1. Spirit Fanfics >
  2. O Pai Do Meu Filho (Imagine Jeon Jungkook) >
  3. Coisas em comum

História O Pai Do Meu Filho (Imagine Jeon Jungkook) - Capítulo 14


Escrita por:


Notas do Autor


Novo Capítulo!!!
Espero que gostem.

Capítulo 14 - Coisas em comum


Fanfic / Fanfiction O Pai Do Meu Filho (Imagine Jeon Jungkook) - Capítulo 14 - Coisas em comum

Pov's Park S/N:

- Como eu fui deixar isso acontecer? - Pergunto olhando para o meu reflexo no espelho.

- Está falando sozinha amor? - Heo aparece na porta do banheiro e se encosta no batente lateral.

- Conversando comigo mesma - Respondo.

Ela sai de onde estava e vem até mim. Yoorim me abraça por trás e apoia seu queixo no meu ombro.

Sabe, durante essa semana nós duas nos aproximamos muito. Heo tem sido um amor comigo.

Eu realmente ando me preocupando muito com suas noites de sono. Eu sei bem que ela não dorme direito. Seu corpo revela isso, há olheiras enorme em baixo dos seus olhos, além de ela cochilar em qualquer lugar onde ela encosta.

- Sabe, eu estava pensando. A gente bem que poderia ir para o parque esse final de semana - Ela sugere.

Vocês já adquiriram um medo tão enorme que só de pensar naquilo seu corpo paralisava? Porque é assim que eu me sinto quando penso em voltar para a empresa ou em sair de casa.

Agora, você pode está pensando: "Mas você sabe que o Wooseok está preso". Sim! Mas ao mesmo tempo, é como se ele estivesse me observando a cada momento.

- Eu não devia expôr as minhas idéias assim, né? Esquece o que eu falei - Yoorim fala, me puxando para a realidade novamente.

- Não. É uma ótima idéia. Eu só preciso me preparar para isso - Falo e coloco minha mão sobre a dela.

- Tudo bem. Se você está dizendo eu acredito - Fala e eu dou o meu melhor sorriso.

- Você não veio aqui só pra conversar, não é?

- Na verdade vim sim.

- Sério, não veio me contar nenhuma novidade do mundo exterior ou me chamar para comer?

- Eu só venho fazer isso?

- Não é isso. É que na maioria das vezes é isso. Mas eu fico feliz que você ainda tem vontade de conversar comigo sem querer me socar.

- Nossa, falando assim até parece que você fala um monte de besteira.

- E não falo?

- Não. Acho que você está passando muito tempo aqui dentro.

- As vezes eu acho a mesma coisa.

- Mamãe! - Ouço a voz de Taehyun me chamando. Olho em direção a Yoorim que sorri e confirma com a cabeça.

Nós duas saímos do banheiro e encontramos Tae sentado na minha cama. Ele estava olhando em direção ao chão enquanto balançava as pernas no ar.

- Oi filho - Falo chamando sua atenção. Ele desce da cama e vem correndo me abraçar - Como foi na escola hoje? - Pergunto.

- Foi muito legal!!! A gente pintou com tinta mamãe!!! - Ele fala animado.

- Sério?! É por isso que sua blusa está suja! - Falo e ele olha para a blusa.

- Onde?

- Bem... Aqui! - Aponto e começo a fazer cócegas nele.

- Para mamãe - Começa a se contorcer, tentando me fazer parar.


Pov's Jeon Jungkook:

Estava sentado no sofá da casa da S/N. Eu fui buscar o Tae na escola, e como hoje é meu dia de folga, resolvi tentar conversa com a S/N.

- Está esperando ela né? - Yoorim aparece na sala.

- É, a esperança é a última que morre - Falo e ela concorda.

- Você tinha que está lá em cima para ver a cena mais fofa de todas - Se senta ao meu lado.

- A S/N com o Tae?

- Exatamente. Aqueles dois são muito fofos juntos. Me admira nenhum de nós está com a taxa de açúcar lá em cima - Fala e eu acabo sorrindo.

- Acha que ela vai conseguir voltar a rotina dela? - Questiono.

- Quem? Park S/N? Com toda certeza. Ela tem uma força inexplicável - Fala e eu concordo.

- Tem mesmo.

- Gente. Vocês estão ai - S/N entra na sala junto do Taehyun.

- Oi - Me levanto só sofá e Yoorim faz o mesmo.

- Conversando sobre o que? - Ela questiona.

- A única coisa que temos em comum - Yoorim fala e S/N solta uma risada. Esse simples ato me deixou feliz.

- Tudo bem. Eu vou almoçar com o Tae. Podem continuar conversando - Fala e vai para a cozinha.

- Desde quando ela está tão animada? - Direciono a pergunta para a Heo.

- Desde de hoje cedo. Acho que é porque ela não acordou de madrugada - Explica.

- Falando em acordar. Você conseguiu dormir? - Pergunto.

- Não, eu nem sei mais o que é dormir. Quem sabe eu volte a dormir daqui a alguns dias.

- Quem sabe? Acha que ela está lidando bem com o trauma?

- Pelo o que eu venho observando, ela está indo muito bem. Coisas que antes faziam ela ter crises de ansiedade, estão cada vez menos comum.

- Fico feliz.


[…]


Já está de noite. Passamos o dia todo conversando e brincando. A mãe da S/n está no hospital, o quadro dela acabou piorando, então eu e Yoorim estamos tentando destraí-la.

- Jungkook!!! - S/N me dá um tapa na mão.

