História O nosso amor... - Capítulo 57


Escrita por: ~

Postado
Categorias Diabolik Lovers
Personagens Ayato Sakamaki, Kanato Sakamaki, Kou Mukami, Laito Sakamaki, Personagens Originais, Reiji Sakamaki, Shin Tsukinami, Shu Sakamaki, Subaru Sakamaki, Yui Komori
Tags Diabolik Lovers, Incesto, Lemon, Mutilação, Shoujo, Violencia, Yaoi
Visualizações 36
Palavras 2.426
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Hentai, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shounen, Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi oi oi oi oi oi oi oi tudo bem?
(Para as pessoinha que bugaram, eu acabei postando esse cap sem querer e nem tinha acabado de escrever,não tinha imagem...enfim)
^-^
Espero que me perdoem.
Bom bora para o cap.

Capítulo 57 - É oque?(pt2)


Fanfic / Fanfiction O nosso amor... - Capítulo 57 - É oque?(pt2)

~mori~

Depois de tudo que eu vi e ouvi, não dá para falar que magia não existe, mais...sério, como pode a minha Mãe ser uma bruxa e meu pai um caçador de bruxas??. Eu nunca vi ela fazendo nenhuma magia (não que eu me lembre)  E também não lembro de ver meu pai sair por aí carregando armas ou falando palavras estranhas como esses caras aí.

-morian,o seu pai era um caçador de bruxas e sua mãe era uma bruxa, acredite em mim, não estamos mentindo.-Brian disse ainda sorridente.

-ha, claro, e você é um feitiçeiro Assim como sua mãe.-Ren disse.

-É OQUE?-eu perguntei.-não não não não não não, isso é impossível, eu não tenho poderes.-falei e eles se entreolharam.

-Mori-cham...você... ainda não.. descobriu seus poderes?-hinata perguntou,e claro, eu corei e começei a tossir que nem um condenado.

muito igual ao money!

-oe! Você está bem?-Marcos perguntou, eu ainda tossia e batia no me proprio peito tentando respirar. 

Oque é isso morian? Ataque alérgico a "mori-cham"? Se recomponha !

-a culpa é minha...-money falou e só aí eu vi que ele sorria divertido, todos o encararam interrogativo.

Eu dei um pulo do sófa chamando atenção deles para mim,e finalmente parei de tossir.

Ótimo,esta tooooodo muundo te olhando morian parabéns, e agora?

-haaa,é...respondendo a sua pergunta hinata, não, eu realmente não tenho poderes desde a minha compreensão humana.-eu falei tentando desesperadamente tirar a atenção deles de mim.

-...sempai..agente não precisa...né? -hinata perguntou triste para o maior que suspirou.

-não vai ter jeito, se nem a morte dos pais fez os poderes dele aparecer...-Brian respondeu...

-espera oque vocês vão fazer.?-eu perguntei.

-morian,você já sofreu algum trauma sentimental?-Ren perguntou e eu balançei a minha cabeça negando.

-nem a morte dos seus pais?!-Marcos perguntou.

-eu não considero um trauma... superei até que rápido.-eu disse.

-huum-Brian parecia pensar.-quem? ...Quem você tinha que te fez esquecer a dor da morte dos seus pais? A sua irmã? ...não ela era muito pequena na época...então...quem?-ele perguntou e eu o encarei.

Deixei a mão tombar para o lado e apontei para money.

-ele.-falei.

Hinata pareceu ficar ainda mais alterado.

-se ele morresse...seria um trauma.?-Brian perguntou.

-acho.... que sim.-eu disse e o encarei desconfiado.

-hinata ,você sabe oque fazer.-Ren disse frio enquanto ainda me encarava.

-h-hay..-o menino falou,se levantou e foi até o outro cômodo, não estou gostando disso. Logo o de cabelos azuis voltou com um copo que tinha um líquido de cor meio cinza dentro e me entregou.

-oque...-eu ia perguntar mas hinata me cortou ainda com uma expressão triste.

-só beba...por favor..-ele disse, eu não gostei mais fiz oque ele mandou.

Um arrepio percorreu por toda a minha pele.foi tão rápido que eu nem vi acontecer, só sei que em segundos depois de eu terminar de enjerir o liquido o sangue de money estava em mim, derrepente eu começei a respirar pesado , arregalei os olhos e me neguei a olhar para o lado.

Porque eles fizeram isso?  Queriam que eu me traumatiza-se? Acho que conseguiram.

Senti como se minha alma tivesse saido do corpo e a dor me tomado, meu peito estava apertado, cada batida era como se fosse uma facada,cada uma mais forte que a outra, meus olhos começaram a lacrimejar, por um momento prendi a respiração e olhei para o lado, oque eu vi...foi, horrível , money estava sangrando por todos os lados, era como se alguém houvesse dado vários tiros nele.

