História O namorado da minha mãe. - Kim Taehyung. - BTS - Capítulo 19


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bts, Fanfic, Hentai, Incesto, Kim Taehyung, Romance
Visualizações 505
Palavras 663
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiê, tubo bem? ❤️

Capítulo 19 - Viagem Inesperada.


Quando eu não sabia mais o que fazer e me via no fim do poço, incrivelmente a pessoa que mais me deu forças e esteve sempre ao meu lado era o namorado de minha mãe, ao qual eu chamo de meu melhor amigo.

Ultimamente Kim Taehyung tem passado mais tempo comigo do que com minha mãe, mas eu não a vejo reclamar, pelo menos no não na minha frente e ele também não me diz nada a respeito. Voltei a estudar e procurava por um emprego, ou qualquer coisa que pudesse me fazer ficar com a mente e o espírito ocupados, eu precisava recomeçar, era o que Taehyung sempre me dizia e eu apenas o olhava sem reação, mas sim eu estava disposta a tentar recomeçar a viver.

Apesar de eu estar aparentemente bem, por dentro ainda restavam algumas feridas que na minha opinião nunca sararam, por isso que eu precisava ocupar de todos os modos minha mente, a fim de amenizar tudo isso. Enquanto eu não estivesse empregada eu apenas passava todo tempo possível na faculdade e quando chegava em casa, me trancava no quarto e assistia algumas séries de comédia, minha mãe mal parava em casa e o mais incrível é que ela na maioria das vezes não estava com Taehyung, o que me deixava curiosa sobre o que tanto estava fazendo ultimamente e com quem.


[...]


Manhã de sábado e ouço batidas na porta de meu quarto, levanto da cama assustada e vou me espreguiçando até a porta a qual abro e me deparo com Kim Taehyung sorrindo que nem bobo.

– Yoon. – Ele se aproximou de mim e me analisou por completo.

– O que aconteceu, por que você está aqui tão cedo? – Esfreguei os olhos e o encarei sonolenta.

– Eu vim te buscar pra gente viajar.

– Fala pra mamãe que eu não quero ir, tá ?  – O empurrei até o corredor e fechei a porta vagarosamente, mas ele me impediu segurando forte a porta.  – Eu só quero dormir Tae, por favor… – Falei bocejando.

– Mas… – Ele coçou a nuca e voltou a me olhar. – Sua mãe não vai poder ir e ela me disse que era pra nós irmos juntos… você e eu Yoon.

– Vamos só ficar quietos então já que ela não vai, é melhor Tae.

– Mas eu já tenho as passagens aqui. – Me mostrou os papéis em sua mão. – Nós vamos ter que ir.

– Aish! – Bufei bagunçando meus cabelos e ele me olhou sem jeito.

– Vamos! Eu te ajudo a fazer as malas. – Ele me levou até o banheiro e fechou a porta, ficando pro lado de fora. – Vai logo lavando esse rosto que eu vou pegar uma mala sua aqui.

– TAE!!! – Gritei.

– O que foi?

– Não precisa, eu arrumo ok? – Falei com a boca cheia de enxaguante bucal.

– Mas só temos uma hora pra chegar no aeroporto e embarcar.

– O QUÊ?

– É isso mesmo que você ouviu.

– Tá… tá. – Saí do banheiro às pressas e corri pro meu guarda roupas, peguei peças aleatórias e literalmente joguei dentro da mala rosa que Tae tinha pegado para mim.

– Eu vou ligar o carro e te esperar ok? – Falou enquanto descia as escadas com minha mala nas mãos.

Tomei um banho mega rápido e vesti uma roupa confortável para viajar, afinal eu ainda nem sabia pra onde a gente iria e nem imaginava sequer qualquer lugar. Desci rapidamente as escadas e ao sair tranquei a porta e praticamente me joguei dentro do carro, Taehyung me olhava sorridente enquanto colocava seus óculos de sol que lhe caíram tão bem que eu até me contive em elogiar o quão ele ficou mais bonito.

Ao chegarmos no aeroporto, nós praticamente corremos até o portão de embarque e eu me surpreendi ao ver que nós estávamos prestes a embarcar em vôo para o Havaí. Tae me olhou sorrindo e eu o encarei sem reação.

– O que isso significa? – Perguntei ainda surpresa.

– Significa que vamos nos divertir muito juntos minha querida Yoon. – Ele segurou minha mão e juntos entramos no avião.


Notas Finais


E aí façam suas apostas sobre o que vai acontecer nessa viagem.

Me sigam @euqualquer e vejam minhas outras historinhas.
Atualizadas:

https://www.spiritfanfiction.com/historia/a-cueca-do-jungkook--bts-12101689


Amo vocês ♥️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...