História O novo casal - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 7
Palavras 785
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente
Avisos: Álcool, Drogas, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 2 - As compras


Fanfic / Fanfiction O novo casal - Capítulo 2 - As compras

Oii,voltei Caraí hoje eu e Letícia vamos a cachueira que tem aqui perto,no caminho da cachueira tem alguns sítios vamos tentar pegar algumas frutas pra fazer um suco seila, saímos de casa fomos de bicicleta pq a gente não tem dinheiro pra passagem,no caminho vimos um sítio com muitas árvores chamamos no portão ninguém atendeu então resolvemos pular o portão,eu subi no muro e dei a mão pra ela subir tbm ela subiu então entrámos no sitio,cara eu juro era muito fruta, jabuticaba,limão, banana, cupuaçu mano eu nem sei o que é cupuaçu mas lá tinha a gente tava pegando as coisas no pé quando eu olho pra varanda tinha uma rede eu falei" a gente não tava precisando de uma rede ?" Ela disse "sim mas vc não inventa ideia pelo amor de Deus " eu fui de vagasinho peguei a rede e sai quando eu tô saindo escuto o portão abrindo taquei a rede na mochila pulei o muro peguei a bike e vasei, quando eu tô longe eu penso " ué tô esquecendo alguma coisa " "caralhooooooooooo Letícia ficou no sitio ", voltei encontrei ela no meio do caminho sem chinelo e me chingando muito muito muito mesmo eu perguntei "por que vc tá sem chinelo maluca?" Ela disse "quando vi você correndo fui tentar correr tinha um cachorro lá eu tropecei meu chinelo arrebentou e eu ainda machuquei a perna seu arrombado " eu segurei o riso fechei o olho e tomei um puta tapa dentro da cara "disse vc pode me bater mas a gente tem uma rede muito Foda " ela disse "é gênio a gente tem uma rede mas eu não tenho chinelo " eu disse quanto é um chinelo" ela "15" eu perguntei "quanto é uma rede?" Ela "40" eu falei "viuuuuuu saímos no lucro de 25 reais tá reclamando? Ela respondeu "nossa amor pensando por esse lado eu.......ainda quero que você vá tomar no cu seu merda" eu "Jae pow,sobe na bike vamos pra cachu " ela "cachu ? Você tá de putaria né ? Eu tô cheia de dor,minha alergia atacou e vc ainda quer cachu ? Vai se fuder "

 então fomos pra casa, chegando lá fui bolar um,ela foi tomar remédio, "amor olha uma semente, vamos plantar ?" "Ai amor vê aí eu tô alcupada " então plantei a plantinha e esperei,passou uma semana e a plantinha tinha brotado era a coisa mais linda MDS era um filho que eu n ia aborta , "seu nome vai ser Juana" "amor você tá maluco ? Falando com planta ?" " Não, é que ela me dá mais atenção que você " "iiii tá carente ?, Larga essa merda é vai no mercado fazer compras" peguei o dinheiro e fui chegando lá encontrei uma amiga de infância a  Marta conversamos ela mandou um beijo pra Letícia tudo normal fiz as comprar todos os tipos de refri todos os tipo de doces, biscoitos e tupo bom cheguei em casa "Oi amor cheguei,Marta mandou lembranças" "quem é Matta ?,Vitor " "uma amiga,amor" "amiga ? Virou amiga de puta " "amor Marta e cristã " "eu sei muito bem como são essas cristã,olha Vitor eu n vou falar nada " eu foi pro quarto e ouvi "krl seu animal era pra ter comprado comida" " é isso aí é oque ?" "Eu tô falando comida de verdade " " e isso é plástico ?" A Vitor vc pra ser burro só falta comer capim , e se vc continua comprando só merda vai ser isso que vc vai comer capim" já tinha se passado 4 meses de casados e eu juro que n aguentava mais aquela mulher falando tanto mas o tempo foi passando eu consegui um emprego melhor a vida estava bem quando eu tava na bancada fumando veio Letícia, eu falei "pega o vinho " ela disse melhor n,n quero beber " eu disse "que foi tá doente " ela "não,aperta uma baseado ai " eu apertei ela tava fumando e disse " vamos ter que mudar de casa " eu disse "por que ? Aqui é perto de tudo eu adoro essa casa adoro os ratos adoro tudo,a vista " ela disse "mas essa casa é pequena demais pra nois 3" eu disse "não é eu vc é o Tomás estamos 4meses juntos por quê disso agr ?" Ela "eu não falo do rato eu falo do bebê " eu. " Que bebê ? " Ela " o nosso, eu tô grávida " eu disse " acho que vc tinha que parar de fumar então" ela soltou a fumaça na minha cara, eu disse "fuma mas se vc matar o bebê eu te mato ".



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...