1. Spirit Fanfics >
  2. O pai do meu filho (jikook) A.B.O >
  3. Capítulo 12

História O pai do meu filho (jikook) A.B.O - Capítulo 12


Escrita por:


Capítulo 12 - Capítulo 12


Fanfic / Fanfiction O pai do meu filho (jikook) A.B.O - Capítulo 12 - Capítulo 12

Pov Jimin

- Depois de ter me entendido com Jeon e conversado com meus pais estou aqui me perguntando, será que estou fazendo as coisas da forma correta? - Tudo bem que já somos "comprometidos" mais só estamos nos conhecendo agora será que eu não estou sendo precipitado em ir fundo demais? Eu nunca tive um relacionamento nunca me magoei por causa de alguém mais já vi Mark passar por isso é não é uma coisa que eu queira pra mim, sem contar que eu fiquei muito chateado com o que aconteceu no dia que saimos,saber que ele tem alguém no passado não é nada legal, tudo bem que ele é um lúpus e precisava de alguém pra passar os cios dele mais o que me parece é que essa ômega não estava na vida dele só por isso. Aaaaaaaaa que saco. - Jimin fechou os olhos em frustação de tantas perguntas que ele não saberia responder nenhuma delas no momento e acabou pegando no sono.

Quebra de tempo

Acordei com o barulho do meu celular despertando,abri meus olhos aos poucos ainda incomodado com a claridade que passava pela fresta da cortina do meu quarto,que provavelmente deixei um pouca aberta sem querer,pois um dos meus lugares preferidos e a sacada do meu quarto onde gosto de ficar olhando o céu sentindo a brisa e pensando na minha vida, depois de conversar por horas com Mark e Lisa pelo celular e eles disseram que eu estou certo não e errado querer perder a virgindade antes do meu cio ja que tenho um compromisso com Jeon e confesso que no começo vim disposto a fazer tudo dar errado,mas agora.... Eu e Jeon estamos nos dando bem desde o dia do nosso passeio a Duda semanas ele tem me levado pra faculdade todos os dias e sai só sai da empresa pra poder me levar pra casa tudo pra eu não aceitar carona de ninguém,ele acha que eu não percebi mais tudo e medo que eu me aproxime mais ainda do Taemin,mas confesso que acho fofo, sou tirado dos meus pensamentos por batidas na porta.

- Oi omma bom dia.

- Bom dia meu filho achei que não tinha acordado ainda pois não escutei barulho nenhum aqui no seu quarto, normalmente passo a essa hora e ja escuto você cantarolando algo.- Disse minha omma encostada no batente da porta.

- Estou com um pouco de preguiça hoje mais ja estou me levantando.- Disse enquanto me espreguoçava na cama.

- Tudo bem meu anjo você só precisa ser cinco minutos mais rapido no banho, daqui a pouco Jeon está aí e você não está pronto.

- Já estou me levantando omma.

Entrei no banho e relaxei,como ritual de todos os dias sempre cantarolava uma canção e acabei me distraindo e perdendo completamente a noção do tempo, enquanto me secava fui olha a hora no meu celular e ja tinham se passado um pouco mais de dez minutos do meu horário, droga tenho que correr vou atrasar o jungkook, sai correndo do banheiro indo na direção do meu closet pra escolher um roupa assim que entrei peguei uma cueca box preta peguei uma calça jeans com alguns rasgos e uma camisa branca que eu só vestiria depois de calça meu all star preto peguei meus anéis em uma gaveta e comecei ir na direção da cama quando fui impressado na parede e quase dei um grito só que ele foi mais rápido tapando minha boca.

