1. Spirit Fanfics >
  2. O pai da minha aluna - imagine park jimin >
  3. Capítulo 12

História O pai da minha aluna - imagine park jimin - Capítulo 12


Escrita por:


Notas do Autor


Gente mil desculpem pela demora

Capítulo 12 - Capítulo 12


Fanfic / Fanfiction O pai da minha aluna - imagine park jimin - Capítulo 12 - Capítulo 12

Capítulo 12

Acordo com um ser chorando, pego meu celular e vejo que era 4 da madrugada, levanto e vou pro quarto de hóspede, assim que abro a porta vejo a menor sentada no chão chorando de frente pra porta

- ohh meu amor – eu vou até ela e a pego no colo – não chora meu neném, a omma tá aqui – ela deita a cabeça em meu ombro, eu vou até a cama e pago sua chupeta, coloco em sua boca e ela logo pega parando de chora, eu saio do quarto e vou pra varanda com ela, me deito na rede colocando ela do meu lado, ela me abraça e vai fechando os olhos aos pouquinhos e eu acabo fazendo o mesmo

(...)

Jimin p.o.v.s

Acordo e não vejo a sn, olho a hora e vejo que são quase 6 horas, e como hoje é quarta eu estou de folga e nem sei o que fazer pela manhã, levanto da cama e vou atrás da sn, e acabo me lembrando de ontem e acabo rindo bobo. Vou no quarto que coloquei a jeomin e nenhuma tava lá, procurei elas pela casa toda e nada, fui pra varanda e lá tava as duas dormindo, fui até a sn e enchi seu rosto de beijo, fazendo a mesma se acorda, ela me olha e logo sorri e eu lhe dou um selinho

- levanta se não vcs vão se atrasar – ela só concorda

Jeomin: meme appa (comer appa) – olho pra ela e vejo que ela tava com os olhos fechados

- appa já vai fazer, agora levanta pra se arrumar pra ir lá colinha

Jeomin: naum appa naum, lo loge (não appa não, só hoje)

- vai ficar com o papai hoje? – ela concorda – então tá bom, vamos ajudar o papai a fazer o café? – ela solta a sn e estica os bracinhos – posso? – falo olhando pra sn e ela concorda rindo – tá bom, vai se arrumar! – saio de lá indo pra cozinha

Sn p.o.v.s

Depois que eles saíram eu levantei e fui me arrumar, tomei um banho, peguei uma roupa qualquer (look 1), depois de pronto eu desci com minhas coisas e coloquei em cima da mesinha da sala e fui pra cozinha, assim que entro vejo o Jimin dando comer da jeomin, ela olha pra mim é sorri fofa e logo o Jimin olha

Jimin: nossa que linda – sorrio timidamente – tão fofa – fala rindo

- vai se lasca Jimin! – vou até eles e beijo a testa da menor – eu já tô indo

Jeomin: pa londi? ( pra onde?)

- pra escolinha meu anjo

Jeomin: pu que?

- pq eu tenho que trabalhar

Jeomin: lai naum omma (vai não omma)

- a omma tem que ir neném – ela faz uma carinha triste – fica assim não, logo a omma volta – ela só concorda toda triste, eu olho pro Jimin e ele da de ombros – Vamos fazer assim, quando a omma chegar vamos chamar os meninos e ir pra praia o que acha? – ela me olha com os olhos brilhando

Jeomin: memo? (Mesmo)

- sim meu amor

Jeomin: lao tá (então tá)

Jimin: praia logo hoje?

- o que tem? Vai tá no trabalho?

Jimin: não tô de folga hoje

- então macho melhor ainda – ele sorri – bom eu já vou se não vou me atrasar – beijo novamente a testa da menor e vou andando só que Jimin puxa meu braço e fazendo voltar

Jimin: só tem ela aqui? – eu sorrio e o beijo

Jeomin: leca qui nojinho (eca que nojo) – sorrimos e paramos o beijo, olhamos pra ela e a mesma tava com os olhos tampado

- ahhh mas quando vc começar a faze isso com o Júnior vc não vai falar isso! – o Jimin me olha bravo – nem vem me olhar assim, pq eles nasceram um pro outro – quando ele ia falar eu lhe dou um selinho – tô indo – saio de lá indo pra garagem

(...)

