1. Spirit Fanfics >
  2. O Nosso Segredo >
  3. Um Momento Á Sós

História O Nosso Segredo - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Inhai, mais um cap bunito
Espero q gostem
É isso, é noes

Capítulo 3 - Um Momento Á Sós


Fanfic / Fanfiction O Nosso Segredo - Capítulo 3 - Um Momento Á Sós

Um tempo se passou desde que eu e Obito tivemos aquela conversa, decidimos que era melhor manter isso em segredo, apesar de acharmos que a Konan já sabe.
No começo eu e ele não conseguíamos nos divertir muito, apesar de gostar muito de ficar com ele, tudo era meio tenso como no dia da conversa, mas isso foi passando depois de uns dias, agora quando estamos juntos ficamos mais a vontade e conseguimos descontrair.
Quem já viu aquela cara séria jura que ele não tem capacidade de rir, mas eu descobri que não é bem assim, a verdade é que a gente só precisava de um tempo pra se soltar.


°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°

Eu caminhava rapidamente em direção ao seu quarto, antes que chegasse lá ele abriu a porta.
- Eles já saíram? - Perguntou verificando ao seu redor.
Com um pequeno sorriso eu afirmei com a cabeça, ele tirou a máscara e sorriu largo pra mim.
Eu simplesmente amo quando ele faz isso.
Devolvi o sorriso e corri em sua direção, me joguei em seu colo e ele me segurou me levando para dentro de seu quarto.
Delicadamente ele me deitou em sua cama, quem vê assim nem desconfia que vai fazer uma guerra.
Ele beijou cada canto do meu rosto, e foi descendo para o queixo, puxei levemente seu cabelo e ouvi uma risada fraca vindo dele.
Idiota.
Enquanto segurava meus braços ele explorou toda a extensão do meu pescoço me provocando, lambeu meu maxilar subiu até a orelha e deu uma mordida ali.
- Desgraçado - Susurrei
-  Olha, ele é sensível - Disse se referindo aos meus arrepios.
- Cala a boca idiota - O empurrei e troquei as posições ficando agora sentado em cima dele.
Me inclinei e voltei a beija-lo ele pôs suas mãos em minhas coxas e eu pûs as minha em seu peito.

▪▪▪▪▪▪▪▪▪▪▪▪▪▪▪▪▪▪▪▪▪

Deidara estava bem animado, acho que foi porque o provoquei, talvez eu faça mais isso.
Ele passeou suas mãos pelo meu peitoral enquanto explorava minha boca com sua língua, apertei suas coxas e ouvi o loiro arfar, então senti um rebolada contida do mesmo e eu meio que paralisei.
Puta merda.
Ele se separou do beijo e me encarou senti meu rosto esquentar e vi que ele estava corado também.
- Você tem certeza? - Perguntei o olhando nos olhos.
- Tenho - Me respondeu devolvendo o olhar e me mostrando seu sorriso.
Sorri de volta e o beijei novamente o puxando.
Senti Deidara segurar a barra da minha camisa e levantar.
- CALA A SUA BOCA, VOCÊ NÃO SABE O QUANTO ESSE RITUAL É DIFÍCIL - Nos separamos do beijo e olhamos pela janela.
- Pare de gritar, eu não sou surdo e estou do seu lado - Avistamos ao longe Kakuzu e Hidan voltando de uma missão.
- Droga, isso é hora? - Falei alto sem pensar e Deidara olhou pra mim rindo.
- Parece que a gente vai ter que deixar pra próxima - Disse se retirando de cima de mim e se levantando.
Ele se inclinou e me deu um selinho, quando o loiro ia sair, levantei e o puxei pelo braço.
O agarrei e disse com o tom rouco.
- Na próxima você não me escapa loirinho - O beijei e finalizei mordendo seu lábio.
Quando nos separamos ele estava vermelho e me deu um sorriso malicioso, desgraçado.
Escutamos Hidan e Kakuzu entrando no esconderijo, dei um último beijo no loiro e ele saiu pela porta.


Notas Finais


Heheheheh, eu amei escrever esse cap, espero q tenham gostado, é isso, até o proximo cap, flws


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...