1. Spirit Fanfics >
  2. O pai do meu melhor amigo >
  3. Game Over

História O pai do meu melhor amigo - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Oi genteeee.
Desculpem a demora para postar esse capítulo, estou enrolada com um projeto aqui no Spirit, trabalho do dia a dia e as férias das minhas filhas.
Espero que gostem do capítulo.

Capítulo 2 - Game Over


Fanfic / Fanfiction O pai do meu melhor amigo - Capítulo 2 - Game Over

Anteriormente

*O homem na sua frente que até então estava somente observando as duas conversarem olhou nos olhos de Sakura e sentiu seu coração falhar uma batida, porém antes de se sentir abalado, sorriu de canto e pegou as mãos de Sakura e levou até seus lábios dando um beijo olhando naqueles olhos curiosos, conseguiu ver ela ruborizar e achou ela ainda mais linda.*

*- Prazer Sakura, me chamo Shikaku Nara...*

Atualmente

- O prazer é meu senhor Nara.

- Nada de senhor Sakura, pode me chamar de Shikaku.

- Tudo bem então, Shikaku.

Tsunade vendo que os dois iam continuar conversando com o elevador aberto decidiu se intrometer.

- Já que vocês foram devidamente apresentados, que tal a gente liberar esse elevador?

- De-desculpa tia - Sakura sorriu e foi saindo do elevador com um Shikaku atrás.

Entraram no apartamento, enquanto Tsunade foi a cozinha pegar café para eles, Sakura decidiu tirar uma dúvida que surgiu desde que aquele homem falou seu nome.

- Sen... Shikaku, desculpe-me mas o senhor tem algum filho chamado Shikamaru?

- Sem o senhor Sakura, mas respondendo a sua pergunta, sim eu tenho um filho chamado Shikamaru, mas porque da pergunta?

- Ele é meu amigo, aliás, meu melhor amigo desde a faculdade.

- Entendo, então você é a garota que ele iria ou vai me apresentar hoje a noite?

- Creio que sim, ele falou que iria me apresentar ao pai dele (decidiu não falar que o filho lhe chamava de fera, ela não tinha intimidade com o mesmo).

- Como já fomos apresentados que tal eu conversar com ele para deixar esse encontro pra outra hora e você sair para jantar comigo?

- Desculpe Shikaku, mas eu preciso muito ver seu filho hoje. O senhor é amigo da minha tia a muito tempo? - Decidiu mudar de assunto, não que ela não queira jantar fora com esse "desconhecido", mas ela tem um compromisso com o melhor amigo e um namorado (infelizmente ela pensou).

- Sem problema Sakura, já que terei o prazer de ter sua companhia hoje a noite, mas infelizmente agora tenho que ir, me encontrar com o Shikamaru. Nos vemos depois então?

- Claro que sim.

- Naraaaaa, não se atreva a sair daqui sem antes tomar café, você chegou e veio direto pra cá - Tsunade grita da cozinha.

- Já que você insiste eu tomo café, você sabe que não gosto de me atrasar para meus compromissos.

- Então venham os dois, Sakura antes pega a caixinha que está na minha cama, Tobi deixou um presente para você - Falou e olhou para Shikaku enquanto Sakura seguiu para o quarto dela.

- Escuta aqui, somos amigos a muito tempo, já vi o jeito que você olhou pra ela e sei muito bem da sua fama, ela é minha sobrinha e eu cuidei dela como se fosse minha filha, ela não é essas que você está acostumado a levar pra cama e sumir, ela tem namorado e mesmo ele não sendo o cara certo ela está com ele a muito tempo, espero não ser preciso repetir isso - Falou tudo o que queria desde a hora que viu os dois no elevador.

- Fica tranquila Tsuna, já percebi que ela não é como as outras - Falou e bebeu o café e se levantou para ir embora.

- Ah, fala para a Sakura que eu já fui e que eu a encontro a noite - Piscou e acenou com a cabeça e saiu do apartamento de sua amiga com um único pensamento " Essa garota vai ser minha, nem que seja a última coisa que eu consiga nessa vida".

