História O passado - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Alexy, Ambre, Armin, Castiel, Debrah, Kentin, Leigh, Lysandre, Melody, Nathaniel, Peggy, Rosalya
Tags Amor Doce
Visualizações 41
Palavras 1.425
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ecchi, Ficção Adolescente, Hentai, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá meus amores, espero que estejam gostando dos capítulos, deixem seus comentarios com opiniões e ideias, obrigada por acompanharem. Eu shippei os dois mddds kkkkkk espero que gostem. Desculpe qualquer errinhos eu fico muito anciosa para postar o capitulos.BEIJOS ♥

Capítulo 11 - "O encontro"


Fanfic / Fanfiction O passado - Capítulo 11 - "O encontro"

- você está com dor Ótavia? - olho para o Lysandre

- é eu me machuquei sábado, ainda dói um pouco - Lysandre é muito gentil, fez questão de carregar minha mochila

- você quer dar uma parada para descansar? 

- Pode ser - encostamos numa muretinha

- Você ja está organizando a festa? - olho para o Lydandre

- ainda não, mas creio que a Rosa e o Alexy ja - ficamos conversando um tempo até que resolvemos ir para minha casa

- Lydandre, eu ja terminei de corrigir  uns rascunhos seus,quer pegar eles já? - Lysandre me olha 

- Claro, acredito aue devem ter ficado incríveis - entramos em casa e todos estavam trabalhando, indico onde é meu quarto e subimos as escadas, quando chegamos la Lysandre fica olhando tudo admirado, as fotos dos lugares que ja fui, das pessoas que conheci das bandas que eu era amiga, das festas que fui, olhou todas as fotos coladas na parede

- Aqui estão - entrego ao Lysandre o caderno em que estavam as letras, Lysandre pega o caderno e me olha

- Eu não entendo, por que você largou tudo isso? - ele aponta para as fotos - você não gostava de lá? - olho para o lysandre, sempre soube que ele é o mais inteligente, e o mais sabio rm tomar decisões

- É complicado Lys, quem sabe um dia eu possa te contar? - dou um sorriso a ele

- Se você não pode me contar, ou não quer não irei insistir. - Lysandre me olha por um momento - Óti você quer sair comigo hoje a noite? - fico olhando para o Lysandre

- Lys, eu tive um namorado, e não estou preparada para um relacionamento no momento - Lysandre me interrompe

- Não precisa ser um encontro, pode ser uma saida como amigos, você teve várias memorias na Inglaterra, eu quero que você tenha memórias aqui também - olho para o lysandre, como pode esse garoto ser tão incrível, me seguro para não chorar

- tudo bem, mas você passa aqui, eu tenho que me arrumar - Lysandre confirma com a cabeça

- Eu te pego as 20:00, preciso me arrumar também - dou um sorriso

- Lysandre, você sempre está arrumado - Lysandre sorri

- Assim como você - ele da um sorriso para mim e sai do quarto inro embora, mando uma mensagem para meus irmãos avisando que vou sair hoje com uns amigos, vou para a cozinha e vejo que minha irmã deixo uma marmita pronta pra mim, esquento ela no microondas e como, assisto um pouco de tv e começo a pensar no que vestir, como se estivesse lendo meus pensamentos Rosa me liga

- Oi Rosa 

- Iai Óti tudo bem? Te liguei perguntando se quer vim aqui em casa hoje

- Rosa, hoje não vai dar nem te conto, vou sair com o Lysandre hoje - Rosa me interrompe dando gritinhos

- Ótiii, você teve muita sorte, o Lysandre te chamou pra sair, ja vi diversas garotas querendo sair com ele, mas ele nunca deu uma chance, agora você me diz que ele te chamou pra sair, carai, nunca esperei que viveria para esse dia - começo a rir

- Rosa, se acalma, o mais importante você não deixou que eu falasse - Rosa fica queta no mesmo instante

- Eu não sei o que vestir - Rosa fica em silêncio até que

- Estou indo te salvar - Quando estava prestes a argumentar ela ja havia desligado o celular, aproveito para tomar um banho antes que rosa chegue, apos tomar banho me enrolo na toalha e escuto a campainha tocar desço as escadas e abro a porta, Rosa entra como um furacão, me puxando para cima

- Vamos escolher um vestido - interrompo 

- Não vai dar pra usar roupa curta no momento, digo mostrando meu joelho que esta um pouco vermelho ainda - Rosa me olha

