História O Nosso Amor É Uma Canção - Áurea e Marisa - Temporada I - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Amor Electro, The Voice
Tags Ama, Amorelectro, Áurea, Marisa, Marisaliz, Portugal, Thevoice, Thevoiceportugal
Visualizações 10
Palavras 1.360
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, FemmeSlash, LGBT, Lírica, Literatura Feminina, Romance e Novela, Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 5 - Capítulo 5



Assim que Marisa encostou o seu carro na garagem, ela reparou que o carro da babá Alice ainda estava estacionado em frente a sua casa. "Estranho" ela pensou "Não tinha acontecido um problema com a babá? O que será que ela ainda está fazendo aqui".  Matutou a ruiva enquanto saia do carro. Ao entrar pela porta da frente percebeu que estava tudo num absoluto silêncio. Passou pela sala de estar e nenhum sinal de Alice ou do Tiago, andou mais um pouco e chegou então na porta do quarto de sua filha, a abriu e viu que sua princesinha estava dormindo calmamente em sua cama, para não acorda-la, Marisa rapidamente fechou a porta e foi para a cozinha, na esperança de encontrar seu noivo. Marisa realmente encontrou seu noivo na cozinha, mas também presenciou uma cena que jamais pensou que veria. Alice estava sentada em cima do balcão, com Tiago entre as suas pernas e a beijando vigorosamente. Marisa ao ver essa cena ficou travada, escondida atrás da porta, sentido o sangue ferver dentro de seu corpo. Ela sempre soube que o relacionamento entre ela e seu noivo não era o dos melhores, isso era óbvio, mas tava tão ruim assim a ponto de trair? Ela não conseguia acreditar nisso. Decidiu então secar as lágrimas que sem perceber caíram de seus olhos e encarar o elefante no quarto. Abriu a porta com tudo e assim que o fez Tiago, num susto, deu um salto para trás, tentando ficar o mais longe possível da babá.
Marisa respirou fundo e perguntou num tom de voz alto, mas mantendo a compostura.
 - O que está acontecendo aqui Tiago? - recebeu nenhuma resposta do seu noivo, que junto com Alice, olhavam para todos os lados possíveis menos para o de Marisa.
 - O QUE ESTÁ ACONTECENDO AQUI TIAGO? - dessa vez ela falou gritando, mandando a compostura pro espaço.
 - Calma amor, não é isso que você está pensando, eu estava só..
  - Como assim? Você estava beijando outra e eu é que estou errada nessa história? - Marisa encarou com raiva para a babá que estava com a aparência muito envergonhada, fazendo com que a mesma pulasse do balcão e saísse correndo pela porta. Assim que a ruiva ouviu a porta da frente fechar, virou para o Tiago e disse: pegue as suas coisas e suma daqui.
 - Como assim? Eu moro aqui também. Pense na nossa filha, por favor Marisa, pense na Beatriz. - ao ouvir isso a ruiva pensou "Puta que pariu tem a Beatriz no meio dessa história, e agora meu deus o que eu faço?". Marisa soltou um longo suspiro, deu um passo para a trás e começou a andar de um lado para o outro, tentando imaginar o que fazer. Finalmente ela achou uma solução.
  - Tá, tudo bem - ela finalmente disse - Eu só não acabo tudo com você agora mesmo porque estou pensando na nossa filha, somente nela, coisa que obviamente você não fez- ela disse dando um passo para trás, para longe de Tiago.
  - Mas por favor, por favor, você não vai dormir aqui hoje, vá pra casa de algum amigo, pro hotel, pra qualquer lugar mas não fique aqui hoje. Pegue as suas coisas e vá embora.
 Ao ouvir isso tiago decidiu não protestar, pois o pedido dela era bem razoável devido o que acabou de acontecer, então ele foi para seu quarto, pegou uma muda de roupa, junto com o seu celular e sua carteira,  saindo assim pela porta da frente, deixando Marisa na cozinha.
  Ela ficou por um bom tempo encarando o nada, tentando processar o que tinha acabado de acontecer. Marisa não amava mais o Tiago para ficar completamente arrasada, mas mesmo assim era como se alguém tivesse enfiado uma faca em suas costas. Traição. Isso nunca tinha acontecido com ela antes, e era uma coisa que ela nunca mais queria presenciar na vida. Deixou os seus pensamentos de lado, ao menos tentou, e foi até o quarto de Beatriz para encontrar uma menininha dormindo tranquilamente, deixando Marisa surpresa por ela não ter acordado com aquela confusão toda.
Ela então seguiu para seu quarto, onde escovou os dentes e colocou seu pijama, e foi direto pra debaixo das cobertas, para ver se uma boa noite de sono acabava com a dor de cabeça que ela estava começando a ter.
 