___________________________________

Do outro lado da cidade Sasuke estava furioso em seu quarto.

- Quem essa garota está pensando que é para não atender minha ligações ou responder minhas mensagens?

- Calma Sasukinho, é normal, ontem vocês discutiram. Agora para de falar dela e volta pra cama, vou deixar você relaxado.

- Relaxado Hinata? Você só me deixa mais nervoso, pega esses pedaços de pano e some daqui, na hora que eu sair do banheiro quero você longe daqui - entrou no banheiro e fechou a porta em um empurrão.

- Sasukinho, vou embora porque sei que você está nervoso, mais eu volto mais tarde.

Enquanto isso no banheiro Sasuke olhava no espelho estilhaçado da noite anterior, nunca nenhuma mulher falou com ele igual ela havia falado com ele.

- Se ela pensa que vai se livrar de mim está muito enganada, esse final de semana ela vai ter uma surpresa - falou para si mesmo.

___________________________________


Sakura volta do quarto da sua tia com um sorriso enorme no rosto com a caixa q ganhou de Tobirama em mãos.

- Eu não acredito que ele me deu isso tia... Cadê o Shikaku?

- Ele pediu pra falar que precisou ir e que depois te encontra, aliás você aceitou a sair com ele? Você não é assim Sakura.

- Não aceitei tia, acontece que ele é pai do Shika e ele marcou um jantar para nos apresentar hoje, falando nisso você sabia que ele é pai do Shika porque não me falou nada?

- Da essa caixa aqui, que eu não consegui espiar o que tem dentro. E sobre ele ser pai de Shikamaru eu achei que você o conhecia, afinal você é amiga do Shikamaru a tantos anos.

- Vamos deixar esse assunto pra lá, não quero me atrasar. Passa meu presente aqui, vou usá-lo no desfile de sábado.

- Tá certo, vamos no seu carro ou no meu?

- No seu, hoje dei folga para o Sai, Naruto comentou que eu prendo muito o namorado dele, deixa eles se curtirem um pouco.

Tsunade pegou a chave do carro na sala e saíram com Tsunade fechando a porta logo atrás, foram direto para o elevador em direção ao subsolo pegar o carro.

Já no carro a caminho do escritório de Tobirama Tsunade lembra.

- Filha, saímos correndo e você nem tomou café, vamos parar pra tomarmos um café.

- Não precisa tia, já pedi pro tio deixar um café reforçado preparado.

- Você pensa mesmo em tudo menina.

O caminho foi tranquilo com as duas conversando sobre o que aconteceu no final de semana, Tsunade se preocupou muito quando Sakura contou sobre a discussão com Sasuke, não que eles não discutam sempre, só que as coisas que ele falou dessa vez não são quaisquer palavras, ela ia falar com Sakura sobre isso, mas não hoje, porque hoje é um dia de comemorações e não de falar de problemas, ela decidiu deixar para falar no final de semana, pois ela queria que Sasuke estivesse presente.

Chegaram ao escritório de Tobirama que ficava no em Niterói, Sakura desceu na frente enquanto Tsunade foi estacionar o carro.

Entrou e chegou na recepção.

- Bom dia Konan, meu tio e o Kakashi estão aí?

- Bom dia Sakura, eles estão sim, vou avisá-los que você chegou.

- Não é nescessário, eu vou indo, eles estão me esperando.

- Tudo bem então - Piscou para a rosada enquanto se dirigia a seu lugar.

- Tioooooooo - Foi correndo pulando no colo do homen que estava sentado na sofá.

- Aí menina, você não é mais uma criança pra pular assim em cima de mim - falou com falsa cara de bravo

- Hahahaha, até parece que você não gosta que sua sobrinha preferida seja assim, aliás muitíssimo obrigada pelo presente, vou usá-lo no desfile de sábado.

- Que bom que gostou, sua mãe que queria lhe entregar - sorriu triste

- Eu também estou aqui viu! - Falou o outro homem que estava no escritório.