- Droga tinha me esquecido desse problrminha, mas não tem problema, você com minha ajuda vai ficar mais linda do que  ja é - ficamos horas escolhendo e esperimentando roupa até que escolhemos uma camiseta branca um suspensorio preto, saia preta, meia calça preta, uma jaqueta de coro preta um salto preto, coloco uma gargantilha preta,fiz meu cabelo em uma trança deafiada de lado e uma maquiagem forte nos olhos e na boca. passei o perfume para terminar e não querendo dizer nada Mas eu estava muito gata,peguei minha bolsa. Rosa para na minha frentre e ficando mr olhando com um sorriso no rosto

- Axo que vou chorar de emoção, você está tão linda - fico com vergonha, escutamos um carro chegando, logo em seguida a campainha toca, olhamos uma pata a outra e começamos a dar gritinho

- eu disse que não era um encontro, mas estoi tão nervosa quanto um - Rosa olha para mim

- Se joga mulher - descemos as escadas meus irmão ficam me olhando

- Que isso Óti ta gatona em - olho para meu irmão e o Lysandre estava ao seu lado, ele havia atendido a porta? Dou um sorriso ficando vermelha, minha irmã me olha

- Esta muito linda mana 

- Obrigada gente - olho para o Lysandre e ele para na minha frente

- Você está incrível Óti 

- você também está muito Bonito Lys - digo vermelha, me despedi dos meus irmãos

- achei melhor caminharmos, esta uma noite tão bonita - Lysandre diz sem tirar os olhos de mim, ele estende o braço e eu entrelaco com ele, como ele é cavalheiro, ficamos conversando do tempo em que estava na Inglaterra, da minha mãe e chegamos ao um restaurante simples que lia em um cartaz noite do karaokê  entramos no restaurante, pedimos lanches e conversavamos e comiamos

- Sua mãe não mora com você? - olho para ele terminando de comer 

- Não, talvez ela venha me visitar no meu aniversário, ela não é uma mãe muito zelosa - Lysandre ficou me olhando, a noite estava muito agradável, Lysandre saboa ser bem engraçado quando queria, estávamos tomando sorvete quando escutamos

- A noite do Karaokê começa agora, se escrevam ! - Lysandre Me olha

- so um minuto - ele se levanta e vai a onde estavam sendo feitas as inscrições, logo em seguida ele volta e eu levanto a sombrancelha 

- Onde você foi? - Pergunto ao Lysandre

- Fazer a nossa inscrição - Ele me diz com um sorriso

- mas eu não sei cantar - Digo espantada

- isso é o que vamos ver, mas não se preocupe eu vou estar la com você, lembra o que eu te disse, novas memórias - varias pessoas cantaram boas e algumas ruins, bêbadas e sobrias,Até que chamaram nossos nomes, fiquei tremendo de nevorsismo, Lysandre pegou o celular e pediu para que gravassem, subimos no mini palco pegamos os microfones e escolhemos a música 

Something just like this

But she said, where'd you wanna go? How much you wanna risk? I'm not looking for somebody With some superhuman gifts Some superhero Some fairytale bliss Just something I can turn to Somebody I can kiss

Tradução

Mas ela disse, para onde você quer ir? 

Quanto você quer arriscar?

 Eu não estou procurando por alguém 

Com algum dom sobre-humanos Algum super-herói

 Alguma felicidade de conto de fadas 

Apenas algo a que eu possa recorrer Alguém que possa beijar  (Coldplay-Something just like this)

Eu tremia muito no começo, mas depois, a galera levantou e começou a cantar com agente, após a musica acabar Lysandre pegou o celular com o casal e agradeceu a eles, nos sentamos no nossos lugares ofegantes

- Caramba Lysandre isso foi incrivel - digo a el com um sorriso enorme no roto, Lysandre so fica me olhando sorrindo - você pode me mandar as fotoa depois eu quero revelar

- Claro quando chegar em casa te mando - Ficamos até o estabelecimento fechar cantamos mais algumas músicas nesse meio tempo, me diverti muito, Lysandre me leva em casa

- Sabe, se você quiser pode considerar como um encontro - Lysandre da um sorriso

- Se fosse um eu a teria levado em um lugar melhor

- mas foi por você ter me levado la que considerei um encontro - Lysandre se aproxima de mim,chegando muito perto, e por um momento pensei que ele iria me beijar mas ele me da um beijo na testa e se dispede, entro em casa todos estão dormindo, deito na cama com a roupa e fico pensando na noite incrível que tive com o Lysandre, ligo o celular e vejo varias mensagema da rosa, digo pra ela ter paciência que amanhã conto tudo mais que foi incrível, Lysandre me manda as fotos (capa do capitulo) e vou dormir na noite inesquecível que tive.



Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...