1. Spirit Fanfics >
  2. O passado de Natsu >
  3. Negras e despedida

História O passado de Natsu - Capítulo 5


Escrita por:


Notas do Autor


Desculpe a demora

Capítulo 5 - Negras e despedida


Passava-se alguns segundos para então uma pulsação agonizante invadir Natsu. Ele se curvou abruptamente chamando a atenção de Makarov bem como o restante. Sua carreta de dor manchando sua expressão de felicidade que antes demostrava.

-Natsu! O que houve?-o velho ao seu lado se alarmou. Natsu chagou a se curvar e bater os punhos no chão em agonia. Ele rosnava baixinho insultos direcionados a Jeliel.

-Maldito!...-ele cuspiu. -Não poderia ter ...esperado!?-ele engasgou com a dor que começava a se concentrar em suas costas. 

-Precisamos de você em plena forma.-  a mulher falou atrás. - E isso incluí quebrar o selo se suas habilidades. 

-Vocês...-ele engasgou.

-NATSU!-os membros vinham em sua direção. Lucy em plena preocupação com o parceiro, até Gray tinha uma carranca desagradável no rosto.

-Não se aproxime.- Anael falou com seriedade. Lucy estava pronta para sacar suas chaves apenas para ser impedida por um movimento brusco atrás do ser. Ela viu Natsu que havia arqueado as costas em dor. Não... era algo diferente.- Pode ser perigoso.

Das costas de Natsu duas ondulações ergueram-se de sua camisa. A rasgando eles viram então um par de asas negras se abrir e permanecer retas acima de Natsu. Na base elas começavam com uma couraça que lembravam escamas e depois seguiam formando penas negras e longas até a ponta. Uma luz avermelhada transpaçou da base até a ponta, deixando levemente as pontas e laterais das penas brilharem sutilmente. Com um suspiro pesado de Natsu elas tombaram moles ao chão. O baque forte chamando a atenção e tirando-os do transe.

"Negras..." El olhou atônita para o par a frente. "Estão completamente negras..." ela virou e olhou abismada e confusa para o companheiro que segurava a loira. Anael parecia da mesma forma surpreso. Então passou os olhos para o lider. Ele parecia alheio a isso. "Então ele já sabia...Droga! Isso é péssimo!"

Natsu ainda respirava ofegante pela dor que ainda oscilava levemente, mas persistente em suas costas. Ele olhou para o lado apenas para ver suas asas negras estendidas ao seu lado. Confusão, surpresa e medo lhe invadiram o ser ao ve-las. 

"Negras.....estão negras....." ele se questionava internamente olhando para o chão de madeira. "Estão num estado tão avançado assim?" Ele voltou a olha-las "Nunca havia estado num estado tão avançado de Corrupção. Merda!"

Notou então que Jeliel havia lhe estendido a mão a fim de lhe dar ajuda. Ele a bateu para o lado com a sua própria. Forçando suas pernas a aguentarem o novo peso ele se levantou arrastando as asas atrás de si. Quase o puxando de volta para o chão. 

-Está feliz?-indagou ele agora recuperado mas de mal humor. 

-Não muito.-o de terno falou sério. Narsu o olhou também sério. Ambos sabendo o que isso significava. - Bom, se não há mais nada a fazer... vamos embora.

- Espere.-Makarov chamou a atenção. - Não posso deixar que levem um dos meus filhos...

-Ele não é seu filho.-El o cortou lançando um olhar mortal para o velho.

-Mesmo assim não posso deixar levá-lo. - ele indagou com confiança renovada.- Se meus filhos concordarem,  gostaria de ajudar.

- O quê!?- Natsu indagou surpreso.

-Sim, estamos dispostos a ajudar.-Erza falou ao ver a carranca de confiança que boa parte da guilda mostrava. Muitos ainda queriam agradecer a Natsu por os ajudar. 

-Eles tem uma coragem admirável, devo dizer!-Anael observou, mas foi ignorado.

-Vocês não podem!- Natsu os contrariou virando para eles. Sua expressão séria raramente vista estava presente. - Está não é como qualquer outra batalha que passamos.