Segundos depois de ver aquilo eu começei a gritar.

Como?

Antes eu estava em pé, segundos depois eu já estava no chão, chorando e berrando em desespero.

Eu olhei para o piso e minhas lágrimas  que se misturavam a o sangue dele, olhei para as minhas mãos, e uma delas encharcada do líquido vermelho,eu só consegui abraça-la, abraçar oque sobrou dele em mim, estou com medo do que a minha vida vai ser daqui pra frente...não quero viver sem ele.

-...aga.. ...LE!-eu ouvi a voz de Brian abafada ao fundo, era como se eu estivesse em um transe, não demorou muito e um sono me tomou,era pior do que aquele de quando se fica acordado por dias, nem sei quando, só sei que apaguei segundos depois...








○○○








Eu senti a mão de alguém se passar pelo meu rosto, acordei mais recusei a abrir os olhos.

-não chora mori. Eu estou aqui...-ouvi a voz que eu tanto amava, nem pensei direito, só o abraçei junto a mim na cama (ou oque eu acho que seja uma cama...) ele recuou um pouco se monstrando surpreso.

-promete...que não vai me deixar, nunca...por favor.-eu falei e ele me abraçou.

-eu prometo morian.-Depois de ouvir aquilo eu sorri.-levanta, tem pessoas querendo falar com você.

-haaa não.-eu reclamei e ouvi mais de uma  risada, oque me fez sentar e esfregar os olhos, depois olhei para frente.olhei com ódio no olhar, aquilo que eu vi foi uma ilusão que o hinata fez para mim, mais ainda sim desesperador,como eu sei disso? É realmente uma pergunta que eu não sei responder.

Hinata,Brian,Marcos e Ren, estavam sentados em um sófa enfrente a cama. Oque me surpreendeu é que eles tinham alguns arranhões e machucados que me fez encara-Los curioso. Adivinha só, Brian e Ren também me encaravam com ódio.

Eu olhei para o lado e money também estava um pouco machucado, porém bem menos do que a maioria.

-O que foi que aconteceu?-eu perguntei voltando meu olhar para frente.

-VOCÊ aconteceu.-Brian falou e eu o encarei interrogativo.

-não confunda o garoto, ele não tem culpa!- Marcos disse e eu tombei minha cabeça para o lado sem entender.

-unf-Brian suspirou e pareceu que sua raiva foi embora.-você tem razão, a culpa é toda nossa.-ele disse e eu fiquei indignado.

-alguém me fala que porra aconteceu aqui?!-eu exclamei e eles me encararam.

- Você explodiu mori-cham!-hinata disse sorrindo como se fosse legal e fez uma explosão com as mãos- aí os móveis da casa começaram a flutuar e você tentou matar agente.-ele falou de forma animada e natural.

-Eu OQUE?  Os móveis oque?Você  esta de brincadeira ne?-eu perguntei assustado.

-você desenvolvel seus poderes e acabou explodindo de magia!-Marcos falou também sorrindo, como se o fato de eu ter tentado matar eles fosse a coisa mais legal do mundo.

-porra, só eu não estou gostando dessa história? -eu perguntei e tanto hinata quanto Marcos assentiram.

-se sente diferente ?-Brian perguntou.

-não,só com dor de cabeça.-Eu falei.

-o seu cabelo ficou taaaaooo legal!-hinata disse muito do nada e eu o encarei incrédulo.

-OQUE?!-perguntei.

-are, ele ainda não percebeu.-hinata disse novamente e os outros (menos money) riram do meu desentendimento.

Passei a mão no cabelo e puchei uma das mechas curtas para frente dos meus olhos.

-BRANCO?!-eu exclamei-oque? Porque????-eu perguntei. E fiz uma expressão de desgosto.(imagem do cap).-haaa eu gostava do cabelo castanho.-eu disse e fiz bico descontentado.

--fofo-Brian e Marcos falaram juntos e eu os encarei ainda com cara de desgosto.

Depois voltei a minha atenção a pessoa ao meu lado.

-mooney- chamei manhoso e vi ele se arrepiar.-como vou explicar isso para o takashi?-perguntei choroso.-ele vai me matar.-ele se arrepiou de novo e começou a suar frio.

Olhei para frente e três dos patetas estavam tendo um corrimento nasal.

-oe! Oque ha com vocês?-eu perguntei incrédulo porém ainda com uma voz chorosa.

---nada.-Brian,Marcos e Ren, responderam juntos.

-hunf.-fiz bico de novo.

-mori-cham!usa os seus poderes!-hinata pediu animado e eu me arrepiei de novo.(pelo menos nada de tosse dessa vez.)

-na-não sei fazer isso..-falei.

