História O nosso amor mascarado - Capítulo 24


Escrita por: ~

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Personagens Adrien Agreste (Cat Noir), Marinette Dupain-Cheng (Ladybug)
Tags Adrinette, Amor, Chat Noir, Heróis, Ladrien, Ladybug, Ladynoir, Marichat, Miraculous, Romance
Visualizações 192
Palavras 1.014
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Hentai, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 24 - Competição de Dança


Fanfic / Fanfiction O nosso amor mascarado - Capítulo 24 - Competição de Dança

*Adrien On*

alguns dias depois

Hoje é finalmente o dia em que apresentaremos nossa coreografia de Break, para a competição. Eu estou realmente muito otimista, ensaiamos muito. É a nossa última semana aqui, e eu quero fazer algumas coisas ainda... Já que meu pai me proibia de tudo e agora ele não tem direito de mandar em mim, não depois do que ele fez, eu estou me sentindo muito rebelde ultimamente... Voltar pra casa com um brinco ou uma tatuagem não seria nada mal... Mas eu cuido disso depois, agora, tenho que me encontrar com a Mari, o Nino e a Alya nos quiosques do hotel, para discutirmos sobre nosso figurino. Eu ando sobre o chão gelado de madeira do quarto, até o banheiro, onde tomo um banho quente rápido. Não tenho tempo para secar meu cabelo, então vou deixá-lo secar naturalmente. Visto a primeira roupa que vejo na frente e desço até o térreo. Na recepção, encontro Nathaniel conversando com a Chloé. Parece que eles resolveram seguir em frente. Finalmente! Eu passo por eles e  vou em direção aos quiosques. 

Mari: Bom dia, meu amor! 

Ela pula em meu pescoço. Sinto seu cheiro doce, seu corpo forte e ao mesmo tempo delicado. Ela mudou muito seu físico por conta das batalhas, ela ficou muito forte... Mas continua a minha joaninha. 

Adrien: Bom dia! 

Eu dou um selinho quente nela. 

Adrien: Bom dia Alya, Nino! 

Alya: Bom dia! 

Nino: Bom dia, mano! 

Por mais que ficamos no mesmo quarto, quase não se encontramos por lá... 

Nino: Eu descolei pra gente uns figurinos muito loucos, vocês vão adorar! 

Nino leva a gente para o ginásio, onde se encontram os figurinos. Eles são demais! Uma calça larga prata bem brilhante e jaquetas olográficas! 

Mari: Nino! Você é incrível! Como conseguiu isso? 

Nino: Eu tenho meus segredos... 

Alya: Finalmente chegou o dia da  competição! 

Competição... Isso me lembra! A final do vôlei é amanhã! 

Adrien: PUTA QUE PARIU,  MEU JOGO É AMANHÃ! 

Nino: Fica calmo, cara! Você vai se sair muito bem! 

Eu espero. Eu tive bastante progresso nos jogos, até me classificaram entre os melhores! Mas a verdade é que, eu não estou nervoso pelo jogo. Eu pretendo fazer uma surpresa pra Mari, logo depois do jogo. Eu quero me declarar para ela novamente, pois o nosso amor evoluiu bastante. Acho que ela vai gostar de algumas rosas e... Um presente. Eu trouxe uma pulseira que estou guardando à dias para ela, só estou esperando o momento certo. Ela tem pingentes que significam muito para nós. O trocadeiro, onde eu à pedi em namoro. Um coração, que simboliza nosso amor. A Torre Eiffel, em que anunciamos a nossa vitória. E um pingente de joaninha e gatinho, que eu nem preciso explicar. Amanhã vai ser um dia maravilhoso! 

Alya: Bom, vamos ensaiar, depois a gente vai para os quartos, nos arrumamos e vamos direto pra lá! 

Nino: Beleza! 

Nós ensaiamos bastante. Fico até em dúvida se teremos energia para a competição, que começa às 18:00. Eu olho para o relógio, são 16:30. 

Mari: Acho melhor a gente subir, tomar um bom banho e se arrumar, assim sobra tempo para prepararmos nosso psicológico! 

Alya: Perfeito. Eu vou pegar nossos figurinos para a apresentação. 

Alya dá alguns passos para trás e se vira, desaparecendo pelo vestuário. Logo em seguida, ela volta:

Alya: Pessoal... Os figurinos... Sumiram! 

Adrien: O quê?! 

Nino: Como assim "sumiram"? 

Alya: Não estão mais lá, alguém deve ter roubado eles, sei lá! 

Mari: Mas quem faria isso? 

Adrien: Chloé... 

Eu digo baixinho, para mim mesmo, só para averiguar a situação. Mas eles ouvem, e se viram rapidamente para mim. 

Alya: Mas por quê? 

Adrien: Ela faz de tudo para me separar da Mari, isso não é nada perto do que ela pode fazer, principalmente agora que ela se juntou com aquele Emo cabelo de fogo... Aquele arrombado! 

Nino: Você quer dizer que ela pegou as roupas para separar vocês? 

Mari: Não necessariamente. Só de me ver triste, ela já fica satisfeita. E é isso que está acontecendo... 

Eu a abraço. 

Adrien: Não precisa se preocupar, a gente dá um jeito... 

Mari se livra dos meus braços e coloca suas mãos macias sobre os meus, me olhando nos olhos. Um sorriso aparece em seu rosto. 

Mari: Mas é claro! Eu tenho figurinos de dança! 

Alya: O quê? 

Mari: Eu fiz personalizados pra gente, é uma das minhas criações. Eu trouxe por acaso, quando estava socando tudo dentro da mala, eles acabaram vindo junto. Fico aliviada de não ter carragedo mais coisas atoa! 

Nino: E como eles são? 

Mari: Bom, eles são personalizados. O meu é de Ladybug e o do Adrien, de Chat Noir. Mas como vocês não eram super-heróis ainda... Os seus são de Lady-wifi e Homem Bolha... 

Nino: O quê?! Mari, a gente não se orgulha deles! 

Mari: Eu sei, eu sei, mas querendo ou não, é a personalidade maligna de vocês, faz em partes de vocês! 

Eles fazem um beicinho. 

Nino: Eles são de Break, pelo menos? 

Mari: São sim, vocês vão amar! 

Fico feliz que ela tenha essa ideia madura, ao invés de ir atrás da Chloé na intenção de arrancar as unhas dela com os dentes! 

Fomos todos para o quarto, ver os figurinos. Eles são demais! Realmente muito bons! 

Fomos para o banheiro, primeiro Alya, depois eu, Nino e a Mari. Vestimos os figurinos. 

Alya: Eu tenho uma ideia para a maquiagem! 

Ela tira algumas latas de spray de uma bolsa de academia. 

Mari: O que você pretende fazer com isso, Alya? 

Alya: Você vai ver, feche os olhos! 

A Alya passa um spray vermelho na parte superior do rosto da Mari, como se fosse uma máscara. 

Alya: Isso aí! Estilo Swag! 

Alya faz um sinal com a mão, abaixando o dedo anelar com o polegar, o que nos faz rir. 

Ela passa o spray em mim e também no Nino. O meu da cor preta e o dele, azul. 

Ela passa nela por último, também na cor preta. Eu estou realmente orgulhoso, a gente tá incrível! 

Nino: Bom, pessoal, é hora do show! 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...