- Nunca mais saia do banheiro daquele jeito é muito menos jogue a toalha ficando nú dentro do closet da próxima vez não vou me controlar. - Disse jungkook enquanto me olhava com desejo seus olho ocupando para um vermelho vivo mostrando que ele estava controlando seu lúpus,ele foi tirando a mão da minha boca aos poucos e olhando fixamente nos meus olhos então eu não resisti de está tão próximo a ele e o beijei,nosso beijo era necessitado as linguas se entrelaçando as mãos dele percorrendo meu corpo e quando as mãos dele começou ir de encontro a minha bunda ouvimos batidas na porta e imediatamente eu o empurrei e vestindo a minha camisa muito rapido.

- Eu vocês vão se atrasar. - Disse omma enquanto eu olha no espelho fingindo está terminando de me arruma.- ok omma ja estamos descendo.

  Quando ela sai ele começou a rir sentado na minha cama e eu o acompanhei na risada me aproximando e dando um selinho nele ele levantou me abraçando e começou a tirar minha blusa na mesma hora dei um tapa na mão dele dando um olhar de repreensão.

- Eu meu amor calma eu só estou te ajudando a se arrumar, afinal você colocou a sua blusa de trás pra frente.

- Aí que vergonha será que minha omma reparou nisso tomara que não.

- Calma Minnie nos não fizemos nada errado.

- E agora vamos ja está ficando tarde e você vai chegar atrasado na empresa se continuar aqui.

- ok vamos mais essa nossa conversa não acabou. - Disse jungkook enquanto saíamos pela porta do quarto.

E meu coração estava mais que acelerado pois eu precisava ter aa tal conversa com ele e eu só tinha mais quinze dias enfim nunca tive medo de encarar nada e agora que a má impressão ficou pra trás e eu não posso dizer que amo ele mas já posso dizer que gosto dele.

- Sim precisamos conversar. Me leva pra almoçar com você  hoje e aí conversamos. Ele me olhou e assentiu.

- Omma não vou tomar café em casa hoje não vai dar tempo prometo comer algo assim que chegar na faculdade ok.

- Tudo bem meu filho te amo, vai com Deus cuida bem do meu bebê Jeon.

- Pode deixar senhora Park vou cuidar bem do nosso bebê. - Ele é omma deram um sorriso juntos.

- Ah omma antes que eu me esqueça também não venho para o almoço Jungkook vai me levar pra almoçar,tudo bem?

- Claro meu anjo sem problemas,vou aproveitar pra almoçar com seu papa.

- Vai sim omma tchau te amo fui ja estamos mais que atrasados.

O caminho até a faculdade foi tranquilo conversamos sobre onde ele iria me levar pra almoçar cantamos umas músicas de k-pop que tocavam na rádio enquanto não chegávamos e falamos sobre um jantar que nossos appas querem fazer pra finalmente oficializarmos o nosso noivado ja que agora estamos decididos a levar nosso relacionamento a frente e dizer como nossos appas estão felizes nos vendo juntos, e por fim chegamos a faculdade nos despedimos e ele seguiu o caminho dele ate a empresa.

  Passei a maior parte das aulas sem consegui me concentrar em nenhum exercício caramba minha cabeça não para de trabalhar eu acho que eu nunca estive tão nervoso assim na minha vida,também nunca precisei ter esse tipo de conversa com ninguém....aaaaa coloquei as mãos no rosto e balancei a cabeça em uma negativa, foi quando percebi uma mão no meu ombro levantei a minha cabeça e vi que era Hoseok.

- Algum problema Minnie ?

- Nada que seja impossível de ser resolvido.- Disse a ele dando um sorriso.

- Bem todos já foram vamos também?

   Só aí reparei que vão nós ainda estávamos na sala.

- Sim claro não posso demorar tenho almoço marcado com seu irmão,sei que ele não pode demorar muito por conta dos compromissos na empresa.

  - E verdade mais do jeito que ele anda babando por você , ele nem vai se importar em passar um tempo com você?

- Hoseok!!! Não fale assim só estamos nos conhecendo.

- Eu nunca vi meu irmão babar tanto por alguém que ele só estivesse conhecendo.

