História O Nosso Amor É Uma Canção - Áurea e Marisa - Temporada I - Capítulo 12


Escrita por:

Postado
Categorias Amor Electro, The Voice
Tags Ama, Amorelectro, Áurea, Marisa, Marisaliz, Portugal, Thevoice, Thevoiceportugal
Visualizações 4
Palavras 1.183
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, FemmeSlash, LGBT, Lírica, Literatura Feminina, Romance e Novela, Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 12 - Capítulo 12



Narrador 
- Sabe que senti sua falta hm? - Marisa diz para Áurea, enquanto as duas balançam seus corpos suavemente, no ritmo da música
- Me desculpe pela distância, juro que não fiz porque quis - Áurea diz para a ruiva, olhando em seus olhos
- Eu sei - A ruiva responde sorrindo triste
- Eu também senti sua falta - Áurea diz sorrindo e logo o sorriso de Marisa se torna feliz, por ouvir aquilo da loira
- Áurea, você já se apaixonou? - Marisa pergunta para a loira , enquanto as duas dançam suavemente, com os olhares fixos, e a loira perde o fôlego com a pergunta
- Já - a loira responde olhando nos olhos de Marisa , por pensar que estava apaixonada no momento - Você também certo? - Áurea pergunta, em relação a Tiago
- Eu não sei - ela diz e Áurea não entende - eu achava que sim, que era apaixonada por Tiago no começo de tudo, mas agora já não sei mais se era bem isso - a ruiva confessa - mas acho que já me apaixonei sim - ela diz e Áurea entende, a ruiva tinha sim se apaixonado por Tiago.
- Vamos...nos sentar? - Áurea sugere por estar sem jeito com a ruiva
- Tudo bem , vamos sim - Marisa responde e as duas vão para a mesa - você quer uma bebida? - Marisa pergunta e Áurea concorda com a cabeça - vou pegar algo pra gente ok? - Marisa diz e Áurea sorri concordando com a cabeça
- Tomo uísque - Áurea diz como uma dica para a ruiva , rindo , e Marisa a encara surpresa, indo até onde ficava o bar, na pista de dança
- Áurea - Anselmo se aproxima da mesa com Mickael onde a loira estava sentada sozinha, chamando atenção dela 
- Oi - ela diz tentando sorrir para o amigo. "Ótimo" a loira pensou, agora que tinha ficado tudo bem entre ela e Marisa , elas não poderiam ficar sozinhas - vi você é Marisa dançando, pareciam um casal - Anselmo diz simpático, brincando porém Áurea não vê nenhum tipo de preconceito em suas palavras ao contrário de Mickael que olha para o amigo com uma expressão que Áurea prefere desconsiderar
- O que estão falando de mim? - Marisa diz se aproximando da mesa e sentando na frente de Áurea, enquanto dava para a loira o copo de uísque , Mickael estava sentado ao lado de Marisa e Anselmo ao lado da loira, que passava o dedo indicador pela borda do copo, parecendo pensar em algo.
- E então? - Marisa pergunta, encorajando Anselmo a dize-la o que estavam falando dela
- Estava falando que você e Áurea pareciam um casal na pista de dança, se você não tivesse Tiago , vocês fariam um belo casal - Anselmo diz sorrindo e brincando porém a ruiva não diz nada e continua sem expressão - mas não está mais aqui quem falou - ele diz ao ver que Áurea cora, e Marisa apenas fica séria.
- Então queridos - Mickael começa a falar , tentando dissipar o clima que tinha se formado na mesa - estamos indo embora - ele diz perante a ele e sua mulher
- Eu também vou - Marisa diz se levantando ao mesmo tempo que Mickael 
- Tchau , vejo vocês amanhã - Mickael diz saindo de perto da mesa
- Eu também , fiquem bem - Marisa diz saindo com Mickael e a esposa , indo em direção ao local onde eles provavelmente pagariam o que consumiram.
Áurea's POV
Fico totalmente chateada com a reação de Marisa pelo comentário de Anselmo. Mesmo que ela não gostasse da idéia, ou tivesse algum tipo de preconceito , o que para mim já era descepcionante , era uma brincadeira. Não esperava que ela apenas ficasse sem expressão. Provavelmente ela não gostou nada do comentário. 
- Acho que ela não vai querer mais me ver na frente - Anselmo comenta comigo em relação a Marisa , sorrindo , porém dava para sentir seu tom de verdade.
- Da forma como ela reagiu , além do fato de ser uma mulher , acho que por ser eu...- eu falo sobre Marisa - acho que piorou - eu completo
- Imagina Áurea, não acho - ele diz - por você pelo menos - ele completa - não sei como Marisa é em relação a essas coisas mas não acho que qualquer tipo de insatisfação que ela demonstrou foi por ser você - ele fala e eu dou dois goles em meu uísque - mas você...o que acha? - ele me pergunta provavelmente tendo a impressão de que eu não tive a mesma reação de Marisa, ou ele me viu corar com o comentário
- Não acho nada - eu digo pensando , chateada - Anselmo , não leve pra pessoal , você é meu amigo e sabe que não fez nada - eu começo a dizer - mas eu preciso ir embora - eu falo virando meu copo de bebida 
- Tudo bem , eu entendo - Anselmo comenta e eu me levanto 
- Obrigada pela companhia - eu falo tentando sorrir para o moreno e indo em direção da saída.
Após pagar minha parte, apenas saí do pub, entrando no carro, enquanto algumas lágrimas caíam de meus olhos. 
Marisa's POV
Chego em casa, desejando nada mais do que um banho quente e longo. O comentário de Anselmo tinha me deixado mais chateada do que nunca. Não pelo que ele sugeriu, apenas porque me fez pensar no que queria. Com certeza eu queria Áurea perto de mim. Não da forma como ele propôs, pelo menos é o que eu acho, mas eu a queria  perto. Depois do tempo que passamos separadas, comigo pensando que ela apenas não gostava de mim, e que esse fosse o motivo de sua distância. Percebi o quanto eu me importo com ela, e o quanto preciso dela por perto. 
Estar com Tiago é uma coisa que me consome cada dia mais. " Se você não tivesse Tiago ", eu não tinha. Ele me tinha, eu não ia ficar com ninguém e descer ao ponto que ele desceu enquanto estivesse com ele. Não ia ser baixa àquele ponto. Ele tinha minha lealdade, eu não tinha a dele , tanto que ele beijou uma pessoa qualquer, pela qual nem sentimentos tinha, apenas pela falta de consciência e respeito por mim. E eu tinha minha filha, tinha a imagem. Querendo não a mídia podia ser uma coisa muito cruel com quem tivesse o mínimo de fama. Agora não era o momento para que eu terminasse um namoro, para que isso fosse a público. Isso me consumia, me desgastava. Tomo meu banho com a intenção de que junto com a água se esvaisse todos os sentimentos ruins que me habitavam , o que não acontece. Tiago provavelmente estava dormindo no quarto de visitas , e assim eu me deitei na cama, sozinha, pensando numa certa loira, que me habitava quase todos os meus pensamentos.
 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...