História O novo deku?heroi ou vilão? - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Boku no Hero Academia (My Hero Academia)
Visualizações 39
Palavras 896
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Harem, Luta, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 4 - Finalmente A.U!


Fanfic / Fanfiction O novo deku?heroi ou vilão? - Capítulo 4 - Finalmente A.U!

Midorya pensamento On

Hoje finalmente vou para A.U, bem antes de entrar realmente na A.U tenho que fazer uma prova oral e física,mesmo animado odeio provas,mesmo assim estou contente por realizar meu sonho de entrar na A.U,mesmo que seja por um péssimo motivo,eu não quero ser um vilão,bem mas eu to nem ai em ser um heroi,acho que sou meio bipolar. Não posso estragar tudo quando for as provas ,então vou ter que ser obrigado a treinar com o meu pai,ele é um idiota que nunca se importou comigo e com a minha mãe, se minha mãe não fosse atrás dele, eu nunca iria conhecer aquele cara,bem mas não é hora de pensar nisso tenho que me preocupar com os testes da A.U, tenho que me preocupar em manipular os meus "queridos" colegas,e também como vou passar na prova sem ser percebido? Bem eu tenho que parecer um heroi,ser amigos de todos não chamar atenção pro meu poder ele é inativo mas pode se ativar conquer momento,e isso pode explicar o meu cabelo ter ficado preto e meus olhos vermelhos,meu pai disse que ganhou várias individualidades do mestre dele, antes de mim nascer,e possivelmente essas individualidades podem ter passado pro meu DNA, mas isso não adianta nada porque elas são inativas,ser um deku é tão difícil...Bem não vou pensar nisso agora,vou conversar com o meu pai no telefone e pedirei conselhos,já que ele mora na cidade não vou chegar lá em apenas um dia né?

Pego meu celular e ligo para o meu pai

Midorya: -Velho preciso de sua ajuda 

Pai do deku -Não vai me chamar de papai?

Midorya -Nunca,apenas preciso da sua ajuda AGORA

Pai do deku -Meu pequeno vilão que orgulho, o que você precisa?

Midorya -Como eu vou entrar na A.U?

Pai do deku -Simples você ira fazer a prova

Midorya  -ISSO EU SEI SEU MERDA MAS COMO EU VOU FAZER A PROVA?EU NÃO TENHO NEM UMA INDIVIDUALIDADE 

Pai do deku -Filho não seja burro eu irei fazer que você consiga,bem a prova oral você vai consiguir passar,já a outra é simples os robos não iram te atacar você so precisa encostar neles e terá pontos

Midorya -Deixa eu adivinhar você manipulou os organizadores da prova?

Pai do deku -Sim 

Midorya -Tá tchau 

Desligo o telefone na cara dele e vou indireção a A.U ,vejo muitos rostos que eu conhecia,entre eles estava Kacchan ele parecia irritado por mim está lá

Bakugo -DEKU SEU MERDA PORQUE VOCÊ ESTÁ AQUI?

Midorya  -Vou fazer o teste da A.U e ser o heroi número um 

Bakugo  -Nem sonhando seu nerd idiota 

Midorya  -Kacchan me desculpa por ontem 

Bakugo -O QUE DEU COM VOCÊ ONTEM?

Midorya  -Parecia que alguém estava me controlando .Menti para ele não posso deixar na cara que eu sou um vilão 

Bakugo  -QUE MENDA, mas ainda bem que voltou ao normal assim você sempre vai ser um deku e EU vou ser o número um

Tive que me controlar para não bater nele,tenho que parecer inocente, e amigável 

Midorya -Mas Kacchan eu também posso ser o número um

Bakugo pensando On 

Hoje é o grande dia eu vou entrar na A.U nem chego no portão e já encontro com o deku quer disse Midorya estou tentando ser amigo dele, mas o olhar dele me irrita ele é tão bonito...O QUE BAKUGO FOCO VOCÊ VIROU GAY POR ACASO?Bem acho que não durmi muito bem hoje,acho que vou tentar falar alguma coisa pra ele,vou tentar ser amigável.

Bakugo -DEKU SEU MERDA PORQUE VOCÊ ESTÁ AQUI?

Acho que não fui tão amigável assim,mas vou tentar mudar de assunto,antes de tentar falar conquer coisa ele diz

Midorya  -Kacchan me desculpa por ontem

Acho que vou perguntar porque ele tava agressivo ontem

Bakugo -O QUE DEU COM VOCÊ ONTEM?

BAKUGO SEU RETARDADO SEJA GENTIL 

Midorya  -Parecia que alguém estava me controlando . Quando ele disse isso eu não sei porque mas queria encher a cara dele de porrada 

Bakugo  -QUE MENDA, mas ainda bem que voltou ao normal assim você sempre vai ser um deku e EU vou ser o número um            

BAKUGO SEU IDIOTA VOCÊ TA TENTANDO SER AMIGO DELE NÃO SER UM RIVAL

Midorya -Mas Kacchan eu também posso ser o número um

Quando ele disse isso me senti culpado então deixei ele e entrei na A.U

Midorya pensamento on

Acho melhor eu ir entrando também ,eu ja estava indo quando alguém esbarrou em mim

Menina desconhecida -Ai me desculpa foi sem querer

Midorya -Tudo bem não foi nada e qual é o seu nome?. Sorrio para ela

Menina desconhecida - meu nome é Uraraka e o seu?

A minha primeira vítima,tenho que ser gentil, ela já tá  até corada

Midorya -Midorya izuku prazer em te conhecer Uraraka. quando estamos conversando chegou um menino do nada e começou a falar 

Menino desconhecido -Vocês vam ficar de papo ou vam andar?Vocês estão no caminho 

Uraraka -Nos desculpe,qual é o seu nome?

Menino desconhecido -Meu nome é Lida e vocês AINDA estam no caminho 

Uraraka -Prazer Lida,já vamos sair do caminho quer ir com a gente?

Lida -Não eu não  estou aqui para ter amigos 

Midorya -Todo bem então mas se precisar de ajuda eu estou aqui. falo sorrindo

Lida -Eu não vou precisar. Ele parece frio..gostei mas provavelmente nunca vou chegar perto dele, mas se eu quiser ser o traidor da A.U eu tenho que ser amigo de todos

Eu e Uraraka entramos na A.U, onde vamos fazer a prova

Midorya -Boa sorte Uraraka 

Uraraka  -Boa sorte Midorya!




Continua...














Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...