  E nosso assunto rendeu até chegarmos na porta do vestiário dali nos separamos ele foi para o vestiário dos alfas e eu fui para o dos ômegas. Assim que terminei recolhi minhas coisas e coloquei a mochila nas costa e fui em direção a saída vendo jungkook encostado no carro mexendo no celular, ele estava tão distraído que nem me viu, ele estava tão sexy com aquela blusa social como a manga até a metade do braço sem a gravata com o os três primeiros botões abertos de óculos escuro,parecendo um idol, e meia dúzia de ômega oferecida quase pulando em cima dele aff.

- Rum,rum atrapalho alguma coisa?- Disse dando um belo sorri e logo em seguida ele me olhou dando um belo sorriso me deu um beijo na bochecha e me abraçou.

- Amor eu estava mandando uma mensagem pra você.

- Hum eu estava no vestiário terminando de me arrumar.

- Ah sim, e a propósito você está lindo!

- O-obrigado.- Tenho certeza que eu estava vermelho,pelo simples fato de sentir meu rosto quente como se estivesse pegando fogo, ele me soltou do abraço e encaixou sua mão na minha,parecia que tinha eletrecidade entre nossas mãos e percorrendo nossos corpos,  aposto que ele também sentiu,ele me guiou até a porta do passageiro abriu a porta eu entrei me sentei e respirei fundo mais uma vez enquanto ele dava a volta pra entrar do lado do motorista, e agora ou nunca e que de tudo certo nesse almoço.

Pov Jungkook

  Faz quinze dias que eu e Jimin estamos saindo como um casal de verdade eu estou me dando a chance de conhecê lo melhor já que eu adorei a personalidade invocadinha dele de mostrar a sua opinião sem medo e pelo que venho percebendo o meu lobo está cada vez mais apaixonado pelo lobo dele e por ele também. Ele fica o tempo todo dizendo como o Jimin e lindo que o Jimin isso ou aquilo, e quando fui busca lo hoje pela manhã tive que controlar meu lúpus o máximo que consegui pois como em todas as manhãs fui busca lo só que hoje ele estava atrasado, então quando senhora Park me atendeu disse que eu poderia subir e chamar ele já que ele estava se arrumando,assim eu fiz subi as escadas e bati na porta do quarto dele uma,duas e três vezes como ele não respondeu tomei a liberdade de entrar e assim que estava ali dentro daquele quarto fiquei totalmente embriagado com o cheiro maravilhoso do meu ômega então tentei me controlar o máximo que eu consegui, sentei em uma poltrona que tinha no seu quarto aguardando o momento dele sair do banho apreciando o seu cheiro maravilho que é mais forte por ser seu quarto e derrapante escuto ele cantar parecia um anjo cantando , só quero saber quando ele vai parar de me surpreender? - Pareço entrar em transe com o seu cheiro e sua voz, até que escuto a porta do banheiro se abrir então vejo ele sair e ele está tão concentrado no que está fazendo que na correria ele sai sem notar minha presença, ele passa enrolado com uma toalha na cintura o fez meu coração disparar e meu lobo quase assumir sua personalidade , nunca foi tão difícil pra eu manter o controle.

  Me levantei da poltrona sorrateiramente e comecei a andar na direção do closet dele quando ele vinha saindo encurralei ele na parede e tampei sua boca para que ele não gritasse e chama-se a atenção de alguém, minha vontade era de fode lo ali mesmo naquela hora, iniciamos um beijo quente que me deixou de pau duro e com certeza eu iria fazer a burrada de perder o controle se minha sogra não batesse na porta, ao mesmo tempo que quis chorar em frustração dei graças a Deus por minha sogra interromper a que momento.

