História O ômega que se Dizia Alfa (JIKOOK) - Capítulo 15


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Bangtan Boys (BTS), Jikook, Kookmin, Romance, Yaoi
Visualizações 116
Palavras 1.094
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Lemon, Magia, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Estamos aqui para mais um Cap,e peço desculpas pelo capítulo passado,sei que foi pouco mas irei tentar aumentar com o tempo. :3

Capítulo 15 - Capítulo 15


Fanfic / Fanfiction O ômega que se Dizia Alfa (JIKOOK) - Capítulo 15 - Capítulo 15

Jungkook•

Não aguentei ficar ouvindo seus choros baixos,me culpei por isso...mas pensando no meu lado,eu apenas estava falando a verdade,ele não para de me encher nesses dias,eu mal consigo dormir!

Me levantei e fui para a cozinha pegando a cópia da chave da porta do quarto,fui andando até lá,seu choro havia parado,estava tudo silencioso.Apenas abri a porta e o vi sentado na cama olhando para suas mãos dando leves soluços.

Jimin...

Jm: —Se veio aqui para falar mais,peço que se retire.

Ele fala curto e grosso,olhei para ele por um momento sem reação alguma.

Você tem que entender meu lado,você não deixa eu dormir Jimin,esta sempre me pedindo para comprar coisas ou pegar coisas para você.Não sou obrigado a aturar suas chatisses todo dia...

Vejo um sorriso leve formar em seus lábios.

Jm: —Oh,sério?não aguenta eu reclamar de dor nas costas pelo peso do nosso filho?não aguenta mais eu pedir para você pegar alguma coisa no chão porque não consigo pegar pois a barriga atrapalha?não consegue me aturar todo dia?fique tranquilo...eu irei me retirar.

—Espere...como assim se retirar?

Jm: —Estou dando trabalho?pois então irei embora,e não quero você indo atrás de mim,me esqueça.

Aquilo foi como levar um tiro,arregalei os olhos,imaginar Jimin e o meu filho longe de mim é torturador,eu vou enlouquecer.

—Minnie...espere,não tome essa decisão pelo momento,por favor...vamos conversar.

Jm: —Já conversamos bem hoje,não quero saber,fique longe de mim...quando eu ter meu filho...não venha nos ver.Aliás não sou obrigado a aturar sua grosseria e suas agressões quando esta estressado.

Vejo ele se levantar com uma mala pronta no canto da cama,engoli seco e fui até ele segurando seus ombros o olhando.

—Jimin...por favor,não podemos acabar assim,fica aqui...por favor,eu quero te ver...quero ver meu filho,me desculpe.

Ele olhava para o lado,apenas se soltou e foi andando para fora,fui átras dele assim que ele saiu de casa,puxei seu braço.

—Não irei deixar você ir assim...

Jm: —Jungkook,me solta...estou falando sério.

Assim que neguei vi que policiais me observavam ali de longe,engoli seco e para não arranjar mais confusão o solltei,Jimin me olhou e foi andando,minha respiração estava pesada,não queria deixar ele ir,ver Jimin indo embora com uma mala ao lado esperando um filho meu foi a pior dor que já senti.

Apenas me sentei na porta de casa e cobri meu rosto com minhas duas mãos,respirei fundo,meus olhos pela primeira vez,lagrimejaram...depois de anos,eu queria chorar...chorar ao ver que acabei de perder quem eu amo.

Fiquei ali por longas horas olhando o mar,mordendo os lábios e olhando para o horizonte,uma lágrima escorre de meu rosto,meu alfa estava machucado,louco para correr atrás do ômega e o implorar o perdão.

—Jimin...por favor,volta...

Disse apenas cobrindo meu rosto novamente com as mãos.



Jimin•


Eu realmente estava triste,com todos estes acontecimentos,Jeon havia mudado bastante nesses dias e...eu não estava gostando de sua mudança,ele estava ficando mais agressivo,eu estou esperando um filho...não posso nem ao menos me esforçar muito e nem ficar tão estressado e triste como estava ficando com ele.

