História O Nosso Amor É Uma Canção - Áurea e Marisa - Temporada I - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Amor Electro, The Voice
Tags Ama, Amorelectro, Áurea, Marisa, Marisaliz, Portugal, Thevoice, Thevoiceportugal
Visualizações 7
Palavras 1.574
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, FemmeSlash, LGBT, Lírica, Literatura Feminina, Romance e Novela, Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 3 - Capítulo 3



Quando Áurea chegou em casa já era quase seis horas da tarde, então ela ligou para seu restaurante favorito e pediu para entregar uma salada, já que estava de dieta e não podia abusar. 
Enquanto ela estava comendo, recebeu uma mensagem da Marisa com o endereço do pub onde se encontrariam mais tarde, e imediatamente sorriu, relembrando de quão bem as duas tinham se entendido. Áurea respondeu a mensagem com um "Blz, nos encontramos lá :)" e subiu para o seu quarto para tomar um banho e começar a se arrumar.
-----
Quando Marisa chegou em casa, seu noivo também já havia chegado e estava na cozinha preparando um chá. Tiago não pode comparecer ao ensaio pois precisava resolver as datas dos shows dos Amor Electro com o produtor da banda, mas estaria presente no dia da apresentação como o guitarrista, já que já conhecia a partitura da música que irá ser apresentada.
Marisa cumprimentou Tiago brevemente com um beijo na bochecha e foi para o quarto do casal para descansar, pois estava muito cansada do ensaio. 
Marisa entrou em seu quarto, tirou seus sapatos e se deitou em sua cama, adorando o fato de poder deitar e  relaxar do longo dia que tivera. Ela logo pegou seu celular e começou a responder a algumas mensagens maravilhosas de fãs, que sempre a deixavam com o coração quentinho ao pensar que haviam tantas pessoas que a admiravam e gostavam do seu trabalho, e que apesar de na maior parte das vezes nunca a ter visto pessoalmente, tem um carinho enorme por ela, e isso é o que a deixava mais feliz nesse mundo.
Logo após responder a algumas mensagens carinhosas, abriu o seu WhatsApp para enviar a Áurea o endereço do pub em que irão se encontrar mais tarde e também para responder a sua mãe, a qual Marisa não passava um dia sem conversar. 
Após fazer isso, Marisa foi tomar um banho e se arrumar para sair com a loira e sua banda, mais tarde. Enquanto estava na banheira, sua mente foi novamente para uma certa loira de olhos castanhos. Ela nunca imaginaria que uma cantora tão famosa como a Áurea fosse ser tão tímida! 
Quando Marisa primeiramente a viu no palco, a cantora de blues estava andando com o maior cuidado, como se não quisesse chamar muita atenção da banda que estava ensaiando, quanta consideração da parte dela! Enquanto as duas estavam cantando,  Marisa se surpreendeu com a letra da música, de como ela falava em amor verdadeiro, e como ela queria encontrar esse amor em sua vida, um amor enlouquecedor e que a tirasse do chão. Então ela deu um longo suspiro, deixando esses pensamentos de lado e saindo do banho para começar a se arrumar. A roupa escolhida por ela foi uma calça jeans preta justa no corpo, com uma camisa xadrez longa e amarrada na cintura, com uma camiseta dos Amor Electro e um salto preto básico, já que era muito baixinha. Deixou seus cabelos ruivos soltos e aplicou uma maquiagem noturna, mas não muito carregada já que era apenas uma noite com amigos. Se dirigiu para a sala onde encontrou Tiago e Beatriz, que tinha recém chegado da casa de uma amiga, brincando no chão de montar quebra cabeças, uma cena que sempre deixava a ruiva com um enorme sorriso no rosto.
  - Já estou indo Tiago- disse Marisa pegando as chaves do carro e se inclinando para dar um breve selinho nele.
  - Tudo bem, a babá já está chegando, e assim que ela estiver aqui eu vou para o pub, ok? 
  - Ok tudo bem- disse, se abaixando para dar um beijo de boa noite na filha, já que quando chegasse a mesma já estaria dormindo.
  - Então já estou de saída, até daqui a pouco Ti, e tchau minha princesinha - disse Marisa, jogando um beijo no ar e assoprando em direção a filha.
-----
A roupa escolhida por Áurea foi um look discreto mas sexy ao mesmo tempo, aquele look característico que só ela sabia fazer. Ela escolheu um vestido preto que era justo no corpo mas sem ser vulgar, que ia a um palmo acima do joelho, com saltos que combinavam, e decidiu deixar seu cabelo solto e levemente cacheado. Para a maquiagem, optou pelo seu habitual, uma pele bem feita com os olhos contornados em preto.
   Não foi difícil encontrar o pub, e quando marcavam 20:05 no relógio, Áurea já havia chegado e estava indo em direção a entrada.
