História O Ômega Difícil - Yoonseok - Capítulo 22


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Alfa, Bts, J-hope, Ômega, Suga, Yoonseok
Visualizações 969
Palavras 1.853
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Hentai, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 22 - 22


Fanfic / Fanfiction O Ômega Difícil - Yoonseok - Capítulo 22 - 22






•Yoongi•






A semana tinha passado tranquilamente, hoje seria o dia em que iríamos ao lugar que o Taehyung tinha decidido, e de última hora meus pais me ligaram e disseram que tinham que conversar comigo, e como eu iria com Hoseok teria que o dispensar agora


- Yoonnie, já chegaram - Tê grita me chamando, vou até a sala observando os dois alfas e o omega sorrindo, todos bem vestidos


- vamos Solzinho? - Hoseok vem ao meu lado e segura minha mão


- Seok-ah, meus pais me ligaram e eu tenho que ir até a casa deles - respondo


- você não vai mais com a gente Yoonnie? - Taehyung diz manhoso


- vou encontrar vocês lá - respondo sorrindo - pode indo Seok-ah


- eu levo você, tem algum problema? - focava em mim 


- eu não quero te incomodar, vou chamar um táxi e nos vemos lá - ele nega sorrindo


- vamos logo que eu te levo - me puxa pra fora deixando o casal ainda em casa - me diz onde é e a gente chega rapidinho - concordo, digo o endereço de meus pais e assim seguimos até lá






- achei que não vinha filho - meu pai me recebeu sorrindo, ele era um omega novo perto de minha mãe, ela era uma alfa de 51 anos e meu pai um omega de 46 - oh, quem é esse? seu alfa? - coro, nego com a cabeça


- meu amigo - ele me olha desconfiado e logo em seguida pra Hoseok que torce o nariz e sorri


- amigo, sei - diz divertido - entrem - nos dá espaço - a gente tem que falar em particular Min - confirmo com a cabeça, deixamos Hoseok na sala junto a meu antigo cachorro, que mesmo velho ainda era animado, seguimos até a cozinha


- tem algum problema pai? - me sentei na cadeira observando o omega se escorar em um móvel a minha frente


- eu não sabia que você está com um alfa, e sua tia quer passar um tempo com você, pra ser exato um ano - suspira - eu acabei confirmando, e semana que vem você vai pro Canadá, e vai terminar o último semestre da escola por lá mesmo já que na próxima semana já é suas férias


- como assim? do nada? - ele se nega triste


- eu não sabia que você estava com alguém filho, eu juro que se eu soubesse não tinha feito isso - se lamenta - ela disse que queria que você fizesse uma faculdade fora, você sabe que a Seong gosta muito de você - confirmo de leve - eu falei que você podia tentar se acostumar com Canadá, disse que conversaria com você antes, mas ela já comprou a passagem - pega um papel atrás de si e me entrega  - qualquer coisa filho, você me liga que eu te dou dinheiro para voltar, mas fique com ela pelo menos um mês


- mas tão em cima da hora? - ele confirma de leve - mas tem Taehyung, Hoseok - suspiro leve


- eu juro que não sabia, essa não era minha intenção filho - o mais velho se ajoelha na minha frente e segura minha mão - pode ficar só um mês? só pra agradar ela, sabe que sua tia é sozinha, não teve filhos e você é o único sobrinho - confirmo de leve


- vou falar com o Hoseok - meu pai se levanta


- vou chamar ele aqui - confirmo com a cabeça e sorrio pequeno - desculpa filho


- tudo bem pai, você não é o culpado - vejo o omega saindo do cômodo e logo o alfa entra


- tá tudo bem Yoon? seu pai me pediu desculpas, mas eu não entendi - suspiro pesado, apoio meu braços nos meu joelhos e abaixo minha cabeça, o alfa se ajoelha na minha frente


- eu vou ter que ir pro Canadá - Hoseok me olha assustado - meu pai não sabia que eu estou ficando com você e confirmou com minha tia, ela é muito apegada a mim por ser o único sobrinho, ela não tem filhos e o plano dela é que eu fique por um ano - os ombros do alfa se caem e ele suspirou pesado - meu pai pediu pra que eu ficasse um mês, mas eu vou ficar o semestre terminar a escola lá, eu amo ela é quero ver ela feliz, entende?


- e a gente Solzinho? - pergunta triste


- vamos dar um tempo - sorrio tentando o confortar


- eu não posso simplesmente ir pro Canadá com você? - nego


- você tem sua vida aqui Hoseok, deixe de ser bobo, é só um semestre - digo tentando o animar


- mas é um semestre sem te ver, sem sentir seu cheiro e até sem te beijar - faz bico 


- não sabia que você era dramático - brinco - passa rapidinho, e além disso você vai ter a liberdade pra ficar com qualquer pessoa - dou de ombros - assim não vai ficar pensando em mim


- mas eu não quero - o alfa deita sua cabeça em minha perna apoiando seus braços na lateral da cadeira - quero você comigo Yoon - me apoio no encosto e suspiro


- passa rápido - tento mais uma vez animar


- mas é um tempo rápido que podíamos estar juntos - cruzo os braços


- Seok-ah, não é pra tanto, nem namoramos qual a diferença? - dou de ombros


- a diferença vai ser que você não vai tá comigo, precisa de mais Yoongi? poxa - diz triste


- não vou embora pra sempre - levo minha mão até seu cabelo fazendo carinho ali - a gente pode conversar todo o dia, se quiser me ligar não tem problema, é só dá um jeitinho e vamos continuar sendo amigos


- eu não quero te esperar, quero você comigo - diz


- não quero que você me espere, quero que continue sua vida - ele me olha incrédulo - o que foi agora?


