História O outro lado de Gravity Falls - Capítulo 14


Escrita por:

Postado
Categorias Gravity Falls
Personagens Bill Cipher, Dipper Pines, Mabel Pines, Pacifica Northwest
Visualizações 56
Palavras 720
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Luta, Magia, Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Violência
Avisos: Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Bem.. já que eu sou um lixo humano e demorei um século para postar.. nd mais justo do que postar mais agr. Né?

Capítulo 14 - Treinamento (parte 2) "contratempos..."


**Bill**

Entrando dentro da casa comecei a ter muitas recordações, ruins e boas... Mas, logo me recompus, fiz alguns aperitivos para a Estrela, já que a mesma parecia realmente faminta. 

Em seguida resolvi me esforçar para fazer um jantar digno de uma princesa, coisa que realmente deveria ser, já que a Estrela parecia realmente estar se esforçando.

Fiz tudo com muito capricho, e admito que nem percebi quando o relógio deu 18 horas.

Nos depois de dar o dinheiro breves últimos retoques, fui verificar a Estrela. Que para o meu pânico, não estava no jardim. 

Realmente.. estou bem estranho.. já que eu tive esse pensamento precipitado, quase que eu não percebo a Estrela. Que estava tentando fazer um portal para me assustar. Então é isso que eles querem dizer quando dizem que o amor pode causar cegueira? É isso?

-Ahhh- Estrela fala frustrada- Eu realmente achei que daria um susto em você!

-Acho que vai precisar de mais do que isso.- Bem,  talvez ela tenha me assustado por um segundo com sua ausência. 

-Mas pelo menos eu estou muito boa nisso!- sorri animada

-É acho que você melhorou...

-Sério!- Seus olhos castanhos brilharam.

-Sim, acho que você, cara aluna, merece uma recompensa.- pego em sua mão- feche os olhos, e nem pense em espiar. Eu saberei se o fizer.

-Tá bom!- respondeu fechando os olhos.

Peguei em sua mão e a guiei pela casa, levando-a para a sala de jantar(claro que eu poderia nos levar por um portal, mas é bem mais divertido fazer ela ficar cada vez mais curiosa.). Quando a posicionei frente á mesa, falei:

-Pode abrir os olhos.

Finalmente ela os abre, e me olha curiosa.

-Você que fez? Ou invocou?

-Quanta ousadia , cara aluna, claro que eu, o sensei Cipher, fiz tudo isso.- sorrio convencido.

-Ei Bill- ela fala meio tímida

-É sensei Cipher até você se formar, mas continue.

-Obrigada- Fala de forma tão meiga que não consigo me segurar, levanto seu rosto antes abaixado, e a beijo. 

Seu rosto já avermelhado, fica parecendo um pimentão, mas não demora muito para ela retribuir. 

O beijo era calmo, mas era delicioso de qualquer forma. Encerramos o beijo, e a Estrela ainda parece um pouco tímida.

Mas isso não a impede de parecer animada para comer a comida preparada por mim. Será que ela gostaria que eu fizesse isso mais vezes? Bem, a Estrela cozinha bem mal.. isso eu posso afirmar... 

Logo na primeira garfada a expressão dela muda. Parece surpresa, será que não gostou?

-Está..- Ela me olha- DELICIOSO! Nem acredito que você se esforçou tanto só por mim.

-Ei.. Não é por que eu sou um demônio que eu não posso fazer nada por você- falo, admito que fiquei um pouco ofendido.

-Desculpe... Não foi isso que eu quis dizer.- desvia o olhar, parece meio triste..- Eu quero te ajudar também, vou me esforçar também, afinal, somos um casal, não é?- sorri meiga

-Você me deixa louco com essa sua personalidade, e nem precisa se esforçar, eu já  te amo assim. - digo me aproximando e beijando sua testa - Agora talvez fosse melhor dormirmos, vamos acordar cedo amanhã.

-S-sim- ela gagueja.

Como ela pode fazer isso comigo?

**Mabel**

Fomos dormir logo em seguida, e admito, o Bill consegue mexer comigo.. de uma forma tão... diferente.. 

Meus olhos pesam, e eu durmo ao lado do Cipher.

-------------Quebra de tempo---------------

-Acorda,  Estrela- uma voz mais do que conhecida sussurra.

-Estou indo- falo entre bocejos- que horas são?

-5 da manhã

-Não é muito cedo?- pergunto ,enquanto tento, e falho, em me esquentar entre os cobertores.

-Justo hoje, que eu ia te ensinar muitas magias legais?- dá uma pausa e se levanta- é uma pena não é mesmo?

-Ei! Tá bom!- me levanto 

-Vou ver se tem alguma coisa para você comer.-Bill fala antes de ir embora.

-Obrigada..- falo, ou tento, enquanto escovo meus dentes 

Escovo meu cabelo e coloco uma roupa esportiva. Desço as escadas, e vejo Bill falando com alguém no telefone.

- tem alguma idéia melhor? Se não quer problema seu, vou fazer de qualquer jeito.- Ele desliga o telefone bruscamente.- Estrela... temos que ir... 

-Quê? Mas nem terminamos!- insisto

-Aqui está, é a única coisa que você vai ter para comer em algum tempo.. Mas não se preocupe vamos ter que caminhar um pouquinho.. e depois encontrar uma pessoa..- Me entrega um pacote , me iguinorando, e em seguida pegando minha mão.

Ele abre um portal... Mal tenho tempo para reagir.. só sinto ele me puxando para dentro dele.




Continua...


Notas Finais


Espero que tenham gostado! E desculpem por qualquer erro!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...