  Agora estou aqui na empresa sem consegui me concentrar em nada , contando até mesmo os segundo que falta pra eu encontrar meu ômega. Assim que dá minha hora pego meu celular e minha carteira e saio em direção ao estacionamento mais antes eu aviso a Namjoon que não volto mais hoje eu quero muito fazer uma surpresa pra ele. Consegui passar em uma joalheria no caminho e comprar o que eu precisava pra fazer minha surpresa, liguei pra minha omma e pedi pra e pedi pra ela preparar um jantar e convidar o senhor é a senhora Park e pedi pra ela deixar o restante comigo, em fim cheguei na porta da faculdade saio e encosto no meu carro e começo a digitar uma mensagem pro Jimin e pensando em várias coisas ao mesmo tempo que nem percebi quando meu ômega se aproximou chamando minha atenção.

  Chegamos no restaurante e fizemos nossos pedidos.- Meu anjo aconteceu alguma coisa hoje? Porque você está tão quieto? Eu estou começando a ficar preocupado! Então ele resolve falar.

  - Não é nada demais jungkook e só que eu preciso ter uma conversa com você.

- Estou ficando realmente assustado, o que tanto você precisa conversar comigo. Quando ele ia dizer me dizer garçom chega com nosso pedido e ficamos em silêncio o garçom sai e começamos a comer ele não para de me olhar e quando eu o olho ele desvia o olhar, mas que porta está acomtecendo? Será que ele

  

- Eu nunca tive que fazer uma coisa dessa e estou um pouco desconfortável em ter que tomar essa atitude e não deixar as coisas acontecerem naturalmente, mais eu estou ficando sem tempo. - Ele da um suspiro.

- Então me diga meu anjo e só assim que vou saber se eu vou poder te ajudar ou não,mas eu não quero te ver assim aflito.

- Bom como nos já sabemos o meu lúpus gosta do seu e vice e versa.- Ele faz uma pausa. - O meu cio está próximo e eu nunca tive um problema quanto a isso porque meu lobo se controlava bem pois até então ele não se sentia conectado com ninguém,só que o cio e uma coisa que eu não controlo e ele também não vai se controlar mais porque agora ele acha que tem um Apha, e nesse momento que eu não estiver mais no controle ele vai te procurar e eu não quero que seja assim.

  Eu fiquei tão desapontado quando ele disse que não me queria e meu lobo estava triste e choroso ja pensando em uma maneira de fazer ele voltar atrás afinal eu estou me esforçando e estou gostando dele de verdade saber que e só o lobo dele que quer isso me deixa decepcionado pois achei que ele quisesse também. E ele continua a falar minha vontade é de interromper mais não vou fazer isso ele precisa saber que eu o respeito e vou esperar ele está pronto.

- O que eu estou querendo dizer com isso e que eu quero muito que nosso relacionamento evolua para o próximo nível antes do meu cio chegar,eu não quero não lembrar da minha primeira vez!

  Então um sorriso brotou em meus lábios e eu finalmente compreendi de forma correta.

- Então quer dizer que sua primeira vez vai ser comigo e você não vai está no cio?_Disse sorrindo.

  - Claro que sim eu ainda sou virgem sim e não me leve a mal tá não sou nenhum oferecido por estar te propondo isso.

   Na mesma hora fechei meu sorriso pra poder passar uma imagem mais seria pra ele não queria que ele entendesse de forma errada.

  - Eu calma eu não estou achando nada disso...eu só fiquei feliz porque quando você começou a falar achei que você queria que eu me afastasse quando você estivesse nesse período,achei que você não me queria e isso deixou meu lobo triste também, porque nos queremos vocês. - Coloquei minha mão por cima da dele fazendo um carinho. - Fique sabendo que estamos muito felizes pela sua decisão. E quanto falta pro seu ciclo?

  - Quinze dias. Ele disse tão baixinho que se não fosse por minha super audição não teria escutado direito.

  Apertei a mão dele de forma que ele se sentisse confortável. - Eu não prexisa ficar assim eu não vou pensar nada errado sobre você e também e normal nós de certa forma ja somos noivos e podemos ter essas conversas ok.

- Posso te confessar uma coisa?! Perguntei olhando nos seus olhos.

