História O Músico E A Empregada - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Visualizações 14
Palavras 485
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 5 - Capítulo V


                S/N    P.V.O

Jimin havia realmente se declarado para mim, mas eu não queria ser machucada, ele era um grande músico, e eu não passava de uma empregada.

-- Desculpa Jimin, mas é melhor você sair daqui.

-- Então diga alto e claro que não me quer. Diga S/N, só assim eu te deixarei.

-- Certo. Respiro fundo. Eu não quero ficar contigo Jimin, eu sou uma empregada e você é um músico, você merece alguém melhor do que eu.

Sinto meus olhos marejarem, afinal, eu gostava dele e depois dele ter me salvado, acabei desenvolvendo um amor por ele mas, nossa realidade era diferente.

-- Por favor Jimin... 

Jimin levanta meu rosto e se aproxima novamente da minha boca, mas, antes que ele volte a me beijar, a porta do meu quarto é aberta. Minha madrasta estava vestida com uma camisola preta rendada, estilo aquelas eróticas e um roupão de seda vermelho bebendo um vinho.

Quando ela nos vê, ela para.

-- Já chegou S/N? Achei que voltaria mais tarde.

Sorriu cínica.

-- Aconteceu algumas coisas, então acabei voltando antes do previsto. 

Falei de cabeça baixa e voltando a me deitar.

-- Jimin querido.

Falou Greth se aproximando dele e jogando seus braços calmamente por cima dos ombros do maior.

-- Oque está fazendo aqui amor? 

Amor? Foi isso mesmo que ouvi?!

-- Eu não estava achando seu quarto querida, então acabei achando o de S/N sem querer.

Falou entrelaçando uma de suas mãos, na mão de Greth.

-- Bom, vamos para meu quarto então amorzinho.

Falou puxando ele para fora do meu quarto.

-- Jimin...!

Ele se virou antes de sair. Peguei seu paletó e me levantei da cama entregando a ele.

-- Você estava deixando isso aqui... Obrigada 

Falei de cabeça baixa.

-- Obrigada S/N.

-- A propósito, seja muito feliz com ela e esqueça de mim de uma vez por todas.

Assim que terminei de dizer tais palavras, fechei a porta do quarto e voltei a chorar.

Caminhei até a cama e peguei uma bermuda que estava ali, juntamente com um moletom e sai do quarto.

Subi as escadas e passei pela porta do quarto de Greth, ouvindo claramente o barulho de uma cama batendo fortemente na parede e inúmeros gemidos. Subi às escadas ainda mais rápido até chegar no terraço do hotel. Me sentei na ponta sem grades e acendi o maço de cigarros que trouxe dentro do moletom. Balançava minhas pernas ao vento, enquanto a fumaça do cigarro saia de minha boca e se misturava com o vento frio. Meus olhos marejavam de uma maneira, que não tinha explicação. 

Enquanto estava sentada, senti um lado do meu ombro pesar e eu sabia muito bem quem poderia ser.

--  Ficar aqui em cima fumando, enquanto ela toma cada pedacinho do que lhe pertence, não vai ajudar em nada.

-- Eu sei Jackson, mas para ser sincera, eu já perdi minhas forças...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...