1. Spirit Fanfics >
  2. O ômega que se Dizia Alfa (JIKOOK) >
  3. Capítulo 17

História O ômega que se Dizia Alfa (JIKOOK) - Capítulo 17


Escrita por:


Notas do Autor


Escrevendo ao Som de Winter Flower~ Olá meus lindoas!!

Capítulo 17 - Capítulo 17


Fanfic / Fanfiction O ômega que se Dizia Alfa (JIKOOK) - Capítulo 17 - Capítulo 17

Jimin•

Assim que chegamos em sua casa,fui para a cozinha preparar a mamadeira de Woo.Coloco a mamadeira em banho Maria e fico na cozinha pensativo,Jeon estava com o bebê na sala distraindo e brincando com o pequeno.

Estava com medo...medo de eu voltar com Jungkook e ele continuar sendo agressivo como antes,não seria bom para nosso filho.

Assim que a mamadeira ficou pronta,fui para a sala,me sentei no sofá cinza ao lado do Alfa,o pequeno ria enquanto Jeon brincava apertando sua bochecha,podia ver o brilho em seus olhos,ele realmente estava querendo ver Woo.

Chega de brincar com o papai,você precisa mamar.

Jk: —Por que não o amamenta no peito?

—Tenho vergonha.

Digo ouvindo um riso soprado do maior.

Jk: —Minnie...eu já vi tudo aí,em todas as posições possíveis.

—Aigo!eu sei...mas quero dar a mamadeira,pronto.

Dei a mamadeira para o pequeno que mamava olhando para meu rosto enquanto mexia os pequenos pés,mas não durou muito pois já estava sonolento,piscava devagar seus olhinhos puxados,mas há motivo,já que viajamos por horas.

Comecei a cantar baixinho o movendo devagar em meus braços,uma das canções que minha Omma cantava para mim quando pequeno.Não demorou muito para ver o meu pequeno anjinho dormindo em meus braços.

Posso colocar ele em sua cama?para podermos conversar melhor?

Jeon concordou e me levou até seu quarto,estava escuro com apenas a luz da grande janela com cortinas brancas balançando lentamente pelo vento gelado lá fora.Coloquei o bebê na cama de bruços e o cobri com o cobertor quentinho enquanto Jungkook fechava a Janela para o vendo frio não deixar Woo doente,respirei fundo olhando para meu bebê,logo senti mãos em minha cintura,o mesmo havia encostado o queixo em meu ombro.

Jk: —Não sabe o quão eu estou feliz em encontrá-lo novamente,ver meu filho é algo maravilhoso,passei todo este tempo imaginando como ele seria,se ele estava bem...se você estava bem...

—Deveria ter pensado duas vezes antes de fazer besteira...

Jungkook solta um suspiro cansado e vai andando para a sala,fui andando atrás do mesmo,nos sentamos no sofá e começamos a conversar,sobre o passado e oque faríamos agora no presente,acabou comigo em lágrimas e Jungkook segurando em minhas mãos me olhando e dizendo coisas.

Jk: —Podemos tentar novamente Jimin,arrancar esta página ruim e começarmos uma nova,oque acha?vamos ser uma família novamente Minnie...você,eu e nosso filho.

Fiquei o olhando pensativo,acabei o perdoando pelo que o Alfa fez a um bom tempo atrás,o abracei forte.

Jk: —Eu prometo...irei ser um bom pai e um bom marido.

—Marido?

Pergunto em lágrimas o olhando.Quando vejo Jungkook tirar uma caixinha aveludada preta do bolso,abrir e ter duas alianças lindas e delicadas.

Jk: —Jimin...Casa comigo?

Sorri bobo apenas aceitando com a cabeça,ele da um sorriso largo e me pega me erguendo para cima e me beijando.

Jk: —Daqui para frente...Juntos.

Juntos.

Olhava em seus olhos castanho escuro,sorri grande e o vi colocar a aliança em meu dedo,coloco no seu e o abraço forte não demorando muito para selar nossos lábios.


Jungkook•

De onde tirei os anéis do bolso?bom...eu os tinha desde quando eu e Jimin estavamos juntos na casa da praia,estava prestes a pedir ele em casamento até ocorrer aquilo tudo.Então aproveitei que Jimin estava na cozinha e a peguei.Eu estou muito feliz,por saber que Jimin ainda me ama depois do que eu fiz,depois de eu tê-lo agredido várias vezes,eu me arrependo muito.Mas consegui tê-lo para mim,e daqui para frente tudo irá melhorar.


[...]


No dia seguinte lá estava eu brincando na sala com meu filho enquanto Minnie preparava o almoço,Woo estava quase andando,porém ainda se apoiava nas coisas.

Ele era bem energético,quando ouvia uma música já ficava agitado dando pulinhos segurando um de seus brinquedos,dei risada.

—Você tem muita energia,vai esgotar o papai deste jeito.

O peguei no colo e o ergui para cima vendo o mesmo sorrir e dar gritinhos felizes,sorri grande o olhando.

—Você pode se parecer com sua Omma,mas o sorriso é do papai aqui.

Sorrindo vitorioso,mas logo sinto um cheiro desagradável,fiz careta.

—Jimin-ah!Nosso filho esta podre.

Jm: —Ele fez cocô,vá para o quarto trocar ele.

Jimin deu risada da cozinha,mandando um "Se você conseguir".Levei o bebê para o quarto,claro que irei conseguir pois eu sou Jeon Jungkook,não há nada que não sei,eu consigo liderar uma grande empresa,trocar uma frauda não deve ser um bicho de sete cabeças.

Deitei o mesmo na cama e abaixei sua frauda,quase vomitei.

Meu Senhor amado,Isso tudo foi o leite que você tomou?

Parecia que meu filho cagou o mais puro vudu dos infernos,dobrei a frauda rapidamente e jogando no lixo logo o limpando direitinho de acordo com o Google.Pois Jimin é maldoso e não quis me dar dicas.

Quando ele estava limpinho peguei a frauda para colocar nele,mas senti um jato molhar minha camisa toda,Woo havia feito xixi,respirei fundo ouvindo o bebê dar risada parecendo estar se divertindo com a situação,olhei para o tutorial no Google.

"Sempre tampe a parte íntima do bebê quando se é um menino,pois acidentes como um jato de xixi voando em você pode acontecer."

—Ah,você vem me avisar agora?Tutorial idiota.

O limpei novamente,passando pomada,talco e óleo de bebê em suas perninhas para não ressecar.

Quando terminei ergui o bebê para cima.

CONSEGUI!

Sorri comemorando,olhei para o lado e vi Minnie encostado na porta me olhando,vendo minha situação o menor acabou rindo e se retirou por fim dizendo.

Jm: —A Frauda esta ao contrário.

Abri a boca e olhei para a frauda,suspirando exausto,ser pai não é nada fácil,principalmente quando o seu amado faz nem questão de ajudar pois quer ver eu passando vergonha e nem Woo me ajuda pois fica se mexendo toda hora na hora de trocar a frauda.O vesti certo e troquei de camisa jogando a minha no cesto de roupa suja.

Fui para a cozinha com o pequeno no colo mordendo seu brinquedo de silicone.

Na próxima...eu fico com a mamadeira.

suspirei cansado entregando Woo para Jimin.O menor foi até a mim e me deu um selinho e me olhando.

Jm: —Parabéns,você é um papai guerreiro,merece um prêmio.

Conhecia bem aquele sorriso,não deixei de Sorrir malicioso.


Notas Finais


Capítulo postado!me digam oque acharam na sinceridade para eu poder saber se devo mudar algo.

Não revisei o capitulo então...me desculpem os erros.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...