  Lá dentro já estavam o Mauro e o Rui, conversando em uma mesa que ficava depois da pista de dança, em uma daquelas mesas de cafés americanos com sofás ao invés de cadeiras. O ambiente era bem escuro, mas com luzes de tons mais fortes que contrastavam bem com o ambiente, fazendo daquele um ambiente bem aconchegante e acolhedor, típico de um pub inglês.
  Ao chegar na mesa, Áurea cumprimentou os integrantes da banda que ali estavam e logo começaram a bater um papo, aquela coisa de quem ainda não se conhece direito: nossa tá calor hoje né, você viu o jogo ontem? Esse tipo de coisa, mas Áurea estava adorando, os meninos eram super simpáticos e gente boa, do tipo que a conversa flui sem muito constrangimento e que dá vontade de passar horas conversando, coisa que surpreendeu a loira, pois sendo uma mulher muito tímida com quem não conhece, a espantou o fato de ter uma conversa sólida com alguém que mal conhece.
Uns 20 minutos depois, chegou Marisa, acompanhada de Ricardo, que acabaram por se encontrar no estacionamento e entraram juntos no local.
  - Olá, boa noite! - disse Marisa com um sorriso e recebendo vários 'boa noite' em troca. Então cumprimentou um a um com dois beijinhos no rosto e se sentou, do lado oposto da mesa em que aurea estava. 
  - E aí Áurea, foi difícil de encontrar o pub? - disse a ruiva lançando um sorriso em direção à loira.
  - Que isso, foi fácil, aliás, não moro muito longe daqui. 
  - Ah, que bom! Já eu moro bem longe- disse arrancando uma leve risada de todos na mesa. O grupo continuou conversando até que meia hora depois Tiago chegou, cumprimentando a mesa e se sentando ao lado de Marisa.
  O restante da noite foi muito divertido, com o grupo trocando histórias embaraçosas que passaram no palco, dividindo experiências sobre o mundo da música e é claro, muita risada! Ao redor das dez horas  Mauro, Rui e Ricardo foram dançar, deixando marisa e Tiago sozinhos na mesa. Alguns minutos depois, observando de longe enquanto dançava, a loira reparou que o casal parecia estar brigando, dado pelo fato que havia muita gesticulação e que Marisa estava com uma cara nada boa. Logo após uma checada no celular, Tiago trocou breves palavras com Marisa e logo se levantou e foi embora, deixando a ruiva pensativa na mesa. Infelizmente , pela distância, Áurea não conseguia ver se Marisa estava chorando
 Assim que a música terminou, o grupo voltou para a mesa e pediram uma nova rodada de bebidas, mas alguma coisa estava estranha. Áurea começou a reparar que aquele brilho que estava o tempo todo nos olhos da ruiva sumiram e deixaram no lugar um olhar distante. Ela respondia aos comentários da mesa normalmente, mas a cantora de blues sabia que algo não estava muito bem. 
  Era onze horas quando Mauro, Rui e a Ricardo anunciaram que estavam de saída, e deram um breve tchau para as duas mulheres que continuaram sentadas na mesa, já que o próximo ensaio da banda seria no dia seguinte pela parte da noite. Assim, Marisa e Áurea foram deixadas sozinhas na mesa, frente a frente, e Áurea achou aquela uma ótima oportunidade de perguntar o que estava na sua cabeça a noite toda:
  - Marisa, você tá bem? Está parecendo um pouco triste... - ao ouvir isso a ruiva levantou o olhar do copo com o qual estava brincando em cima da mesa e olhou fundo nos olhos da loira. Decidindo não mentir para a sua nova amiga, ela disse:
  - Para falar a verdade não estou muito bem, estou um pouco triste de fato, mas logo vou melhorar - disse a mesma com um sorriso amarelo. Áurea a entendia, não é fácil se abrir com uma pessoa que você acabou de conhecer, e a compreende muito bem, pois ela mesma era assim também, se calhar um pouco pior. Mas Áurea decidiu deixar isso de lado e tentar deixar a ruiva com os olhos carregados e tristes um pouco mais feliz e despreocupada.
  - Eu sei o que vai fazer você se sentir um bocadinho melhor - disse Áurea se levantando e estendendo a mão para a ruiva, que a aceitou também se levantando.
  - Vamos dançar! Com certeza vai te animar - disse já levando Marisa para o meio da pista de dança. E não é que ela estava certa? Naquele momento Marisa se sentiu tão bem, tão leve. 
Dançar com a Aurea pareceu fazer todos os seus problemas desaparecerem, como se naquele momento ela tivesse entrado em uma bolha de alegria e descontração, a qual ela não queria mais sair.
  Quando acabou a música que as duas estavam dançando, começou a tocar uma música mais lenta, fazendo com que Áurea e Marisa parassem por um momento e olhassem fundo nos olhos uma da outra, ambas se perguntando o que deveriam fazer nesse momento.
 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...