-Mesmo assim as superamos, não é?!- Gray falou com um sorriso. -Está com medo de receber ajuda foguinho?

-Não é isso picolé. - apesar do insulto que sempre se direcionavam este era carregado de seriedade.- Está guerra determinará como o mundo mágico permanecerá. 

-Como assim?- Lucy balbuciou tensa com as palavras.

-A guerra que está acontecendo...- levi falou olhando para Jeliel pedindo a confirmação para falar, da qual obteve, ela então veio mais a frente.-....Já dura séculos a fio, sem que nenhum dos dois lados recue.

-Isso mesmo. Será sangue para todo lado e os abatidos em campo permanecerão onde foram largados.-El respondeu com uma carranca raivosa e um tanto alegre.

-El, cale a boca.- Natsu rosnou para ela. Ela foi pega de surpresa com a subita onda de luz avermelhada que passeou pelos olhos onix de Natsu apenas para desaparecer logo em seguida. Ele voltou a olhar seus amigos já recuperado da súbita onda de raiva que o havia invadido.-Vocês não virão!

-Já tomamos a decisão Natsu. Nós iremos te ajudar.- lucy sorriu fracamente para ele. Ele suspirou em derrota. Era sempre assim. Não havia como convencer Fairytail quando botava uma ideia na cabeça. -Ok. Mas terão que treinar se quiserem ajudar em alguma coisa. 

-Mas nós já somos fortes salamendra!-Gajeel rosnou .

-Não, não estão.-Anael indagou com um riso.

-Certo. Se está tudo resolvido então iremos partir.-Jeliel balbuciou virando-se para a mulher que já estava fazendo algum tipo de encantamento. Um portal azulado quase branco surgiu atrás dela. Os três anjos então fizeram suas asas aparecerem. Ao contrário das de Natsu, estás esram puramente brancas. Do mesmo tamanho que as de Natsu, elas se dobraram as costas de seus donos.

-Elas são lindas!-Wendy falou vendo como elas quase refletiam a luz. Ela se juntou ao grupo que aguardava para partir.

-Natsuuu seu mal! Sempre teve asas e me fez carrega-lo todo esse tempo!?- Happy chorou comicamente para o amigo, o gato fazendo bira. 

-Desculpe mas elas estavam seladas junto com minhas habilidades Happy.-ele riu antes de perceber que estava cercado por seus amigos mais próximos. -Desculpem pelo alvoroço hehehe.

-Natsu...-Levi chegava perto das asas negras que chamavam sua atenção. No livro que havia lido dizia algo sobre asas negras, mas era algo vago em sua lembrança. Mas ela sabia que era algo importante. Ela estendeu a mão para tocar a asa esquerda de Natsu.-...Posso toca-la?

-NÃO - ele subitamente se afastou do grupo que o olhou surpreso pela reação. Levi se encolheu e Gajeel se juntou a ela. Em alguma proteção.- Desculpe Levi.....-ele sussurou com a cabeça baixa- ... cada pena das minhas asas são laminas. Os ferimentos feitos por elas não podem ser curadas.

-Caramba!- Lucy indagou surpresa. Por dentro ela tinha um leve alívio por Natsu não ser um inimigo deles. Caso contrário estariam perdidos.

-Vamos logo!- El gritou impaciente com o grupo. Natsu foi o primeiro a cruzar com certa relutância. Mas logo a lembrança de Liel, não só ela, o esperava do outro lado.  Isso acelerou seu coração. Lucy seguiu atrás de Natsu com certa distância, vendo o leve sorriso que havia brotado no rosto do amigo. Erza e Gray seguiram logo atrás sendo acompanhados por Gajeel e levi, e por fim Wendy e os exceds vieram. Entes do portal fechar Anael voltou e foi até Makarov. Ele lhe entregou um objeto retangular e cristalino.

-Um comunicador. -ele apenas falou virando-se e seguindo para o portal.-Chamarei apenas se tiver algo urgente. 

Makarov apenas assentiu vendo o portal fechar-se atrás de Jeliel.

- Cuidem-se meu filhos.


Notas Finais


Tai


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...