- você está terminado o que temos? - me pergunta assustado


- não Hoseok, só estou dizendo que enquanto eu estiver fora você é livre, vai que nesse meio tempo você pode encontrar a pessoa certa - sorrio


- você é a pessoa certa Yoongi - nego


- não sabemos quase nada sobre o outro Hoseok, eu não sou o que você merece - dou de ombros - com toda certeza a muitas pessoas melhores que eu, pessoas que possam te dar toda a atenção que você merece, poxa Hoseok você é incrível e eu não consigo lidar com isso, eu não sou a pessoa ideal pra você - dou de ombros tentando parecer indiferente, mas eu realmente me sentia mal por não ser tudo que esse alfa merece - você ainda vai encontrar a pessoa certa pra te valorizar do jeito que você é, que saiba te dar amor


- você é a droga da pessoa certa Yoongi - se levanta bravo e cruza os braços - vamos embora agora - diz calmo


- você não vai pilotar bravo desse jeito - respondo - não comigo na garupa


- não estou bravo tá? - diz grosso


- não está Hoseok? - me levanto parando na frente do alfa que evitava me olhar - então me olha - peço


- se despeça de seu pai e vamos - não me encarava


- Seok-ah, vou ficar triste se você não me olhar, eu vou ficar muito bravo com você - abaixo a cabeça e digo baixinho 


- a única pessoa que tinha que estar bravo sou eu tendo que ouvir essas baboseira que você fala - o alfa segura minhas bochechas me fazendo o encarar nos olhos - entenda de um vez Yoongi, meu lobo te escolheu e é você - diz calmo - não tem outra pessoa, só tem Min Yoongi pra mim, você é meu e eu sou seu - suspiro meloso, eu estava fodidamente apaixonado por esse idiota - não tem essa de encontrar alguém nesse meio tempo e que eu sou livre, eu posso não ter te marcado, mas você é meu e pronto, meu lobo não quer outra pessoa, eu não quero outra pessoa a não ser você - todo corado tento abaixar minha cabeça porém o alfa impede - olha pra mim - pede - eu sei que é louco, mas eu te amo Yoongi - me encarando intensamente, sei lobo estava com medo, medo de ser rejeitado, meu peito se aquece com aquelas palavras, os olhos do alfa buscava alguma reação minha, olhava por todo meu rosto enquanto eu estava estático


O sentimento era recíproco, eu não sabia como falar, pode ser apenas um simples " Eu te amo" mas não conseguia, eu tinha muita vergonha, mas sim, eu amava aquele idiota e meu lobo tinha o escolhido desde o momento que o viu 


O alfa já tinha o olhar baixo, rapidamente abraço o alfa totalmente envergonhado escondendo meu rosto em seu peito


- te amo Seok-ah - digo baixinho e abafado, eu não sei onde saiu tanta coragem, mas eu não queria que ele ficasse triste, meu lobo o sentia estar assim de coração apertado, Hoseok estava certo, mesmo sem marca estávamos ligados, suspiro me dando por vencido


os batimentos do alfa eram fortes, eu sentir e os ouvia perfeitamente, seus braços me apertam firme, podia sentir suas mãos tremendo ao me tocar, ficamos um tempo abraçados até que ouvimos o barulho da porta, pelo cheiro forte de café sei era minha mãe


- quem é o alfa que está em casa? - grita, ele vem até a cozinha nos encarando - quem é você e por que está agarrado ao meu filho? - diz, meu pai aparece 


- Soon, é o alfa do Yoongi - me faz corar - se você não fosse o escândalo em pessoa poderia ver os dois numa cena fofa, sabe por quanto tempo esperei Yoongi arrumar um namorado?


- desculpa - diz sorrindo - continua gente, vou ficar aqui no cantinho vendo - se era possível ficar mais envergonhado que eu não sabia como, evito olhar pra Hoseok


- eu sou Hoseok, amigo de Yoongi - diz irônico


- exato, amigo - meu pai continua com o tom de ironia 


- Ya! - digo envergonhado


- você vai passar o resto da noite aqui Hoseok? - minha mãe perguntou animada


- não mãe, nós temos um compromisso, e além disso se eu continuar aqui você vai me deixar envergonhado na frente dele - digo, me solto do alfa indo até a mais velha que sorria


- você é um péssimo filho tá? - beijo a testa da grisalha que sorri - eu te amo, se cuida - ela acaricia meu rosto


- eu te amo mãe - abraço meu pai - te amo, nós já vamos tá?


- tudo bem - Hoseok se despede com um beijo na mão de minha mãe é um abraço apertado no meu pai


- eu gostei da sua mãe Yoon - ouço o alfa atrás de mim - vai falar pro Taehyung hoje? - nego


- amanhã - coloco o capacete tentando não olhar o alfa, eu ainda estava com vergonha


- eu já disse que não é pra ter vergonha Solzinho - me vira para si - é só eu, seu alfa.


Notas Finais


Oi



não seja um leitor fantasma



achei uma dona pro dog


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...