Estávamos na praia, os pivetes tavam tudo brincando na área, as meninas estavam tirando foto, e eu tava tentando mexer no meu celular, e eu tava usando um belo biquíni né claro (look 2)

- minie me da meu celular!

Jimin: não em casa! – reviro os olhos

- aí chegar em casa vc não vai deixar! – ele sorri – park jimin! Deixa eu ver o que minha mãe falou! – ele pega o celular e coloca na bolsa

Jimin: em casa baby

- macho chato da poha – falo só pra mim é ele sorri me abraçando

Jeomin: omma – ela vem até nos toda melada de área – nia omma nia (agonia omma agonia)

- vamos tira essa área na água – ela vai correndo, o Jimin me solta e eu levanto indo atrás da menor, ela para na beira da água e fica me esperando – tá com medo de angra pequena? – falo me aproximando e ela concorda me fazendo rir, assim que tava chegando junto alguém bate em mim, me fazendo tomba pra trás

??: nossa desculpa – olho pra pessoa e vejo meu amigo brasileiro

- caralho Jhony é tu mesmo leke? – ele sorri concordando

Jhony: finalmente te achei rapariga – sorrio e nos abraçamos

- viado quanto tempo em

Jhony: mona tu some sem da notícias

- eu eu falei pra aninha que ia vim ela não te avisou?

Jhony: não mulher, ela sumiu também – sorrio – cadê da uma voltinha aí – ele segura minha mão e me faz da uma volta, que gostosa em – sorrio

- e os Boys?

Jhony: não sei mulher – sorrio e sim ele é gay – caralho cê tá com uma bunda em – ele bate em minha bunda

- eu viado que isso – ele fica rindo

Jhony: tem um gostosinho vindo em nossa direção – olho da trás e vejo o Jimin vindo todo irritado

- eita caralho

Jhony: conhece?

- sim

Jhony: acho que ele não tá com uma cara muito boa

- tá mesmo não – o Jimin chega junto e da um soco na cara do jhony fazendo o mesmo cair no chão – park jimin!!! – ele me olha – pq fez isso? – ajudo o jhony a levanta

Jimin: ele tá te palpitando e vc ainda deixa? Sai de perto dele sn!

- Jimin vc não pode chegar assim batendo nas pessoas sem saber!

Jimin: posso sim, sou seu namorado! – olho pra ele seria

- desde quando vc me pediu em namoro?

Jimin: isso não importa!

- claro que importa! E outra ele é meu amigo do Brasil, e lá temos esses costumes! – ele olha pra jhony

Jimin: toca na bunda dela mais uma vez pra vc vê se eu não te mato! – ele volta revoltado

Jhony: caralho sn que estressadinho tu foi arrumar em – sorrio negando

- vc tá bem?

Jhony: queria que ele batesse assim em minha bunda me fodendo gostoso pra caralho – sorrio

- deixa disso menino kkkkk

Jeomin: omma – ela chega junto

Jhony: tem filha sn?

- não é filha dele, mais me chama de omma

Jhony: ahhh entendi, bom eu vou indo que já tô atrasado

- tá bom jhony, ainda tô com o mesmo número só que não funciona

Jhony: me passa seu número – ele me da seu celular e eu coloco meu número – vou indo – nos despedimos e ele foi, tirei a área da jeomin e ela voltou pra onde os pequenos estavam e eu voltei pra onde tava

- vc não tinha o direito de ter feito aquilo Jimin! – ele não fala nada – vc tem sorte que ele não é de briga seu idiota!

Kook: relaxa sn ele só ficou com ciúmes

- eu sei, só não precisava sair batendo nas pessoas, caralho eu sei me vira muito bem sozinha, nunca precisei de homem nenhum pra me defender não! – assim que ia me levantar pra ir pra junto das meninas ele me puxa me fazendo cair sentada em seu colo

Jimin: me desculpa vai, foi sem querer, isso falou mais alto – olho seria pra ele – é sério, me desculpa

- tudo bem Jimin – reviro os olhos

Jimin: ei – ele vira meu rosto pra ele e fica alisando o mesmo – me desculpa mesmo, e que sei, eu só tô com medo de... – não o deixo terminar a fala o beijando, no fim do beijo eu colo nossas testa e o olho

- vc não vai me perde ok – ele sorri concordando e me da um selinho



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...