História O Nerd da faculdade - Capítulo 12


Escrita por:

Postado
Categorias Boku no Hero Academia (My Hero Academia)
Personagens Dabi, Denki Kaminari, Eijirou Kirishima, Enji Todoroki (Endeavor), Fumikage Tokoyami, Fuyumi Todoroki, Gran Torino, Hitoshi Shinsou, Hizashi Yamada (Present Mic), Ibara Shiozaki, Inasa Yoarashi, Itsuka Kendo, Izuku Midoriya (Deku), Kai Chisaki (Overhaul), Katsuki Bakugou, Kinoko Komori, Kurogiri, Kyoka Jiro, Mashirao Ojiro, Mei Hatsume, Mina Ashido, Minoru Mineta, Mirio Togata (Lemillion), Momo Yaoyorozu, Muscular, Naomasa Tsukauchi, Neito Monoma, Nejire Hado, Nemuri Kayama, Ochako Uraraka (Uravity), Pony Tsunotori, Ryuko Tatsuma (Ryukyu), Shouta Aizawa (Eraserhead), Shouto Todoroki, Sir Nighteye, Stain, Tamaki Amajiki (Sun Eater), Tenya Iida, Tetsutetsu, Tomura Shigaraki, Toru Hagakure, Toshinori Yagi (All Might), Tsuyu Asui, Yosetsu Awase, You Shindou, Yu Takeyama (Mount Lady), Yuga Aoyama, Yuuga Aoyama
Tags Bakudeku, Deku, Tododeku
Visualizações 647
Palavras 1.292
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


finalmente mais um cap!!!!
gente é serio esses dias to com uma baita de dificuldade para escrever.
ja que volta imeia estão surgindo mais trabalhos para mim sem contar que conseguir uma vida social.
então tenham paciencia sem contar que acabei escrevendo sem querer outra fic...
mas ao contrario dessas ela é de Naruto e por mais que queira dizer que é errado eu acabei a escrevendo porque não conseguia a tirar da minha cabeça...
porem so vou posta-la no termino de alguma de minhas fics.
até la ficarei adicionando mais caps para essa nova fic...
quem sabe ela ja esteja pronta quando eu começar a postar?
mas bem aqui vai mais um cap dessa fic maravilhosa!!!
espero que aproveitem e me digam o que achou ok?

Capítulo 12 - Sentimentos de um loiro


Fanfic / Fanfiction O Nerd da faculdade - Capítulo 12 - Sentimentos de um loiro

Muscular POV////

 

Ele estava cansado.

Havia ficado cerca de 5 horas numa discursão acalorada com aquele bando de velhos, e em sua opinião queria mandar todos se fuderem.

No final da reunião resolveram fazer uma festa de confraternização para ver se seus filhos iriam se dar bem...

Ele tinha quase que certeza que o jovem Todoroki iria repudiar sua filha e que sua filha... para ser sincero ele esperava que ela não gostasse dele, já que sempre que Toga gostava de um homem sempre aparecia o corpo dele sobre uma vala.

Porém mesmo estando cansado e puto estava feliz.

Em seu quarto estava a pessoa que ele mais estava a procurar.

Toshinori Yagi.

Obviamente ele estava irritado com o seu loiro, nunca entendeu o motivo do seu loiro o abandonar, porem a alguns meses atrás finalmente entendeu.

 

/////////////////////

 

Muscular FLASBACK POV//////////

 

Ele estava cansado das brigas com o Todoroki aquilo estava o beirando a loucura.

Ele entrou em seu quarto e se jogou com força contra sua poltrona, enquanto abaixava seu rosto e segurava pesadamente sua cabeça com suas mãos.

Sempre quis ser o líder de sua família, mas tinha que admitir que seu sonho havia sumido junto com o seu amante a 10 anos atrás.

Ainda doía em seu peito.

Ele se lembrava de como fora saber que seu amante havia sumido, a dor, o ódio e a raiva que o dominou fora descomunal.

Porem graças a esses pensamentos ele conseguiu dominar sobre sua família e conseguiu assumir antes que seu velho morresse.

Ele procurou Yagi por 2 anos porem ao perceber que o mesmo não queria ser encontrado desistiu a contra gosto.

Relutantemente ele foi para sua cama e pegou um pequeno baú que escondia em baixo de sua cama.

Aquele baú era de Toshinori.

Aquele baú ficara escondido em baixo de sua cama por anos... ele nunca olhou lá para ser sincero, proem a alguns dias atrás ele havia derrubado uma munhequeira e a mesma rolou para debaixo da cama.

Quando ele foi pega-la acabou se batendo o braço contra cama e uma caixa caiu sobre o seu braço.

E então encontrou aquele pequeno bau.

Nele havia o nome Yagi...

Muscular não conseguiu abri-la e por um momento de ódio o colocou de novo de baixo da cama, porem agora estava mais calmo e cansado.

E também ansiava por respostas.

Então com delicadeza abriu suavemente o pequeno baú.

Nele havia várias fotos dos dois, desde a época da escola a seus encontros.

Muscular sorriu tristemente ao ver a caneta do restaurante em que ele pediu Yagi em casamento.

-Você sempre foi o mais emocional entre nós dois Yagi. – disse Muscular com tristeza.