- Desculpa Kakashi, eu não me esqueci de você não, só estava agradecendo o tio, vem aqui pra eu te dar um beijo - falou largando de seu tio e pulando nos braços de outro.

- Se não fosse você eu ficaria com ciúme do Tobi.

- Até parece que um homem lindo desse ia ficar com ciúme de uma garota como eu, até porque meu tio te ama, né tio?

- Bo-bom, vamos começar a reunião, cadê a Tsuna?

- Qual é tio, ficou com vergonha?

- Chega disso né mocinha! Estamos aqui pra trabalhar - Kakashi falou vendo que seu amado ficou sem jeito perto da sobrinha, ele sabe o quanto seu homem é carinhoso, romântico e quente, porém entende que ele não fica a vontade na frente da sobrinha.

Tsunade logo chegou aliviando a tensão e começando ao assunto principal, ficaram durante algumas horas tratando sobre o contrato, valores e todas as burocracias, quando terminaram já estava no horário do almoço.

- Finalmente terminamos por hoje - Tobirama falou encostando q cabeça na sua cadeira e soltando um pouco o nó de sua gravata.

- Vocês almoçam com q gente tio? Temos que comemorar esse novo contrato.

- Calma mocinha, nós não sabemos se ele vai aceitar a nossa proposta, ele não está acostumado a receber um não de alguma modelo para sair com ele, sexta iremos nos encontrar com ele para ter certeza. Mas o almoço nós aceitamos sim.

Os 4 saíram da sala conversando e rindo, Tobirama pediu para Konan desmarcar todas as reuniões que ele teria naquela tarde, seguiram rumo ao estacionamento, Sakura foi com Tsunade e Tobirama foi no seu carro com Kakashi junto.

Rodaram cerca de 15 minutos até chegarem ao restaurante de um amigo do casal grisalhos.

- Kakashi meu amigo, que honra recebê-los aqui.

- Obito meu amigo, faz tempo que não apareço mesmo, mas tem lugar para 4?

- Para vocês sempre tem, me sigam.



Os 4 se sentaram e pediram o mesmo prato, frutos do mar e um suco de frutas da época.

Comeram em silêncio, e logo o celular de Tsunade começou a tocar, a mesma olhou e viu que se tratava de Sasuke, para não estragar o clima bom na mesa, pediu licença e foi atender em uma parte reservada do restaurante.

Ligação on

- O que você quer Uchiha?

- Sei que está com a Sakura, o celular dela só dá caixa postal, tem como você colocar ela na linha logo?

- Não tem como eu chamar ela, até porque ela está em uma reunião nesse momento, se ela não te atende é porque tem motivos, por acaso você não fez nada com ela novamente né Uchiha? Por que se você fez, dessa vez eu que vou dar parte de você.

- Vai se foder sua velha - xingou desligando o telefone na cara da mesma.

Ligação off

"Que muleque irritante, eu vou acabar com essa farra dele logo", pensou antes de se acalmar e voltar para a mesa, com isso ela já havia perdido a fome e ficou feliz quando viu que os outros 3 já haviam terminado suas refeições.

- Desculpa, era algo muito importante, não pude deixar de atender.

- Tá tudo bem tia? A senhora está com uma cara estranha? Aliás, seu prato esfriou, quer pedir outro?

- Não precisa, acabei perdendo a fome, se vocês não se importam eu preciso... - não terminou de falar, pois sua sobrinha se levantou e pegou a caminho da saída, quando ela olhou pro outro lado da rua através da janela, só teve a reação de correr atrás dela.

- Sasukeeeee - gritou a rosada do meio da rua, correndo em direção ao mesmo.

- Você me paga.

Sasuke não teve reação quando percebeu seu rosto já estava doendo pelo tapa desferido.

- E você, sua falsa, pode ter certeza que meu tio irá te demitir. - falou entre dentes.

- Não é nada do que você está pensando, ela é só uma amiga.

- Hahahahaha, amiga Sasuke? Desde quando você beija sua amiga? Quer saber, faça bom proveito dela, eu só precisava disso pra terminar....

Continua




Notas Finais


Espero que tenham gostado desse capítulo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...