1. Spirit Fanfics >
  2. O Ômega >
  3. Capítulo 1

História O Ômega - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Espero que gostem.boa leitura.

Capítulo 1 - Capítulo 1



Já era quase dez da noite e como sempre eu estava atrasado para mais um reunião no lorf do Derek graças ao meu Jipe que resolveu parar de funcionar no meio do caminho, já fazia algum tempo que eu estava livre do nigitsune, confesso que tive pesadelos por um bom tempo. mais o que me intrigava era o fato que de uns tempos para cá eu havia percebido que o bando estava ser afastando de mim, ate mesmo o Scott estava distante e falava pouco comigo e quase sempre não atendia as minhas ligações, além de que algumas vezes não me chamar para as reuniões o que estava me deixando desconfiado e talvez algo estivesse acontecendo.
Entro correndo no Lorf e aparentemente eu era o único que faltava porque todo o resto do bando estava presente e me olhavam como ser estivessem espetando por mim.
- Desculpa o atraso galera, mas o meu Jipe quebro e eu tive que vim a pé.- Digo.
- Não precisa ser desculpar Stiles, essa conversa vai ser rápida.- Disse Derek, descendo as escadas que levavam ao andar de cima.
-Tudo bem, mais é sobre o que essa reunião?- Perguntei.
- Olha Stiles não nos leve a mau, eu sei você fez muito por essa alcateia, mas acontecer que não dá mais.- Disse Scoot, parecendo que estava procurando as melhores palavras para né dizer aquilo.
- Como assim não dá mais? Eu não estou entendendo!- digo, achando aquela conversa muito esquisita.
- O que o Scoot está tentando dize, Stiles... E que você estava fora da alcateia.- Disse Derek, é aquilo foi como ser um balde cheia de água fria tivesse sido jogado sobre a minha cabeça.
- O que? Voces estão me expulsando?- Perguntei.
- Qual foi a parte de que você estar fora, você não entendeu, Stiles?... E convenhamos, você é um humano frágil, é na maioria das vezes inútil e que só serve para nós conseguir informações e despistar a polícia.- Disse Erika, despejando tudo o que pé dava sobre é mim e talvez todo o resto da alcateia pensava igual.
Mais para mim aquelas palavras foram a gota d água da mesma forma que a neutralidade de Derek, do restante da alcateia e principalmente Scoot que não diziam nada sobre o que estavam vendo. porem a minha atitude em resposta aquilo tudo foi sair correndo do Lorf, talvez eu seja um covarde, mais eu não estava suportando ouvir aquilo vindo daqueles que diziam serem meus amigo. 
- Stiles, espera!- Ouvi alguém grita, mas eu não sei importância 
Eu não sei por quanto tempo eu corri, talvez somente alguns minutos já que a minha mente estava nublada e eu não sabia nem mesmo em que direção estava correndo e a escuridão que me secava também não ajudava muito e claro obviamente eu estava perdido no meia daquela reserva e o cansado me consumia ao ponto de eu apoiar as mãos nos joelhos tentando recuperar o fôlego perdido durante a corrida, ate senti algo pulando em cima de mim me jogando no chão, eu estava em pânico enquanto observava me debatentando aqueles olhos vermelhos me olhava em puro desejo. Eu não fazia ideia do que ele aquilo, estava muito escuro e o desespero impedindo de pensar direito mesmo que aquela coisa aparentava se um cachorro gigante, mais de repente si tirando de meus pensamento ao sentir as presas daquela coisa afundarem no me puso e a dor era intensa, mas por algum motivo a criatura me solta e após me observa por alguns segundos a mesmo corre para dentro da floresta sumindo na escuridão.
Porém eu não tinha tempo para refletir sobre o que tinham acontecido, o meu braço estava sangrando e eu não podia ficar mais nem um segundo naquele lugar, por um milagre eu conseguir sair da reserva e acha o meu Jipe que por acaso havia dado problema justo na entrada a reserva e por incrível que parasse funcionou perfeitamente quando o ligue.
Dirigir por algum tempo, meu braço ainda estava sangrando e a dor latejante, ao chegar em casa entrei rapidamente na mesma e corri em direção ao banheiro, meu pai não estava em casa já que estava fazendo hora extra e assim eu não teria que explicar o que havia acontecido. enquanto eu lavava o sangue com a água da pia do banheiro eu não deixava de pensar o porque o Scoot e o resto da alcateia resolveram me expulsa... eu não era o responsável por aquelas mortes, mas pelo o visto era receberia a culpa pelas as tais e para piorar no dia seguinte teria aula e de qualquer maneira eu veria Scoot e os outros de novo já que teríamos alguns aulas juntos, mas resolvi deixar esses pensamentos para depois, eu já havia terminado de limpar o meu piso, o sangue já havia estancado mas eu não pude deixar de notar as grandes marca de dentes em minha pele e talvez eu devesse procurar um hospital, eu acho mas resolvi deixar isso para depois afinal eu já estava cansado e para mim o dia tinha sido exaltivo e provavelmente meu pai só voltaria de madrugada, e então após um banho eu visto uma roupa mais leve e me jogo na minha cama, lançado no sono pouco minutos depois.
Me acordo com o despertador tocando e meu pai Me chamado no andar de baixou.
- Filho, levanta ou então vai ser atrasar pro colégio!- Grita meu pai.
- Hum... eu já vou.- Digo, me levando a contra gosto e ainda sonolento.
Após fazer as minhas necessidades, escovar os dentes e visto uma calça jeans e um blusa de manga comprida e vou para a cozinha onde encontro meu pai sentado lendo o jornal e bebendo um café.
- Bom dia, pai.- Digo.
- Bom dia, filho...dormiu bem?- Meu pai perguntou.
- Sim, pai.- Digo.
- Que bom, porque o Scoot ligou e disse que queria muito falar com você, aconteceu alguma coisa?-Me pai perguntou, mas claro que eu não iria contar nada para ele, já fazia algum tempo que meu pai sabia que lobisomens existiam mais ele não precisava saber que eu havia sido expulso da alcateia do Scoot.
- Não pai estar tudo bem... E eu acho melhor eu ir pro colégio por que eu já estou atrasado.- Digo. pegando uma rodada.
- Mais você nem tomou café direito!- Disse Meu pai.
- Eu sei mas não dá tempo, tchau pai, bom trabalho, te amo.- Digo, dando um beijo na cabeça do meu pai e correndo para fora da casa. 




Notas Finais


Espero que tenham gostado.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...