Yoorim resolveu fazer uma receita de chocolate lá do Brasil. Tá, eu não me lembro o nome, mas que é bom, isso com toda certeza é.

Nós estavamos comendo, enquanto conversávamos sobre algumas coisas e Taehyun desenhava.

- Continua contando a sua história Jeon - Yoorim fala e eu respiro fundo.

- Tá bom. Como eu estava falando, o Jackson tinha bebido todas naquela noite. Ele começou a dar em cima de algumas meninas que estavam na festa. Teve uma das meninas em quem ele deu em cima, que deu um pisão no pé dele - Falo e as duas dão risada.

- Sério? O que ele fez? - S/N pergunta.

- Caiu no chão enquanto reclava de dor. Eu e o Yoongi tivemos que carregar ele pra fora do lugar.

- Você não tem nenhuma história de bêbado sua não? - Yoorim pergunta.

- Não. Eu sou muito forte pra bebida. É raro as vezes em que eu fico bêbado, no máximo eu fico alterado.

- Eu tenho uma história de bêbada - Heo comenta.

- Conta ela aí - S/N incentiva.

- Bom... Teve uma vez que eu sair com os meus amigos. Como fazia quase todos os finais de semana. Só que dessa vez, a gente não foi num barzinho qualquer ou na casa de um deles, mas sim, fomos em uma festa. Essa festa era da prima do meu amigo, Luca. No meio da festa, alguns desses meus amigos, me desafiaram a beber até eu não aguentar mais.

- Você cumpriu o desafio? - S/N pergunta.

- É Heo Yoorim. É óbvio que ela cumpriu - Falo e recebo um tapa de volta.

- Sim. Eu cumpri o desafio. Mais como estamos falando de desgraça com bebida. É óbvio que não deu nada de bom, eu encher a cara de bebida. Eu acabei dando PT e vomitado em todo mundo.

- É bem a sua cara fazer isso - Eu falo.

- Você parece gay as vezes e eu não falo nada - Yoorim rebate.

- Nossa agressiva! - Falo fingindo está ofendido.

- Vocês dois se amam ein! - S/N fala. Nós dois nos olhamos e fazemos expressão de nojo um pro outro.

- Ela não faz o meu tipo - Falo e me viro para o outro lado.

- Eu até pegaria ele, mas com uma amordaça na boca pra parar de falar besteira - Ela fala e eu a olho incrédulo.

- Eu estou ofendido com a sua frase - Falo e ela dá risada.

- O que acha disso S/N? - Yoorim se vira para a garota do seu lado, essa estava no mundo da lua.

- An? - Ela olha pra a namorada não oficial.

- Você não estava prestando atenção na nossa conversa não é?

- Na briguinha boba de vocês? Não obrigada - Fala e Heo me olha incrédula.

- Está ouvindo isso Jungkook?

- Sim. Ela realmente não liga para o que pensamos ou fazemos.

- Vocês estão discutindo sobre pegar uma a outro. Vocês tem muitas coisas em comum, só não perceberam - S/N fala.

- Tipo o que? - Heo questiona.

- Ambos tem um amor próprio imensurável.

- Eu Sou Incrível! - Eu e Yoorim falamos ao mesmo tempo. Ao perceber tal ato, nós dois olhamos um para o outro.

- Também, amam doces e não dispensam um bom bolo de chocolate - S/N continua.

- Quem não ama um bom bolo de chocolate - Heo fala e eu concordo.

- Vocês amam perfumes amadeirados. As cores favoritas de vocês dois é preto e roxo. Odeia ser contrariados - S/N começa a fazer mais comparações.

- Tudo bem. Já entendi que somos a mesma pessoa de sexos diferentes - Falo e S/N ri.

- Que bom que perceberam.

- Deboche custa caro senhorita Park - Yoorim fala.

- A tensão sexual das duas me dá um certo incomodo - Falo e recebo dois tapas, um de cada uma.

- Os incomodados que se mudem - Yoorim me provoca.

- Então acho melhor você sair, porque estou vendo que está se incomodando demais comigo - Devolvo a provocação.

- Eu vou levar o Tae pro quarto, ele está caindo de sono - S/N fala e pega o pequeno no colo, seguindo para o quarto dele.

- Ele deve ter ficado com tédio por causa de você - Yoorim comenta.

- Nunca tinha parado para observar o quanto você é chata - Falo e ela revira o olho - Como é que a S/N te aguenta?

- Eu também faço essa pergunta: como é que a S/N te aguentou por dois anos?

- Ah... Cala a boca.

- Você não aguenta nem meio minuto de ofensas comigo.

- Você não aguenta nem uma semana comigo na mesma casa que você.

- Já convivi com pessoas piores.

- Você ama me provocar, não é mesmo?

- Claro. Você é facilmente irritável.

- Com um ser humano como você fica fácil se irritar.

- Ainda continuam brigando? - S/N aparece na sala novamente.

- Se ela parar de me irritar - Falo.

- Ai meu Deus! Ele está bravinho - Heo começa a debochar de mim. 

- Duas crianças. Achei que tivesse conversando com adultos maduros - S/N se senta no sofá.

- Eu voto em tirar a Yoorim da conversa - Falo e ela abre a boca em forma de "O".

- Com ouça projeto de ser humano? - Yoorim se levanta e agarra a gola da minha blusa.

- Aproveita e taca um beijo - Provoca mais ainda.

- Não vai fazer nada? - Heo pergunta para a S/N que apenas assiste a cena.

- Eu já tô fazendo. Assistir isso é muito quente. Tá até dando um calor aqui - Ela fala com aquele maldito sorriso no rosto.




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...