---
  Assim que Áurea chegou em casa naquela noite, foi direto fazer sua higiene e dormir, já que tinha que acordar super cedo no dia seguinte. O horário do ensaio combinado era as 10 da manhã, mas ela sempre gostava de chegar mais cedo para ensaiar mais, e também para se conectar com o palco, coisa que ela sempre fazia, que consistia em andar pelo palco de um lado para outro, descalça, pensando em toda a sua trajetória profissional até os dias atuais, e isso a deixava energizada e permitia que colocasse mais emoção em suas músicas, já que lembrava do porque escolheu música como profissão.
|Dia seguinte|
 
Marisa deu graças quando acordou e percebeu que não estava mais com dor de cabeça. Eram 7 horas da manhã, quando saiu do banho já vestida para o dia. Se dirigiu então para a cozinha para tomar o café da manhã, onde já encontrou Beatriz que estava terminando seu Nescau, pois precisava ir para a escola.
A ruiva decidiu que iria para o ensaio mais cedo, pois sabia que daqui a pouco o Tiago chegaria em casa, e a última coisa que ela queria era ter que olhar na cara dele.
Era por volta das oito horas quando Marisa deixou sua filha na escola e se dirigiu para o ensaio. Ligou o rádio durante o trajeto e sorriu quando reconheceu a voz de Áurea no rádio "Essa mulher realmente tem uma voz muito boa" pensou enquanto estacionava o carro em frente ao Coliseu dos Brinquedos.
 Marisa então atravessou o que pareciam milhares de portas que haviam para chegar até o palco principal e foi para as coxias ( ma eu não sei se é essa a palavra, se não for me corrija) deixar sua bolsa e seu celular. Após deixar as suas coisas em cima de uma mesa que tinha ali, ela olhou para o lado na direção do palco e se deparou com uma certa loira, descalça, andando de um lado para o outro. Um sorriso imediatamente brotou em seu rosto ao ver Áurea ali, como se ela estivesse imaginado que a ruiva precisava de alguém para conversar naquele momento. Não querendo estragar o momento de Áurea, mas também não querendo ficar sem fazer nada, andou na direção da cantora de jazz que quando percebeu sua presença, soltou um gritinho de susto falando:
  - Ai que susto Marisa, nem vi você chegar - disse com um sorriso no rosto arrancando uma pequena  gargalhada da ruiva.
 - Tudo bem, pesso disculpa na verdade, por chegar tô sorrateiramente. Mas vem cá, o que você está fazendo aqui tão cedo? - disse se aproximando da loira que timidamente colocou uma mecha de cabelo atrás da orelha.
  - Ah é que eu geralmente gosto de chegar mais cedo nos ensaios, para dar umas passadas a mais na música e também para me conectar com o palco.
 - Ah entendo - respondeu Marisa, abaixando a cabeça pois sabia qual pergunta viria a seguir.
 - E você, por que tá aqui também tão cedo?
 - Ah é que tive uma briguinha ontem com o Tiago, sobre o modo como falou comigo na noite anterior, mas já nos resolvemos, não foi nada demais. Então resolvi vir mais cedo para ensaiar. - disse com um olhar tão triste que fez Áurea desejar não ter feito essa pergunta.
  - Entendo..e está tudo bem com você? Parece estar um pouco abatida. Marisa foi pega de surpresa com essa pergunta, mas decidiu não contar para a loira o que havia acontecido, pois achou que iria causar um clima estranho quando Tiago chegasse para ensaiar junto com o resto da banda.
Então simplesmente disse:
 - Sim estou bem, só não dormi muito essa noite - o que não era mentira, pensou consigo mesma.
 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...