- Claro que sim Jungkook acho que a parte constrangedora já passou não é mesmo.

- Sim claro,só queria dizer que já estava encantado pro você antes, agora então que pude ver seu lado mais doce e vulnerável tô mais encantado que antes.

   Ele puxou sua mão da minha e eu me assustei quando ele me deu um leve tapa na mão e disse pra eu não estragar o momento, confesso que achei aquilo extremamente fofo mais não iria dizer mais nada.

  - Tudo bem vamos terminar nossa refeição porque hoje eu tirei o dia pra fazer o que você quiser não se preocupe hoje o dia é todo seu e sobre o nosso assunto eu vou resolver ok.

  - Ok eu preciso mesmo conhecer mais a cidade pra quando meus amigos chegarem eu poder mostrar um pouco mais pra eles além do shopping. - E nos rumos com a fala dele.

  -  Já sei vou te levar em um lugar que você vai amar eu tenho certeza porque eu amo esse lugar também.

  - Já levou mais alguém nesse lugar. - Ele me pergunta levantando as sobrancelhas.

  - Não acredite ninguém nunca foi nesse lugar ninguém além de mim sabe sobre esse lugar. Quer dizer provavelmente mais alguém no mundo sabe sobre a existência dele mais ninguém que eu conheça ou tenha levado até la, aquele e meu lugar e agora vai ser nosso lugar.

  Ele riu e corou um pouco, posso dizer que estou amando esse lado do Jimin ele fica mais lindo quando tira a armadura.

- Eu e meus amigos tínhamos um lugar assim em Nova Iorque, sempre que tínhamos um problema e precisávamos ficar sozinhos e pra lá que iamos, então me surpreenda. - Ele piscou o olho pra mim.

  Nosso almoço foi muito bom eu perguntei mais sobre a vida dele e ele me contou sobre seus sonhos conquistas seus amigos e um pouco mais...saimos do restaurante e estou levando ele no meu lugar que vai se tornar nosso . Eu nunca levei ninguém lá mais meu lobo disse que ele é a pessoa certa então eu não vou me arrepender de leva-lo até lá.

- Então nos já estamos chegando espero que você goste.

- Nossa aqui e realmente lindo. - Ele disse com os olhos brilhando admirando a paisagem tinha todo o tipo de flor e árvores que se possa imaginar seria ate um pouco difícil de entrar na pequena casa do local se não fosse o caminho de pedras que eu fiz.

- Como você encontrou esse lugar?- Ele pergunta mais não consegue tirar os olhos da paisagem.

- Esse lugar tem uma história engraçada, mas como nos temos tempo,vem vamos entrar eu vou te mostrando e te contando a história desse lugar dos sonhos.

- Eu estou morrendo de curiosidade pra ouvir.

  - Eu tinha acabado de completar dezoito anos e meu appa disse que eu poderia finalmente ter meu próprio apartamento,eu sempre tive que ter responsabilidade em tudo muito cedo meu após me ensinou a fazer várias coisas durante o ensino médio aprendi vários trabalhos manuais. , mas voltando ao assunto dessa cabana, eu fui até uma corretora que Namjoon me indicou por ser de um primo do ômega dele, quando cheguei lá ele me mostrou vários apartamentos luxuosos inclusive o que eu comprei que vamos morar depois que nos casarmos.- Ele continua olhando tudo pela janela da cabana encantando com tudo que via, ele me olha depois de perceber que parei de falar.

- Pode continuar contando eu estou ouvindo apesar de está encantado com o lugar.- Ele me deu um sorriso que iluminou tudo em volta.

- Continuando, enquanto ele passava a página no notebook eu vi um casebre com um jardim lindo várias árvores e com muito espaço.- Ia dizendo enquanto fervia um água pra preparar um chá. - E aí eu perguntei pra ele quais eram as condições dessa cabana o porque de está a venda e tudo mais. Ele me disse que simplesmente o dono tinha falecido que a unica erdeira que era a neta queria se desfazer do local pois era longe da cidade e não tem sinal de celular...

