História O ômega da ciência - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Dr. Stone
Personagens Senkuu, Taiju Ooki, Tsukasa Shishiou, Yuzuriha Ogawa
Tags Abo, Clichê, Omegaverse, Romance, Senkasa, Senkuu, Senkuu Ômega, Taiju, Tsukasa, Tsukasa Alpha, Tsukasa/senku, Tsukasen, Yuzuriha
Visualizações 71
Palavras 557
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Ficção Adolescente, Fluffy, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Slash, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Heey anjoos, tive que trazer uma fic deles
espero que gostem

Capítulo 1 - Acelga


Prólogo

Soltou um longo suspiro, encostando-se na árvore. Seus olhos vagavam por aquele amontoado de pessoas com extremo tédio. Não tinha nada de novo. Sempre a mesma coisa. Garotas e até mesmo garotos insinuavam para si, tudo porque era um grande lutador e alpha. Chegava a ser patético.

Revirou os olhos pela piada sem graça que seu “amigo” contou, — este que assim como muitos, apenas mantinham a amizade por puro interesse. Mas mesmo assim, deu uma curta risada. 

Inclinou a cabeça para o lado e vislumbrou um trio de amigos conversando. Deste trio, alguém específico lhe chamou a atenção, um garoto que tinha cabelos que o lembravam a acelga, — cabelos loiros claros e as pontas verdes.

Ficou curioso sobre quem era. Nunca o tinha visto pelo colégio. “Será novo?”, pensou. Abnuiu, “Não, certamente não é novo”, e ficava divagando sobre o garoto. Até que sentiu ser cutucado e olhou para o seu amigo.

— Vamos? Bateu o sinal. — Pronunciou. Tsukasa, apenas se limitou em acenar e olhar rapidamente para o menino acelga antes de caminhar ao lado do outro. — Então, o que estava olhando? — Questionou curioso. Olhou de canto para o mesmo antes de responder:

— Nada. — E caminhou mais a frente. 

[...]

O dia passava lentamente para si. E seus pensamentos eram assombrados pelo menino acelga, deixando-lhe desconfortável, já que nunca pensou tanto em alguém, mas tinha que admitir que ficou levemente curioso.

Por isso tratou de perguntar para o seu colega, sobre o tal aluno. Tentou descrevê-lo o máximo possível para que o outro pudesse lembrar de alguém da escola com as mesmas características.

— Hum… — Resmungou, Tsukasa esperava pela resposta do mesmo pacientemente. — Não sei o nome dele, mas sei que ele entrou junto com a gente, lembro de alguém assim na cerimônia, mas porque o interesse? 

— Nada de mais. — Bufou por não obter a resposta que queria.

Batucava os seus dedos sobre a mesa, estava impaciente. Apesar de estar curioso sobre o garoto acelga, sentia raiva de si mesmo por estar curioso. Aquilo não era de seu feitio.

Tentou ao máximo esquecer o menino acelga no restante do dia, mas falhou miseravelmente quando o vislumbrou rapidamente no refeitório pegando uma maçã, “Quem almoça maçã?”, pensou inconformado.

Com os olhos, seguiu o mesmo até que o perdesse de vista. Precisava sanar sua curiosidade sobre aquela pessoa. E ainda não entendia o porquê do menino acelga ter chamado tanta a sua atenção. Após almoçar, resolveu caminhar junto de seus amigos. 

Naquele dia, Tsukasa se mantinha mais quieto que o normal, fazendo com que os outros estranhassem.

E quando menos percebeu, o menino acelga surgiu mais a frente do corredor, vindo em sua direção. Com a cabeça abaixada, carregando uma prancheta e anotando na mesma, ignorando tudo ao seu redor. Talvez tivesse oportunidade de esbarrar no mesmo, mas estava enganado, pois o menino acelga desviou de si.

— Cuidado por onde anda, Shishiou-san. — Pronunciou, antes de seguir reto.

Tsukasa parou subitamente e olhou para trás surpreso. Ele sabia o seu nome. Como nunca o tinha visto antes. “Será que é um beta?”, pensou. Absorto por seu pensamentos, não teve tempo para chamá-lo. Tinha desperdiçado uma oportunidade, mas nem tudo estava perdido, Tsukasa descobriu algo interessante sobre o menino acelga, — era membro do clube de ciências, teve sorte que o mesmo usava o jaleco. Agora, só precisava de um nome.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...