-nós te ajudamos.-ele disse novamente.

-...eu vou precisar fazer aqueles líquidos coloridos?-Eu perguntei e hinata tombou a cabeça para o lado.

-aquilo é a magia mais fraca que  tem.  A sua é bem melhor.-ele sorriu.

-morian não pode hinata.-Brian falou e todos nós o encaramos.-o corpo dele ainda não está pronto para receber a magia, desse jeito ele vai explodir literalmente.

-como é que É?- eu perguntei incrédulo.

-nós vamos te treinar.-Ren disse sorridente,eu não gostei daquele sorriso.

-como?quando?e Por que?-eu perguntei.

-usando magia, a partir de amanhã porque você precisa ir pra casa e pra você nos ajudar a caçar bruxas.-Marcos falou também sorridente.

Eu até que estou gostando dessa história de magia, seria divertido.

-mas,se eu sou um "bruxo"-fiz aspas no ar porque realmente não sei o masculino de bruxa.-e se minha mãe é uma bruxa,porque eu caçaria elas com vocês? -eu perguntei e eles me encararam.

-morian...seus pais foram mortos por uma bruxa.-Brian falou e eu prendi a respiração.

-voce...não sabia mori-cham? -hinata perguntou.

-não.-eu disse sério jogando a minha cabeça para trás pra ver o teto.-mas agora que você disse...faz mas sentido do que um acidente de carro sem carro.-eu falei e eles riram.

Meus pais não tinham carro, achei que era emprestado, mas eles também não tinham amigos para essas coisas.

-ainda não sabemos quem matou eles, mas cremos nós que seja uma bruxa,mas também pode ser um vampiro.-Ren falou.e uma coisa veio a minha cabeça.

-falando em vampiros,bruxas e...lobisomens. mais alguém aqui além do money é normal?-eu me virei.-money você é normal não é ?- perguntei indeciso.ele assentiu.me virei de novo.

-não.-Ren disse simples e eu arregalei os olhos.

- Brian e Ren são  lobisomens,eu sou um bruxo de poder menor e Marcos é um vampiro.-hinata disse orgulhoso e sorridente.

-legal.-eu falei.-posso fazer perguntas?- perguntei curioso.eles assentiram.-lobisomens morrem com bala de prata? Vampiros tem medo de alho e Cruz?Vocês morrem com uma estaca de madeira no coração?  Tem regeneração rápida?-eu perguntei.

-quem não morre com um tiro? Seja bala de prata ou de ferro tanto faz.-Brian perguntou.

-os vampiros morrem com qualquer tipo de estaca no coração se for deixada lá, mais se tirarem nós nos regeneramos.-Marcos disse.-e não temos medo dessas coisas!isso é ridículo.-ele falou e eu ri.

-oe! Porque não tem nenhuma pergunta pra mim?-hinata perguntou incrédulo.

-por que pra você são milhares de perguntas não dá pra fazer todas agora.-eu falei sorrindo e ele corou.-...como ou de quem vocês se alimentam?-eu perguntei.

--animais.-Brian e Ren falaram juntos.

-do hinata.-marcos disse e eu encarei o azulado.

-!

-are..?-hinata perguntou sem entender a minha cara de exclamação.

-não doi não? -eu perguntei.

-doi.-hinata disse e eu metralhei Marcos com o olhar e o mesmo me encarou culpado.-mais é uma dor gostosa de se sentir.-eu corei.masoquista?..

-também não gostamos muito dessa ideia mais esse idiota não pode ficar sem comer -Brian falou.

-Oque acontece quando você fica sem comer?- eu perguntei para Marcos e ele ficou surpreendentemente tenso.

-eu fico...um pouco descontrolado.. -ele disse.

-UM POUCO?!-Brian perguntou descontentado- você quase me matou da última vez! -ele parecia bravo. Eu só consegui rir da situação.

-money que horas são? -Eu perguntei.

-10horas.-ele disse.

-da noite?!-eu perguntei de novo porém mais assustado.

-da manhã.-ele falou e eu arregalei os olhos.

-eu vou morrer.Takashi vai me comer vivo.-eu falei quase em desespero.

-vocês precisam ir pra casa né ? -hinata perguntou.eu assenti.

-certo,amanhã vou buscar vocês nos vamos viajar...e vou deixar você levar alguns amigos para ficar mais divertido..-Brian disse

- que? Pra onde?-eu perguntei.

-termais,precisamos te treinar fora da cidade.

-e eu posso levar quem eu quiser?-perguntei e ele assentiu.-legal! -eu disse animado.

-vamos mori.-money me chamou e eu acenti .

