História O Mundo Sombrio de Damian - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Batman, Gotham, Novos Titãs (Teen Titans), O Mundo Sombrio de Sabrina (Chilling Adventures of Sabrina), Superfilhos (Super Sons), Superman, Supernatural
Personagens Alfred Pennyworth, Barbara Kean, Bruce Wayne (Batman), Clark Kent (Superman), Comissário James "Jim" Gordon, Damian Wayne, Dick Grayson, Harleen Frances Quinzel (Harley Quinn / Arlequina), Jason Todd, Jonathan Kent, Kon-El (Superboy), Padre Faustus Blackwood, Pamela Lillian Isley (Poison Ivy / Hera Venenosa), Selina Kyle (Mulher Gato), Timothy "Tim" Drake
Tags Amor, Batboys, Batman, Bruxo, Damian Wayne, Dick Grayson, Garotos, Gay, Gotham, Jason Todd, Jondami, Magia, Maldição, Religião, Robin, Romance, Tim Drake
Visualizações 16
Palavras 1.402
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishounen, Crossover, Ecchi, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Lemon, LGBT, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Slash, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Hey gente, faz alguns capítulos que eu não escrevo aqui ksks. Enfim, vocês tão gostando? Eu espero que sinceramente que sim, muito obrigado por lerem seus lindos.

Capítulo 6 - The Future to Mallus Belongs


Fanfic / Fanfiction O Mundo Sombrio de Damian - Capítulo 6 - The Future to Mallus Belongs

DAMIAN ENTROU NA SALA E VIU SEU PRIMO TIM PREPARANDO UMA BEBIDA. Timothy tinha fundas olheiras por passar todo o dia estudando sobre a linguagem, queria saber tudo de cor antes de falar com seu primo sobre o assunto.

- Foi bem produtiva. - Respondeu Damian quando foi perguntado como havia sido sua noite. - Tirando o fato de eu descobrir que você que vai comandar minha libertinagem.

Tim gelou na hora, ele não sabia oque dizer e isso era bem visível nos seus olhos, terminou de fazer sua bebida e se dirigiu para perto do primo. 

O inglês tinha a mesma idade fisicamente de seu primo, como bruxo ele não envelhece tão rápido quanto um humano comum, porém ele já estava a 75 anos preso em prisão domiciliar junto dos seus outros irmãos por causa da cagada de tentarem explodir o Vaticano.

- Eu ia te contar Demi, eu só não sabia como. - Diz ele vendo o rosto do primo. - Eu sei que você tem suas moralidades mundanas, mas… Eu passei por isso de uma maneira nada boa na minha época, não queria que acontecesse o mesmo com você.

Damian fazia um rosto irritado, porém por dentro não estava com raiva, não mais pelo menos. No fundo ele estava aliviado por Tim ser o responsável pela sua libertinagem, era alguém que ele confiava, alguém que ele sabia que não lhe faria mais. Porém era como Timothy disse, o senso mundano de Damian não o deixaria participar da libertinagem, ele estava com Jon e isso seria completamente errado.

- Tim, eu não tô bolado com você, estou feliz por ser você que vai fazer isso. - Disse Demi e abaixou os olhos. - O problema é que eu queria que minha primeira vez fosse com alguém especial, com o Jon de preferência.

Timothy se surpreendeu, realmente o senso mundano do primo era muito grande. Na idade do mesmo ele já tinha ficado com várias pessoas sem nenhum escrúpulo. Ficar com alguém por amor, esperar o momento certo para perder a virgindade, isso com certeza não era coisa de bruxo.

Damian foi abraçado pelo primo que coloco os braços sobre seus ombros, ambos respiram juntos pensando.

-Olha, eu não vou fazer nada até que você se sinta bem Demi… Porém em algum momento vai ter que acontecer, você não pode ir para o batismo sem isso.

- E se eu não quiser me batizar? Tio James disse que eu não tinha escolha, mas eu não quero abandonar meus amigos… Não quero trair meu namorado, eu não… Eu tô com medo Tim, não sei oque fazer.

O inglês pensa um pouco tira o braço do pescoço do primo e se levanta bebendo um pouco de sua bebida. "A maçã dourada", um fruto mágico capaz de prever partes do futuro da pessoa que o ingere, Tim lembrou disso, poderia não ser muito porém já iria ajudar Damian a saber se ele deveria ou não se batizar.

- Ok, onde encontro essa maçã? - Disse o jovem Wayne se levantando.

***

JON ESTAVA NO SEU QUARTO DESENHANDO, o abajur ligado o ajudava a ver as cores dos personagens que desenhava. Se sentia estranho, sempre foi feliz e altruísta, porém esses dias andava preocupado… Principalmente com seu amado que estava cada vez mais distante. O pai do jovem, Clark Kent, bateu na porta e ficou encostado no batente vendo o filho.

- Tá tudo bem? - Perguntou o mais velho. - Me parece preocupado.

