1. Spirit Fanfics >
  2. O novo professor de Defesa Contra As Artes das Trevas >
  3. O Dementador

História O novo professor de Defesa Contra As Artes das Trevas - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura!

Capítulo 3 - O Dementador


Fanfic / Fanfiction O novo professor de Defesa Contra As Artes das Trevas - Capítulo 3 - O Dementador

POV Madeleine

-O trem está parando?!

-Está...mas não devemos ter chegado, mal estamos aqui há duas horas - Hermione ficou franzindo a testa tentando olhar por cima do ombro de Ron que estava na janela. 

Também tentei olhar sem encostar no dorminhoco do meu lado, que nem se mexia. "Será que ele morreu? Talvez eu devesse tentar acordá-lo, pra ver se está tudo bem...ou quem sabe só tirar a colcha do rosto dele seja o suficiente, pra ver se ainda respira. É... porque seria ruim se ele estivesse morto e não avisássemos a ninguém! Perguntariam como não vimos que ele não respirava, fariam um inquérito contra nós para saber o que aconteceu e não saberíamos responder porque estivemos conversando esse tempo todo! Sim... é melhor eu olhar... verei como ele é e saberei se está bem...só uma espiadinha não vai fazer mal…"

Me inclinei sobre a colcha para retirá-la, quando o trem finalmente parou de forma brusca, fazendo com que eu saísse do meu banco e fosse parar no da frente, em cima de Harry. 

-Tem alguém lá fora…-Ron estava branco de medo, olhando pela janela

-Acho que está embarcando - Hermione também começara a ficar assustada, o que me preocupou. 

Ron sempre se assustava com qualquer coisa, mas Hermione era racional, e se ela estava receosa provavelmente alguma coisa séria estava acontecendo. Olhei para o Harry para perguntar o que ele achava que estava acontecendo, quando notei seu rosto vermelho e perto do meu... eu ainda estava em seu colo! Me levantei sobressaltada pedindo desculpas e pegando seu óculos, que caíra no chão por minha culpa, mas para o meu pesar ele estava com as lentes quebradas. Já pensava em outras mil desculpas para dizer, quando ouvi a porta da cabine se abrindo, Ron ficou petrificado com a boca aberta apontando para trás de mim. Me virei lentamente já esperando ver um assassino, mas o assassino não estava lá, em vez dele vi uma enorme mão cadavérica cinza, terminando de abrir a porta e logo surgiu uma criatura encapuzada de preto voando em minha direção, me deixando estática e com frio, enquanto fazia um barulho estranho e eu sentia minha alegria ser esvaziada do meu corpo, como se isso fosse possível... Então ouvi uma voz rouca atrás de mim, como se falasse em outra língua, e no segundo seguinte meus olhos se fecharam sob um homem com olhos de cores diferentes.


Fim do POV


Madeleine ouvia vozes distantes mas não quis saber de abrir seus olhos, estava mais entretida com uns de cores diferentes que tinha visto. Era um marrom e outro lilás? Ou seria branco? 

-Tem certeza de que ela vai ficar bem? 

-Ela ainda parece muito mal!

-O Harry não ficou com essa cor quando estava assim, ele ficou verde

-Obrigado Hermione!

-É….ela está toda branca, parece morta

-Ela não está morta, Rony! Só desmaiou.

-Mas não era pra ela já ter acordado? Ein, professor?

Madeleine ouvia a conversa ficar mais clara, mas ainda não entendia de quem eram as vozes, só queria silêncio para voltar a sonhar.

-Tenho certeza de que ela está bem, embora nunca tenha visto uma boca perder tanto a cor quanto a dela...Hum... parece que a amiga de vocês está finalmente acordando.

Aquela voz...era a voz do sonho! Madeleine começou a abrir os olhos a contragosto, para ver se pertencia a alguém real, mas a luz que vinha da cabine a fez ter dor de cabeça e desistiu de sua ação. 

-Vá com calma, para você se acostumar com a luz.

Okay... definitivamente ela tinha de ver de quem era aquela voz! Abriu os olhos, que ainda doíam por causa da forte luz, e tentou focar no homem que estava ao seu lado. Ele era muito branco, como se nunca tivesse visto um Sol ou uma praia na vida, mas talvez no mundo bruxo eles não estejam acostumados a ir em praias. Seus cabelos eram tão ou mais brancos que sua pele, e tinha um corte engraçado que o deixava arrepiado pra cima. E seus olhos...eram indescritíveis! Um totalmente preto e o outro branco...ou seria azul? A luz não a deixava ter certeza, mas parecia algo surreal...bem, mágico!

-O que aconteceu? 

-Você desmaiou.

Madeleine não conseguiu evitar que seus olhos revirassem para a resposta óbvia de Rony.

-Isso eu podia descobrir sozinha, Rony. Quis dizer sobre aquelas... criaturas. O que eram?

-Eram dementadores. Guardas de Azkaban. Estavam aqui para procurar Pedro Pettigrew, mas já foram e não voltarão. Aqui, tomem, comam isso. Vai ajudar!

 O homem desembrulhou uma embalagem que tirara do bolso de seu grande casaco e agora dividia entre Madeleine e Harry, que o olhavam abismados.

-Só eu desmaiei?

-Não, Harry também. Mas eu me senti estranho, como se nunca mais fosse ser feliz- Rony ficou encarando Hermione, esperando que ela risse do que dissera e comentasse que tudo aquilo não fazia sentido algum, mas ela ficou quieta.

-É o que os dementadores fazem. Eles sugam a felicidade das pessoas, não deixando nada para que tenham algum pensamento positivo ou vontade para viver, assim controlam os prisioneiros. Agora, se me dão licença… Preciso verificar as outras cabines.

Madeleine viu o homem sair pela cabine e voltar dois segundos depois, com um sorriso no rosto

-Sabem...o chocolate não é venenoso, podem comer! Vão se sentir melhores.

E com uma leve risada e uma última olhada para Harry e uma intensa em Madeleine, ele se foi, fechando a porta com ele.

-Você está bem, Mad?

-Estou Harry... obrigada. Ah, Harry...seus óculos, me desculpe por ter quebrado!

-Está tudo bem, a Hermione conseguiu consertá-los. Viu só?

-Você também desmaiou, não foi?

-Hum...sim -disse ele ficando vermelho novamente

-Achei que eu estivesse desmaiado no chão…

-E você desmaiou no chão, mesmo! A queda foi bem feia, inclusive. O professor ficou todo assustado por não conseguir te segurar enquanto expulsava o... aquela criatura.

-É dementador, Rony! - disse Hermione já impaciente pela falta de memória do ruivo

-É, isso mesmo. 

-Então quem me colocou de volta no banco?

-Ora essa, o professor. Harry estava desmaiado no banco e eu com Hermione não iríamos conseguir te levantar do chão estando toda dura daquele jeito. Além do mais ele estava tão assustado por ter supostamente te deixado cair, que não aceitaria nenhuma ajuda nossa. Engraçado...esses professores não têm medo de criaturas das trevas, mas tem medo de deixar um aluno cair. É cada uma!

-É…

Mas Madeleine não pensou em mais nada para responder porque estava imaginando aquele homem a segurando no colo. Se não fosse pela vergonha da situação... Talvez Hogwarts fosse interessante este ano, talvez bem mais do que os outros foram.


Notas Finais


Espero que não tenha ficado nada confuso hahaha
Beijinhos.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...