- E aí você decidiu comprar ela?

- Por incrível que pareça Jimin não, dei uma risada e ele me olhou espantado.

- Bem eu comecei a trabalhar com meu papa e um dia Namjoon disse que queria comprar uma casa de praia,mais como ele quase não tínha tempo pra desfrutar dela ele me convidou pra comprar meio a meio e aí voltamos até a tal corretora do primo de SeokJin que é o ômega do Nam.- você vai ver que ele é um amor de pessoa e por incrível que pareça vocês têm a personalidade bem parecida.- Ele me olhou e sorriu, chaleira apitou apaguei o fogo coloquei as ervas dentro e deixei descando um pouco em cima da mesinha de centro que havia em frente ao sofá de dois lugares,sentei no sofá e bati na minha perna o chamando pra sentar e assim ele fez.

  - Se ele tiver um temperamento igual ao meu ou vamos nos amar ou vamos nos odiar.

- Tenho certeza que vocês vão se dar bem, dei um sorriso serei seu labios com os meus e o abracei forte me sentindo confortável e feliz com ele por perto.

  - Continuando a história do nosso lugar, quando chegamos lá estávamos olhando a pagina e mais uma vez depois de dois anos ela ainda está esperando por mim, mais ainda sim naquele momento não fechei negócio com ele sobre essa cabana, voltei no dia seguinte pedi pra ele me levar até o local é quando chegamos aqui me senti completamente apaixonado pelo lugar mesmo com a cabana caindo aos pedaços o porta e a cerca quase não existiam, comprei ela escondido de todos contratei uma pequena empreiteira de Seul para colocar aquela cabana no chão e construir essa, depois de tudo pronto inclusive a cerca e o portão, pedi a compania elétrica pra religar a luz e a de telefonia uma linha nova ja que aqui não tem sinal de celular e daqui a dois quilômetros seguindo essa estrada de terra tem mais duas casas visinhas e as pessoas que moram lá são uns amores e de uma simplicidade que chega dar inveja. Depois de um mês estava tudo pronto e eu nunca mais parei de vir aqui de quinze em quinze dias eu venho aqui organizo tudo limpo tudo corto a grama da frente e e faço uma desintoxicação da cidade na minha vida eu respiro coloca a cabeça no lugar ando descalço por aí e me conecto com a natureza e meu lobo se sente mais calmo.

- Então quer dizer que ninguém além dos empreiteiros e os vizinho que vivem dois quilômetros mais a frente ninguém sabe que você tem esse lugar maravilhoso?

- Não ninguém além dos impreiteiros, vizinhos e o mais importante você mais ninguém sabe desse lugar.

  Ficamos nos encarando e eu me perdi naquele olhos cor de mel senti meu coração disparar e o dele também não está diferente fui me aproximando dos seus iniciamos um beijo calmo cheio de sentimentos e quando o beijo começou a ficar quente o telefone tocou então paramos o beijo encostamos as nossas testas e nossos corações batiam feito loucos e foi nesse momento que eu percebi que eu estava completamente apaixonado por Park Jimin, em silêncio tirei ele da minha perna e o sentei com cuidado no sofá me levantei e fui atender o telefone, suspirei fundo quando olhou pro identificador e vi o número do meu appa.

  Ligação on

  - Oi appa, aconteceu alguma coisa?

- Sim meu filho, liguei pra empresa e sua secretária disse que você tinha saído pra almoçar e não iria mais voltar para empresa hoje,aconteceu alguma coisa?

  - Não appa está tudo bem eu so sai pra almoçar com Jimin e como eu já tinha adiantado tudo deixei o Nam tomando conta das coisas pra poder passar um tempo com ele.

