História O pai da minha amiga - Capítulo 43


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Bts, Incesto, Masoquismo, Taehyung Daddy
Visualizações 240
Palavras 976
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


DESCULPEM PELA DEMORA ESTOU MUITO OCUPADA ULTIMAMENTE!

Boa leitura🐼❤🍙

Capítulo 43 - Sogro


Fanfic / Fanfiction O pai da minha amiga - Capítulo 43 - Sogro

2 dias depois

Já havia se passado mais dois dias, dois dias em que não consigo pregar os olhos sabendo que minha mãe está exausta de tanto trabalhar, sabendo que Taehyung ainda está doente, sabendo que aquele tal de Sun pode agir a qualquer hora agora que Taehyung está sem ir em suas empresas, sabendo que a qualquer momento algo pode acontecer comigo que irá machucar Taehyung.

Tae: ainda acordada? -ouço a voz sonolenta de Tae.

S/n: Não consigo dormir -sussurro o encarando.

O mesmo abre minimamente seus olhos me encarando e o silêncio tomou conta do quarto, já eram 4:00 da manhã e eu ainda não havia pregado os olhos, hoje era folga da mamãe o que me deixou aliviada, resolvemos contar sobre o nossos namoro para papai e ele iria vir aqui em casa hoje para almoçarmos.

Tae: tente dormir um pouco, daqui a pouco temos que preparar um almoço -boceja.

S/n: tá -digo baixo.

O mesmo fecha os olhos de novo me puxando mais para si me abraçando,  me encolho em seus braços agarrando sua camisa, depois de um tempo sinto meus olhos se fecharem aos poucos e vou me entregando ao sono.

[...]

Tae: amor acorda -ouço a voz rouca de Taehyung.

Abro os olhos devagar vendo a claridade entrar pela janela me fazendo grunhir, olho pra trás vendo o loiro me encarar com um sorriso fraco.

S/n: que horas são? -digo com a voz falha.

Tae: 11:37 -diz me fazendo passar as mãos no rosto.

S/n: ainda estou cansada -digo e o mesmo me encara.

Tae: durma mais um pouco, vou ir fazendo o almoço -beija minha testa.

Logo o mesmo fecha as cortinas e sai do quarto me fazendo fechar os olhos e pegar no sono de novo.

Pov Taehyung on

S/n está muito cansada ultimamente, ela é muito nova e está passando por tanto estresse, não queria ve-la assim, não gosto de ve-la assim, termino de preparar o almoço logo dando uma olhada em minhas redes sociais e vejo mensagens de Suhoo.

Bebêzinha: Pai? O senhor está bem? Anda comendo bem? Estou preocupada 😞. Quando puder venha me visitar!

Tae: oi filha, estou bem sim obrigado, está tudo bem por aí? Irei te ver o mais breve possível, tenho algumas coisas pra te contar, talvez você não fique feliz, mas é uma escolha minha que está me fazendo bem!

Ouço o forno apitar indicando que a comida estava pronta, desligo vendo Lia entrar na cozinha sonolenta.

Lia: já começou sem mim? -me olha.

Tae: não quero que se esforce tanto, descanse enquanto trabalho -a olho.

Lia: você também não pode se esforçar tanto Taehyung, está doente -diz bebendo água -onde está S/n?

Tae: dormindo....ela anda muito estressada ultimamente, está preocupada com você e com as ameaças de Sun -suspiro.

Lia: tadinha da minha filha, tão nova e passando por esse estresse, na faz bem a ela -diz frustrada.

Tae: tome um banho e se arrume, irei chama-la, já já o pai dela estará aqui -digo arrumando a mesa.

Lia: ok -diz saindo.

Quando termino de arrumar as coisas subo para o quarto de S/n, entro no mesmo e a vejo penteando seus cabelos longos, ela estava linda com um vestido vermelho solto que marcava sua cintura e seus pequenos seios, me sento na cama a observando e a vejo virar de um lado pro outro na frente do espelho observando seu corpo.

S/n: acho que eu vou colocar silicone -diz ainda se olhando.

Tae: não -a repreendo.

S/n: por que não? -me olha botando as mãos na cintura.

Tae: por que eles cabem perfeitamente em minhas mãos -a olho.

A mesma cora comprimindo os lábios em um fio e fica de costas pra mim, me levanto indo até ela e a abraço por trás depositando um beijo em seu ombro.

Tae: você está linda -digo e a mesma sorri boba.

S/n: você também está -me olha pelo espelho.

Sorrio e a mesma se solta de mim e se vira me dando um selinho, logo ela vai até sua cama a calça seu tênis preto, logo descemos.

[...] 

Pov S/n on

Estava sentada no sofá esperando papai e Milena chegar, vejo Tae andando de um lado pro outro, ora suspirando ora arrumando sua gravata, me levanto rindo e vou até ele.

S/n: está nervoso? -pergunto e o mesmo me encara.

Tae: N-não que isso -sorri nervoso.

S/n: sei -rio.

Arrumo sua gravata e o mesmo segura minha cintura me encarando.


S/n: já disse que adoro te ver de terno? -digo terminando de arrumar sua gravata.

Tae: não -arqueia uma sobrancelha -por que?

S/n: te deixa sexy -sussurro.

O mesmo sorri e ouço alguém bater na porta.

Lia: ai deve ser eles -diz descendo as escadas.

A mesma estava com um vestido verde água com algumas pedrarias e um salto agulha preto, Taehyung segura minha mão ficando do meu lado e entrelaça nossos dedos, logo mamãe abre a porta revelando papai e Milena. Logo eles se cumprimentam e entram nos olhando, ficamos frente a frente e vejo papai respirar fundo olhando Taehyung.

Joung: então nos encontramos de novo -sorri fraco estendendo a mão.

Tae: olá Sr. Park -aperta sua mão -Sra. Park -aperta a mão da mesma.

Joung: sem formalidades, agora pode me chamar de Joung, já que faz parte da família -diz e me encara.

S/n: bom, vamos comer -digo quebrando o gelo.

Mi: isso vamos -sorri.

Logo nos dirigimos até a mesa e nos sentamos.

Tae: espero que gostem, um de meus fortes é cozinhar -sorri fraco.

Mi: Oh, foi você quem fez Taehyung? -o olha.

Tae: sim -sorri sem graça.

Lia: olha, eu já dei uma beliscada na comida e posso dizer que é tão deliciosa quanto a de S/n -diz se servindo.

S/n: ei -reclamo fazendo um bico.

Os mesmo riem e começamos a comer enquanto conversávamos.


Notas Finais


Eta e agora? Será que Juong vai aceitar Taehyung?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...