Depois o hinata falou umas coisas e a porta abriu eu saí daquele lugar, que com toda a certeza eu não vou esquecer nunca mas, eu e money ficamos algumas horas procurando o carro do Naoto, depois fomos para casa, eu fui o caminho todo cantando "toooo fodido,too fodido,to fodido..." Takashi vai me matar por eu não ter voltado para casa ou seja, não fui trabalhar, e como eu estou com o nosso chefe de cozinha,provável que o restaurante nem tenha aberto.

-estou de volta.-money disse entrando em casa e eu fui junto me escondendo atrás dele.

-quem é o baixinho de cabelo branco?-Takashi perguntou e eu só gelei ainda mais, estavam todos na sala assistindo TV.- e cadê o morian?  Eu vou matar aquele idiota! -ele terminou de falar e eu já tranquei tudo, passava nem rede Wi-Fi, eu estou ligado que é hoje que eu morro.

money não respondeu e eu só gelei ainda mais

-o mori vai ficar chateado.-sakura falou brincalhona, porém naoto demorou mais entendeu que era eu, e levantou correndo.

-Takashi, vem comigo por favor?-ele perguntou puxando o braço do marido até o quarto.

-rmw-Takashi chingou alguém e entrou no local, depois naoto fechou a porta e eu voltei a respirar.

-essa foi por pouco.-eu disse baixinho e saí de trás do money.

-oi amigo do mone....mori?!- ela perguntou meu nome gritando.

-! Não grita caralho!- Eu gritei com ela sussurrando.

-Você tá diferente, tirou as lentes e tingiu o cabelo. Oque é isso?  Disfarce?-ela perguntou.

-isso  não vem ao caso...me ajuda, o takashi vai me matar! -eu falei.

-sim...mas eu só te ajudo se você fingir ser o namorado de uma amiga minha.-ela disse.

-que?!...ta ta qualquer coisa! Mais me ajuda por favor! Você é ótima em arrumar desculpas.-eu supliquei.

-ok,mais primeiro você vai ter que fazer um negócio para mim.-ela falou.

-espera 2?!-Eu perguntei incrédulo, dois acordos é coisa de mais.

-quer a minha ajuda ou não ? -ela perguntou e eu gelei.

-quero...-falei ja sabendo que iria me arrepender.

-ótimo! Você e o money estão namorando ne?- ela perguntou.

-sim...-a encarei desconfiado. Naoto tinha que ter contado não é?!

-MONEY-ela gritou, e só aí eu vi que ele não estava na sala e sim no quarto.

-un?-ele perguntou quando chegou na sala.sakura me olhou e falou apenas para mim ouvir.

-quero que vocês se peguem na minha frente.-ela sorriu sacana e eu gritei um "oque!" Mudo.-quer que eu te ajude ou não ? -ela perguntou e eu estava começando a me questionar se valeria mesmo apena, mas caso eu desista agora, ela vai contra mim no "tribunal" haaa foda-se.

Eu a encarei com raiva,levantei indo até Money e sakura desligou a TV.

O maior me encarou interrogativo e eu corei enquanto levantava os braços pedindo colo.ele deu de ombros e me segurou em seu colo,eu só corei ainda mais.

Ai ai morian,oque demônios você está fazendo.

Eu segurei na cabeça de money com delicadeza e o beijei, ele se surpreendeu mais retribuiu ao beijo, pedi passagem e o mesmo cedeu, senti meu corpo ficar quente enquanto o beijava, com certa vontade, pra sentir a sua língua junto a minha.

Não demorou muito e nos separamos ofegantes depois voltei a beija-lo, mais alguns segundos ali e eu iria esquecer de duas coisas importantes.

1-minha irmã está vendo.

2-estou no meio da sala.

Eu parei de beija-lo e desci para o chão money me encarou extremamente interrogativo e até um pouco sexy oque me fez corar mais do que eu ja havia corado.

me virei para sakura e a mesma estava tendo um corrimento nasal, eu a encarei incrédulo.

-satisfeita?-perguntei.

-sim...-ela disse limpando o sangue na blusa. Se levantou e bateu na porta do quarto dos nossos pais.

Depois de algumas gritarias e choradeiras sakura voltou e disse que estava feito.não me pergunte porque eu não sei como ela faz essas coisas.

Depois liguei para ayato,os pais de money e falei com os meus sobre irmos viajar amanhã com alguns amigos, todos aceitaram (claro que eu ouvi um monte de coisa mais acabaram aceitando)oque é bom, afinal quem recusa as termais? Depois de uma pegação ou outra eu e money fomos dormir.( a criança aqui foi dormir ansioso para o dia seguinte mais ok).

Amanhã vai ser com toda a certeza um dia muito legal!




















Notas Finais


vcs:nada comprido esse cap ne altora.

eu: então ne gente...me empolguei d+



Amo vcs♡♡♡
Desculpem qualquer erro


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...