História O pai do meu filho - (imagine Jungkook). - Capítulo 34


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink
Personagens Jennie, Jeon Jeongguk (Jungkook), Jisoo, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lisa, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Rosé
Tags Bts, Filho, Hentai, Jeon Jungkook, Jungkook Hot, Kimang, Kookie, Sexo, Você
Visualizações 912
Palavras 770
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Cross-dresser, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura❤

Capítulo 34 - Você


{S/n pov's}


- Kookie eu preciso comprar algumas fraldas para a Yoora - lhe dou um beijo na buchecha enquanto via ele brincar com ela e logo me viro pronta para sair de casa.

Jk: NÃO - eu me virei para ele de novo - por favor s/n...não vai sozinha - ele se levanta com a nossa filha no colo.

- Kookie vai ficar tudo bem - abraço ele - cuide da Yoora e do Jung-hee tá bom.

Jk: mais nós podemos levar eles junto - me olha preocupado.

- calma amor não vai acontecer nada...acorde o Jung-hee por mim...eu preciso de alguém cuidando das crianças - eu beijo sua bochecha em uma forma de acalma-lo.

Jk: por favor volte logo - ele segura em meus braços e eu assinto dando um beijo no rosto da Yoora.


{Jungkook pov's}

Eu estava com medo da s/n ficar saindo sozinha por aí...mais eu não podia deixar os nossos filhos sozinhos.

- ela vai ficar bem - digo enquanto faço carinho no rosto da Yoora pronto para colocar ela no berço - fique quietinha filha jaja o appa volta - dou um beijo em sua testa e deixo ao lado dela uma girafa de pelúcia.

Como s/n havia pedido eu fui ao quarto do nosso filho acorda-lo.

- Jung-hee acorda filho - abraço ele por trás enquanto ele resmungava palavras sem sentido.

Jung-hee: appa...tá doendo - ele se vira para mim e resmunga de dor.

- aonde está doendo filho? - olho para ele preocupado.

Jung-hee: aqui appa - ele coloca a mão na cabeça...direciono a Palma da minha mão até a sua testa.

- jung-hee você está ardendo em febre filho - me levanto da cama e pego ele no colo.

Jung-hee: ajuda papai - ele começa a chorar.

- calma amor - levo ele até o banheiro e encho a banheira na temperatura um pouco fria.

Terminei de dar banho em Jung-hee dei um remédio para ele e deitei ele na cama.

- a febre está abaixando anjo - me deito ao seu lado e começo a fazer carinho em seus cabelos.

Jung-hee: obrigada papai - ele sorri e beijo a sua buchecha.

- durma um pouquinho anjo...você precisa descansar para ver se a febre some de vez - ele assenti fechando os olhinhos.


{S/n pov's}

Como eu havia dito fui a uma farmácia comprar um pacote de fraldas para a Yoora.

Assim que eu saí do local vi um carro Preto parado em frente a farmácia com dois homens ao lado dele...eu tentei desviar para ir embora mais vejo um dos homens vir em minha direção minha única reação foi sair correndo mais sou puxada por um dos homens.

- por favor me solta - me debato para tentar sair mais os homens apertam mais o meu braço - o que vocês querem? - digo já ficando altera quando vejo um saco ser posto em minha cabeça e os dois homens me jogarem dentro do carro.

{Jungkook pov's}

Acordei por volta das 15:48 já que eu havia dormido ao lado de Jung-hee...dei um beijo em sua testa e sai a procura da s/n.

- amor - digo enquanto vou ao seu quarto sem encontra-lá - s/n - começo a procurar ela por todos os cantos da casa sem sucesso.

Me sento no sofá e abaixo minha cabeça.

- ela não pode estar demorando tanto...algo aconteceu - sinto meus olhos ficarem marejados só de imaginar a hipótese dela ter sumido.


{S/n pov's}

Assustada...essa era a palavra que me definia no momento...eu não sabia aonde estava, com quem eu estava...eu só queria sair daqui o mais rápido possível...eles haviam me amarrado mais um motivo do qual eu não conseguia sair.

Vejo que o carro em que eu estava dentro parar e um dos homens sair e me pegar no colo.

- me solta - eu batia nas costas do homem que me segurava mais ele em momento algum me soltou - quem são vocês? - digo baixo já sentido as lágrimas se formarem em meus olhos.

???:quem nós somos não te interessa...o que importa é o que a nossa chefe quer com você - chefe...ele eram comandado por uma mulher.

- me soltem por favor eu não fiz nada - eles me colocam sentada na cadeira e me amarram...por conta de eu ainda estar com o saco em minha cabeça eu não enxergava nada.

???: trouxeram ela meninos? - ouço uma voz feminina se apossar do local...essa voz...eu conhecia ela.

???: sim ela está aí como pedido - ouço o homem falar e a "mulher" soltar uma risada alta.

???: podem tirar o pano do rosto dessa vadia - um dos homens vem em minha direção e tira o pano do meu rosto logo revelando que eu menos queria ver.







- Rosé - digo boquiaberta e ela ri.

Rs: também senti saudades vadia.






Continua...


Notas Finais


Tanta coisa acontecendo e a Rosé não deixa a família em paz😢



Gostaram❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...