1. Spirit Fanfics >
  2. O nascimento de um grande herói >
  3. Capítulo único

História O nascimento de um grande herói - Capítulo 1


Escrita por: e jvDachs


Notas do Autor


Boa tarde, pessoal!
Espero que apreciem a leitura.
- Khadan.

Capítulo 1 - Capítulo único


No meio de uma noite escura, fria e nublada um som ensurdecedor tomava conta do esgoto... seria um monstro morrendo dor?... Não!... Era um alarme informando sobre um perigo chamado Destruidor. 

O clã do pé estava atacando um laboratório dos alienígenas que possuía um líquido químico chamado mutagênico, que, ao entrar em contato com seres vivos ele mudava as células transformando-as em mutantes. O terrível Destruidor o queria para construir um exército de monstros para dominar Nova York. Mas, para evitar e impedir esse terrível mal, surgiram das sombras quatro irmãos, cujos nomes são marcados em seus cascos... eram eles: os irmãos tartarugas ninjas mutantes adolescentes.

Quando o alarme tocou, Donatello, o inteligente, avisou os outros sobre o local e a força do inimigo. Então começaram os preparativos pegando katanas, nunchakus, pedaço de pau e garfo de salada... e juntos eles partiram para a luta contra o mal...

Logo na entrada eles encontraram uma inimiga perigosa e forte chamada Karai, que, para enfraquecer as tartarugas, sequestrara sua amiga April O’Neil. Donnie, que era apaixonado por April, tentou avançar pelas sobras a fim de salvar sua amada, mas, quando Karai percebeu, partiu para cima com tudo em Donnie, machucando-o.

Raphael, o forte, atacou pelas costas e Leonardo, o líder, foi pela frente. Karai se defendeu de Rapha, mas se machucou com o ataque do Leo. Com intuito de deter o Destruidor, Leo escolheu separar o grupo para chegar mais rápido. Leo, então, ficou para a luta com Karai, já que ambos já possuíam um histórico de luta. Donnie foi com April para a sala de segurança com o objetivo de localizar o Destruidor usando as câmeras, enquanto Mike e Rapha foram atrás do Destruidor usando a tática Raphael, ou seja, bater em tudo o que se mexe.

Leo ,no meio da luta de katanas, agrediu Karai, que, já machucada, caiu no chão esguichando sangue para todo lado. Leo quando viu aquilo não conseguiu proceder a luta, então se aproximou e ajudou Karai. Confusa, Karai não admitiu aquilo, mas, com a dor, desmaiou. Quando acordou já estava toda enfaixada.

Ela olhou para o Leo, que estava indo atrás do Destruidor, e agradeceu, juntando-se a ele, pois viu que seu propósito era bom. Então os dois juntos começaram a procurar pelo Destruidor, e, enquanto isso, houve uma troca de ideias, pois, junto com o cuidado que Leo deu a ela, Karai começou a gostar dele... de certa forma...

Em outro cenário, estavam Rapha e Mike perseguindo Destruidor e seus ninjas, mas, no meio de uma investida, acabaram parando do lado de fora, perdendo a luta e as armas no meio do confronto. As tartarugas, com medo, começaram a pensar em um plano para revidar, porém não eram as mentes mais brilhantes, pois eram o Rapha e o Mike. 

Então, como um sinal de esperança, apareceu uma criatura espreitando nas sombras. Era um lobo de pelo branco e olhos azuis. Rapha, quando a viu, ficou admirado, pois em seu focinho viu seu garfo de salada. Destruidor, vendo aquilo, ficou bravo pela insolência da criatura e, então, raptou o lobo, machucando-o e fazendo ele sangrar e sofrer. 

Rapha e Mike, com raiva do Destruidor, tentaram lutar contra ele, porém suas forças não estavam tão grandes. Mike foi arremessado para longe e Rapha caiu no chão com o casco todo partido e ensanguentado. No meio da luta, o frasco de mutagênico que estava na cintura do Destruidor, caiu no pobre lobo, que logo começou a gritar de dor... não uivar, mas sim, gritar. 