  - Ah sim é por isso que estou ligando o senhor Park me ligou dizendo que temos um jantar logo a noite lá em casa que você disse que tem uma surpresa o que está pensando em fazer?

  - Appa melhor conversamos sobre isso mais tarde.

  - Ah sim pelo visto e uma surpresa pra ele.

  - Sim appa e sim

  - Tudo bem vou desligar nos falamos mais tarde, não demore já está escurecendo sim.

  - Tudo bem appa até mais tarde.

- Tchau meu filho e juízo.

  Ligação off

  -  O que foi aconteceu alguma coisa?

- Não meu anjo meu appa só ficou preocupado porque eu nunca saio da empresa assim.

  - Achei que ninguém soubesse desse lugar.- Ele disse com um tom de tristeza na voz.

- Não entendi o que você quis dizer com isso

- E que seu appa ligou pra empresa e não te encontrou e ligou pra esse número.

- Ah sim estou entendendo agora! - E que pra eles não ficarem preocupados toda vez que venho pra cá coloco o desvio de chamada pra esse número,assim não fica caindo na caixa postal e ninguém entra em pânico. E o sorriso dele voltou a aparecer naquele rosto lindo.

- Ah sim mais um de seus segredos.Ele deu uma risadinha baixa.

- Mais um dos nossos segredos disse o abraçando e selei nossos lábios. Vamos tomar nosso chá enquanto andamos no quintal, ele assentiu e assim coloquei o chá em nossas canecas e saímos para o quintal afinal eu não queria que ele pensasse que o levei até aquele local porque queria trancar com ele o que tenho certeza que seria muito bom porém prefiro que ainda não.

  Fomos em direção ao quintal e mostrei várias plantas, flores e árvores pra ele e conversamos mais um pouco sobre coisas da nossa infância e foi muito divertido passar esse tempo com ele, mais uma vez eu posso afirmar que eu estou completamente apaixonado por esse baixinho invocado e fofo, agora que estamos no carro eu vejo que já são 18:43 bem e o tempo de deixar ele na casa dele ir correndo pra casa tomar um banho e me preparar espero que ele goste da surpresa.

- Então acho que já tô em casa neh,- Que bom ele parece está triste pelo fim do passeio.

-Espero que tenha gostado do passeio,sei que eu disse que nos fariamos o que você quisesse e eu acabei te levando a um lugar que nem sei se era uma coisa que você queria,me desculpe por isso.

- Que isso não peça desculpas esse foi o dia mais legal da minha vida desde que cheguei aqui, eu amei o passeio.

- Que bom fico feliz que você tenha gostado,espero te proporcionar mais dias como esse.

- Eu também espero que sim. - Ele deu uma risada gostosa e o sorriso dele e tão lindo que ficaria olhando por horas e horas.- Tenho que entrar já está ficando tarde preciso descansar pra aula de amanhã por afinal hoje ainda é quarta feira neh.

- Sim claro você precisa descansar.- Dou um beijo lento e apaixonado nele me afasto e acho tão lindo ele ainda de olhos fechados, como eu amo cada expressão que ele faz, selo os lábios dele e ele abre os olhos.

- E agora acho que está mesmo na hora de ir , tem certeza que não quer entrar e ficar mais um pouquinho?

- Eu gostaria muito mais ainda preciso conversar com meu appa antes do jantar.

- Ah sim tudo bem, então até amanhã.

- Claro are amanhã, ei espere eu vou abrir a porta pra você.

- Tudo bem não se preocupe eu faço isso!

- Não Jimin eu faço questão.- Falo já saindo de dentro do carro, dou a volta e abra a porta pra que ele saia.- Pronto agora sim está entregue dou mais um selinho em seus lábios e ele entra.

Agora é correr pra casa e me preparar pois vou ver ele daqui a duas horas!

                         Refúgio do jk


Notas Finais


Gentebdesculpa pela demora mais agora já estou com meu tablet de volta vou voltar postar normalmente pelo menos uma vez na semana


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...