História O novo casal - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 5
Palavras 712
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente
Avisos: Álcool, Drogas, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 3 - A gravidez


Fanfic / Fanfiction O novo casal - Capítulo 3 - A gravidez

Oi voltei, hoje Letícia faz 2 meses de gravidez eu tô ansioso pra saber o sexo do bebê ela diz que não importa mas eu quero que seja um menino, nos nem mudamos de casa ainda,eu estou vendo algumas casas no centro, com quinta seila.

Quem sabe agora a gente pode ter o cachorro que a gente sonhou,por que não é legal deixar acriança brincar com ratos disse a Letícia,por min teria problema mas ela é cheia de nojinho, mulheres sendo mulheres.

Hoje eu vou levar a Letícia no médico pra fazer os primeiros exames,cara eu tô muito feliz sério tipo muito,"amor vou pegar o dinheiro da passagem e a gente vai " tá amor só não demora eu já tô pronta ".

Chegamos no hospital,quantas grávidas ,eu sei que vocês pensariam nessa hora "ai nossas tantas crianças que vão nascer " eu não eu pensei " krl ala qual será que posição que ela fez ?, E aquela lá ? E a outra ? Será que a quela foi de quatro ?, Se eu transar com uma grávida eu machuco o bebê ?" Quando eu ouvi chamar "senhora Letícia", minha mão tremia eu soava frio e era ao izames eu imagino no dia de ganhar porra vou tomar uma caixa de Rivotril, passou 30 nada dela passou 50 minha e nada, passou 1h eu fiquei preocupado quando deu 1h e 10 ela saiu chorando chorando muito e foi pro banheiro eu fui atrás dela ela tava vomitando muito e eu perguntei " oque houve , oque aconteu fala PF " ela "o médico disse que eu não vou ter condições de manter essas crianças meu corpo n aguenta a gravidez que é se eu não tirar o bebê ele pode nasce com sequelas, amor eu juro n e culpa minha eu amo vc e ele, você disse se ele morre e você ia me matar amor eu não tenho culpa sério (choro) " "amor calma eu intendo e a gente vai manter essa criança " "mas se ele nasce com algum problema " " a gente cuida ate nosso último dia de vida,eu amo você e vc me ama,essa criança e o nosso amor na terra " as coisas acalmaram fomos embora.

Chegando em casa eu não ouso barulho tava tudo muito quieto eu fui no banheiro e no chão do box tava o Tomás deitado " amiguinho ??? Levanta PF ,Tomás e sério levanta o dia já foi demais pofavor Tomás sério , Letícia o Tomás não responde , krl rato se você morrer eu te mato(choro) por que essa merda de vida senhor,.........Tomás ?" Ali e vi que não adiantava eu chamar...o Tomás não ia voltar mais.

Anoiteceu fomos dormi tava um 

Clima estranho na casa, faltava algo sabe ? Consegui dormi levantei de madrugada ouvi barulhos n podia ser o Tomás olhei pro lado Letícia n tava ali, eu pulei da cama correndo ela tava n chão do banheiro gritando tava surtando, ela tinha tomado um cartela de remédios ,eu disse que ela era problemática ,eu peguei ela levei pro médico ela ficou internada por um semana e voltou pra casa aparentemente bem o médico disse que aparentemente n tinha acontecido nada com o bebê .

5 meses depois, Letícia agr esta com  7 meses ,hoje nós vamos sair pra almoçar fora,vamos pegar o ônibus , dentro do ônibus "Letícia ?" "Oi amor " " você mijou?" "Não.....Vitor?" "Oi" "minha bolsa " "tá aqui no colo " "eu tô falando do bebê seu idiota,minha bolsa estorou eu preciso ir pro hospital " fomos chegamos lá ela foi direto pra sala de parto,o bebê ia ser prematuro o copo dela n ia aguentar os 9 meses 1h passou,2h passou ,3h passou, 4h, "senhor Vitor " "sim eu mesmo" "preciso falar com o senhor, pode entrar ?" Eu fui chegando lá estava Letícia na cama mas eu não via minha filha, eu perguntei "cadê a Mariana ?" O médico "calma" ela está na outra sala, me acompanhe", eu fui , chegando lá..sim ela tinha um problema.

O problema dela era ser a criança mais linda e perfeita do mundo ela n nasceu com nem uma sequela ela era perfeita olho negros e um pouco de cabelo mas o pouco era cacheado lindo minha filha era demais .



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...