Jon não olhou para o pai, apenas ficou de cabeça baixa como se estivesse envergonhado. Clark havia aceitado bem a sexualidade do filho, porém Jonathan não gostava de ficar falando sobre aa coisas que aconteciam entre ele e Damian, era estranho para o jovem.

Clark vai até o filho e se abaixa um pouco já que o mais novo estava sentado, não diz nada, porém o silêncio que ele fez já valia como um "pode me contar tudo. Jon entendeu isso é abraçou o pai, um abraço forte e sincero.

- Eu não sei pai… - Diz o jovem entristecido enquanto se separava do pai. - É o Demi, ele, ele parece estar se distanciando… Escondendo algo.

Damian realmente escondia, Jon nunca poderia esperar que o namorado fosse um bruxo, muito menos que ele seguisse uma entidade maligna chamada Mallu. 

Clark pensou um pouco, ele sabia que um dia uma conversa dessas iria surgir entre eles, ele só não imaginava que seria nessas condições.

- Jonathan, olha, eu sei que ele pode parecer estar se afastando de você… Porém sei também que Damian e um bom garoto, se ele está escondendo algo de você é porque algo grave deve estar acontecendo. - Ele pôs a mão no ombro do filho. - Pergunte a ele, apoio, não deixe que ele escape… Pode se arrepender muito depois.

Jon pensou um pouco, o pai tinha razão, não havia motivos para se preocupar… Seja lá pelo que Damian estava passando, os dois poderiam resolver juntos. O jovem abraçou o pai e sorriu, ele realmente tinha muita sorte.

- Valeu pai… Por tudo, se não fosse por você eu ainda estaria naquele orfanato.

- Não precisa agradecer filhão, eu que agradeço por ter um filho como você.

Os dois juntaram as testas rindo, logo Clark se levantou e voltou para a cozinha terminar de fazer o jantar.

O rosto de Jon se enche de alegria de novo, seu coração bondoso queria muito ajudar seu amado, ele com certeza iria resolver as coisas com Damian.

***

A FLORESTA ESTAVA MEIO MOLHADA POR CAUSA DO SERENO DA NOITE ANTERIOR. Damian havia acordado cedo para ir atrás da tal "Maçã Dourada", estava caminhando a alguns minutos nas florestas de Gotham quando finalmente chegou a árvore mais distante da cidade, uma árvore na frente de uma antiga caverna que ninguém ousava ir.

- Accio! - Pronunciou e uma maçã tão vermelha como sangue saiu da árvore e voou até sua mão.

Damian observou a fruta por um instante, era ouviu que ele não imaginava que a maçã seria dourada, porém seria muito legal se fosse. Botou a fruta na boca e deu uma mordida, mastigou por alguns segundos, e então começou a ficar tonto.

Sua visão ficou turva.

A maçã em sua mão apodreceu.

E logo a árvore em sua frente queimava, os corpos de seus amigos enforcados e Mallus saindo de dentro do caule da árvore vindo em direção a Damian.

- Isso é sua culpa… Porque fez isso conosco? Por que não nos deixou? - Disseram os cadáveres reanimados dos amigos que surgiram ao seu redor do nada.

Damian caiu no chão, as raízes saiam da terra e tentavam o agarrar, ele gritava enquanto sentia que era sugado para inferno. E então antes de desaparecer por completo na terra viu a si mesmo numa versão completamente demoníaca ao lado de Mallus.

O Wayne retomou a consciência e deixa a maçã mordida cair no chão, olha ao redor assustado tentando se manter firme, ele pega a mochila é retorna correndo para casa.

Na entrada da caverna escondida entre as folhas Sra. Kyle sorria como se estivesse satisfeita.

-Isso mesmo Sr. Wayne… Veja o'que o futuro lhe reserva.

***

JON ESTAVA NOS CORREDORES JUNTO DE M.J. E SUSIE. Os três conversavam sobre Dami e todos concordavam que o amigo estava muito estranho esses dias, seguiram para a classe quando passaram pelos garotos do time, eles estavam retraídos e Billy usava uma cadeira de rodas, os três amigos não entenderam muito bem mas sentiam a tensão entre os garotos do time.

- Eu vou falar com o Dami hoje… Tentar saber o'que está acontecendo, quem sabe ajudar. - Disse Jon se sentando no final da sala como sempre.

M.J. sentou na sua frente, Susie ao seu lado e o lugar de Damian ficou vazio já que o mesmo não havia vindo para a escola hoje.

- Sei que vai ajudá-lo Jon… Acho que tem alguma coisa haver com o aniversário dele, não sei muito bem, só vamos apoiá-lo, é isso que devemos fazer.

- Isso, M.J. tem razão, vamos ficar do lado do nosso amigo… Ou namorado. - Susie sorriu ao falar a última frase.

Logo a professora chegou na sala e começou a aula, Jon continuou pensando em Damian enquanto olhava o lugar vazio ao seu lado, sentiu um vazio no coração… Como se algo ruim estivesse prestes para acontecer.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...