Eram lembranças felizes que agora se manchavam em dor.

Ele mexeu mais na pequena caixinha e olhando em baixo de todas as fotos e pequenas lembranças de Yagi encontrou um pequeno caderno.

Com cuidado o abriu e percebeu ser seu diário.

Curioso como nunca em sua vida Muscular resolveu ler sobre o diário de seu amado.

Nele havia várias datas diferentes.

Algumas Yagi falava de sua adolescência em como se sentia solitário sem a presença de sua melhor amigo, como se sentia só e desolado sem o mesmo, se culpando e se remoendo por nunca ter dito adeus para o mesmo.

Aquilo surpreendeu Muscular que ficou curioso e começou a ler mais um pouco.

Depois Yagi havia escrito que tinha conhecido uma mulher estranha chamada Inko Midoriya e como a mesma era uma mulher forte e um pouco “certinha” apesar de dar uma boa porrada nele e em alguns delinquentes da cidade. Falou sobre como acabou se encantando por ela e resolveu mudar um pouco a si mesmo para se tornar alguém que pudesse se orgulhar e a ela também.

Depois veio como foi se casar e a alegria de sua vida que fora seu filho e como ele pareceu iluminar sua vida.

Muscular sorriu para aquilo ele lembrava de como Yagi falava sobre o seu filho e como ele sempre teve um brilho em seu olhar.

Porem as seguintes páginas pareciam que foram molhadas, bastantes amassadas e as letras completamente borradas.

Foi então que ele se lembrou da morte da mulher...

“Yagi deveria estar em dor” –pensou consigo ao imaginar seu amigo sozinho com o filho pequeno.

Ele então leu mais um pouco e se surpreendeu ao ler sobre si no pequeno diário.

Yagi contava com felicidade e paixão sobre como ficou feliz de o reencontrar, como começou a olha-lo de forma diferente e como queria se declarar para o mesmo, mas tinha medo de ser rejeitado... até o dia em que acabou dormindo com o mesmo e acabou se declarando no calor do momento.

Muscular sorriu ao ver como o loiro o descrevera com palavras de afeto em cada linha.

A cada página que passava sentia o amor que Yagi tinha por si em cada página, em cada palavra havia uma paixão que ele não podia nem comparar a nada.

Yagi o amava tanto... então porque o abandonou?

Depois de algumas páginas finalmente achou o que procurava.

Diferente de todas as outras aquelas pareciam ser escritas com dor e amargura.

Naquelas folhas simples Yagi escreveu em como se sentia inútil para com Muscular, como queria ajuda-lo a assumir o posto de líder da família, como ouvia as pessoas o condenarem pelo seu futuro líder não ser capaz de assumir.

E quando ele ouvira sobre a escolha de outro sucessor fora demais para si.

As mãos de Muscular tremiam e lagrimas caiam de seus olhos ao ler aquelas palavras e finalmente entender o que Yagi havia feito.

Seu amante sabia do seu amor pela “família”, em como ele queria suceder o pai e comandar os negócios... seu amante apenas sacrificou a felicidade deles e seu próprio amor para realizar o seu sonho.

Muscular deixou o diário cair e chorou em seu quarto.

Ele deixou todos os sentimentos de 10 anos saírem pela primeira vez.

 

FLASBACK OFF///////

 

///////////

 

Depois daquilo ele começou a procurar por Yagi novamente e graças ao fato de agora tentar entrar em bons termos com os Todoroki começou a procura-lo no território inimigo.

E finalmente o encontrou.

E dessa vez ele iria mostrar ao seu amante que ele pertencia a ele e que o mesmo não iria mais permitir que o loiro partisse.

Ele o amava e não queria ficar longe de seu loiro.

Ao parar em frente a porta de seu quarto ele dá um leve sorriso.

Pela primeira vez em anos ele não estaria sozinho em seu quarto.

Mas ao abri-lo se surpreendeu em não vê ninguém, rapidamente ordenou que todos o procurassem pela casa.

Ao não acha-lo em lugar nenhum viu vermelho e mandou todos procurarem ele pelas ruas.

Seus subordinados simplesmente começaram a correr de forma desgovernada e o mesmo fora com eles.

Ele não iria permitir que Yagi fugisse de si... pelo menos não dessa vez.

 

////////////////////

 

Bakugou POV//////

 

Ele olhava de forma sorridente o pingente de sua pequena cinderela

O loiro depois de se recuperar fora direto para sua casa e ao entrar em seu quarto colocou aquele colar sobre a mesa de cabeceira do mesmo e a encarou.

Quem diria que um simples colar poderia ser a chave para ter uma mulher em sua cama?

Ele sorriu para aquilo.

Então ele abriu novamente o colar e encarou a pequena foto.

Ele via uma família feliz sorrindo com o pequeno bebe de colo.

Aquele bebe ele entendeu como se fosse a Deku... e sorriu para aquilo e resolveu ver como era aquela belezura como um bebe.

Mas quanto mais olhava a foto pareceu que a mesma lhe era familiar.

Afinal de contas aqueles olhos lhe eram familiares.

Quem mais além da Deku possuíam aqueles olhos de esmeralda?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...