História O navio e a sereia - Capítulo 12


Escrita por:

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Personagens Adrien Agreste (Cat Noir), Alix Kubdel, Alya, André Bourgeois, Chloé Bourgeois, Gabriel Agreste, Marinette Dupain-Cheng (Ladybug), Mylène Haprèle, Nathalie Sancoeur, Nathanaël, Nino, Personagens Originais, Plagg, Sabine Cheng, Sabrina, Tikki
Tags Sereia
Visualizações 69
Palavras 459
Terminada Não
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


O cap de hoje é na visão do plagg, os próximos serão alya e nino

Capítulo 12 - Ela me faz bem


Plagg on

Ouvimos a porta bater e Paramos de nos beijar na hora

-Vamos esperar até que desistam de entrar- sussurrei pra tikki

Admirei seus lábios levemente abertos e pouco inchados. Ela sorria levemente enquanto me provocava arranhando de leve minha costas

Vimos que a pessoa aparentemente desistiu de entrar até que ouvimos

-Divirtam-se plagg e tikki

Adrian me paga...

Tikki deu uma crise de riso ao ouvir isso

-Para de rir esquentadinha

- HAHAHAHAHHAHAHAHAH, não d-d-dá, n-n-nao c-consig-go HAHAHAHAHHAHAHAHAH

Nao me aguentei e ri junto. Não sei porque mas esse momento me fez bem. Com Lila não era assim.. nunca foi. Ela me tratava mal mas mesmo assim era louco com ela. Tikki não, ela me fazia rir, me tranquilizava.

A risada dela, o toque... Ela é completamente apaixonante e me fascina, logo eu um marinheiro ridículo de um capitão louco que só está aqui por causa do dinheiro, enquanto ela é um pesquisadora louca por seres marinhos que está aqui em busca de diversão. E eu a adoro

Os risos se acalmaram e um sino tocou: o aviso pro jantar. Poxa o dia passou rápido...

-Plagg temos que ir- disse ela se levantando.

-Quem disse isso?

-o aviso ué...vamos

-Ah mas você não vai não!

Peguei ela pela cintura e a fiz cair na cama. Essa pequena não me deixou com vontade de mais a toa não

-Me solta ou eu grito

-Se quiser que todos descubram que você estava no quarto dos meninos me beijando... Vá em frente

Ela ficou vermelhinha, o que a deixou muito fofa.

-Provavelmente todos já perceberam que não comparecemos ao jantar, então acho que seria melhor se você continuasse aqui até o jantar acabar certo?

-Talvez...

Ela levantou e começou a se abanar

- Puxa tá calor aqui!

Sem me avisar ela tirou a blusa e ficou só de top na minha frente. Ela tinha um corpo lindo que me deixava louco.... Tikki o que eu faço com você?

- t-tikki...

-O que foi? Esse lugar é um forno.- disse ela fingida

Ela joga a blusa no pé da cama

- Se temos tempo vamos aproveitar gatinho

Ela me puxa pela nuca e me beijar ferozmente. Deixo minhas mãos escorregarem até sua cintura fina e suas coxas. Ela me empurra na cama e deita em cima de mim ainda me beijando. Paro o beijo e mordo o lóbulo de sua orelha sussurrando

-Voce me deixa louco pequena

-P-plagg, realmente devo ir

Ela se levanta e senta em cima da minha barriga o que causa uma pressão leve e boa já que ela não pesa muito

-Mas já? Não terminamos ainda..

-E quando terminaremos?- disse ela ofegante

Me levanto e falo baixo no ouvido dela

-Quando eu acabar completamente com seu ar e você se apaixonar por mim

Ela morde o lábio pega sua blusa colocando-a devagar e provocante e sai em direção a porta

-E encontre no convés de madrugada.- 

E saiu

Ah tikki, o que você faz comigo hein garota....







Notas Finais


O que acharam do casal?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...