem lembrar de coisas que eu queria esquecer, mais eu não consigo.

Nós chegamos até a porta da base, e observamos ao redor,eu não ouvia nada, mais tal Sergal parecia está ouvindo mais intesamente o grito

H -  Está vindo daquela direção.. - Ele aponta para a floresta, onde os arbustos se moviam e os gritos continuavam, mais se tornando baixos - 

J - Céus.., Eu irei chamar o Nathaniel. 

H - Não demore muito..

Eu ando correndo até uma cabana diferenciada das outras que passavam enquanto eu corria até a tal cabana diferenciada..,Eu me acalmo e entro calmamente naquela cabana, vendo que um Tigre estava ali , sentado em uma cadeira,junto com um cigarro.

N - Jack , oque faz aqui?.,não era para você está patrulhando agora?.  - Tal tigre ergue a cabeça, olhando para mim - 

J - Bem , Eu queria te chamar para resolver um problema.

N - E qual é este problema?. - Ele segurou o cigarro no meio de seus dedos - 

J - Eu e Hiro, estavamos no galpão e ouvimos um grito vindo de lá de fora, e fomos verificar , e ele disse que vinha da floresta aqui perto,  e então eu decidi vir aqui te chamar, para verificar com a gente, já que você é o comandante. - Eu cruzava meus braços , esperando sua resposta - 

N - Claro que eu vou , eu não posso mais recusar, como você disse , eu sou o comandante - O tigre se levantou e amassou seu cigarro em um cinzero - 

N - Vamos , não tenho todo o tempo do mundo . 

Nós saimos da cabana , e seguimos rapidamente para o portão gigante da base,Encontrando Hiro armado com uma Desert Eagle.50, Com um canivete vísivel em seu bolso direito de sua bermuda, estava apenas esperando a gente chegar para irmos 

H - Finalmente chegaram.  - O sergal suspira alíviado - 

N - Ótimo sergal, mostre-nos de onde os gritos estão vindo.  - Tal tigre tira de suas costas um Rifle Winchester 44, recarregando seu rifle - 

Eu peguei minha KS-12 e equipei em minhas mãos , olhando para o sergal esperando ele se movimentar

H - Vamos, Por aqui .. -  Ele se movimenta lentamente até a floresta, sem fazer um mínimo barulho - 

Nós nos movimentamos até perto de Hiro , perto dos arbustos da floresta, e nós entramos mais profundamente na tal floresta..

N - Não façam nenhum barulho, ouviram seus merdas?. - O tigre fala sussurando , olhando para nós dois - 

Nós afirmavos com a cabeça e continuamos seguindo por um caminho de arbustos.., Eu olhava ao redor, atencioso para não receber um golpe surpresa,Enquanto o Sergal seguia reto, guiando nós pelo o caminho e o cheiro.. 

H - Estamos perto.., O sergal balançou sua cauda,e viu uma brecha, e ele acelerou o passo - 

Nós andamos até um lago , bonito, parecia não ter nada de mais ,junto com uma pequena árvore ali com várias maçãs,e peixes saltitando no lago..,

H - Estranho...  - O sergal se levantou e estava se direcionando para o lago , quando ele viu um movimento e foi imediatamente puxado  para trás pelo o tigre, e de lá ficamos observando algo sair dos arbustos ali perto - 

Ficamos quietos , esperando algo aparecer , o tigre estava segurando o Rifle apontando para perto do lago , até que ele viu algo se movimentando para fora do arbusto e imediatamente saiu....

 

TBC

 

 

 


Notas Finais


Oie pessoas! , Desculpem por esse capítulo está muito curto / Com muitas falas , Mais eu tentei TwT, Muito obrigada a você que leu esse capítulo, Qualquer erro me avisem, Bjs e fui!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...