Todos olharam e das sombras surgiram dois olhos azuis lindos e uma linda mulher meio lobo. Rapha logo viu que o lobo era fêmea e que virou uma bela mutante. Logo ele teve seu coração totalmente inovado e surgiram forças maiores que as normais. Enfim ele pôde socar o Destruidor, atordoando-o. Rapha aproveitou para fugir junto a loba para longe do Destruidor, pois ele não queria perdê-la.

Destruidor, ao retornar aos seus sentidos, pegou o mutagênico que sobrou e foi até a área central para liberar a toxina na cidade, porém, no momento exato da liberação, um bambu voou, atingindo Destruidor e o derrubando. Então, com um salto, apareceram Donnie, Mike e April, prontos para atrasar o Destruidor, enquanto Leo e Karai se juntaram para destruir o Destruidor... 

A luta começou sem o Rapha, pois estava muito machucado. Leo atacou o Destruidor com toda força, mas caiu. Donnie e Mike realizaram um ataque combinado, mas caíram também... Observando a luta e analisando o inimigo, do céu desceu uma criatura grande e peluda, que quando aterrissou escutou-se no fundo todos falarem:

“Mestre?” 

Era Splinter, o rato que ensinou as tartarugas a lutarem, ele era um pai para elas. Splinter lutou com Destruidor como uma luta épica, pois viu-se que Destruidor e Splinter estavam no mesmo nível de habilidades. Porém, Splinter era um mutante velho, com idade tão avançada que não aguentou por muito tempo e caiu.

Destruidor subiu em cima de Splinter e retirou o seus pelos crespos aos socos. As tartarugas, com raiva, partiram para cima com sangue nos olhos. Destruidor derrubou um por um, sobrando apenas Leonardo, que começou a lutar como um verdadeiro guerreiro. Seus olhos brilhavam, Splinter caído viu seu filho lutando de igual para igual com Destruidor. Orgulhoso, levantou-se e começou a atacar Destruidor também. Com a luta de verdadeiros ninjas, os outros irmãos também se encheram de orgulho e partiram para cima do Destruidor, mas, de novo, caíram um por um.

Splinter desmaiou e foi retirado por April e a loba. Donni e Mike foram arremessados e o casco de Rapha novamente foi estourado no chão. Mas Leo continuou a luta com força total, ignorando a dor dos golpes do Destruitor.
Destruidor, surpreso pelo avanço de Leo falou:

“Garoto você cresceu, treinou, sofreu, mas agora já não é mais um aluno e sim um verdadeiro ninja. Venha comigo e te tornarei ainda mais forte.” 

Leo ignorou as palavras ditas por Destruidor e o atacou, com um corte fez com que ele caísse agonizando de dor. 

No final desta batalha, Mike avisou que a polícia estava chegando, então todos deixaram Destruidor caído e voltaram para sua casa (o esgoto). 

Lá, Splinter deitado na maca feita de latinha, acordou, olhou para Leonardo e falou: 

“Leo, eu escutei o que o Destruidor falou e ele está certo em uma coisa: você hoje deixou de ser um aluno e se tornou mais que um ninja, você agora é um verdadeiro mestre tartaruga... Vejo que as coisas vão ficar bem, já que eu estou de partida.” Após estas palavras todos choraram, enquanto Splinter fechava os olhos e não mais reabria. 

Depois dessa tristeza, todos ficaram alegres, já que seu mestre alcançou o seu objetivo de protege-los... Então Leonardo se levantou chorando, pegou sua katana e elevou ao céu com seus irmãos.

April e as mais novas integrante do grupo: Karai, a ninja renegada, e a loba, que já possuía um nome dado pelo Splinter, seu nome é Nailang, juntos com os outros gritaram a frase que marcou todo seu treinamento... 

“Santa tartaruga!...”



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...