Eu não vou embora,apenas irei ficar longe,por um bom tempo...o tempo necessário para ele pensar em suas atitudes,rever seus atos...mesmo eu sendo ômega,tenho meu direito.Nesse momento estava no Aeroporto pois iria visitar meu Omma Kim Seokjin em Paris,a cidade mais linda que já vi.

[...]

Depois de horas já estava chegando em Paris,pude ver a Torre Eiffel,estava luminosa e linda como sempre,suspirei acariciando minha barriga.

Bom...lá vamos nós passar um bom tempo com sua vó...Appa não vai estar mais presente para te acalmar então...peço que colabore comigo e não se mexa muito aí dentro,esta bem?

Sorri fraco acariciando minha barriga,suspirei e fiquei olhando pela Janela,queria chorar...mas sei que essa decisão vai ser boa...para nós dois.

Assim que pousei em terra francesa,peguei um táxi e fui direto para casa,estava ansioso para ver minha Omma depois de tanto tempo longe dela,meu Appa não vai gostar muito de ver que eu estou com um barrigão e que o pai do meu filho esta em Caribe,mas sei que quando meu bebê nascer ele vai ser o vô mais meloso que tem.

Não os contei?vai ser menino,infelizmente Jungkook ganhou a aposta que fizemos e ele me obrigou a sair de pijama de pikachu na rua por três dias,se eu ganhasse ele teria que me dar tudo que eu quisesse.Mas o coelho safado ganhou,oque me deixou um pouco indignado.

Cheguei em frente minha antiga casa,respirei fundo e olhei para as Janelas,as luzes etavam acesas e parecia que o lugar estava bem agitado,arqueei a sobrancelha e fui andando até a porta,bati na mesma ansioso para ver meu Omma.

A porta foi aberta...Seokjin me olha e arregala os olhos paralisando um pouco.

Seokjin: —J-Jimin?

Sorri fofo a olhando com lágrimas.

Quanto tempo,Omma.

Vi meu Appa Namjoon correr rapidamente até a porta e me ver,os dois correm e me abraçam.

Nam: —Não acredito que meu bebê voltou para casa.Estava com tanta saudade,sua mãe já estava quase tendo um treco.

Dei risada e os olhei,entramos e minha mãe preparou seus maravilhosos biscoitos franceses com um chá de cidreira,conversamos e eu contei cada detalhe a eles e até sobre minha gravidez,Meu Appa não gostou muito e disse que se ele ver o Alfa Lúpus ele irá castrar ele com a mão,apenas ri e suspirei abraçando minha Omma,queria apenas seu carinho para poder relaxar diante disso tudo.

Ouvi um barulho na porta e estranhei,quando a mesma se abre sorrio grande não acreditando.

Taehyung: —Viado...não acredito,é você mesmo?!

Hoseok: —JIMIN-AH!!!!!

Yoongi: —Misericórdia olha o tamanho daquilo que esta na barriga dele.

Me levantei de vagar e fui abraçar meus amigos,senti tanta falta deles,Tae,Hope e Yoongi são meus amigos desde a infância,assim que nos formamos na faculdade eu fui embora da França,faz muito tempo que eu não os via.

—Senti tanta saudades dos meus três viados favoritos.

Taehyung: —Eu também minha tampinha de Coca-Cola de cereja,nem acredito que já esta prenho...quem foi o vagabundo?

Dei risada e suspirei sabendo que teria que contar tudo novamente.

[...]

Depois de muito bate-papo com meus amigos e meus pais,os meninos foram embora e eu fui para meu quarto,meu antigo quarto...minha mãe havia arrumado ele para mim e estava maravilhoso,olhei ao redor vendo coisas e desenhos que eu fazia quando mais novo,e até calendário com datas em vermelho indicando dia das provas,suspirei me sentando na cama e acariciando minha barriga,olhei para a Janela vendo a Torre Eiffel que estava um pouco perto,olhei para o céu estrelado.

Desculpe Kook...mas não tinha outra saída.






Notas Finais


Opa!eai?gostou deste Capítulo?tentei fazer ele grande...apenas tentei mesmo,bom espero que tenham gostado e até o próximo Cap! 안녕~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...